O legado entre Anjos & Vampiros

O legado entre Anjos & Vampiros Jorge Luiz Nogueira




Resenhas - O legado entre Anjos & Vampiros


7 encontrados | exibindo 1 a 7


MÁRSON ALQUATI 15/10/2013

Anjos e Vampiros como nunca se viu!
Só tenho uma certeza: depois dessa história o universo dos anjos e vampiros nunca mais seráo mesmo! Excelente trama, complexa, polêmica e repleta de reviravoltas, com personagens bem estruturados e divididos em vários núcleos distintos entre si, mas cada qual com suas características e personalidades. O livro mistura magia com história; escrituras sagradas e apócrifas com criaturas da noite; anjos caídos com magos, lobisomens e vampiros; e tudo em meio a uma história arrebatadora e de tirar o fôlego envolta num pano de fundo apocalíptico-medieval. As batalhas são legais e as descirções bem pesquisadas, o que dá maior veracidade aos fatos narrados.
Estou realmente ansioso para ler os próximos livros da série.
Parabéns ao Jorge pela excelente contribuição à literatura nacional!
Recomendado!!!!
Jorginho 30/10/2013minha estante
Vindo de você é realmente uma grande honra para este humilde escritor iniciante!

Obrigado pelas palavras sinceras Márson!

Amei!




Serena Cabulosa 18/05/2013

RESENHA: O Legado entre Anjos & Vampiros – Os Sagrados Apócrifos Vol. I, se preparem para uma batalha apocalíptica.
Olá Leitor Cabuloso! Com uma capa deslumbrante, onde mostra um anjo com asas de sangue “O Legado entre Anjos & Vampiros – Os Sagrados Apócrifos Vol. I” do escritor Jorge Luiz Nogueira, já impressiona de cara e provavelmente não decepcionará o leitor que está a procura de uma boa leitura.

No enrendo o autor mistura vampiros, anjos, magos e até conspirações do clero com toque de Dan Brown, atrás de um livro, o livro de Enoque, que contem profecias que decidirá o destino da humanidade e também dos seres da noite e dos filhos do Eden que foram expulsos do reino dos céus e querem tomar o mundo dos humanos para si.

A igreja nada satisfeita com isso, teme perder seu poder e deseja destruir o livro dos sagrados apócrifos, o livro de Enoque que foi escrito pelos filhos de Caim e colocam os anjos, os egípcios representando seres com magia, e a humanidade numa guerra apocalíptica.

Lameque, o anjo caído sedento por sangue toma as rédias do grupo dos nefilins e fará de tudo para conseguir seus objetivos. E quando digo tudo, é tudo. De mortes a sangue frio, a cabeças decepadas e corações arrancados ainda pulsando. É um vilão de mão cheia que cativará muitos leitores como me cativou. Sim leitor, sou fã número um do Lameque, pois fazia muito tempo que não via um vilão tão maquiavelicamente legal.

No grupo dos vampiros temos Yamc, o herói da saga, que ainda criança na chamada noite maldita, teve que enfrentar a fúria de Lameque, mas como poucos, conseguiu sair vivo, diferente da sua mãe que foi morta pelas mãos do vil anjo com asas negras.

Ainda nos filhos de Caim temos Leonard, o tutor e pai adotivo de Yamc que neste primeiro livro se sobressai mais que o próprio personagem principal. É uma figura misteriosa e forte que esconde muitos segredos do próprio Yamc que tem seu destino entrelaçado aos legados de Enoque.

É claro que existem outros personagens, tanto no grupo dos egípcios como no dos clérigos, no entanto, não chamaram tanto assim minha atenção para ser colocado neste resenha, mas claro são personagens bem elaborados e importantes para a trama.

Chegando agora na narrativa do Jorge Luiz, ela tem seus altos e baixos. Continuação em: http://bit.ly/10Ug6Or
Jorginho 25/05/2013minha estante
Muito boa a resenha e bem coerente! Alguns pontos eu justifiquei no blog Leitor Cabuloso!

:D




Silvia 06/01/2013

Interessante!
O livro é muito bom, foi bem escrito, dá para sentir entre os parágrafos, que foi realizada uma grande pesquisa histórica e das lendas sobre o livro de Enoque, muito interessante. E o melhor o autor é brasileiro; olha os autores nacionais ai gente...

Querem conhecer as lendas em torno de Enoque e o que ele tem haver com o apocalipse? E que mistura é essa entre Anjos Caídos e Vampiros? E qual o papel da igreja nesta história? Então venham desvendar estes mistérios com gostinho de quero mais, pois saibam: que a continuação do Legado entre Anjos e Vampiros continua...

Só faltou uma coisa neste livro: uma pitada de romance.
Jorginho 06/01/2013minha estante
Adorei a resenha Silvia!

Show de bola!

:) O segundo volume vem com tudo!




Josy Stoque 02/01/2013

Esse é o início do embate pela sobrevivência!
Muito melhor do que eu esperava para um livro que mistura anjos e vampiros. O que é novo, sempre assusta, porém, esse livro inovou, misturando profecias e história bíblica a existência de seres sobrenaturais. A narrativa não se prende a ponto de vistas, narrando apenas os fatos e os personagens e nos deixando sem saber o que é verdade, o que mentira e quem é importante para o desfecho.
Texto super bem escrito, uma viagem ao tempo desde antes de Cristo até hoje. O Apocalipse como você nunca viu, apesar que o livro para em um ponto que só deixa gosto de quero mais. Que venha logo o livro 2 para vermos mais sangue, mais mistérios e mais sobre a profecia de Enoque.
Jorginho 02/01/2013minha estante
O comentário foi sincero e adorável!

Fico feliz quando sinto que tive meu dever comprido de agradar e levar a imaginação do leitor à uma viagem sem volta!

hehe


Silvia 03/01/2013minha estante
Eu já estou lendo e estou gostando :)




Carolina Durães 02/01/2013

O livro tem uma trama bastante complexa e detalhada, e o autor conseguiu explicar bem as situações. Admito que achei o início do livro um pouco denso demais, com muitas explicações e eu tive que ler com muita calma para assimilar tudo e entender o contexto da história. Vou tentar falar um pouco sobre o que eu achei do livro, mas sem spoiler, para não estragar a surpresa dos futuros leitores.
Vou começar apresentando um pequeno trecho que explica só um pouquinho sobre o livro de Enoque.
“O livro de Enoque ou Enoch ... É bastante antigo, da época do antigo testamento... Provavelmente com suas bases essênicas... O livro é uma narrativa do velho patriarca antediluviano, descendente de Adão e Caim, pai de Matusalém, avô de Lameque e bisavô de Noé. Além de informações astronômicas e passagens de Adão e Eva, ele fala sobre a herança e o testamento dos dozes patriarcas e traz um tratado referente aos anjos e sobre os anjos caídos”. (pág. 182).
Então como vocês puderam perceber, o livro é importante, especialmente para os anjos e vampiros, que desde sempre estão lutando para conseguir o poder:
“Pelo que se sabe, duas raças distintas foram criadas pela mesma origem, mantém em seu sangue o legado de Enoque... Vampiros e os filhos dos anjos caídos.... Desde o primeiro dilúvio, essas duas raças sempre tentaram rastrear o legado a fim de receber essa herança que, naturalmente, os colocariam no topo do universo... Os proscritos bíblicos das escrituras deleitam em suas misteriosas páginas o conhecimento e através dele a glória, a conquista, e o domínio entre os céus e o inferno”. (pág. 92).
Mas não são apenas os seres sobrenaturais que estão a procura do livro:
“Desde o início do reinado do Rei Davi, uma sociedade secreta foi fundada... Eles eram conhecidos como Os Jubileus, faziam menção ao livro dos Jubileus... Também denominado de Pequeno Gênesis. É um manuscrito apócrifo que relata a história da criação do mundo e de Adão e Eva até logo após a queda do homem. Também narra a história dos personagens bíblicos encontrados em Gênesis, principalmente com relação aos três patriarcas de Israel, até o nascimento de Moisés. Está intimamente ligado ao testamento de Enoque”. (pág. 91).
Dá para perceber a importância que o livro tem para o destino do mundo? Se o livro caí nas mãos erradas, não dá nem para imaginar como seria o futuro! Dentro dessa trama temos diversos personagens intrigantes, mas para não prolongar demais a resenha, irei comentar um pouco apenas de alguns:
Yamc faz sua primeira aparição no livro como um garotinho de doze anos. Em uma terrível noite (“a noite maldita”), Yamc tem a sua mãe assassinada e entra em confronto com Lameque, um anjo caído que não tem boas intenções. Após o terrível confronto no qual Yamc quase morreu, vamos ter notícias dele quando ele estiver com 28 anos (ocorre uma passagem de 16 anos). A importância de Yamc não é discutida abertamente, mas fica claro que ele terá um papel fundamental e possivelmente será responsável por uma decisão que poderá afetar o mundo todo.
Lameque tem como objetivo conseguir colocar suas mãos no livro, custe o que custar. Durante a leitura, observei que ele tem uma ligação passada com alguns personagens (não vou contar com quem, vou deixar vocês descobrirem por conta própria rs) que me fez imaginar algumas possibilidades.
Leonard foi quem acabou criando Yamc. Fica claro que ele realmente gosta do rapaz, mas que esconde segredos (no plural) capazes de fazer com que Yamc o odeie (é o que eu acho). Já mencionei que o Leonard é um vampiro?? Ah, não? Rs.. Pois é, ele é um vampiro, integrado a um clã com personagens intrigantes.
Temos outros personagens bem intrigantes que vão aparecendo durante a leitura. Alguns me deixaram desconfiada das suas reais intenções.
O que eu achei do livro? Apesar de ter tido alguma dificuldade no início, a história prendeu a minha atenção e eu terminei a leitura querendo ler a continuação. Quero saber o que vai acontecer com Yamc e Leonard (que final foi esse? Fiquei curiosa). Quanto aos aspectos “técnicos”, gostei bastante da escolha da fonte, da revisão (achei uns três errinhos bobos apenas) e da capa. E se vocês forem fãs do gênero, recomendo a leitura!
Silvia 12/12/2012minha estante
A sua resenha foi ótima, já fiz até o pedido do livro.


Jorginho 12/12/2012minha estante
Adorei!!!! Show de bola!




Cristiano Rosa 30/07/2012

Diário CT: Os Sagrados Apócrifos
Sempre gostei de histórias com anjos e nunca curti muito com vampiros – mas nem por isso deixo de ler obras sobre. Aí num único livro: anjos e vampiros. Achei interessante a proposta e me aventurei por Os Sagrados Apócrifos, publicado pela Editora Literata. Assinado pelo carioca Jorge Luiz Nogueira, esse é o volume um da série O Legado entre Anjos e Vampiros.

A obra tem 266 páginas e é dividida em 23 capítulos, entre um prólogo e um epílogo. Para começar, gostei muito da capa, ela me chamou a atenção de uma maneira muito positiva; a diagramação simples tornou a leitura fácil e prazerosa, mas foi preciso muita atenção na narrativa, principalmente nos primeiros capítulos.

A trama gira em torno desse apócrifo sagrado, conhecido como o Livro de Enoque, uma escritura bíblica que conta sobre os vampiros, os anjos caídos e seus filhos. Por meio desses textos, pode-se adquirir conhecimento e a glória, a conquista e o domínio entre os céus e o inferno; pois eles revelam as origens da vida e da morte.

Membros da igreja, anjos e vampiros buscam saber as revelações desses escritos, pois acreditam que ele realmente existe. A profecia Kairós envolve o passado, o presente e o futuro de todos, o domínio da Terra e as ameaças que estão por vir. Essa busca é intensa, com reviravoltas e muita aventura, drama e suspense.

Um dos pontos fortes do livro é a pesquisa que exigiu ao escritor fazer para ambientar tão bem o leitor nos cenários do Egito do século XVI. A verossimilhança que há entre o enredo ficcional e a nossa realidade é ótima, enche os olhos e leva a imaginação e a mente longe nas possibilidades de realmente acontecer, assim como a parceria entre leitor e personagens nas descobertas ao longo da trama.

A história é complexa, cheia de detalhes e com muita contextualização histórica e geográfica. Os personagens são bem caracterizados e se apresentam em grande número, protagonizando tramas que inicialmente são paralelas – e desenvolvidas de maneira satisfatória ao leitor -, mas à medida que a narrativa avança, elas vão se encontrando, e o ritmo também vai se intensificando.

Aos olhares mais atentos, é possível perceber algumas críticas aos principais temas abordados no livro, como a igreja, a justiça e a política. O cenário que mais se salienta é o religioso, que conta até com passagens bíblicas reais. Porém não enfoca em um partido, é abrangente, não tomando uma posição.

A narrativa tem um ritmo bom, envolve e não cansa o leitor, mas algo que infelizmente incomoda na obra são os erros da revisão, que por vezes perturba durante a leitura; o que é ruim, porque a história é tão boa que acaba perdendo na qualidade por esse motivo.

A contra-capa do livro apresenta uma sinopse extensa e cansativa, pouco atraente, não fazendo juz ao conteúdo da obra, recheada de personagens humanos, anjos, vampiros e, mais ao final, também lobisomens – todos bem personificados e sem exageros nas características. Personagens estes cercados de cobiças, medos, dúvidas, magias, pactos, traições, execuções, fugas e mortes. Muito sangue é derramado e sugado.

Por se tratar do primeiro volume de uma série, a história não se completa nesse livro, deixando muitas explicações para o próximo, mas finaliza de maneira a satisfazer o leitor por hora, encerrando algumas tramas e abrindo possibilidades para novas, deixando todos na expectativa de saber o destino de alguns personagens e a resolução da busca pelas escrituras reveladoras.

A leitura de Os Sagrados Apócrifos foi muito prazerosa, porque foi uma daquelas que além de ter proporcionado entretenimento, agregou em conhecimento de mundo e cultura. Posso afirmar que a obra ainda precisa ser bem reconhecida pelos leitores por seu conteúdo, pois com uma atenção maior pode se tornar talvez uma referência, pela originalidade e estrutura equilibrada e bem fundamentada.

Fonte: http://www.blogcriandotestralios.com/?p=17450
Jorginho 12/12/2012minha estante
Como disse... Faço questão de por na contra capa do livro, alguns versos dessa resenha!


Silvia 12/12/2012minha estante
Pode deixar a sua resenha me deixou animada, vou ler o livro, e outra precisamos dar uma força aos autores nacionais.


Rose Almeida 27/01/2014minha estante
O livro é simplesmente maravilhoso, adorei.




Ju 24/07/2012

A guerra do legado

O Legado Entre Anjos e Vampiros - Os Sagrados Apócrifos
Autor: Jorge Luiz Nogueira
Editora: Literata

Sinopse:
A origem de um livro apócrifo, o livro de Enoque, escrito por um dos descendentes de Caim poderá mudar a história... É o começo de uma sangrenta guerra entre anjos e vampiros.
O legado de Enoque reescreve uma gênese que em outrora foi oculta pelo nascimento do cristianismo, cuja busca lendária pelo livro sagrado derramou muito sangue em guerras contra os próprios herdeiros dos patriarcas bíblicos.
A profecia Kairós deturpa as leis do santo oficio atraí conspirados a favor de Lutero nas reformas e protestações religiosas. A igreja ouve suas estruturas ranger diante das novas ameaças. O dia de graças aos filhos de Deus. O Kairós. Todos ouvem falar. Todo maldito que se julga herdeiro de Enoque estará automaticamente inscrito no livro da morte.
Quem conhece a profecia teme pelo dia em que os filhos dos anjos expulsos dos reinos dos céus tentariam tomar a Terra do domínio dos homens. A igreja tenta se proteger contra essa heresia destinando os apócrifos às chamas.
O legado é a chave que Yamc precisa para encontrar respostas. Que relações ele teria com essas guerras? Como os apócrifos de Enoque podem fazer parte de seu passado, presente e futuro? Que relações há entre os sete selos do apocalipse de João com a herança de Enoque? Como os herdeiros podem subjugar a bíblia? Como os magos, antigos sacerdotes Egípcios puderam se infiltrar nessa guerra?
Pegue seu cavalo mais veloz, vista sua armadura, empunhe sua arma mais poderosa. Alista-se na guerra. Venha conhecer o novo mundo. E decida: De que lado você vai estar?


Opinião de Juliana Skwara:


"Olhar para seu passado significava tudo que ele é hoje"

Página 51 - Capítulo seis “Bene há’ Elohim”

O livro O legado entre anjos e vampiros conta a história da profecia Kairós e a origem do livro apócrifo, o livro de enoque. Este livro foi escrito por um dos descendentes de Caim e divide anjos, vampiros e sacerdotes egípcios em uma guerra. Eles estão em lado opostos em uma guerra onde o poder é disputador com direito a altas doses de mistério, suspense e fantasia.
A igreja vê sua estrutura ruir e teme que os filhos dos anjos caídos, os nefelins retornem e declarem guerra a eles. No meio disso tudo, se encontra Yamc, um rapaz que teve uma mudança em sua vida após a “noite maldita” na qual sua mãe foi assassinada e ocorre o encontro com o terrível vilão Lameque. Um encontro que faz mudar seu destino.
Yamc será o responsável para trazer as respostas que tantos buscam sobre o legado. O mistério que se encontra atrás dessa profecia que seduz povos e traz conflitos entre pessoas. Ele está no meio dessa guerra da qual sabe pouca coisa.
O livro é rico em detalhes e repleto de surpresas. Tenho certeza que ao longo do livro, todos os leitores, assim como eu irão ter uma grande simpatia por Leonard. Um senhor vampiro que apesar de algumas escolhas e segredos escondidos, está obstinado e se torna um personagem cativante.
O autor Jorge Luiz Nogueira compôs um cenário sedutor e uma história que me surpreendeu, e sem dúvidas, a cena da inquisição é um dos pontos altos da trama que não peca em detalhes e ganha ponto com as descrições fiéis. Deixo aqui o convite para todos saborearem essa irresistível história.

http://novosescritores.com/profiles/blogs/resenha-o-legado-entre-anjos-e-vampiros-autor-jorge-luiz-nogueira
Jorginho 12/12/2012minha estante
Sucinta, sincera!

:)

Adorei!


Silvia 12/12/2012minha estante
O seu convite foi aceito, o livro O Legado já se encontra na minha estante :)




7 encontrados | exibindo 1 a 7