O Mundo Assombrado pelos Demônios

O Mundo Assombrado pelos Demônios Carl Sagan




Resenhas - O Mundo Assombrado Pelos Demônios


113 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Maíra Marques | @literamai 11/05/2019

Siga: @literamai
Esta obra de divulgação da ciência, tão aclamada quanto "Cosmos" e "Pálido Ponto Azul", nos explica a ciência como uma vela no escuro.
.
São 25 capítulos, entre eles, alguns escritos por Ann Druyan, a segunda esposa de Sagan. Sagan, ao escrever essa obra, preocupou-se com o analfabetismo científico, o que traz discussões sobre extraterrestres, pseudociência, entre outros assuntos "polêmicos" em que o autor desenrola com super facilidade e revidando com argumentos surpreendentes.
.
Além disso, a escrita dele é fácil e gostosa, como se estivessemos conversando com alguém sobre os temas tratados nos capítulos. Como profissional da educação, este livro foi fundamental! Abriu minha mente sobre questões que parecem bobas, como por exemplo: "Por que a lua é redonda?" e a importância da resposta para atiçar a curiosidade de nossas crianças.
.
Se eu recomendo? SIM! Vale muito a pena a leitura, o aprendizado e, principalmente, o crescimento interior que este livro tem o poder de fazer. Você nunca mais será o mesmo após ler Carl Sagan.

site: https://www.instagram.com/literamai
comentários(0)comente



08/05/2019

“Já existem maravilhas demais lá fora, sem que precisemos inventar alguma.”

E o ser humano tem essa tendência, não é mesmo? Tudo o que não compreendemos atribuímos automaticamente a algum ser divino ou outra coisa fantasiosa ao invés de irmos investigar a questão de forma cética. Talvez por proporcionar respostas menos emocionantes e absurdas, as pessoas prefiram viver na escuridão. E é na escuridão que a pseudociência se alastra e ganha seguidores aos montes.

São inúmeros os problemas que facilitam isso: a metodologia de ensino da ciência nas escolas – aposto que você também nunca entendeu aquelas fórmulas complicadas e só decorou para a prova -; o governo que corta verbas de incentivo às pesquisas fazendo com que poucas pessoas queiram seguir carreira na área; a mídia que dá um espaço absurdo para o sobrenatural, e até quando há a solução para algum caso bizarro, como a dos desenhos geométricos nas plantações de milho, elas são pouco divulgadas. Eu mesma não sabia que começou como obra de dois ingleses, achava que ainda era um mistério não resolvido. E é algo falado até hoje, mas poucos divulgam a farsa.

Sagan faz isso com vários outros temas, desvendando charlatões, analisando os casos de abdução alienígena e os “demônios” de cada época. Se nos tempos atuais fala-se muito de aliens, isso tem relação direta com o aparecimento deles na literatura e na TV. Antes disso, nada se falava sobre eles. O mesmo aconteceu na época das caças às bruxas. Como era um tema que estava em voga, as pessoas automaticamente atribuíam o sobrenatural a elas. Ou seja, as pessoas são altamente sugestionáveis e a alucinação é uma característica humana. E é justamente aí que a ciência se faz tão importante ao questionar os fatos. Se o pensamento crítico fosse trabalhado desde sempre, casos como o da caça às bruxas jamais teria acontecido, poupando a morte extremamente cruel de muitas mulheres.

O livro foi escrito em 1995 e é chocante o quanto ele ainda é relevante. Gente acreditando em astrologia? Temos! Gente que não acredita na Teoria da Evolução? Temos! Guerras sendo travadas em nome da religião? Temos!

Só tem um ponto que acho que Sagan ficaria bastante feliz em saber que mudou. Como ele morreu em 1996, não conseguiu acompanhar os avanços em relação ao tabagismo. No livro ele diz que a morte devido a esse vício chegaria a 10 milhões em 2020. Hoje essa afirmação não poderia estar mais longe da verdade. Os números estão caindo cada vez mais e há um motivo bem claro para isso: não existem mais comerciais glamourizando o tabagismo. Cigarro não é mais associado a algo positivo, muito pelo contrário, já que hoje em dia as embalagens vêm acompanhadas por fotos de alguma doença horrorosa que ele pode causar. E tudo isso começou como? Com a ciência, com seus estudos afirmando que o cigarro pode matar, seguida do apoio do governo com leis que inibem o fumo em alguns locais e a proibição da promoção do tabaco. O povo ficou mais consciente em relação a isso. Se foi possível melhorar um único tema que parecia quase impossível de ser alterado, imagina se o mesmo empenho fosse aplicado em outras áreas?

Livro incrível, uma ode ao pensamento crítico.
comentários(0)comente



Wagner 02/04/2019

Ceticismo e admiração
Que o ceticismo e a admiração seja a bússola em um mundo assombrado pelos demônios...
comentários(0)comente



Rafaela (@exlibris_sc) 29/03/2019

O trabalho de um homem para tirar o ceticismo da ciência
Professor de astronomia e ciências espaciais na Cornell University e autor de dezenas de livros e artigos, o norte-americano Carl Sagan dedicou a vida ao desenvolvimento e divulgação da ciência, recebendo diversos prêmios e medalhas por essa contribuição.

“Esperamos pela luz, mas contemplamos a escuridão” Isaías 59:9.

Nesse pequeno grande livro, Sagan comenta sobre vários aspectos da ciência e dos mitos que a envolvem; com linguagem bastante acessível, qualquer pessoa consegue lê-lo. E esse é o objetivo do autor: colocar uma luz e afastar todas as superstições que perturbam a mente das pessoas. Ele mesmo diz diversas vezes, que devemos investir na ciência; que as crianças são cientistas natas porque sempre fazem 1 milhão de perguntas sobre tudo - e nós, adultos, muitas vezes sem saber como responder, acabamos por desmotiva-las. Que devemos ser céticos perante as novidades no mundo em vez de simplesmente acreditar em tudo e qualquer coisa. Nos faz refletir bastante sobre educação, como há vários anos as sociedades produziam gênios e hoje vê-se muito pouco.

Poderia falar muito mais desse pilar essencial de leitura, mas deixo-os com essa frase: “Os livros são essenciais para compreender o mundo e participar de uma sociedade democrática” Carl Sagan.

site: https://www.instagram.com/p/BufHqXtHi8D/
comentários(0)comente



Kaique.Nunes 25/03/2019

O Mundo Assombrado pelos Demônios, é um dos mais populares livros de divulgação científica, escrito pelo astrofísico Carl Sagan, muito conhecido por ser apresentador da primeira série Cosmos.

Nesta obra, o autor aborda a mentalidade anti/pseudocientífica, na qual está instaurada no cotidiano e nos meios de comunicação. No meio à esta escuridão, Sagan sugere o ceticismo e o método científico como uma vela para se enxergar através das sombras, pois pondera enfaticamente que, o método científico é a nossa melhor chance de para um futuro próspero.

A pseudociência é tudo aquilo que se vende como ciência, mistura sua falácia com o jargão científico, mas rejeita o método científico como teste para suas teorias. Uma pseudociência é um mito que reivindica status científico, mas não quer ser julgada como tal. Nessa demarcação podemos citar a astrologia ou a ufologia. Já a anticiência não tenta se mostra como ciência, e nisso temos o pensamento místico.


site: https://www.instagram.com/kaiquekhan/
comentários(0)comente



Bryan Andrade 08/03/2019

Desejo a você um mundo livre de demônios
O tipo de livro que toda pessoa que anda sobre a terra deveria ler. Sem mais a comentar
comentários(0)comente



Ricardo.Consolo 09/02/2019

Retorno a Itaca - Um odisseu moderno
Carl Sagan nasceu na cidade de Ithaca, suburbio pobre de Nova York, Ulisses nasceu e foi rei de Itaca, ilha mitica grega. Esses dois personagens da cultura tem muitas coisas em comum para além de "nascerem" em "cidades" homônimas, Ulisses é um dos símbolos da sabedoria grega e tem como marca de sua sabedoria a adoção estrita das recomendações divinas e buscava resolver os problemas forma trapaceira ou uma engenhosidade prosaica.
Carl Sagan traz muitas desses aspectos, é um simbolo da sabedoria moderna e espirito faustino, recomenda a adoção estrita da sabedoria do ceticismo e busca explicar o mundo de maneira muito prosaica, ensina que da sucessão do simples se constrói um pensamento complexo.
"O mundo assombrado pelos demonios" é uma Odisseia pelas dúvidas da modernidade, como ET's, bruxas, OVNIS, ET, conspirações, memórias, armas de destruição em massa e democracia. Um guia pela escuridão dos pensamentos confusos que nos bombardeiam no dia a dia e por fim uma ferramenta para discernir e enfrentar os demônios da humanidade.
comentários(0)comente



Arthur 08/02/2019

A candle in the dark
Não tenho palavras que expressem suficientemente a genialidade de Carl Sagan e desse livro. Sempre fui muito interessado por ciência e a leitura dessa obra me possibilitou, não só confirmar minha fascinação, como também expandir meus horizontes, assimilar novas ideias.
Assustado com as inúmeras pseudociências que dominavam o pensamento das pessoas de sua época, esse livro é uma verdadeira ode ao pensamento científico, ao ceticismo; trata-se, segundo o próprio escopo do livro, de uma declaração de amor à ciência, de uma vela em meio a tantas formas de escuridão que nos assombram - a astrologia, a ufologia, o poder dos cristais, o tarô, a quiromancia, dentre tantas outras.
O mais assustador é perceber que, apesar de publicado em 1995, a temática desse livro permanece tão atual como nunca. Em um mundo onde pessoas ainda acreditam que a Terra seja plana ou em que a teoria de que vacinas causam autismo é disseminada sem a menor base científica, é cada vez mais necessário que todos nós acendamos nossas velas e possamos ser também fontes de esperança em um futuro mais racional e feliz.
comentários(0)comente



Alex.Farah 09/01/2019

Um livro sobre a importância da ciência
O autor destaca a importância da ciência para o mundo. Fica claro o quanto é importante a ciência (e a formação escolar) chegue a toda a população de uma nação. O livro começa falando na crença das pessoas em OVNI e porque elas acreditam. Após alguns capítulos, o autor reúne várias histórias, afirmações e reflexões sobre religião, política, economia e, claro, ciência. No meu entendimento, isso tudo está ligado. É uma boa leitura, principalmente para aqueles que gostam de ciência.
comentários(0)comente



Marinex 25/12/2018

Breve comentário
Não tenho aqui o objetivo de escrever uma resenha, apenas uma recomendação. Carl Sagan expõe nesse livro os motivos pelos quais o método científico e a ciência propriamente dita são indispensáveis para o desenvolvimento humano, não apenas do ponto de vista tecnológico, mas também do ponto de vista moral. Com algumas passagens que podem até serem consideradas proféticas, a leitura é indispensável para o momento atual do fim da década de 10, em que observamos amargamente a escalada do anti cientificismo e do desprezo pelas atividades intelectuais. A leitura é altamente recomendável não apenas pela qualidade de seu conteúdo, mas por ser simplesmente deliciosa.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Roberto Oliveira 12/12/2018

Simplesmente incrível !!!!!
Carl Sagan é para mim um exemplo de ser humano a ser seguido e que deveria ser estudado por todos, uma pessoa que dedicou sua vida para a ciência levando o conhecimento a um novo nível, esse livro é simplesmente maravilhoso.
comentários(0)comente



SrLucast 08/12/2018

A ciência como uma vela no escuro
Eu não tenho palavras pra descrever esse livro, ele foi um abrir de olhos pra mim, desmistifica várias superstições, crendices, nos ensina como pensar criticamente, a tradução é muito boa, Carl Sagan fala numa linguagem simples, a sensação maravilhosa de estar conversando com o livro, não consegui largar. Pretendo reler mais algumas vezes. Livrinho fala de muita coisa: ciência, pseudociência, teorias da conspiração, alucinações, religião, dá vontade de decorar esse livro inteiro.
comentários(0)comente



Raphael 27/11/2018

Li este livro há alguns anos e sempre que penso nele sinto uma certa inquietação e uma necessidade profunda de falar sobre tudo o que ele representa pra mim, sobre o quanto Carl Sagan mudou minha vida para melhor. Por outro lado, sempre esperei o momento mais oportuno, a inspiração adequada para falar e fazer jus a este livro tão importante. A inspiração nunca veio. Deixo aqui, contudo, algumas palavras.

A minha adolescência foi profundamente marcada pelo livro "Mundo de Sofia". Trouxe-me uma visão absolutamente diferente de mundo, revelando a importância e o impacto que um livro pode causar em nossas vidas. Dessa experiência adquiri o hábito e o gosto pela leitura. Alguns anos se passaram, li muitas coisas, e sempre me perguntava qual seria o sucessor de "Mundo de Sofia" na minha vida, em termos de impacto e importância, qual livro mexeria, outra vez, profundamente comigo. Encontrei o sucessor com o "Mundo assombrado pelos Demônios". Explico o motivo.

Os motivos, aliás, são inúmeros. Mas vou me restringir a falar apenas sobre um. Dentre as inúmeras reflexões importantes que este livro nos proporciona, a que eu reputo mais importante é a que, de certa forma, permeia o livro todo: o quanto a superstição, em suas mais variadas formas, está impregnada em nossas vidas, em nossa cultura e sociedade. Você acredita no sobrenatural? Por qual motivo a nossa sociedade está repleta de pessoas supersticiosas? Existe uma ligação entre a superstição e a religião?

Sim. Tudo está diretamente relacionado. E Carl Sagan faz o desenho de todo esse cenário nos explicando e propondo uma nova perspectiva sobre o assunto. Ele dá um tapa na superstição, repito, em suas mais variadas formas (importante ressaltar isso), propondo que o leitor adote um pensamento científico na abordagem das mais variadas questões de nosso cotidiano. Esse pensamento científico nada mais é que um olhar crítico e apurado sobre tudo que nos é apresentado. Observando a natureza e a realidade, na forma em que ela se apresenta, é possível, por exemplo, afirmar que demônios (pegando o trocadilho com o título do livro) existem? Segundo o autor, existe uma equação muito simples: quanto mais conhecimento científico (ou seja, educação) dentro da cabeça de uma pessoa, menos supersticiosa ela tende a ser.

Por que existem pessoas que acreditam em assombração? Carl Sagan nos explica que é muito mais fácil adotar um pensamento supersticioso do que um científico e criterioso pois aquele apenas se afirma e é transmitido culturalmente. Pensar cientificamente, por outro lado, exige um exame mais apurado sobre a realidade que nos cerca, demanda mais esforço intelectual e, em razão disso, as pessoas acabam se envolvendo com a facilidade do pensamento supersticioso que impregna a cultura da sociedade como um todo, virando uma "bola de neve". O autor explica de forma bem pormenorizada no livro como empregar esse método de pensamento científico nas mais variadas ocasiões de nosso cotidiano.

Mas veja bem: o que ele propõe não é um mundo repleto de cientistas. A sofisticação da diversidade humana não possibilitaria algo nesse sentido. Pensar cientificamente é diferente de ser cientista. O que é proposto, de forma muito inteligente, é uma abordagem diversa na formulação de conceitos. É seguro acreditar em horóscopo? E extraterrestres, será que existem? Alma? a realidade e a natureza que nos cerca, revela algum indício dessas coisas? E por que tanta gente acredita nisso?

Porque o mundo está assombrado pelos demônios. Mas Carl Sagan nos trouxe uma vela para clarear essa escuridão. E se por um acaso você não se acha uma pessoa supersticiosa, este livro talvez lhe mostre o contrário. A superstição está impregnada em todo lugar, e ela existe nas mais variadas formas. Observe quantas pessoas ao seu redor vão passar o ano novo vestidas de branco. Toda virada de ano me lembro do Carl Sagan. Vejo um mundaréu de gente vestindo branco e penso: assombrados. Reitero, por fim, que o livro trata de uma variedade enorme de assuntos: a importância da educação na vida do ser humano, a crítica das pseudo-ciências, problemas pontuais com o uso da superstição, etc. O livro é muito mais amplo do que essa singela abordagem que aqui apresentei. Mas a resenha ficaria longa e cansativa. Leia Carl Sagan.
Dani Naza 01/12/2018minha estante
Adorei sua resenha


Raphael 02/12/2018minha estante
Obrigado, Dani.


GabRM 29/12/2018minha estante
Resenha maravilhosa. Gostei.




Henrique 19/10/2018

Uma vela no escuro.
Existe um dragão em minha garagem? Como funciona a ciência? A astrologia rege as nossas vidas? Afinal, o que é uma pseudociência? Como detectar falácias? Qual o valor da ciência nos dias atuais? Todos esses questionamentos encontram suas respostas neste livro, uma verdadeira obra-prima de Carl Sagan, cujo legado sobrevive há mais de vinte anos.
Em "O Mundo Assombrado pelos Demônios", Sagan busca mostrar ao leitor o poder transformador da ciência na vida individual e na humanidade, esta que está, infelizmente, cada vez mais próxima de pseudociências e charlatanismos do que do verdadeiro conhecimento, ou pelo menos, de um conhecimento mais sólido.
O livro, escrito na década de 1990, nunca esteve tão atual...e sua mensagem de alerta à sociedade, tão preocupante. A desvalorização da figura do cético e a fácil sedução do indivíduo por misticismos têm contribuído progressivamente para tornar este livro cada vez mais importante. O texto é bem fluído e divertido, uma das melhores leituras do ano, nota dez.
Irlan.Cidade 25/10/2018minha estante
undefined


Vitor.Luis 25/11/2018minha estante
Livro de leitura muito complicada ?


Henrique 25/11/2018minha estante
Nem um pouco, achei a leitura bem simples. Não vi nada de muito complicado.




113 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |