Cem Anos de Solidão

Cem Anos de Solidão Gabriel García Márquez




Resenhas - Cem Anos de Solidão


1402 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Noerbeck 16/05/2021

PERFEITO
Alguns livros são bons, outros são muito bons, este porém é perfeito, especial. É a história de Macondo e da família Buendia contada durante 100 anos de solidão.
comentários(0)comente



Mfamachado 16/05/2021

Bom livro.
Criei uma expectativa muito grande em cima desse livro e acabei me decepcionando um pouco com a dificuldade da leitura. São muitos personagens, muitos nomes parecidos e eu precisei baixar uma árvore genealógica no Google pra não ficar perdida (kkkkkk). Consegui me prender, de fato, quando já estava na metade do livro. Do mesmo gênero, prefiro ?A casa dos espíritos?, da Allende, que me tocou mais. Isso não me impediu, contudo, de admirar a obra... é um livro imprescindível e leitura obrigatória.
comentários(0)comente



Jeni 16/05/2021

5 motivos para ler cem anos de solidão:
1- O livro é o pioneiro do realismo fantástico na literatura latino americana e já foi traduzido para 35 idiomas.

2- O autor, Gabo, ganhou o prêmio Nobel de Literatura pelo conjunto de sua obra, em 1982. É dele também o ?Amor nos Tempos do Cólera?.

3- Você descobre as características da América Latina entranhadas nos personagens que vivenciam guerras, amores e desilusões.

4- Gabo era jornalista, sempre viajou e leu muito . Ele sofreu influências de Franz Kafka, o mexicano Juan Rulfo e o norte-americano William Faulkner.

5- Quando você termina de ler o livro, a solidão dos personagens toma conta do seu coração. Não uma solidão pesada, mas de saudade de cada uma daquelas pessoas que como você, chora e ri ao mesmo tempo com as alegrias e dissabores da vida. ??
comentários(0)comente



ametista 16/05/2021

Necessário
A primeira vista não é algo que despertou meu interesse. Mas li pelo clube de leitura e não me arrependo.

Aqui conheci o realismo mágico e me encantei, a narrativa não é a habitual e apesar de no começo passar a impressão de ser muito corrido e você ter que acompanhar o ritmo, me agradou bastante. Pode incomodar pelo fato de não ter muitos diálogos mas não fez muita diferença pra mim.

No fim do livro a impressão que dá é que realmente se passaram cem anos, com repetições de um povo marcado pela tristeza, a violência e a sensação de abandono.

Fundamental pra interessados na literatura da América latina, pois até hoje trás muitos debates e infelizmente continua atual.

Se você for um leitor sensível a certos temas vai precisar de muita paciência pois aqui ele coloca situações pesadas de uma maneira intencional durante todo o livro.

Também não acho que deva ser lido todo de uma vez, pra não ficar cansativo. Pretendo ler outros títulos do autor além de conhecer mais do realismo mágico.
comentários(0)comente



Karina 14/05/2021

O livro é maravilhoso, clássico bem importante. Não achei tão fácil de ler, tem algumas partes que o personagem está falando no presente, depois joga uma informação que vai acontecer bem para frente. Acho que para uma 1º leitura deixa muito confuso.
comentários(0)comente



Lorenna Maia 13/05/2021

Tipo de livro que por mais que você não de 5 estrelas, vai te marcar de alguma forma e você nunca vai esquece-lo e muito menos esquecer dos Buendía.
comentários(0)comente



eduardaqf 13/05/2021

Livro excelente! Faz com que o leitor reflita muito, personagens muito bem construídos e final ótimo!! Apesar de ter me perdido algumas vezes entre as gerações dos Buendía, apreciei muito a leitura.
comentários(0)comente



suzy 12/05/2021

Não sei quantas vezes me devaneei, me perdi na história ou condundi os personagens mas o fim e o caminho valeram a pena. Apesar de nem lembrar mais o que aconteceu no começo que já faz mil anos
comentários(0)comente



Bruno Oliveira 12/05/2021

O ZOOTRÓPIO DE GABO
Cem Anos de Solidão, do colombiano Gabriel García Márquez, é daquele tipo de livro que nos obriga um mergulho profundo e sem volta. Dito e feito, conforme tu vais lendo o romance e se deparando (e às vezes até se confundindo) com as gerações e mais gerações dos Buendía que vão nascendo, crescendo, procriando, se perdendo e morrendo a cada página, a sensação de estar num redemoinho temporal, onde parece que o tempo está sempre se repetindo, se repetindo é tão real que o livro em si lembra aquele aparelho óptico zootrópio: tudo o que vemos pelas fendas dele, da história; tudo o que nos é contado são só pequenas ilusões fragmentadas duma estirpe destinada à ruína. Complicado? Triste? A metáfora com a América Latina também é.
comentários(0)comente



Dijair Antonino 12/05/2021

Que livro!
Muitas reviravoltas! Uma história fantástica. Que destino esse dos Buendia! Realmente, os escritores sul-americanos são diferenciados.
Dio 12/05/2021minha estante
Esse livro é um espetáculo. Terminei ele e tive vontade de voltar a página 1 e reler.




Josimar_Cruz72 11/05/2021

As Histórias de Cem Anos de Solidão
Não quero explicar o que é ou as teorias de Cem Anos de Solidão, porque realmente a melhor forma de expressar isso seja lendo então quero expor minha opnião do porquê deveria-se ler este livro.
Em si, a história acompanha a vida dos Buendía, uma familia, porém a impressão que tive foi de estar ouvindo histórias de um senhor sobre pessoas e acontecimentos reais então foi muito prazeroso de ler como se fosse estivesse num momento de nostalgia que Gabriel Garcia Marquez, o autor, conseguiu trasmitir muito bem.
Acredito que muitas pessoas não gostem por ser uma história que mesmo não sendo estática, não contém muitos diálogos, o que pode causar uma certa canseira, porém o prazer causado pela sensação de nostalgia como se estivesse escutando histórias de seu avô compensa o esforço delicioso de ler Cem Anos de Solidão.
comentários(0)comente



jleandro.1 11/05/2021

Formidável
Que livro meus amigos, que livro! Simplesmente incrível. O Gabo comprovou, e com maestria, todo o seu talento e brilho para a escrita. Vale muito a pena a leitura. Leiam Cem Anos de Solidão!
comentários(0)comente



Larissa.Rolim 08/05/2021

A história da família era uma engrenagem de repetições
Apesar de cenas que hoje não faz sentindo nenhum com a nossa realidade, é um livro muito instigante. Primeira vez que leio algo descrito como realismo mágico e amei.
Tem partes que são entendiantes que parece que estamos lendo há 100 anos, mas tirando isso, o apego e o desprezo aos personagens é inevitável.
As mulheres da história são diferentes e maravilhosas as suas maneiras e os homens são todos iguais.
É muito bom ver as mudanças em Macondo e acontecimentos com os Buendía ao passar dos anos.
"a história da família era uma engrenagem de repetições, uma roda giratória"
Diogo 08/05/2021minha estante
O mais doído na leitura é perceber a solidão durante toda a história da família




Mia 07/05/2021

Primeiro livro que li no ano, é mais do que perfeito. Gabo é maravilhoso, amei conhecer a literatura colombiana através de suas palavras.
comentários(0)comente



Lina.Elizabeth 07/05/2021

Dificl ein
Achei esse livro bem difícil se ler. O autor tem um jeito muito único de contar a história indo e voltando toda hora. Inclusive é genial o jeito que o autor amarra todas as pontas e tudo bate certinho. Outro problema para mim foi que eu não me apaguei a nenhum personagem, mas como todos morrem acho que é melhor assim (isso não é um spoiler, todo mundo lê esse livro sabendo que conta a história da família Buendía do início ao fim). Quem sou eu na fila do pão para falar de Gabriel Garcia Márquez???? Ninguém
comentários(0)comente



1402 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |