Um Dia

Um Dia David Nicholls




Resenhas - Um Dia


1132 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Amanda.Lobato 29/06/2020

Favorito da vida!
Favorito em 2015 e agora! É um livro muito envolvente e gostoso de ler. Me apaixonei pelos personagens de uma forma inexplicável. E a forma como é desenrolado o romance deixa o coração quentinho ??
comentários(0)comente



Camila Mombelli 28/06/2020

"Não, esta era vida real, e era normal não se sentir mais tão curiosa ou apaixonada como no passado. Aos trinta e oito anos, seria inapropriado, indigno, ter amizades ou casos de amor com o mesmo entusiasmo e a intensidade de uma garota de vinte e dois. Apaixonar-se daí ele jeito? Escrever poemas, chorar ouvindo música pop? Arrastar pessoas para dentro de cabines fotográficas, levar o dia inteiro par gravar uma seleção de músicas numa fita, perguntas às pessoas se queriam dormir com ela só para fazer companhia? (...) Ridículo ao trinta e oito anos, esperar que uma canção, um livro ou um filme mudem sua vida. Não, tudo agora estava assentado é esablecido, e a vida era levada num clima geral de conforto, satisfação e familiaridade Não haveria mas enervantes altos e baixos."
comentários(0)comente



Marcela.Pinheiro 26/06/2020

...
o jeito que é escrito é ótimo, os personagens são muito bons também e a gente sente o passar do tempo como se estivessemos dentro da história. Mas poxa eu já sofri o livro todo por eles não estarem juntos aí quando chega no final vem mais sofrimento???? só queria um pouquinho de paz Brasil!
comentários(0)comente



Bruna Coutinho 25/06/2020

Vamos começar dizendo que eu não gosto de romance. Prefiro aventura, ação, comédia, drama... Mas de vez em quando dou uma chance para o gênero e as vezes me surpreendo e me pego apaixonada pela história. Dito isto, vou falar de uma vez: detestei o livro.
Eu sempre enrolo para ler os livros depois de ler a sinopse ou uma resenha pq quero me esquecer de qualquer spoiler que eu tenha visto e assim qualquer coisa no livro vira uma surpresa, sabe? E foi isso. Li a sinopse/resenha desse livro e deixei ele mofando na minha estante, até que finalmente peguei pra ler. E, nossa, eu esperava algo totalmente diferente.
Pra começar, eu esperava protagonistas carismáticos. Sério, passei 70% do livro odiando o Dexter, 20% pensando "está melhor, mas continuo não gostando de vc", e 10% pensando "acho que tô começando a gostar de vc". Não tenho saco para "adolescentes de 30 anos". E olha que ele nem começa a história com 30.
Achei a Emma mais fácil de gostar, mas ainda assim, passei todo tempo oscilando entre sentir dó, um pouco de empatia e raiva pq estava perdendo a paciência para certos dramas. Aliás, cheguei bem perto de abandonar o livro no plot do diretor da escola.
Talvez ter esperado tanto tempo assim para começar a leitura tenha me feito esquecer até o gênero do livro, mas eu tinha quase certeza de que era um romance e que eu deveria torcer pelo casal, mas não consegui fazer isso nem por um minuto, nem naqueles 10% do tempo em que eu não queria beber no Dexter!
Pode ser que esse livro seja incrível, maravilhoso e que a errada na história sou eu, pq demorei demais pra ler ou estava com as expectativas no lugar errado, mas com certeza essa foi a leitura mais decepcionante do ano (até agora).

P.S.: Graças a esse livro, tomei raiva da palavra "juventude" e qualquer coisa relacionada a ela (jovem, jovial, jovialidade...). Gostaria de agradecer ao autor por isso.
comentários(0)comente



Duda 24/06/2020

Eu fiz algo diferente em relação a esse livro: li calmamente ( o que não faz muito meu perfil) aproveitando cada passagem escrita. E esse é o meu grande conselho sobre a história: ela merece ser lida da melhor forma, sem pressa, porque a narrativa aqui desenvolvida é incrível, o autor demonstra um verdadeiro dom ao trazer um enredo tão palpável, engraçado, sarcástico mas também com sua cota de sobriedade. Uma história sobre duas pessoas tão diferentes entre si que juntas são tão improváveis quanto necessárias. Não é sobre um lindo fim, mas sobre uma caminhada imperdível, conjunta, você com os personagens, por 20 anos de uma vida de altos e baixos, de um amor crescente e genuíno, de excessos e faltas. E por isso merece ser lido aos poucos, pra que a sensação de experiências seja vivida por você também, nessa carona de aventuras que o livro proporciona. Amei a dupla Dex&Em, mas principalmente a Em.

"É onde tudo começa. Tudo começa aqui, hoje. E logo depois termina."
Lu Couto 24/06/2020minha estante
Ahhhhhh to tão feliz que você terminou e gostou! Amo demais esse livro ??


Duda 24/06/2020minha estante
Eu amei também! E assim, lembrava um pouco da história porque amo o filme, mas adorei como o autor finalizou o livro... aiai ??


Lu Couto 24/06/2020minha estante
O final é muito maravilhoso mesmo ?




Devorando Livro 23/06/2020

Romance clichê
Um livro que dura 20 anos, porém contado em apenas um dia no ano, dia 15 de julho.
Fala desde a época de faculdade, até eles bem adultos. A trajetória e história de cada um.
comentários(0)comente



Rainy Rangel 23/06/2020

Em e Dex! Dex e Em!
Já conheço a história de Dex e Em há alguns anos depois de ter assistido ao filme, mas isso não atrapalhou em nada a leitura. Não sei em que diabos eu li que o final do livro era diferente do filme, mas fiquei surpresa quando aconteceu o adicente, eu realmente esperava que fosse diferente.
Meu coração esta apertado, entende? Eu não deveria ter lido esse livro, não agora! Só estou com vontade de chorar mais desde que fechei a última página e não sei quando isso vai passar.
comentários(0)comente



Marta 22/06/2020

O amor vence os anos
Emma e Dexter são os dois protagonistas dessa história, eles se conhecem no dia 15 de julho de 1998, o dia da sua formatura. Apesar da forte conexão que eles tiveram, suas vidas tomarão rumos diferentes.
.
Um livro recheado de idas e vindas, de escolhas difíceis, de compartilhamento de sonhos. Um livro que em cada capítulo, alterna as personagens explicando por 20 anos, sempre no dia 15 de julho, seus encontros e desencontros e o que seria diferente se tivessem feitos outras escolhas. .
Não posso mais falar sobre a história, pois estarei dando spoilers, mas recomendo a leitura para quem gosta de um bom romance! David conseguiu nos fazer sentir todas as emoções dos personagens em cada palavra e somos muito gratos por essa história.
Se gostou da resenha, siga o meu perfil literário: @petalasdeflorchuvadeamor

site: https://www.instagram.com/p/B-PSVHgjEtg/?utm_source=ig_web_copy_link
comentários(0)comente



Lud 18/06/2020

Dex e Em, Em e Dex.
Meu romance contemporâneo favorito, me fez chorar bastante e a adaptação pro cinema é incrível e tem a Anne Hathaway interpretando. ??
rahrt 18/06/2020minha estante
Essa históriaaaaaa
É muito maravilhosa, apenas isso.




spoiler visualizar
comentários(0)comente



JulianaCalvelli 17/06/2020

Linda História de Amor
Eu amo a forma como essa história é construída, ligando todos os pontos, até mesmo no final. Essa é uma das minhas coisas favoritas sobre esse livro, com certeza, A CONSTRUÇÃO.

E o enredo me cativa demais. É incrível imaginar e viver através desses personagens, um amor de quase 20 anos, com tantos encontros, desencontros, acasos. É a vida contada pela ótica romântica. É uma história lindíssima.

Amo o fato dos personagens irem crescendo juntos, mudando ao longo dos anos, e se transformando em pessoas completamente diferentes, mas no fundo ainda com aquela mesma essência.

Quero levantar um ponto muito importante aqui também, eu achei que a Anne Hathaway no filme foi uma Emma muito melhor do que a Emma do livro, com aquela atuação e carisma impecáveis. Com certeza se eu só tivesse lido o livro, teria tido menos afeição pela Emma, já que ela se mostra tão chatinha as vezes, e muito, mas muito autodepreciativa.

Quanto ao Dexter, era exatamente o mesmo, no livro e no filme.

Eu achei muito legal ter lido o livro para ter acesso a trechos da história que não apareceram no filme, mas de um modo geral o filme foi muito fiel ao livro, são poucas coisas que diferem. E no final, achei melhor o filme. A produção cinematográfica foi impecável, com todas as cenas, fotografia e figurinos lindos, com os cenários deslumbrantes, em Paris, em Londres. E a Anne foi perfeita, como em tudo que ela faz. Fico muito feliz que ela tenha dado vida a Emma.

Enfim.. que história! :)
comentários(0)comente



dedelalves8 15/06/2020

Divertido e elegante!
Fiquei mais preso ao livro após a metade dele, me diverti bastante com as sacadinhas dela.
comentários(0)comente



Malu Caires 14/06/2020

Eu sempre fui muito romântica nesse sentido de acreditar que as pessoas podem sim voltar para sua vida. Então, me emocionei bastante com toda a história. Claro que Em e Dex não são perfeitos, mas ninguém é. As pessoas aprendem com os erros o tempo todo e se tornam pessoas melhores. O Dex sempre teve tudo muito fácil, por isso não sabia lidar com as adversidades e encontrou um apoio em Em. Depender de outra pessoa não é a melhor solução, mas eventualmente isso acontece. Ter um porto seguro pode ser salvador.

"Você é linda, sua velha rabugenta, e se eu pudesse te dar só um presente para o resto da sua vida seria este. Confiança. Seria o presente da Confiança. Ou isso ou uma vela perfumada."
Leitura e . 14/06/2020minha estante
Oii... Bom diaa... Tudo bem?... Desculpa por interromper sua leitura, mas gostaria de te convidar a me seguir no Instagram para acompanhar minhas leituras... te espero lá...?
Obrigado.
@leituraeponto


Maria Julia 14/06/2020minha estante




Thays 09/06/2020

Em e Dex, Dex e Em
Um dos únicos livros onde gosto tanto do livro, quanto do filme. Uma história de amor e amizade de Em e Dex.
comentários(0)comente



Regina.Luiza 07/06/2020

15 de julho de 1988.
Foi a primeira vez que Emma e Dexter se encontraram. A bem da verdade eles já haviam se visto muitas vezes antes, já que estudavam na mesma universidade, más jamais haviam se falado antes.
Emma tinha uma paixão meia platônica por Dex, mesmo antes de conhecê-lo. Só que ele a considerava apenas uma amiga. Não que ele não quisesse dormir com ela; o caso é que ele queria dormir com todas. Assim era ele, um jovem que achava que tinha a vida toda pela frente e era jovem demais para levar a vida à sério, se comprometer, trabalhar e essas coisas. Emma, por sua vez, era sensata, autossuficiente, trabalhadora e inteligente, faltava-lhe apenas um pouco mais de autoconfiança.
Os dois decidiram ser amigos e todos os anos se encontravam no dia 15 de julho. A vida levou-os por vários caminhos diferentes, inclusive a brigas que os afastaram, não permanentemente no entanto. Emma em busca dos seus sonhos, trabalhou duro para ver seus objetivos realizados, principalmente o de tornar-se uma escritora e Dex atrás de, não sei ao certo o que ele perseguia, talvez a juventude eterna.
Eles não podiam ser mais diferentes, amigos improváveis, porém muito necessários um ao outro.
Por todos os anos de amizade, Emma sempre o amou. Levou mais de 10 anos para Dex ver que se sentia da mesma forma e muito embora Emma tenha esperado por ele, a vida não espera por ninguém.
Achei o livro interessante, mas não passou disso. Interessante porque acho que é uma história bem plausível, podia, e tenho certeza que acontece, com qualquer um. Mas não vou dizer que gostei. Acho que minha birra é com o personagem Dexter, um par romântico fraco, como se diz ?Emma era muita areia para o caminhãozinho dele?. Tem um filme do livro, que eu não vi, então acho que é isso.
Obs: o livro tem umas citações boas que eu não conhecia.
comentários(0)comente



1132 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |