Guardião do Desejo

Guardião do Desejo Leanne Banks




Resenhas - Guardião do Desejo


3 encontrados | exibindo 1 a 3


Cris Paiva 28/07/2011

Esse é um livro que se encaixa na categoria de "maomeno" que a gente tem de monte por ai.
O livro tem conflitos, mas todos aparecem de forma superficial e bobinha. O mocinho, apesar da pose de bicheiro com corrente de outo e relógio vistoso é meio sem sal e não tem pegada.
A mocinha ao invés de lutar pelo que quer só faltou se enconder embaixo da cama com medo de apanhar do bicheiro. O menino que é o objeto da disputa é tão bonzinho que mal deu bom dia o livro inteiro.

É bobinho, sem sal, mas até que dá pra ler e passar o tempo. Só por isso que não levou 2 estrelinhas.
comentários(0)comente



Suzane 08/04/2011

Nao chega a ser um mal livro, mas um como varios outros que eu ja li. Nao sei porque, mas fico desconfortavel com o cara que primeiro se apaixonou pela irma gemea e depois se apaixona pela outra. Fico sempre com a impressao que substituiu a primeira e isso torna o romance chato pra mim.
comentários(0)comente

CarlaC 08/04/2011minha estante
A história não conheço, mas essas capinhas acho um exagero... rsrsrs




Dayane 04/09/2011

Guardião do Desejo
Primeiro de tudo acho que esta capa precisa ir urgente para o "esquadrão da moda", está cafonééééééééééééérrima!!!!! Acho que ela influenciou meu julgamento sobre o livro, porque na minha cabeça esse relógião dourado canário fazia barulho sempre que o mocinho entrava em cena, e de alguma maneira imaginei ele com a camisona aberta até nos momentos mais absurdos tipo no batizado da prima da mocinha!!

Bem além deste deslize fashion a história não emplacou, ficou no quase. A mocinha tinha traumas de infância que quase comoveram, a família do mocinho insinuou um mistério que quase me deixou curiosa e o casal quase me convenceu que se apaixonou, quase...

Outra coisa que me deixa irritadíssima é esta história de gêmea piriguete ser considerada a cleópatra pela gêmea sofrida, apagada e boazinha, cansei deste clichê. Para ajudar a me deixar mais irada, neste livro o sinhozinho malta mencionou ter sido babão e bobão pela piriguete falecida umas 537 vezes! Que saco!

A gêmea boa praticamente nem apareceu no livro, ficou lá num cantinho esperando a vez de dizer seu texto.

Ah, tem uma criança, filho do George Michael e sobrinho da Figurante Número 85. Ele foi o motivo do casal se unir, mas não fedeu nem cheirou na história.

Tenho uma pilha de títulos desta autora para ler, mas acho que comecei sem sorte... vou demorar para pegar outro. Sorry Leanne Banks.
comentários(0)comente



3 encontrados | exibindo 1 a 3