Olhos Brilhantes

Olhos Brilhantes Catherine Anderson




Resenhas - Olhos Brilhantes


4 encontrados | exibindo 1 a 4


Katia 27/11/2015

Mocinha divorciada com filhos. Mocinho TDB. Laços de família.
Livro lindo! Encantador!
Esses irmãos Coulter são simplesmente maravilhosos.
Verdadeiros príncipes.
Homens dos sonhos de toda mulher.
É o terceiro livro que leio desses irmãos, e um é mais apaixonante do que o outro.

Acho que esse livro deveria se chamar Laços de Ternura. Rs. Só acho!
O livro é pura ternura. Ternura nas relações familiares. Laços de família. Verdadeiramente adoro quando leio um livro que foca em relações familiares, e não só casal, casal, casal!

Zeke e Natalie. Ele, um solteiro convicto, até se apaixonar por ela.
Ela, recém divorciada, com dois filhos para criar. Um menino problemático, o Chad, com cicatrizes na alma devido a separação dos pais, e a falta de atenção e amor do pai. E Rosie, uma menininha de 04 anos, menina prodígio, que no primeiro encontro com Zeke entabula uma conversa que é difícil acreditar que saia da mente de uma criança de 04 anos. Depois, ela fica normal a meu ver. Rs.

Chad, o filho dela, num ato de revolta após mais uma ligação não atendida do pai, vandaliza a propriedade de Zeke, e daí se inicia a relação deles.
Zeke vem de uma família numerosa, onde o amor transborda, foi criado com muito amor e com a absoluta presença dos pais, se sensibiliza com a situação do menino, e com muita empatia, está sempre com as palavras certas, com bons conselhos, que vão conquistando o respeito de Chad e de toda a família de Natalie, inclusive ela.
A família dela, segundo suas próprias palavras, é maluca, mas é uma família deliciosa, composta até de um ganso muito doido, eles se adoram e se apoiam, inclusive o ganso, kkkk, são muito unidos.

Ela bem que pensa em resistir ao vaqueiro gostoso que está dando em cima dela, afinal foi muito ferida no casamento, tem profundas cicatrizes na alma, e não quer repetir a experiência, mas percebe que Zeke é muito, muito, muito diferente. Prá que resistir? Ela não é boba nem nada!

Ele é um príncipe, só faltou o cavalo branco! Um parceirão que está do lado dela pro que der e vier, quando descobre que está apaixonado, se declara sem medo de ser feliz, adoro! rsrs, a conquista, a protege, é um verdadeiro cavalheiro, compra suas brigas, acredita nela sem vacilo algum, vai até o fim para protegê-la e aos seus filhos, dá força na sua carreira, ela é uma cantora muito talentosa, porém acredita que está velha prá se lançar no mercado e fazer sucesso. E ele mostra que não, nunca é tarde, quanto mais quando é um talento nato como o dela, ele impulsiona seus negócios, a ajuda com idéias brilhantes e financeiramente. É um verdadeiro porto seguro! e prá completar o pacote se apaixona também pelas crianças, os tratando com todo o carinho e amor que eles merecem!
Lindo! Lindo! Lindo!

Renata 27/11/2015minha estante
Catherine Anderson é diva, a Suma de Letras Portugal publica os livros dela, poderíamos tê-los também.


Katia 27/11/2015minha estante
Concordo! Diva mesmo!' Amei todos os livros dela até agora! Tbm queria que o Brasil publicasse os livros dela, se bem que o Portugués de Portugal eu sinto como se tivesse no Brasil mas em outro estado, certas expressões eu não entendo, mas não é um bicho de sete cabeças, no Brasil acontece isso entre os estados com as expressões regionais, por exemplo, sou do Rio, moro em Belém, as vezes falo as coisas que prá mim estão muito certas, e os paraenses ficam me olhando com cara de paisagem, ou vice versa. Rsrs. mas nada que não dê prá conviver normalmente. *-*


Gabi Moreira 27/11/2015minha estante
Katia, adorei sua resenha. Também adoro livros com relações familiares em destaque,"Um mais um" da Jojo Moyes e "Mesa para Cinco" da Susan Wiggs são assim.
Você tem algum livro para me indicar que seja assim tbm? Ando meio cansada de livro que foca apenas no casal.


Hester 28/11/2015minha estante
Depois desta resenha eu tb quero ler o livro. :-))


Renata 28/11/2015minha estante
Ah, esqueci de dizer: a filhinha Rosie é a segunda melhor criança literária ever, só perde para Anne de Green Gables! ;)


Katia 29/11/2015minha estante
Gabriella, a trilogia do Texas da Lorraine Heath: Texas Destiny, Texas Splendor e Texas Glory, é linda a relação dos irmãos, ma-ra-vi-lho-sa! Outro que gostei muito foi The Gamble, da Lavyrle Spencer, não é uma família tradicional, é uma família bem toooorta, não há laços de sangue, mas de amor, é muito bonito!!


Katia 29/11/2015minha estante
Ah! Obrigada pelas dicas Renata e Gabriella, vou anotar e colocar na minha lista. Bjs.


Katia 29/11/2015minha estante
Hester, estou apreciando muito essa autora, os livros dela que li até agora, adorei! Os mocinhos são um sonho!!


Gabi Moreira 29/11/2015minha estante
Katia, anotado, Já terminei Olhos Brilhantes, li uma versão com o português de Portugal. Sim, eu devorei o livro...rs
Renata,eu vou procurar essa sua dica, adoro essas crianças. Em "Um mais um", tem a Tanzie, que é uma fofa.


Katia 30/11/2015minha estante
Que bom!! Quando puder leia os outros livros dela, todos que li até agora achei muito lindos!!


Gabi Moreira 30/11/2015minha estante
Katia, lerei com certeza. Obrigada.


Hester 01/12/2015minha estante
Meninas, eu fui com muita sede ao pote (até dei um tempo na leitura atual), sinceramente nao gostei muito. Acho que fui com muita sede :-)


Katia 02/12/2015minha estante
Mas isso tbm acontece comigo.. Rsrs.. Leitura muitas vezes tbm depende de momento, ou de estilo talvez ela tenha pecado em alguma coisinha q vc não goste, os mocinhos dela por exemplo são muito bons prá ser verdade, mas é tão bom sonhar!! E suspirar!! Hahahaha *-*




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Monica 20/03/2012

Outra ótima história da Catherine Anderson. O que mais me encanta nesses livros dela é a postura dos mocinhos. Quando eles se apaixonam, não ficam enrolando, não. Na primeira oportunidade já informam às mocinhas e se elas têm alguma dúvida, elas que se virem para aceitarem eles na vida delas, pois eles já sabem o que querem e não se fala mais nisso!!! kkkk
comentários(0)comente



Lizzy 04/01/2012

Uma graça!
O quinto livro dessa série narra a história de Zeke Coulter e Nathalie Patterson. Um romance terno, uma história do cotidiano, que fala de recomeço e de segundas oportunidades. Ele é o solteirão por opção dos irmãos Coulter, que sem esperar se vê apaixonado pela vizinha e, de quebra, pelos seus dois filhos. Quando Zeke exige que Chad, o filho de Nathalie, o ajude na propriedade como forma de pagamento pelo vandalismo feito por ele, não imaginava encontrar uma família tão carente de atenção e amor. Nathalie é uma mulher que deixou seus sonhos de lado em virtude um casamento que fracassou e ofuscou seus sonhos, mas com Zeke ela tem a chance de se realizar como mulher e profissionalmente. Uma história encantadora, não é tão emotiva como O Sol da Minha Vida e o Domador de Paixões, meus favoritos dessa série, mas é igualmente envolvente, com momentos que qualquer um de nós poderia vivenciar, sendo fácil se identificar com seus personagens em várias passagens, com cenas engraçadas e peculiares. Morri de rir quando Chester, o ganso da família, corre atrás de Zeke bicando suas belas nádegas como um verdadeiro cão pastor. A pequena Rosie, filha de Nathalie, é de uma inteligência desconcertante e adorável. Uma história com um leve suspense, que prende e nos oferta lições de estímulo e autodescobertas. Recomendo.
comentários(0)comente



4 encontrados | exibindo 1 a 4