JUVENTUDE ENGARRAFADA

JUVENTUDE ENGARRAFADA Wilgner Murillo Santos




Resenhas - JUVENTUDE ENGARRAFADA


3 encontrados | exibindo 1 a 3


Rodrigo Picon 07/01/2013

Juventude Engarrafada
A história de "Juventude Engarrafada", de meu amigo Wilgner Murillo Santos, se resume, basicamente, em uma organização secreta - a CENPE - buscando o elixir da juventude eterna raptando menores e utilizando os seus sangues, tudo a mando do inescrupuloso Doutor X. A história possui como protagonistas a doutora Elizabete Ferrais e o detetive Tony Adolf, para tentarem parar a barbaridade feita pela CENPE, e Igor Gaspar, um adolescente de doze anos que tenta fugir das sandices do Doutor X.
"Juventude Engarrafada" possui uma boa história - bem orquestrada, com uma boa trama e bons personagens. O texto é leve, sem rebuscamentos, e a narrativa é ágil, o que faz com que o leitor leia com maior vivacidade, sem delongas cansativas e palavras de pouco conhecimento popular, embora algo particular me incomodou: o início. Tão logo começa o livro somos mostrados a diversos personagens - Igor, Willian Albuquerque, Elizabete, Doutor X, Tony, Jones Petes - , e nenhum deles se mostra ser o personagem principal, fazendo o leitor não se cativar por nenhum dos personagens, somente no final, quando a trama já se está totalmente desenrolada. E, como os segredos principais da história - quem é o vilão, seus planos e outros - foram já demonstrados logo no início do livro, o leitor sente a falta de saber qual é a trama da história, para saber como esta se desenrolará ao longo das páginas que compõem a obra.
A parte final do livro, sem sombra de dúvida, é a parte mais interessante do livro. Desde o momento em que se revela a identidade do Doutor X - que facilmente se descobre, se você usar um pouco de lógica dedutiva, embora isso não seja um fato ruim - e seu plano de não ver os segredos sujos de seu império revelados - embora isso me lembre um pouco a Umbrella Comporation, do jogo Resident Evil -, com o clímax chegando, o livro chega na sua parte mais interessante, mesmo sendo um final clichê, já esperado pelo leitor, e o leitor - neste momento - cativando por Elizabete e Tony.
"Juventude Engarrafada", sem sombra de dúvida, não deixa de ser um bom livro.
Wil 07/01/2013minha estante
Juventude Engarrafada é apenas o começo... haverá uma continuação... Por isso o leitor só apaixona-se por Elizabete e Tony no desfecho para que siga a continuação preparado para o que virá.




Vanessa Meiser 25/09/2012

http://balaiodelivros.blogspot.com/
Eis aqui o terceiro livro deste querido autor que eu tenho o prazer de ler e resenhar para vocês, os outros dois foram: Dona Teresina e sua Vizinhança e Nunca Esqueça Suas Moedas. Cada qual mais diferente do outro, enquanto que o primeiro é uma história de comédia, o segundo é uma coletânea de contos e o terceiro uma ficção científica.
Eu já falei para vocês que o Wilgner tem apenas 19 anos? E pensar que com tão pouca idade ele é capaz de escrever três livros tão distintos...Quem não o conhece nunca diria que as histórias foram escritas pela mesma pessoa, Wilgner é definitivamente um autor eclético.
Pois bem, Juventude Engarrafada nos trás uma impressionante trama onde o foco central é um poderoso Elixir da Juventude que vem sendo fabricado em um centro secreto de pesquisas, o CENPE.
Este elixir foi descoberto por acaso pelo Dr. Richard que verificou em uma cobaia que sua descoberta era capaz de tornar muitos anos mais jovem quem o ingerisse. Na época da façanha ele possuía como assistente em seu laboratório sua jovem sobrinha Beatriz que veio a falecer tragicamente exatamente pelo motivo de ter conhecimento da formula do elixir. Nos anos que se seguiram, seu tio, Dr. Richard sentiu-se muito culpado pela morte prematura de Beatriz principalmente pelo fato de que ele sempre foi a única pessoa que sabia a fórmula exata do elixir, sua sobrinha não sabia que era preciso um ingrediente específico para que a fórmula tivesse exito.
Dr. Richard passou a trabalhar para o misterioso Doutor X no secreto CENPE que funciona em um subsolo da cidade de Sarutobê onde até mesmo os funcionários que lá trabalham não tem conhecimento exato do que ocorre no Centro.
Ao mesmo tempo em que as pesquisas estão ocorrendo, tem havido muitas mortes inexplicáveis de crianças. Quem investiga estas mortes é o Detetive Tony Adolf que tem em mãos um dos mais complicados casos da sua carreira. Até então só o que ele sabe é que estas crianças são encontradas sem vida e sem uma gota de sangue pelo corpo como se tivessem sido sugadas por um vampiro.
Enfim, deu para vocês perceberem que se trata de uma história envolvente e cheia de revelações. A identidade do Doutor X foi um mistério durante todo o livro e eu me surpreendi muito quando finalmente descobri quem era esta pessoa...
Temos aqui um livro muito bem elaborado e que sem dúvida vai conquistar muitos leitores. Uma história intrigante e muito interessante que eu com certeza recomendo para quem gosta do gênero e também para quem não é muito chegado - sugiro que deem uma chance.
Agradeço ao autor pela gentileza de ter me oferecido a obra para apreciação e lhe parabenizo pelo belo trabalho realizado.
Recomendo!
Wil 07/01/2013minha estante
Obrigado Vanessa. Incrível! ^.^


Vanessa Meiser 07/01/2013minha estante
Seu livro é 10!




Eduarda Rozemberg 19/12/2016

Resenha do Wattpad: Juventude Engarrafada
Sabe aquele livro que você não dá nada por ele à primeira vista, começa a ler, não se empolga, decide deixar para depois e depois de um tempo dá uma nova chance e acaba se surpreendendo? Foi exatamente o que aconteceu com essa história. Afinal, que atire a primeira pedra aquele que nunca pensou "por que eu não li isso antes?".

Logo de cara a história nos apresenta o tão misteriosos Doutor X citado na sinopse. Sendo assim, se dá a entender que todo o enredo gira em volta desse personagem e dos seus planos sobre a cidade de Sarutobê, na Bahia, e, em breve, todo o mundo. Ele tem como objetivo conseguir juventude eterna, mas para isso, de sacrificar algumas coisas.

Durante a leitura, tive a impressão de estava lendo aquele formato clichê de vilão de histórias de super-herói. Temos o mocinho, Tony Adolf, que quer descobrir o que está por trás dos desaparecimentos de crianças. Ele é um detetive solitário, sem família e nem amigos, passando boa parte do tempo se dedicando ao seu trabalho. Temos também a mocinha, Elizabete Ferrais, uma cientista brilhante, que trabalhou por muito tempo na organização de Doutor X, mas decidiu que os planos deste estavam passando dos limites. Ainda assim, senti que os personagens secundários foram muito bem colocados, como Igor, Xavier, entre outros.

Por mais que a história tenha essa fórmula dando a entender que tudo é muito previsível, há reviravoltas em determinado momento que me deixou de boca aberta. Achei bem interessante e curiosa a explicação para a tal juventude eterna, visto que tudo gira em volta disso.

Durante os capítulos acompanhamos Elizabete tentando sair da organização do vilão em questão, indignada com as monstruosidades que estavam acontecendo dentro do complexo. No entanto, ela corria perigo de vida, pois sabia que quem entrava no caminho dele, acabava morto. Faz de tudo para destruir os planos dele, até que recebe a ajuda de sua antiga paixão da faculdade, Tony. Também temos capítulos dedicados a Igor, que foi sequestrado igualmente às outras crianças. Ele é um menino bem esperto, mas tudo o que quer é fugir, e por meio disso, acaba dando de cara com algumas situações que o deixam bastante amedrontado e tenso.

A escrita de Wigner é detalhada na medida certa, de forma que os capítulos passem com uma fluidez impressionante. Não é uma história muito longa, então a minha leitura se deu bem rapidamente. Os acontecimentos são muito bem articulados e que vão sendo reveladas as ligações aos poucos, dando um prazer a descoberta. O que mais gostei foi o fato de ser uma história de ficção científica que tem o Brasil como cenário, coisa que eu nunca tinha visto. No entanto, nem tudo foi um mar de rosas... O romance apresentado eu achei ele bastante forçado e desnecessário, o que na minha opinião, poderia ter sido muito melhor explorado em uma continuação.

site: http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/2016/12/resenha-do-wattpad-juventude-engarrafada.html
comentários(0)comente



3 encontrados | exibindo 1 a 3