Nick & Norah

Nick & Norah Rachel Cohn
David Levithan




Resenhas - Nick e Norah


54 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


melissa 29/01/2010

É de verdade
O que mais me chamou atenção nesse livro foi que Nick e Norah são de verdade. Nada de personagens idealizados de livros teen, apenas dois jovens com qualidades e defeitos que se encontram numa noite. O que mais gostei, foi saber com detalhes o que se passa na cabeça dos dois e como o relacionamento deles evolui de uma maneira completamente possível na nossa realidade. Nada de juras de amor eterno à primeira vista, simplesmente, um encontro de pessoas afins.
Márcia 29/01/2010minha estante
concordo. se pode acontecer na vida real... nem pra acontecer comigo... *suspira*


Ana Claudia Car 08/10/2014minha estante
Coisa mais deliciosa esse livro, David Levithan nunca me decepciona, e com a parceria da querida Rachel cohn melhor ainda.
os personagens protagonistas logo de cara te conquista sem nenhum esforço.




Márcia 06/08/2010

Nick e Norah é erótico (na medida certa), apaixonante, apaixonado, romântico e divertido. É um daqueles livros que você passeia os olhos pelas páginas sem nem sentir. Apenas dois momentos do livro me cansaram - não vou dizer quais - mas amobs foram momentos de reflexão de Norah. Ou seja, eu adoro o Nick! Ele é tão fofo que poderia se passar perfeitamente por um dos "caras" de Meg Cabot - a autora dos garotos-personagens fofos.

O único defeito geral do livro está na tradução. Além de inúmeras referências à músicas e artistas e bandas de rock não muito conhecidas no Brasil - que fazem total diferença em determinadas partes do livro, já que eles usam muitas comparações usando essas referências, e sem uma explicação do significado ou sem uma tradução, os não-entendedores-da-lingua-inglesa ficam boiando. Há também as inúmeras expressões americanas que resolveram bater pé e resistiram à tradução brasileira. Inúmeras expressões americanas que aparecem o tempo todo no texto sem quaiquer explicações do significado. Dá vontade até de pular as expressões. Ou seja, ficamos sem o significado do parágrafo.
Resumindo: a tradução é podre.
Achei o máximo a técnica de dividir a narrativa entre Nick e Norah. Não é como se os autores mudassem o foco. Não. Os personagens é que mudam. Gostei mais da cabeça de Nick, me rendo. ;)
P.S. O ator que o interpretou no filme poderia ser mais gatinho --'
Taryne 02/08/2010minha estante
Eu achei o filme tão ruim que nem me deu vontade de ler o livro, mas sua resenha está ótima. Jura? Eu acho o Michael Cera tão fofinho com aquela carinha de nerd dele ;)




Lia 20/09/2009

Não julgue o livro pela capa
Encantador, incrivelmente fofo e diferente. Algumas pessoas acreditam, devido ao filme, que seja infantil, mas não há nada de infantil nele. Nick e Norah são adolescentes normais, sem grandes sonhos ou grandes traumas. Não são nem futéis em excesso.
O final do livro é realmente meio arrastado e enjoativo, mas no começo é ótimo. Impossível não se reconhecer em determinadas partes. Leve, divertido e interessante. Vale a pena!
Ana Claudia Car 08/10/2014minha estante
O filme poderia ter sido um pouco fiel ao livro.




Amanda 04/07/2012

The awesome playlist
Conheci Nick e Norah ao assistir o filme e um bom tempo depois vim descobrir que existia o livro, tive que comprar... E é assim que você desapaixona por um filme.

Nick e Norah é uma estória contada em uma noite. Eles se conhecem em um lugar onde várias bandas punks estão tocando e ao decorrer da noite percebem quão parecidos são. A única coisa que me incomoda no livro, é que não acredito muito nesses amores instantâneos, mas não é nada que faça com que o livro seja ruim, pelo contrário, está quebrando parâmetros.

Nick e Norah tem um estilo de narração diferente, os dois personagens alternam a narração a cada capítulo, isso é um ponto positivo para o livro, a estória não deixa brechas e você acaba sabendo a opinião dos dois. A música, claro, é algo simplesmente maravilhoso do livro. Referencias que vão de Beatles, Smiths e chegam até Alanis e se você traduzir ao pé da letra ou ler o livro em inglês, ainda conseguir extrair referencia a 'Singing in the rain' um musical americano.
Esse é um dos livro que a indicação (adolescente) não é nenhum pouco errônea, a ponto de acreditar que alguém mais velho pouco provavelmente iria gostar da leitura. É o tipo de livro que faz você querer ir para as baladas punks e encontrar um cara para ser seu namorado por 5 minutos!

Enfim, um livro para distrair, conhecer bandas novas e se divertir com uma estorinha adolescente. Recomendo a leitura.
comentários(0)comente



Thany 07/10/2009

Minha amiga me indicou pra ler e me apaixonei completamente por essa 'noite de amor e música'. Nick e Norah são diferentes dos personagens dos livros de romance que costumo ler, mas mesmo assim AMEI. Indico a todos. Tem partes muito divertidas e achei a parte do ela que se foda/eu que me foda hilária. Já ta na lista dos casais preferidos!
comentários(0)comente



marypaixao 08/08/2010

Nick & Norah: Uma noite de amor e música, da Rachel Cohn e David Levithan. Nick toca numa banda de punk, numa noite como outra qualquer. A única diferença é que a garota que ele namorava acabou com ele, e agora ele está na fossa. Ao vê-la no show, tenta de todas as maneiras não esbarrar com ela, mas não tem jeito. Para tentar fugir desse encontro maldito, Nick pede à Norah, uma garota desconhecida que estava ao lado dele perto do bar, para ser sua namorada por cinco minutos. E entre um mundo de acontecimentos, que vai desde o encontro com a ex namorada, com a surpresa que Norah também a conhece, até a amiga bêbada dela que ele tem que levar pra casa, esses cinco minutos se transformam numa noite inteira. Mas uma noite muito estranha, muito complicada e muito bonita também. Nada são flores, eles são adolescentes, ambos tem rancores e mágoas do passado, mas eles acabam se divertindo. E enloquecendo, e ouvindo música boa e trocando figurinhas. Como o livro é super pequeno e gira em torno dessa única noite (que vara a madrugada, devo dizer), se contar mais estraga.

Confesso que foi uma surpresa pra mim. Eu já havia ouvido falar muito bem do livro, e sempre babava por ele na livraria. Foi uma surpresa boa, mas meio decepcionante. Calma, não quer dizer que o livro é ruim – pelo contrário. Mas é que eu tinha uma ideia do livro e ela foi desfeita. Eu pensava que Nick e Norah seria um casal lindo e mágico, daqueles que se apaixonam à primeira vista e nunca mais se largam. Mas eles são adolescentes e, como todo bom adolescente, são SUPER complicados. O melhor de tudo é que os dois narram o livro: cada capítulo é narrado por um, e isso é muito legal, ver a visão dos dois sobre o que acontece com eles nessa noite. Outra coisa maravilhosa também são as músicas; Nick é baixista de uma banda de punk, e Norah é filha de um grande empresário do ramo musical. Então os dois entendem de música e fazem ótimas referências. Eu adorei, adoro punk e já vou pegar todas as músicas que aparecem no livro (os agradecimentos do livro é em forma de playlist! – MUITO legal! ) É uma noite inteira de descobertas sobre cada um. É delicioso, e ao mesmo tempo é agoniante (porque eles são muito complicados e se desencontram muito!). Eu li numa noite. Recomendadíssimo! Baixem as músicas também! XD
Cinco estrelas, várias músicas legais e um trecho do livro de presente pra vocês. Eu sei que não sou de botar trechos, mas esse aqui eu me identifiquei DEMAIS!

"Ele pelo menos podia me fazer a cortesia de arriscar uns olhares furtivos para meu decote ou, no mínimo, fingir que está interessado em saber tanto de mim quanto eu quero saber dele. Tipo assim, tudo. Tipo assim, AGORA."
comentários(0)comente



Maíse 14/09/2009

Uma história diferente
Eu adorei a ideia do livro. Achei extremamente interessante e, com certeza, o é.
Como foi dito em uma outra resenha, apesar de ser da Galera Record, o livro contém palavrões de alto escalão e temática sexual. Nada recomendável para crianças e para os adolescentes mais novos.

Mas, fora isso, o livro merece ser lido. O modo de escrita é rápido, e, apesar de parecer confuso muitas vezes, dá um ritmo incrível que a narrativa mais que merece.
Os personagens são bem construídos, e as falas são muito, muito boas.

E eu nem falei dos diálogos loucos, mas fascinantes.

;)
comentários(0)comente



Bela 17/11/2010

Gostei
É raro acontecer, mas gostei mais do filme do que do livro. Mesmo assim não me arrependi de ler. Fiquei curiosa para ver a série "My So Called Life", a preferida de Nick e Norah.

Favorite Quote: "Cantando na chuva. Estou cantando na chuva. É uma sensação gloriosa. Uma chuvarada inesperada e eu me entrego a ela. Porque que merda mais se pode fazer? Correr para se proteger? Gritar ou xingar? Não - quando a chuva cai, você só deixa cair, sorri como um louco e dança com ela, porque se você pode ficar, feliz na chuva, então você fez tudo certo na vida." Pág 189
comentários(0)comente



anna 17/10/2010

chato
Comecei a ler...mas sinceramente esta leitura não me agradou muito.muito palavrão e algumas falas sem nexo algum, achei o começo muito chato e ainda tentei continuar mas ele não me chamou atenção.
Vou terminar de lê-lo já que não gosto de nada pela metade...mas vai ser difícil.
Rafaelle 28/12/2010minha estante
Até que enfim alguém que concorda comigo.




Rafaelle 04/12/2010

Sinceramente? Chatinho, muito enrolado, cheio de frases desnecessárias, palavrões também desnecessários, e coisas que não tinham a miníma necessidade de acontecer, como o que aconteceu entre Norah e Tris no banheiro. Tentativa de ser moderninho ou algo do tipo que na minha opinião falharam.
Mas gostei muitos das citações de bandas e músicas, e também gostei do finalzinho, foi legal.
comentários(0)comente



PolyFlores 04/07/2010

Um teen bem gostoso de ser lido.
Um livro para adolescentes que tem conquistado muito marmanjo, Nick e Norah traz uma história bem leve e divertida de dois jovens que, frustrados no amor, se encontram em uma deliciosa noite de amor e música!

Bem legal, uma leitura rápida e agradável, devorado em 01 dia.
comentários(0)comente



Raffafust 14/07/2011

Uma noite interminável mas muito agradável
Em um de meus aniversários meu melhor amigo apareceu com esse livro embrulhado para presente!
Eu que já gosto de Rachel Cohn devorei o livro em poucos dias.
A história é fofa, a noite é eterna mas rende boas situações.
Nota 10 para o livro e zero para o filme, não gostei muito dele no dvd,a cena do chiclete me deu embrulho no estômago e não lembro de a ter lido no livro .
A história do menino meio nerd que se apaixona por uma garota mais descolada e meio fora de seu alcance e em uma única noite se envolve nas mais doidas aventuras junto com a mlehor amiga dela, um ex namorado e amigos que são dele mas são extremamente confusos é muito divertida.
Gosto do personagem demais ele é tão nerd que beira a fofura! rs
Reli no mês seguinte e esperei em vão uma continuação que nunca veio.
comentários(0)comente



Cacá 05/09/2011

Nick estava na maior fossa depois de ser largado pela namorada, a que ele amava, adorava, a inspiração das canções que ele compôs. Ele ainda não sabia como superar ela ter respondido ‘acabou’ ao ‘eu te amo’ dele. Para piorar, ela apareceu na apresentação da banda em que ele era baixista. Acompanhada por outro. Visando evitar enfrentá-la, Nick se aproxima de uma garota com camisa de flanela no bar e propõe que ela seja sua namorada por 5 minutos.

Norah estava mais uma vez acompanhando sua amiga Caroline em uma de suas aventuras. Ela sempre cuida de Caroline e carrega a amiga bêbada em segurança para casa antes que ela suma com algum desconhecido qualquer. Era o que ela estava prestes a fazer, quando então surge esse cara, baixista de uma das bandas que tocou no lugar, e pergunta se ela quer ser sua namorada por 5 minutos. Ela estava pronta para responder que não, mas quando avista uma das garotas da escola (uma das que ela menos gosta e parece que está o tempo todo a seguindo), e ela vem em sua direção, Norah não pensa duas vezes e beija o tal cara.

O que os dois não esperavam era que o beijo seria tão bom, que a conhecida de Norah, de quem ela queria fugir, e a ex de Nick, que ele queria evitar, fossem a mesma pessoa, ou que os companheiros de banda de Nick iriam assumir os cuidados com Caroline e a missão de levá-la para casa e insistir que Norah saísse de lá com ele. A partir de então, aqueles 5 minutos se transformam em 7, depois em uma noite inteira e entre encontros com ex – tanto a dele quanto o dela – freiras dançarinas, amigas bêbadas, canções compostas numa calçada qualquer, um show secreto, uma dança na chuva e um casaco que pertencia a alguém chamado Salvatore, Nick e Norah passam uma noite inesquecível e interminável, em que se conhecem, se curtem e ficam extremamente confusos com seus sentimentos.


Resenha completa no blog:
http://meusdiscoselivrosetudoomais.blogspot.com
comentários(0)comente



Belú 25/02/2009

Super recomendo!!! Uma historia contada por 2 pontos de vista diferentes... e por Norah ter sido escrita pela Rachel Cohn e o Nick por David Levithan os personagens se diferenciam o livro inteiro... e vc sempre tem certeza quem é que ta narrando a historia no momento...

comentários(0)comente



01/04/2010

Muito muito muito bom.
No começo do livro, achei que ia me decepcionar. Era muito confuso! Mas depois que as coisas começam a se esclarecer, a história fica ótima. Norah se parece muito muito comigo, sério. O livro é lido e envolvente... Amei!
comentários(0)comente



54 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4