Senhor do Amanhã

Senhor do Amanhã Vanessa Bosso




Resenhas - Senhor do Amanhã


23 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Rose 20/07/2015

Esqueçam tudo o que sabem, ou acham que sabem sobre o atentado de 11 de setembro ocorrido nos E.U.A em 2001. Lembram dele?
O que ocorreu ali não foi um simples atentado terrorista. Não meus amigos, foi muito mais do que isso. O que ocorreu ali foi uma grande conspiração com o intuito de implantar a Nova Ordem Mundial (NOM) que entre outras coisas queria reduzir a humanidade em 70%.
A NOM tinha uma agenda global onde vários eventos pré programados em locais pré determinados fariam com que o plano fosse possível.
Mas deixa eu contar um pouquinho do livro, ou de como toda esta conspiração começa a ser desvendada. Após o atentado às Torres Gêmeas, o agente do FBI Jack Miller recebe um e-mail um tanto quanto inusitado, mostrando que a destruição do Pentágono era uma farsa. Lembrem-se que o Pentágono foi um dos alvos do atentado. Neste meio tempo, Helena, repórter do Canal 51 que estava justamente na frente das torres quando os aviões a atingiram, está investigando os fatos. Aliás, não só ela, mas seu câmera e seu diretor também. Mas tudo isso "na moita', visto que a imprensa em geral estava sofrendo censura, e só poderia divulgar notícias com o aval do governo.
É gente, estão sentindo o drama? Pois é, vamos continuar. A equipe do Canal 51 acaba descobrindo um fato que muda tudo o que é sabido sobre o atentado, mas que não muda as perguntas originais: 'quem?" e "por quê?".
Com o passar dos dias, os caminhos de Jack e Helena se cruzam e ambos começam a combinar as informações que tem para tentarem descobrir o que realmente está acontecendo. Eles acabam contanto com a ajuda de um hack muito bom que é constantemente usado pelas agências do governo.
Cada vez que eles cavam alguma coisa, outras tantas são descobertas, e o pior é saber que não podem divulgar nada do que estão descobrindo. O jeito encontrado foi criarem um blog. É gente um blog!
O blog foi ganhando qualidade, tamanho e seguidores, mas ainda sim parecia pouco. Os anos foram passando, e a agenda mundial que eles descobriram ia se tornando verdadeira a cada evento que tornava real.
Em um determinado momento este pequeno grupo acabou descobrindo que não estava sozinho e ganharam um fôlego a mais e bem mais forte. Mesmo assim, de 2001 para os dias atuais eles não conseguiram reverter os planos da NOM apesar de todo os esforços. As coisas não iam nada bem, e a humanidade estava prestes a dar um passo decisivo para seu próprio fim. Todos eram um alvo fácil e ninguém estava a salvo. Seriam eles capazes de colocar um ponto final nesta loucura? Que preço teriam que pagar para isso?
Adorei a forma como a autora pegou fatos reais e colocou-os na tal agenda global para criar esta enorme conspiração. E acredite, se você deixar sua mente voar durante a leitura, começa a ter medo dos próprios pensamentos, através da inevitável pergunta: "será?". É verdade gente, não tem como não lembrar do que ocorreu nos últimos anos após o atentado as Torres Gêmeas, está tudo ali, e nossa mente começa a nos pregar peças e a imaginação aumenta e a leitura fica tensa... sentiu a bola de neve? E no meio disso tudo estamos nós, meros cidadãos, alheios ao que está acontecendo.
Ah, para suavizar um pouco, temos Jack e Helena que apesar de todos estarem careca de saberem sobre a atração existente entre ambos, eles mesmo parecem terem receio de assumir este amor com o fim do mundo tão perto.
Só não achei perfeito porquê para mim o final foi simples demais diante de tanta conspiração. Faltou um algo a mais. Mesmo assim super indicado para os fã do gênero ou para aqueles que procuram algo diferente.

site: http://fabricadosconvites.blogspot.com.br/
Clarice.Castanhola 20/07/2015minha estante
Todo mundo fala tão bem da Vanessa Bosso, e eu aqui sem nunca ter lido nada dela, nem sei por onde começar...Não conhecia o livro,mas impossível não se interessar por ele somente com a sinopse. E sem falar na capa que é demais!!
Realmente nunca li nenhum livro sobre o fim do mundo, mas curto bastante filmes do gênero, então com certeza vou procurar adquirir o livro, por que fiquei realmente muito curiosa!!!




Lívia Stocco 20/12/2014

Recomendadíssimo!
Como qualquer aficionado por teorias de conspiração, eu não poderia deixar de achar este livro o máximo, principalmente por tratar de fatos reais e vinculá-los para fazê-los tomar corpo da conspiração descrita no livro. As personagens são interessantes, e embora eu as tenha achado um pouco caricatas no começo elas vão criando vida própria conforme a leitura passa, e a forma como os acontecimentos se ligaram foi bem interessante. A leitura é dinâmica e fluída, é um livro que te prende até o final, embora você corra o risco de se pegar procurando um inimigo escondido atrás das sombras depois de lê-lo.

Considerações (não leia se não quiser saber detalhes da trama)
Eu me surpreendi com o livro, gostei muito mais do que achava que gostaria no começo, principalmente porque, como falei, já tive minhas obsessões com teorias de conspiração, o que é totalmente compreensível para uma fã de Arquivo X. Talvez por causa justamente desse meu fanatismo eu tenha achado que as personagens principais ficaram um pouquinho parecidas demais com a dupla de detetives especiais do FBI da antiga série de TV, quando Mulder e Scully tiveram um caso de amor platônico não declarado, mas totalmente visível, durante as 9 temporadas, que só se consumou (ao menos às vistas do expectador) no capítulo final. Até o desaparecimento do agente Mulder na 9ª temporada teve seu paralelo na história do “Senhor do Amanhã”.

O que me incomodou mesmo, no entanto — e isso é totalmente gosto pessoal — foi a finalidade da grande conspiração, trazer Lúcifer e, depois dele, sua esposa Semíramis, para reinar sobre a Terra. Não posso explicar de outra forma, se não dizer que foi exatamente por gosto pessoal, se não eu estaria abrindo espaço para um debate maior envolvendo teorias religiosas, a pegada do “escolhido” (que também não sou muito fã), esse tipo de coisa. Portanto, basta dizer que eu, particularmente, não achei a finalidade da trama toda muito interessante.

Conclusão
No geral, no meu ranking particular de estrelas para livros dei nota 4 entre 5, porque não dá pra negar: teorias conspiratórias são muito legais! E a forma como a Vanessa Bosso as explorou foi brilhante. Com exceção das considerações que fiz, o livro todo é bem escrito, bem fluído e cativa o leitor, de forma que ele quer chegar ao fim o mais depressa possível, qualidade que eu sempre procuro. Recomendadíssimo!

É isso aí, gente, pra comprar clique no link abaixo:


site: www.bhardo.net; pargaia.blogspot.com.br
comentários(0)comente



PorEssasPáginas 01/03/2014

A Cuca Recomenda Senhor do Amanhã - Por Essas Páginas
Depois de ler A Aposta, da Vanessa Bosso, eu fechei o livro com uma sensação amarga, mas também um pouco doce. Apesar de não ter gostado do livro o quanto eu esperava, talvez por causa do tema, eu ainda assim apreciei a escrita da autora, que é ágil e envolvente. A autora então, super fofa e atenciosa, me indicou a leitura de outros de seus livros, mais a ver com meu gosto. Ela enviou pra gente um exemplar de Senhor do Amanhã, um romance conspiratório e cheio de intrigas. E ela estava certa: definitivamente, gostei muito mais desse livro, o tema é intrigante e a forma como o livro se desenvolve é instigante, mas os personagens não me convenceram. Ainda assim, é um livro que você deve ler. Entenda ao ler essa resenha.

Primeiro de tudo: essa sinopse é incrível. Quem escreve sabe que formular uma sinopse é um horror. Você precisa fazer duas coisas importantíssimas ao mesmo tempo: apresentar a história, mas sem revelar toda a trama e, especialmente, sem spoilers, e instigar o leitor, a ponto de ele ter curiosidade de adquirir o livro. É muito, muito difícil. E a Vanessa conseguiu elaborar uma sinopse perfeita: ela faz tudo isso e, de brinde, é super criativa. Foi a sinopse que me conquistou e me fez querer ler esse livro.

A segunda coisa fantástica em Senhor do Amanhã é o seu teor conspiratório e a maneira como ele foi construído em cima de acontecimentos reais. Segundo a própria autora em nota no final da obra, esta contém cerca de 70% de fatos verídicos. E é isso mesmo, você vai lendo o livro e se lembrando dos acontecimentos que acompanhou durante os últimos dez, quinze anos, e essa coisas, somando-se à trama do livro, vão dando uma sensação sufocante e espetacular de que a história é real – ou quase isso. Foi realizado um trabalho de pesquisa estupendo aqui pra reunir todos esses fatos e reuni-los em um livro, de maneira crível e envolvente. Há diversas referências a fatos, teorias que certamente já encontramos na internet e até mesmo ao Mito da Caverna, de Platão. Tudo isso foi, pra mim, a parte mais brilhante da obra.

Senhor do Amanhã começa com o ataque às torres gêmeas, nos Estados Unidos, no dia 11 de setembro de 2001. Já aí o livro chama atenção. Quem nunca desconfiou, nem que seja um pouquinho, desse dia? Há milhares de teorias conspiratórias envolvendo o 11 de setembro, e a autora soube aliá-las a também outras conspirações, sobre outros fatos, condensá-las e apresentá-las no livro. Nós conhecemos Jack Miller, um agente do FBI, e Helena, uma jornalista de um importante canal televisivo. A partir desse acontecimento de 11 de setembro, os próximos vão se desenrolando de maneira vibrante e de tirar o fôlego por todo o livro. São apresentados outros personagens e suas histórias vão se interligando gradualmente, até se chocarem com a verdadeira trama, que é o que está na sinopse: a Nova Ordem Mundial. Uma figura misteriosa, que se autodenomina Senhor do Amanhã tem planos de conquista global e vai agindo ao longo dos anos, colocando em prática uma agenda de acontecimentos terríveis a fim de aniquilar e dominar a população do planeta. E a resistência é formada por poucos que abriram os olhos para a verdade.

Toda a história é construída de maneira habilidosa e prende o leitor, e aí você me pergunta: afinal, qual foi o seu “porém” com o livro? Bem, o meu problema com ele foram os personagens. Eles não foram capazes de me cativar, de me envolver. E isso tirou um pouco o brilho que uma trama tão elaborada como essa poderia ter, ao menos durante a minha leitura.

Os personagens desse livro são extremamente caricatos. Jack é o agente durão, forte e cabeça dura, que ataca primeiro e age depois, e nega seus sentimentos para não se sentir fraco; Helena é a jornalista curiosa, teimosa e impulsiva, com um lado extremamente sensível, e os dois se apaixonam perdidamente. Key – que foi meu personagem favorito, apesar de tudo – é o hacker-nerd-inteligentíssimo-malandro-meio-gordinho-engraçadinho. O que eu quero dizer é: todo hacker precisa ser fora do peso, por exemplo? É desse tipo de coisa que estou falando. Não é um problema você trabalhar com um clichê, o problema é você utilizar vários em excesso. Foi isso que talvez tenha feito com que eu não me envolvesse o quanto deveria com os personagens e seus dramas. Eles não me conquistaram porque pareciam construídos em cima de uma fórmula pronta, uma receita de bolo. Você sempre sabe o que esperar deles. Talvez o único que tenha me surpreendido tenha sido o pai de Jack, mas foi só ele. Todos agiam exatamente da maneira como eu esperava em cima dessa fórmula. E o vilão? Bem, o vilão, ele é o maior exemplo disso. Ele é tão caricato que não consegui sentir nada por ele, nem mesmo raiva: falastrão, malvadão, maquiavélico, o típico vilão. Ele tão previsível que até a maneira de se referir a ele era clichê. Coisas como as duas citações abaixo:

“O ser diabólico avaliava as opções.”

“O infernal ajeitou a gola da camisa polo e encaminhou-se à mesa de mogno (…)”

“- Excelente. Tenho grandes planos para você no novo mundo. – o endemoniado condecorou.”

Foi mal, mas eu não consigo levar isso a sério. O vilão perdeu todo o meu respeito depois dessas citações. Até já fiz um Top Ten Tuesday falando sobre como estereótipos me desanimam em um livro. Simplesmente não dá pra mim.

O romance entre Jack e Helena também não me conquistou, mas talvez pelo fato de que os dois, primeiramente como personagens, não tenham me convencido. Como não me conectei aos personagens de maneira separada, é quase impossível que como casal eles funcionassem para mim. Outra coisa que me incomodou um pouco foi que, apesar de ser um livro com um teor talvez mais adulto, ele ainda mantém diversas vezes uma narração muito jovem, que não combinou com essa obra, especificamente.

O final também não me agradou, mas acredito que isso seja mais um gosto pessoal. O livro deu uma guinada para um clima sobrenatural que eu não esperava e que, pra mim, não combinou com todo o resto que foi desenvolvido durante a trama. A explicação foi muito mística, quando o resto do livro foi puxado para uma trama bem mais concreta. Talvez, se essa parte mais etérea da história fosse mais desenvolvida no restante do livro, a minha impressão desse final fosse mais positiva.

Mas e aí? A Cuca Recomenda? Sim! Mesmo com essas reservas, eu recomendo, gente. É um livro envolvente, mas acima disso, é um livro reflexivo. Você vai ler e encontrar fatos que conhece e pensar sobre eles. Não é que depois de ler você vá começar a criar teorias da conspiração, mas ao menos, alerta para abrir um pouco mais os olhos e não confiar de cara em tudo que se diz por aí na mídia e no governo. É uma obra pra deixá-lo mais esperto, mas, ao mesmo tempo, entreter. E um livro que faz refletir é certamente um livro a ser lido.

site: http://poressaspaginas.com/a-cuca-recomenda-senhor-do-amanha
comentários(0)comente



Cris Oliveira 22/01/2014

Um livro que te deixa grudado até o final. Muita conspiração, suspense e romance.
O livro começa com o acontecimento com as torres gêmeas e dali por diante discorre sobre vários fatos históricos sob uma perspectiva de manipulação, conspiração, tudo tendo o jornalismo e o FBI entrelaçado e lutando para desmascarar ou encobrir tudo. Um livro que te deixa em suspenso - onde nada parece ser o que é!
Super envolvente, com uma narração clara, objetiva e super realista.
No meio de tudo isso o romance entre Jack e Helena que tem um desfecho perfeito. Você não consegue parar de ler até a última palavra. Ele nos faz sentir impotentes com a possibilidade de tudo ser verdade..
Daria um ótimo filme com muita ação, aventura, muita conspiração e romance.
comentários(0)comente



Guilherme F. 13/01/2013

Confira mais aqui: http://osimbolista.blogspot.com.br/2012/03/resenha-senhor-do-amanha-de-vanessa.html
"Quinhentos milhões de pessoas testemunharão a chegada do equilíbrio.Controlaremos a reprodução humana, sabiamente.Um novo idioma unirá todos os povos e uma nova religião será a base de todos os princípios."

Li esse livro muito rápido, as letras grandes, a grande quantidade de diálogo e os emocionantes relatos, , você meio que fica paralisado com a história e curioso até o final.
Senhor do Amanhã é o 4º livro lançado por Vanessa Bosso, narra a história de um grupo de personagens: Helena e seu colega Michael estavam no exato momento quando ocorreu o atentado às Torres Gêmeas, Jack Miller, agente do FBI, que recebe por e-mail a foto do "atentado" e pede ajuda a Key, um hacker que em vez de ser preso decide trabalhar para o governo sendo vigiado a todo instante.

"Quem estaria no topo da pirâmide?Quem orquestrou a maior farsa da história mundial?Quem eram os assassinos de Robert?Estariam eles de olho em Helena, Michael e Richard?Quem mais estaria sendo calado enquanto eles discutiam naquela sala de reuniões?"

Ao decorrer da leitura, você vai descobrindo fatos que já aconteceram e estão acontecendo, como controle de alimentos, natalidade, algumas conspirações como que o homem não pisou na lua, a poluição, só que com algumas citações científicas que apesar de ser uma hipótese, poderiam provar muito bem, que aconteceu ou não tal fato.
O livro tem uma narrativa muito dinâmica, com alguns fatores que como disse no início ajudam(grande quantidade de diálogos, fonte grande), você nem percebe a velocidade que vai lendo, o contraponto que a Vanessa usou de fatos reais, conspirações e dúvidas(você pensa em algumas partes: será que aconteceu aquilo mesmo) com a ficção foi um fator interessante.

… Vamos mantê-los tão ocupados com coisas banais que não conseguirão enxergar a Luz mesmo se ela estiver bem disante de seus olhos. Vamos ocupar suas mentes com assuntos sem sentido. Vamos fazê-los trabalhar à exaustão com o intuito de ter cada vez mais. Vamos fazer com que se endividem e tenham que trabalhar mais para pagar seus desejos materiais sem sentido. Façamos com que marido e mulher tenham que trabalhar para que consigam manter os padrões de vida fúteis. Deixaremos seus filhos órfãos pelo poder do capitalismo. Fragmentaremos as famílias e tornaremos seus lares um verdadeiro inferno.

O livro não é aquele debate teórico é uma linguagem super fácil e interessante para se ler.Com uma adaptação para um roteiro, posso dizer que daria um bom filme ou série.
O livro é dividido em partes: 2001, 2002-2008,(passado), 2009-2015, (passado, presente, futuro), 2016, (futuro).Vale muito a pena ler.

"Se você quer abalar os pilares de algumas coisas que você acredita e ficar hipnotizado com a leitura, Senhor do Amanhã é uma boa opção."(Guilherme Franco, O Simbolista)

Abaixo uma das muitas conspirações que aparecem no livro, sobre a nota de Dólar, achei interessante trazer para você verem:


Você pode observar na nota:
-13 frutos, 13 listras horizontais, 13 folhas no ramo de oliveira, 13 estrelas, 13 degraus da pirâmide, 13 flechas, 13 letras nas palavras: "ANNUIT COEPTIS" e "E PLURIBUS UNUM";
-Está escrito na base da pirâmide: "Novus Ordo Seclorm", ou Nova Ordem Mundial;
-Tem uma coruja no lado direito da nota, que representa o símbolo dos Illuminati;
-Muitos outros como a data de 1776, Independência dos E.U.A. e fundação dos Illuminati.

Guilherme Franco / O SIMBOLISTA
http://osimbolista.blogspot.com.br/2012/03/resenha-senhor-do-amanha-de-vanessa.html
comentários(0)comente



Milla 18/12/2012

www.amorporclassico.com
Acho que os únicos livros conspiratórios que eu havia lido foram os de Dan Brown (são conspirações, né?) e fiquei surpresa com o enredo de Senhor do amanhã.
Vanessa Bosso soube argumentar e convencer. Eu já disse por aqui que sou nacionalista (vide futura museóloga), mas eu não sou do tipo "recomende autores nacionais", eu acho que o certo é divulgar e recomendar bons livros.

2001. 11 de setembro. Ataques terroristas ao Pentágono e ao World Trade Center: Uma farsa.
Uma elite global vem colocando em prática diversos eventos com um objetivo: instaurar a Nova Ordem Mundial. Uma sociedade que ambiciona dizimar a população terrestre e dominar o mundo.
Helena é uma jornalista que junto a uns amigos de trabalho depara-se com a verdade; eles têm gravações, filmagens, fotos, pesquisas que a princípio evidenciam que as torres gêmeas e o Pentágono não foram atacados por aviões terroristas e sim por mísseis, mas logo eles percebem que este é um evento, muitos já foram realizados e muitos outros virão. Entretando a mídia está censurada, o governo é quem decide o que pode ou não ser divulgado.
Alguns agentes do FBI também descobrem algumas verdades acerda dos atentados, mas devem manter-se longe de tais assuntos.
As pessoas que insistem em investigar os acontecimentos pagam com a própria vida e é assim que Jack Miller, agente do FBI, perde seu pai que trabalha no Pentágono porque ele sabia demais.
Um grupo une-se para desvendar, divulgar e combater a 'Agenda Global' e quanto mais eles entram nesta trama, mais evidências surgem, eles descobrem que não podem confiar em ninguém e correm grandes riscos.

Não sei explicar o que define meu padrão de qualidade, mas eu gostei de Senhor do amanhã porque eu o vi de uma forma autêntica mesmo sendo um tema já usado anteriormente e tendo vários reflexos de 1984.

George Orwell anuncia uma época cuja sociedade vai se vigiada, dominada e alienada. Vanessa Bosso nos mostra o mesmo. E isso é algo que já vem da Bíblia (sinais do Apocalipse, marca da besta etc).
É verdade: nós estamos ficando cada vez mais alienados com as mídias, com o universo virtual.

Livros de suspense não são fáceis de serem elaborados e, ao virar as páginas de Senhor do amanhã, um quebra-cabeça foi se formando em minha mente.

Além de tudo isso, este poderia ser um livro que eu recomendaria para que as pessoas entendessem de forma prática a formação de memórias (um dos meus objetos de estudo, acreditem) e as relações de poder.

Os capítulos curtos fazem a história avançar aos saltos e a única coisinha que me incomodou foi o excesso de diálogos.
comentários(0)comente



L. G. Assis 15/11/2012

Nada é o que parece ser...
"Quero canais de notícias 24 horas por dia. Quero ver mais revistas e jornais circulando. Quero canais pagos com todas as banalidades possíveis. Outdoors, cartazes, panfletos, folders. Encham as ruas com tudo o que puder tirar a atenção das pessoas do que realmente importa. Do real sentido da vida."

***
Bom, pra começar eu já vou logo dizendo que nunca me interessei por um livro escrito por um autor brasileiro. Vanessa Bosso me fez mudar de opinião em quatro dias de leitura com Senhor do Amanhã. O livro é incrivelmente arrebatador e instigante, deixando você leitor tenso a cada página virada, a cada capítulo lido. Foi assim que aconteceu comigo. A sinopse prende o leitor, a sinopse muitas vezes é que vende o livro. Enfim... Vamos ao que realmente interessa:

O que posso dizer a respeito de Helena Moore? Ela é uma mulher linda, encantadora e jornalista do canal 51. Vive em Nova York, mas tem família em São Paulo. É corajosa e não tem medo de enfrentar os problemas que lhe aparecem pela frente.

Jack Miller, o que posso dizer deste cara? Encantador. Acho que essa palavra define a personagem criada por Vanessa. Assim como Helena ele também é corajoso e ama investigar, não é a toa que é do FBI.

***
"A maioria dos eventos descritos nessa obra são fatos verídicos que aconteceram, estão acontecendo ou acontecerão em um futuro próximo.Existem muitos segredos nos bastidores da vida. E estamos cegos diante de tamanha orgia.Leia essa obra com olhos indagadores e a mente aberta. Você descobrirá coisas que até Deus duvida."

Quem curte livros de ação com certeza não pode deixar de ler Senhor do Amanhã, com uma narrativa super gostosa, a leitura flui super rápido. Vanessa Bosso tem uma escrita simples porém gostosa de acompanhar. São diversas as cenas de ação, que se colocar os fones de ouvido e um bom rock, você se imagina no centro das ocasiões. Durante toda a minha leitura, eu me imaginei em cada lugar em que as personagens situavam, em cada cena de ação - que não sou poucas, de perder o fôlego. Quero só ver, quem não ira pegar um dólar para investigar, quem não vai digitar no Google as conspirações transcritas no livro, quero ver quem não vai procurar a autora na internet. Sim, eu fiz isso. E olha, todos os fatos ali relatados são verídicos. A história começa em 2001, no dia 11 de Setembro. Isso mesmo! No dia daquele atentado às torres gêmeas. No livro, não foi um atentado terrorista e sim uma coisa planejada, um serviço interno. Leiam o livro com atenção, em algumas partes você certamente ira se arrepiar com os fatos relatados. Em conversa com a Vanessa pelo twitter ela me disse que demorou cerca de 4 meses de pesquisas aprofundadas somente para escrever e saber quem seria o Senhor do Amanhã. E no final das contas, olha o resultado ai minha gente! Um livro excelente, de tirar o fôlego. Nem todos os acontecimentos são reais, como a autora mesma já disse em entrevistas, cerca de 80% do contexto é verídico. Muita coisa não? É uma história que você não consegue parar de ler, você deseja por mais. É como se fosse água, você precisa dela mais que tudo, é assim com esse livro. Certa vez, lendo Senhor do Amanhã disse a mim mesmo "Só mais um capítulo e pronto." sabe quantas vezes isso se repetiu? Muitas. Muitas vezes. Pra quem curte teorias da conspiração e filmes/livros de ação, essa é uma ótima recomendação. E sim, livros nacionais, autores nacionais podem ser tão bons quanto os estrangeiros. Vale muito a pena ler Senhor do Amanhã. Ficou curioso? Leia e descubra, quem será o SENHOR DO AMANHÃ.
comentários(0)comente



Elton Moraes 11/11/2012

Quem será o Senhor do Amanhã?
Olá, pessoal.

Descrição:
Título: Senhor do Amanhã
Série: Livro único
Autor: Vanessa Bosso
Editora: Dracaena
Páginas: 435

Sinopse: "Cuidado! Enquanto lê essa sinopse, eles estão de olho em você. Seus e-mails, telefonemas e até os seus pensamentos estão sendo cuidadosamente vigiados. E arquivados. A Nova Ordem Mundial é uma realidade e a agenda global segue no intuito de eliminar 70% da população terrestre. No mundo atual, nada é o que parece ser. Não acredita? Então leia e descubra o que ninguém quer que você saiba. Descubra quem será o Senhor do Amanhã".

Resenha:
O livro já começa com clima tenso e em ritmo rápido. A partir do 11 de setembro, nada mais seria igual no planeta Terra. Por quê? Bem, por causa do… Ah, não posso contar! A história que a Van desenvolveu em volta das conspirações é incrível! Ah, claro, as conspirações. Você descobrirá que há mais conspirações do que imagina a nossa volta. Se realmente são fatos verídicos, eu não posso confirmar nada, mas com certeza esse livro abriu meus olhos para algumas questões.

A princípio, a história gira em torno de Jack e Helena, um casal que ganhou meu respeito, sinceramente. Existem outros personagens também importantíssimos, como Key, um hacker. E claro, o antagonista, o super vilão. O Mestre. Esse cara é foda. [Não posso dizer mais senão acabo entregando o enredo da história].

Um pouco dos personagens… Jack trabalha para o FBI, um cara muito importante que tem como parceiro, Jim. E Helena é uma jornalista, que trabalha para o Canal 51, em Nova York, e é amiga de Michael, um cinegrafista. Nota: ela é linda! Olhos claros e cabelos loiros [*-*]

Bem, a capa é belíssima. Criada por André Siqueira — um especialista, vamos combinar. A diagramação é um tanto simples, mas que ficou perfeita. Porém, acho que a editora poderia ter tido um pouco mais de cuidado na preparação, nos acabamentos, como notas de rodapé — onde deveriam estar as explicações para alguns termos que de repente não conheçamos. Esse, quem sabe, foi o maior deslize da Dracaena. (Desculpem, mas, é necessário um bom trabalho, né, queridos. Ainda mais com um livro tão maravilhoso como esse da Vanessa!).

Pois bem, pra quem gosta de um livro apocalíptico (acho que posso chamá-lo assim), e uma história de amor e amizade em meio a tantas aventuras, eu recomendo tranquilamente Senhor do Amanhã. Tenho certeza que não se arrependerás. Um livro que me envolveu de tal maneira, causou arrepios e mais arrepios e me deixou com gosto de quero muito mais! Leia e se surpreenda. Descubra quem será o Senhor do Amanhã.

Abraços!
Elton Moraes
Katy Fiama 10/12/2013minha estante
Nossa!!!Já tô morrendo de curiosidade de ler esse livro!!!




Josy Stoque 26/10/2012

Um Thriller!
Eventos históricos envolvidos em conspirações.
Um grupo de pessoas lutando para divulgar a verdade.
Manipulação da mídia.
O apocalipse de um jeito que você não ousa imaginar.
Ação, suspense, amizades e traições.
Um livro digno de um filme emocionante, daqueles de roer as unhas e te deixar paranoico o resto da vida.
Quando termina a leitura, se pergunta: Será???????
Um final inesperado e envolvente, um casal protagonista de tirar o fôlego!
Eu amei e super recomendo. Senhor do Amanhã vai te envolver e você não vai conseguir parar até chegar a última página.
comentários(0)comente



Alejandro 13/10/2012

Senhor do Amanhã, esse é um livro brasileiro que vale a pena ler. Como toda obra nacional, esse livro é meio que ignorado, mas as pessoas não sabem o que perdem.
Trata de um dos meus temas preferidos: Conspirações. Muito bem desenvolvido. A autora tem talento. Gostei do muito tema, do prologo, e do epílogo - esse último era realmente necessário, e selou com chave de ouro.
Houve alguns erros por parte da revisão e da diagramação. Encontrei dois diálogos que estavam com erros. Apenas dois. E no rodapé, a editora colocara o nome errado do livro: "O SENHOR DO AMANHÃ" ao invés de "SENHOR DO AMANHÃ". Mas perto do enredo isso é desprezível.
Vanessa Bosso usa uma forma de passagem do tempo muito agradável, correndo um pouquinho quando chega na última parte do livro. O enredo nos conquista fácil, ao começar esse livro consegui sair de uma ressaca literária.
Fatos que são especulados na vida real foram base para o romance. Aí ficam as dúvidas: a autora realmente acredita no contexto da obra? Será que devemos acreditar?
Só não gostei dos últimos capítulos. A aparição da falecida mãe de Jack, a meu ver, fragilizou aquela conexão do livro com a vida real. E eu com certeza não estaria elogiando a obra, se a autora não tivesse colocado aquele epílogo reconectando a história com a vida real.
Enfim parabenizo a autora, e todos aqueles compram esse livro. Recomendo.
comentários(0)comente



Mayra 12/10/2012

Abra os olhos! Eles estão entre nós.
Nunca antes tinha ouvido falar sobre essas teorias de conspiração: Illuminatis, Nova Ordem Mundial e tudo relativo aos grandes desastres do Mundo. Confesso pra vocês que acreditei em muitas coisas citadas no livro e se você pesquisar, verá que muitas são verídicas - a autora usou poucos detalhes fantasiosos, para dar aquela magia para o livro. O livro é longo, porém passa muito rápido. O assunto nos prende, as teorias nos fazem refletir; e até agora possuo certas dúvidas do que nos são revelados. Será que todas as doenças que contaminam milhares de pessoas são pura coincidência? E se isso tudo fosse uma armação? Cuidado! O fim, apesar de não ser o tão esperado, não deixa o livro a desejar. Foi muito rápido e bem fantasioso... aí vem a dúvida... e se desde o começo tudo num passou de mera fantasia? Eis a questão. Até conversei com a autora (Vanessa Bosso) pelo twitter reclamando do final; ela é um encanto. Estou querendo muito os outros livros já lançados por ela. E se a elite global não zelasse pela sociedade e sim por um único poder planetário?
comentários(0)comente



Swan 01/05/2012

http://bempramente.blogspot.com.br/2012/04/resenha-o-senhor-do-amanha-vanessa.html
“Se soubesse que o mundo como o conhecemos está prestes a cair em desgraça e governo que você protegeu a vida toda está envolvido na maior farsa da história... em quem você confiaria?” [pág.86]
11 de setembro de 2001. Era o início de mais um dia comum de trabalho para os agentes do FBI Jack Miller e Jim Sato, quando este teve sua atenção voltada para um avião que voava baixo demais. Não muito longe dali, em frente ao complexo World Trade Center, a repórter Helena Moore e seu cinegrafista Michael preparavam-se para fazer uma entrevista quando um avião chocou-se com a torre norte. O caos estava apenas começando.
Congratulada por ter sido a primeira a noticiar o atentado, Helena ainda sentia-se perturbada ao pensar nas cenas que havia presenciado e no desastre como um todo. Como se isso não bastasse, ao analisarem as imagens registradas naquele dia, ela e Michael começam a desconfiar que o desmoronamento das torres não fora causado pelo choque com os aviões e sim por demolição controlada, como haviam suspeitado os agentes do FBI com quem tinham falado no local.
Jack, por sua vez, fica intrigado ao receber um email que sugere que o atentado terrorista não passara de uma grande farsa. Ao investigar mais a fundo, ele se descobre imerso em um mundo de conspirações, onde tudo é programado e controlado por um governo secreto. A Agenda Global chega às suas mãos e ela está repleta de eventos desastrosos com datas marcadas para acontecerem.
A população está sendo distraída, levada a deixar dever o que está bem diante de seus olhos: a destruição iminente. Não se pode confiar em mais ninguém. Será que ainda há esperança?

Minha opinião? Analisando de forma mais técnica, o livro merece nota 10! A diagramação é ótima, as letras são grandes, não encontrei erros de escrita ou de pontuação, os parágrafos são bem distribuídos e os diálogos são bem formulados. O trabalho realizado na capa também vale ser ressaltado, pois a ilustração está em perfeita sintonia com a estória que nos é contada.
A leitura é fluida e rápida, pois a linguagem é simples e clara. Costumo enfatizar bastante isso visto que é um dos aspectos que mais me agrada na literatura nacional. O fato de os autores utilizarem uma linguagem descomplicada, com expressões comuns do dia a dia dá, a meu ver, um tom a mais de realidade à estória.
Cenários e personagens são descritos, em sua maioria, um tanto superficialmente, mas, pelo menos para mim, isso não prejudicou a leitura. Afinal, o foco aqui está voltado para o desvendar de conspirações. É quase como se o livro fosse uma espécie de documentário, pois o drama e o romance existentes são, praticamente, secundários.
Com relação ao conteúdo em si, achei bastante intrigante. Nunca havia parado para pensar sobre a maioria dos fatos apresentados, mesmo sendo, geralmente, coisas tão óbvias. A autora nos apresenta laços de amor e amizade sendo formados e desfeitos em meio a uma enxurrada de conspirações que têm por objetivo provocar uma grande mudança na vida de todos, através de muita destruição.
Não posso negar que por várias vezes senti-me um pouco angustiada com a sensação de impotência vivida pelos personagens por encontrarem-se diante de situações que, mesmo sendo previsíveis, eram inevitáveis. Mas, no geral, é uma leitura interessante, que nos faz parar para observar melhor e refletir sobre esses fatos corriqueiros que preenchem o nosso dia a dia, por trás dos quais pode haver um significado bastante sombrio.
comentários(0)comente



Juh Sutti 27/04/2012

Livros e blablablá - http://www.livroseblablabla.com/
Senhor do Amanhã é sem dúvidas o melhor livro da Vanessa Bosso que li até agora. O mais fascinante do livro é a minuciosa pesquisa de Vanessa, cada detalhe, cada evento mencionado pode ser pesquisado na internet. A ficção fica por conta da interpretação do evento.
O livro é ação do começo ao fim, não existe possibilidade de tédio. Cada página lida faz com que a necessidade de saber o final seja ainda maior. A narrativa fluída e simples, e a grande quantidade de diálogos bem construídos torna a leitura ainda mais rápida.
Além dos quatro personagens centrais citados acima, Vanessa inclui outros vários extremamente importantes. O hacker Key é um dos meus preferidos, mas ainda temos John Logan (chefe de Jack), Richard (supervisor de Helena e Michael no canal 51), Douglas Miller, os pais de Helena entre outros.
É tudo muito complicado, a trama é intrincada e tudo parece estar relacionado. Fica difícil saber em quem se pode realmente confiar, quem são os verdadeiros "mocinhos".
A narrativa é dividida em quatro partes: 2001, 2002 a 2008, 2009 a 2015 e 2016, e em todas as partes é fácil se situar no tempo, não há confusão. À medida que os anos vão passando, as coisas vão se tornando ainda piores, pude perceber que Vanessa utilizou algumas referências bíblicas, do livro Apocalipse. O que deu um tom ainda mais arrepiante à história.
Senhor do Amanhã tem uma pegada de Dan Brown, aquele clima de conspiração e reviravoltas. O que me atrai, e muito. Por ser narrado em 3ª pessoa, temos uma visão ampla dos acontecimentos, pelo ponto de vista de todos os personagens.
A capa é linda e tem absolutamente tudo a ver com a história, nela podemos observar diversos pontos abordados no livro. A revisão está caprichada.
O final é bem amarrado, e as coisas são de certa forma respondidas, mas me decepcionei um pouquinho. Eu esperava algo diferente. Mas, essa leve decepção com o último capítulo não impede que eu ame o livro e recomende com certeza. Mais uma vez Vanessa Bosso mostra a que veio!
comentários(0)comente



Nathália 22/04/2012

A primeira vista você não percebe a complexidade da história. Não tem um tema comum, muito pouco retratado na literatura. Nunca vi nenhum livro assim.
Tudo começa em 2001 com o atentado às Torres Gêmeas. Tudo nos leva a crer que foi um atentado terrorista.
Mas e se tudo que você sabe sobre o mundo estiver errado? E se todos os governantes conspiram contra a população? E se tudo que você achava seguro estiver prestes a desmoronar?
Essas são algumas perguntas que você se faz algo longo do livro. Logo no início já surge a primeira bomba: o "atentado" de 11 de setembro é uma farsa. Foi algo pré-meditado com um intuito bastante sombrio.
A partir daí só aumenta o número de conspirações e farsas.
Quem poderá mudar o futuro? Nos salvar de quase aniquilação total? Descubra lendo Senhor do Amanhã.

-----------------------------------------------------------------------

Como eu disse na resenha de O Imortal sou completamente suspeita para fazer dos livros da Vanessa. Além de ser uma grande amiga, é minha adotada, o que complica um pouquinho.
Mas de qualquer forma, não digo isso como adotadora, e sim de forma imparcial, Senhor do Amanhã é o livro.
Sinceramente nunca li nada assim. É maravilhoso!!!
A forma como tudo é descrito, como é real. Me envolvi verdadeiramente com os personagens.
Tirando os personagens principais que citarei daqui a pouco, meu favorito é Key.
Key é um hacker, que tem duas opções ou ajuda o governo ou vai para a prisão. Descobre então o blog onde Helena e Michael postam sobre as conspirações e passa a frequentá-lo. Ele é uma graça. Dá vontade de morder. *Nhac, nhac* Consegue invadir os computadores do Pentágono em menos de cinco minutos e engana direitinho qualquer um.
Gosto também de John Logan, o chefe de Jack. Ele só tem cara de malvado, mas é um fofo. Sempre prestativo, manda em qualquer um que tenha juízo suficiente para obedecer.
Helena é a mocinha da história. Mas não é indefesa. Sabe muito bem o que está acontecendo a sua volta e que fazer o máximo para ajudar a conscientizar a população. Tem como parceiro Michael, que ajuda com as postagens no blog Wake up - Tempo de despertar.
O que eu posso dizer de Jack? Primeiro: não é nada do que eu imaginei que fosse. Imaginei um cara grosso, bem agente do FBI mesmo. Ou isso é coisa da minha cabeça? De qualquer forma, ele é lindo, lindo, lindo!!!
Tomara que a Van não me mate... Esse é aquele tipo de personagem que você tem vontade de esmagar de tando apertar e arrancar um pedaço de tanto morder. Só lendo o livro para entender o que eu estou dizendo. *Suspiro profundo*
O livro trata de algo bem complexo: o que a por trás de tudo que acontece no mundo? Dá medo, muito medo. Perdi horas de sono tentando absorver tudo que lia no livro. Consegui, mais fiquei paranoica.
Você não vê por aí esse tipo de coisa, mas pode acreditar existe.
Perguntei para a autora sobre os acontecimentos do livro, e ela me disse que 80% do livro é verdadeiro. Muita coisa aconteceu ou pode acontecer, só precisamos abrir nossas mentes para receber a informação sem rejeitá-la. Precisamos perceber que nada é tão perfeito quanto parece.

http://nathieseuslivros.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Silvia 18/04/2012

Senhor do Amanhã
Gente leiam este livro, é fantástico. É uma mistura de conspiração, fatos reais (para comprovar os fatos basta fazer uma pesquisa na net)e romance.
O livro narra a aventura de Jack e Helena, que começa com o ataque as Torres Gêmeas em 11 de setembro, onde eles descobrem que tudo não passou de um extratagema demoniaco para a implantação da Nova Ordem Mundial. Esta Ordem Mundial, tem a intenção de destruir 80% da população terrestre até 2016, o governo dos Estados Unidos já começou a comprar milhões de caixões que estão sendo estocados na Geórgia (agora qual o intuito disso, não sei, mas não pode ser coisa boa). Um dos simbolos mais intrigantes da Nova Ordem Mundial é o Monumento da Geórgia próximo a Atlanta, que está na forma de 5 pedras de granito gigantescas; aonde traz escrito para que todos possam ver os dez mandamentos para a instauração de suas leis; para a reconstrução da nova sociedade após um colapso da civilização. Não vou citar todas as leis mas somente a décima:"Não ser um câncer na terra - Deixar espaço para a Natureza - Deixar espaço para a Natureza". Sim esta frase é repetida duas vezes, isso foi o que mais me chamou a atenção, é como se já fosse motivo suficiente para o exterminio de 80% da população. Se acredito nisso, claro a própria história do Mundo ja deixou vários exemplos de lideres doidos: Hilther foi um deles.
Telma 10/06/2012minha estante
não sou muito chegada em histórias de conspiração mas, essa sua resenha chamou minha atenção e aguçou a vontade de ler o livro.


Pepi 08/06/2014minha estante
já faz um tempo que quero ler este livro só vejo resenhas positivas sobre ele e é um estilo que me prende a leitura




23 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2