O Céu Vai Ter Que Esperar!

O Céu Vai Ter Que Esperar! Cally Taylor




Resenhas - O Céu vai ter que esperar!


53 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Cibele 17/05/2011

Quando eu vi o título e a sinopse tão parecidos com histórias que já estou cansada de ouvir como O céu pode esperar e Nem por cima do meu cadáver achei que ia passar o tempo todo pensando "Hum já vi isso antes" e não foi o que aconteceu. A história é totalmente nova e conta com situações hilárias que não estão presentes nos supracitados filmes.

Aqui, muitas vezes os personagens secundários roubam a cena, mas sem dúvida a maior diversão é Lucy Brown que bola os planos mais loucos pra conseguir cumprir sua missão. As partes em que ela relembra o relacionamento com Dan são a coisa mais fofa do mundo. Desde o pum que ela soltou no primeiro encontro ao passeio surpresa a Eurodisney.


Leia mais em: http://www.euleioeuconto.com/2011/04/o-ceu-vai-ter-que-esperar.html
comentários(0)comente



Jheyscilane 03/08/2011

O Céu vai ter que esperar! - Cally Taylor
Um livro para ler de uma vez só rsrs
Sem falar na capa, o glitter, a escada indo para o céu, adoro o gatinho preto também... tudo a ver com a estória do livro.

Quando você começa a ler a sinopse acredito que já se espera uma coisa meio surreal (então eu acho que irrealidade não seja um ponto a desfavor do livro, como eu já vi alguns dizendo)Lucy simplesmente morre na véspera do seu casamento com Dan! E agora ela precisa fazer uma escolha: Ou vai para o céu ou fica na terra e cumpre uma missão para ficar perto de Dan. Bom, pelo título do livro, já percebemos o que ela escolheu rsrs

Lucy tem 21 dias para cumprir sua missão, enquanto isso ela tem que ficar na casa dos aspirantes a fantasma, se ela conseguir completar a missão ela vira um fantasma e pode ficar perto do doce Dan, lá na casa Lucy se depara com outros dois aspirantes á fantasma: Brian, um senhor apaixonado por trens e Claire, uma adolescente suicida e raivosa. Os dois redem boas risadas. E Lucy que é determinada resolve ajudar eles, fiquei triste por Lucy ter morrido na véspera do seu casamento, ela tinha a vida perfeita, um noivo carinhoso e apaixonado, e isso é deixado para trás mas, aí é que fica bom, Lucy não quer abrir mão de sua vida aqui na terra e muito menos de Dan, seu noivo, que se encontra devastado com o acontecido, uma pena que ela não possa se comunicar com as pessoas que conhecia aqui na terra...

Então Lucy corre contra o tempo e claro, deixa o céu esperando rsrs
No meio das confusões (que rende muitas risadas e desespero também) conhecemos muito mais da apaixonada Lucy e seu amado.E é aquela coisa sabe: O amor que ultrapassa as barreiras da morte! É um livro, então pode!

Me diverti muito e fiquei puta de raiva com uma amiga de Lucy (ahhh é minha amiga morreu, não faz nem dois meses - acho que o Dan gosta de mim, vou conquistar ele) que amiga ein, essa amiga não espera nem um tempo de luto e já cai matando... não gostei disso, eu sei que a Lucy morreu bláblá mas nossa... não dava para esperar um pouquinho não? Eu tinha que escrever sobre minha revolta kkkkk

Eles nem chegaram a casar para prometer o *Até que a morte nos separe* rsrs mas para Lucy isso não importa, pois nem a morte pode separar ela do seu doce Dan. Gostei do final (o qual eu não esperava, foi um choque sim, mas foi perfeito para o livro) é um livro interesante e bem rápido, a leitura flui de forma maravilhosa e eu adorei ele! Recomendo o livro, diversão em meio a um drama *-*

Jenny 15/12/2012minha estante
porra que spoiler no finalzinho hein! ¬¬


Jheyscilane 13/05/2013minha estante
Opa, me desculpe então... li e reli e não vejo o spoiler (Mas talvez seja erro meu por não vê-lo)


Bárbara 20/02/2014minha estante
Não achei nenhum spoiler...


HELO 18/03/2016minha estante
Onde vc viu spoiler??????




Dana 28/02/2012

A capa é linda, o livro é só divertidinho...
Lucy Brown tem a infelicidade de morrer (e que morte estranha!) um dia antes de seu casamento com o grande amor da sua vida, Dan.
Inconformada com seu destino e por suas últimas palavras para Dan não terem sido nada românticas, ela se vê em um lugar (o limbo) em que terá que resolver se vai direto para o céu ou se volta à Terra para cumprir uma missão e, caso tenha sucesso, ficar para sempre ao lado do noivo, embora seja como fantasma.

A missão de Lucy não é das mais complicadas, mas os companheiros que ela encontra na casa em que ficará durante o período que tem para realizá-la são, à primeira vista, muito esquisitos.

Lucy se vira para tentar realizar sua missão e passa várias tentações para burlar as regras que deve cumprir durante essa etapa, sob pena de ir direto para o céu e perder a chance de ficar com Dan.

O final até que me agradou, mesmo sendo daqueles finais hollywoodianos, qualquer outro desfecho não me agradaria.

Meu destaque é para a capa do livro, como muitos já comentaram. Achei uma graça!

Leitura divertida, fácil e, também, surreal.
Recomendo para quem quer um chick-lit divertido e só.
comentários(0)comente



Ju Oliveira 07/07/2011

Lucy e Dan estão juntos a sete anos e vivem um romance perfeito! Dan é lindo, o noivo que qualquer mulher gostaria de ter. Lucy é a noiva mais feliz do mundo. Exatamente às vésperas do casamento, Lucy sofre um acidente fatal e morre! Todos os seus sonhos, os planos de uma vida ao lado de seu amor, tudo isso lhe é arrancado para sempre.

Ao morrer Lucy vai para o limbo. Lá ela tem direito a uma escolha. Ou vai direto para o céu onde seus pais a esperam, ou volta para a Terra como uma espécie de morta-viva, um fantasma, que poderá “assombrar” o Dan para todo o sempre.

Lucy, toma sua decisão, ela quer voltar à Terra e passar a eternidade ao lado de seu amado, mesmo sendo apenas um fantasma.

Mas, para voltar como um fantasma, Lucy precisa realizar uma missão. Sua missão é a encontrar o amor verdadeiro para um estranho, em apenas 21 dias. Se não completar sua missão no tempo determinado, vai direto para o céu e jamais verá Dan novamente.

Archibald Humphreys-Smythe, é um cara esquisitão, magrelo, barbudo e descabelado, solitário, geek, só pensa em computador e Guerra nas Estrelas. É para ele que Lucy precisa encontrar o amor verdadeiro.

Lucy faz tudo para se aproximar dele e acaba até indo trabalhar no mesmo departamento de Informática de Archie, apelido carinhoso que Lucy lhe deu. Os dois acabam se tornando amigos. O primeiro passo já foi dado, agora Lucy precisa encontrar sua alma gêmea.

Brian e Claire também estão na mesma situação de Lucy. Precisam realizar sua missão para poderem voltar à Terra como fantasmas. Os três moram na mesma “Casa dos Aspirantes a fantasmas”.

Suas missões possuem alguma regras, entre elas, não poder se comunicar de forma alguma com qualquer pessoas que as tenham conhecido vivos. Lucy sofre muito por causa dessa regra. Como ela gostaria de dizer a Dan que estava ali, que ainda o amava e que jamais o abandonaria…

“O céu vai ter que esperar!” me surpreendeu! Adoreeeei a história, me diverti horrores com as trapalhadas da Lucy. Ela é hilária, super divertida e mesmo estando nessa situação de morta-viva, era sempre muito bem humorada. Seus companheiros de casa também são super carismáticos, apesar da péssima recepção que teve de Claire, logo as duas acabaram se entendendo.

O Archie tbm é engraçado, com sua vó chatérrima, que a Lucy odiava. Todos os personagens foram muito bem elaborados pela autora, esse é seu romance de estréia, imagino que virá muito mais coisa boa por ai.

Enfim, um Chick-lit muuuito bacana, divertido e contagiante. Começava a ler e acabava perdendo a noção do tempo. Só um aviso, não esperem muito romance da história. Tá mais pra comédia do que pra romance, mas eu amei!!! Rendeu boas gargalhadas. Super recomendo!

http://juoliveira.com/cantinho/
comentários(0)comente



Adriana 22/07/2011

Ótimo!
Amei este livro. Ah, como é fácil fazer uma resenha quando a gente gostou tanto da obra!!! “O céu vai ter que esperar!” de Cally Taylor foi uma grata surpresa. Esperava um chick-lit comum e me deparei com uma obra repleta de criatividade, emoção e romance. A história gira em torno de Lucy que está prestes a se casar com seu homem dos sonhos: Dan. Ele é o legítimo Príncipe Encantado® e é incrível como em poucas páginas eu já havia me apaixonado por ele.

O romance dos dois é muito fofo, ela está a todo vapor com os preparativos para o casamento e tudo se encaminha para o final feliz. Porém, um dia antes de trocarem as alianças, Lucy sofre um acidente (um tanto inusitado) e morre. Sim, isso mesmo, ela MORRE!!! Agora você deve estar pensando: então qual é a história??

Bem, o fato é que como ela morreu com negócios pendentes para resolver (ou seja ela deveria levar uma vida feliz e estável ao lado de Dan), e assim que chega ao limbo São Bob lhe dá duas opções: ou Lucy vai para o céu viver eternamente na paz ou ela pode voltar à terra como uma morta-viva e se conseguir cumprir uma missão em 21 dias poderá ser fantasma e ficar ao lado de seu amor deste jeito para sempre. E como ela não quer saber de ficar sem seu príncipe, aceita a missão sem pensar duas vezes.

Não vou revelar qual é esta missão porque é bem mais divertido ler e rolar de rir. Mas posso adiantar que nesta jornada ela conhecerá tanto pessoas quanto mortos-vivos incríveis e que vale a pena se encantar com esta história.

O final me deixou surpresa, certamente não esperava pelo que aconteceu. Mas foi totalmente genial por parte da autora e me deixou mais que satisfeita. Para os amantes de comédias românticas este livro com certeza é imperdível.

E é claro que eu não poderia deixar de elogiar e parabenizar a editora Bertrand Brasil pela maravilhosa edição. O texto é muito bem graficado e revisado e a capa é um show, linda e que tem tudo a ver com a trama do livro! Leiam!!!

Resenha em: http://mundodaleitura.wordpress.com/2011/05/26/cally-taylor-o-ceu-vai-ter-que-esperar/
comentários(0)comente



Danni 11/12/2012

Hilário
Sabe aquele livro que desperta gargalhadas na primeira página?
É esse.
O Céu vai ter que esperar! é uma comédia romântica, onde conta a estória de Lucy (amo personagem com esse nome), que morre acidentalmente na véspera do casamento.Mas como assim? E Dan, o noivo, vai ficar sozinho?
E aí que o céu vai ter que esperar, Lucy tem uma chance de virar fantasma pra cuidar de Dan,mas pra conseguir isso terá que completar uma missão.
O livro é muito gostoso de ler, vc ri horrores com Lucy, e no final uma aflição por Dan.
Super recomendo!!!

-Lucy?
-Fala garoto esquisito.
-Se alguma coisa acontecesse com você...-
-O quê?
Ele se deitou de costas de novo e olhou para o teto.
-Se alguma coisa acontecer com você Lucy-falou devagar-,isso me destruiria completamente. (pág 175)

comentários(0)comente



Iza 07/02/2012

Romance leve e divertido
O céu vai ter que esperar é um doce romance recheado com algumas doses humor. A leitura é tão gostosa e empolgante que fica mesmo difícil tentar parar a leitura para fazer qualquer outra atividade. Nele conhecemos Lucy e Dan, um casal super apaixonado e super felizes por estarem na véspera do casamento.
No dia anterior ao seu casamento, Lucy e suas melhores amigas, Anna e Jess, tinham combinado de fazerem uma festinha de despedida de solteira, tipo o clube das luluzinhas na casa de Lucy, onde ela e Dan já moravam. Antes da horinha marcada, Lucy e Dan acabam tendo uma pequena briguinha. Lucy estava tão estressada com tudo o que ainda faltava fazer para o casamento que acaba acusado Dan de não ter ajudado em nada. Dan leva na brincadeira, pois sabe que Lucy está muito estressada com tudo, e ao sair não a escuta dizer de volta o costumeiro “eu também te amo”.
Meio culpada pela cena anterior, Lucy começa a pensar no seu presente de casamento para o Dan. Decide dar a ele o bilhete do primeiro filme que assistiram juntos no cinema. Quando ela vai tentar pegar o bilhete numa caixa que estava no sótão, onde estavam todas as pequenas lembranças do relacionamento dos dois, acaba sofrendo um acidente com a escada e morre. Lucy ela acorda no limbo, espaço entre o céu e a terra, e depois do susto de perceber que realmente está morta, e o pior de tudo, longe para sempre de Dan, tem que fazer uma escola entre: ir direto para o céu onde se encontram seus pais e nunca mais voltar a terra ou... ficar na terra com Dan, porém como uma fantasma.
Só a ideia de poder ficar novamente perto de Dan, faz Lucy escolher a segunda opção, e também para poder pedir perdão por não ter dito que o amava antes de partir para sempre. Mas, para se tornar um fantasma, nossa mocinha terá que realizar uma missão. Lucy terá que encontrar a alma gêmea de Archibald, um nerd que nunca se apaixonara antes. Essa façanha teria que ser completada no curto espaço de 21 dias. Lucy encara a missão na esperança de reencontrar Dan.
Porém sua missão não é fácil. A primeira dificuldade seria encontrar Archie (como Lucy o chama), e depois de finalmente conhecê-lo, a próxima dificuldade seria fazer alguém se apaixonar por ele. Mas, Lucy também acaba encontrando um amigo em Archie, e conseguir realizar sua missão, ou seja, encontrar a alma gêmea de Archie estava tão perto quanto nunca poderia imaginar.
O que Lucy não esperava, era que teria um impulso a mais para buscar concluir a missão. Sua melhor amiga Anna estava tentando conquistar seu Dan. Isso a fez querer encontrar o mais rápido possível a alma gêmea de Archie, mas seu prazo vai passando e ela se vê cada vez distante de cumpri-la. Lucy também faz dois amigos na casa de aspirantes a fantasmas, Brian e Claire. E de certa forma, é Lucy quem ajudar a completar a missão dos dois, ou influencia a escolha entre o céu e a terra.
A partir daí Lucy luta contra o tempo e contra a avó de Arche (a cena mais engraçada é a do jantar com a avó de Archie) para encontrar a alma gêmea dele, e ao mesmo tempo sofre pela proximidade entre Dan e Anna, o que a faz repensar dolorosamente entre o céu e a terra.
O livro é muito bom, com uma escrita simples e ao mesmo tempo cativante. Cada capítulo é um dia da missão de Lucy, que só terá resolução nos segundos finais. Não tem como não se apaixonar e torcer para que Lucy complete a missão, mas principalmente amei o Arche... ele é encantador, romântico a sua maneira e muito fofo. Recomendadíssimo para quem quer mergulhar num romance leve, divertido e meigo.

[cadernoderesenhas.blogspot.com]
comentários(0)comente



*Rô Bernas 11/05/2011

Surreal!!!!
Um romance gostoso de ler, mas com situações nada reais...aliás, bem surreais!!!
O final foi algo que me surpreendeu...não sei dizer se gostei ou não...confesso, ainda estou digerindo rsss
Mas uma coisa boa que Lucy deixa é que vale a pena persistir por algo que queremos!
HELO 18/03/2016minha estante
O final também me surpreendeu.Esperava tudo menos isso. Acho que preferia um final mais real.




Naty 07/04/2011

www.meninadabahia.com.br


É véspera de seu casamento com Dan. Véspera do dia mais importante de sua vida e Lucy morre. Todos seus planos, todos os sonhos a realizar, lhe foram tirados, assim, de repente. Uma simples queda e um pescoço quebrado, e tudo lhe é tirado.

No limbo, ela precisa fazer uma grande escolha, ir diretamente pro céu, onde seus pais a esperam ou voltar para Terra, como uma morta viva, cumprir uma missão e virar fantasma, passando toda a eternidade a assombrar o Dan.

É algo do tipo: se ficar o bicho come, se correr o bicho pega. Escolher entre seus pais e Dan é cruel demais. Mas, seus pais têm um ao outro, já Dan está sozinho. Ele precisa dela mais do que seus pais.

Voltando à Terra, ela precisa cumprir em 21 dias uma missão, a vitória lhe garantirá virar fantasma. Mas toda boa missão esta também tem regras: ela não pode falar ou escrever para Dan ou qualquer pessoa que conhecera quando viva, sua aparência se distorcerá, para ninguém a reconhecê-la.

Quando virou morta viva, ela foi diretamente para Casa de Aspirante a Fantasma, lá dividiria a casa com mais dois aspirantes, Brian e Claire. Ela não queria fazer amigos, queria apenas ver Dan e cumprir sua missão.

Sua missão é... haha, não vou contar né? Me matariam se soltasse um spoiler desses. Sua missão é complicada, bastante complicada, ela precisaria trabalhar com afinco para cumprir no prazo estipulado. Enquanto isso, ela sempre ia dar uma espiada em Dan e suas amigas.

É quando descobre que uma das suas melhores amigas é completamente apaixonada por Dan. Anna, que nunca quisera se casar, agora pensava em casinha com cerca branca e filhos, um monte de filhos, todos do Dan. Do seu Dan.

Lutando entre assombrar Dan e ir pro céu, deixando ele ser feliz novamente, Lucy não está pronta para fazer a escolha final, ela precisa de tempo e O Céu vai ter de esperar!

'- Mereço você – falei, olhando para ele, a garganta fechada de tanta emoção. – Não mereço me sentir tão feliz.
- Merece sim – retrucou Dan. Ele segurou meu queixo, inclinou meu rosto para trás com delicadeza e me deu um beijo carinhoso na boca. – Quem mais eu iria enrolar, se não fosse você?
- Então você só me ama porque sou a garota mais ingênua do mundo? – perguntei, fazendo beicinho e fingindo estar aborrecida.
- Não – respondeu ele, olhando bem dentro dos meus olhos -, porque é mais bonita.
Apertei ainda mais o elefante cor-de-rosa, esmagando-o entre os braços enquanto lágrimas rolavam por minhas bochechas e encharcavam o pelo macio.'
Pág. 133


O céu vai ter de esperar!, de Cally Taylor (Bertrand Brasil, 364 páginas, R$ 39,00) é encantador, uma jovem prestes a casar e construir sua vida, quando a morte bate a sua porta e lhe tira todos os sonhos. Ficamos tristes quando Lucy morre, mas logo esse sentimento é trocado pela empolgação. Torcemos para que ela consiga completar a sua missão e voltar a ver o grande amor de sua vida. O final era algo que eu com certeza nunca adivinharia. Simplesmente adorei!!!.

A capa do livro é fantástica. Glitter no céu, estrelinhas de glitter nas abas e na quarta capa. A edição nacional ficou perfeita! E a escada rolante... tudo a ver com o enredo. Recomendo.
Lucy 24/05/2011minha estante
Por causa da sua ótima resenha eu comprei o livro, mas infelizmente esperava que fosse mais romântico. Gostei e achei divertido, mas esperava que mostrassem mais o lado do Dan, etc.


Naty 24/05/2011minha estante
Então Lucy, eu tb esperava isso, o casal secundário me divertiu +.





Nataly 12/09/2011

Li em praticamente um dia. A história é muito envolvente e você fica louco para descobrir qual será o final. Mas se você não acredita em vida pós-morte ou não sabe separar a ficção da vida real é melhor nem ler esse livro pois é capaz de não gostar.

Esse é o romance de estréia de Cally Taylor. Na minha opinião esse livro daria um belo filme e acho que não decepcionaria nós que gostamos de ler o livro antes de assistir ao filme, porque é um livro leve e sem muito detalhes.

Leia mais: http://www.natalylivros.com/2011/05/o-ceu-vai-ter-que-esperar-cally-taylor.html
comentários(0)comente



Thaís 30/08/2011

Imaginem a situação: você planeja seu casamento dos sonhos, tem um noivo dos sonhos e quer presenteá-lo com o presente perfeito no dia especial. Você vai procurar exatamente o que quer no sótão e acaba... MORTA! Isso você morre na véspera do grande dia, depois de brigar com seu noivo para piorar tudo.
É isso o que acontece com Lucy, mas ao chegar ao limbo recebe uma proposta: ir para o céu e se encontrar com seus pais; ou voltar à Terra cumprir uma missão e se for bem sucedida ficar ao lado de Dan até que ele morra, só que na forma de fantasma! Lucy escolhe Dan e aí a história começa de verdade.
Lucy é impulsiva, vive metendo os pés pelas mãos e isso cria situações cômicas. Ri muito ao longo do livro com todas as cenas engraçadas. No fim você se emociona e termina de um jeito fofo.
O livro mostra uma situação que não passa pela cabeça de ninguém, mas o que você faria se fosse apaixonado por alguém, morresse e pudesse voltar para “assombrá-lo”? Algumas pessoas agarrariam essa chance com unhas e dentes, mesmo na forma de fantasma é melhor ficar com a pessoa do que não ficar. Mas é isso o tal do verdadeiro amor? Amarrar uma pessoa a você e fazê-la ficar estagnada num luto perpétuo? Ou deixar a pessoa seguir em frente e viver a vida que ela tem pela frente? Eu passei o livro todo me perguntando se e quando ela ia se perguntar isso, e desde o começo sei a minha resposta a todas essas perguntas. Mas e a Lucy? Leiam e descubram!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Joice (Jojo) 31/01/2012

Em "O céu vai ter que esperar!", de Cally Taylor, Lucy Brown está às vésperas de se casar com o homem de seus sonhos quando... ela morre! No limbo, ela tem duas alternativas: ir para o céu, onde seus amorosos pais a esperam, ou encarar uma missão e, tendo sucesso, virar um fantasma e assombrar para sempre seu amado Daniel. Claro que ela escolhe voltar e encarar a vida de morta-viva.

A missão de Lucy é achar a alma gêmea para Archie, um nerd típico: inteligente, louco por computadores e sem o menor talento para a moda ou jeito com as mulheres. Enquanto tenta completar sua missão, Lucy tem de conviver com os dois outros aspirantes a fantasmas que dividem a casa com ela - o pragmátivo Brian e a rebelde Claire - e ainda entender porque sua antiga melhor amiga está dando em cima de Daniel.

A trama de "O céu vai ter que esperar!" é repleta de situações previsíveis, mas que nem por isso deixa de ser divertida. Os 21 dias que Lucy tem para finalizar sua missão são vividos intensamente, seja metendo os pés pelas mãos com Archie, brigando com Claire e com a avó de Archie (maravilhosas) ou tentando ajudar Brian a concluir sua própria missão. Os personagens, aliás, são carismáticos e divertidos, sendo que todos merecem nossa torcida. Mas é para Daniel e Lucy que mais vibrei, desejando que aquele amor que foi mostrado página após página pudesse prosperar, mesmo após a morte.

Em suma, é um chicklit divertido e que vale a pena!
comentários(0)comente



Cris Flessak 20/02/2012

Engraçado e surreal
Em primeiro lugar, este livro tem uma das capas mais lindas que eu conheço! Uma capa colorida, brilhante e toda decorada com glitter... Uma graça mesmo! Chama muito a atenção! Parabéns à Bertrand Brasil!

O livro conta a história de Lucy, uma noiva apaixonada (e claro, um pouco neurótica) que por uma fatalidade do destino, morre às vésperas do seu casamento. A partir daí a autora cria uma história inimaginável, com um tom sobrenatural porém completamente cômica, sem a pretenção de ser levada a sério. 

Aliás, seriedade passa longe desse chic-lit! Eu não sabia bem ao certo como descrever minha opinião nesta resenha, pois embora em geral eu tenha gostado do livro, em certas ocasiões os diálogos e situações eram tão surreais, sem pé nem cabeça, que era difícil engolir. Mas mesmo assim, vale levar a leitura considerando toda a sua leveza e diversão. 

Os personagens são cativantes e envolventes. A narrativa flui bem, pois não apega-se a muitos detalhes, porém é bastante previsível.

Enfim, em comparativo, este é um livro tipicamente "Sessão da Tarde", que vale a pena pra passar o tempo e dar umas boas risadas!
Sandra de Oliveira 20/02/2012minha estante
Gostei de saber sobre a capa linda, porque uma das coisas que também me fazem comprar alguns livros são as belas capas. Nem sempre acerto no conteúdo também, mas...detalhe né! Adoro chick-lit e essa tem uma ideia bem original e interessante.

Ótima dica!
Beijos!




53 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR