Caninos Brancos

Caninos Brancos Jack London




Resenhas - Caninos Brancos


78 encontrados | exibindo 31 a 46
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6


Tayene 28/12/2015

Muito mais que aventuras caninas
Caninos Brancos é um livro que surpreende desde o início por ser um história narrada em terceira pessoa, cujo protagonista é um lobo ou "quase lobo", mas que em nenhum momento se torna enfadonha ou desinteressante no que tange a sua temática.
Acompanhando a vida de Caninos Brancos, Jack London narra detalhadamente a evolução do animal por meio de descrições precisas do ambiente que o cerca e dos sentimentos e instintos que o movem e o fazem parecer tão humano e dotado de uma extraordinária capacidade cognitiva para sua espécie.
Em meio às aventuras do lobo, o leitor é transportado ao habitat selvagem onde o personagem viveu, ainda que em meio a civilização, conectando o leitor com os pensamentos do lobo e com ele criando empatia, por meio de seu sofrimento, das dificuldades vividas, das primeiras descobertas e do desenvolvimento e construção de seu caráter.
O livro transmite uma bela mensagem de como a sociedade e o ambiente em que um ser vivo é criado pode moldar a sua personalidade, tornando-o um ser solitário e odiado ou amoroso e leal, por isso impossível desvincular a obra dos ideais darwinistas, de evolução e seleção natural.
Considerando que a obra foi publicada em 1906, por vezes observa-se na linguagem do autor demonstrações de como a sociedade da época poderia ser preconceituosa, como por exemplo, quando o autor fala dos deuses brancos superiores e deuses inferiores, que eram os índios.
É um livro recomendado por sua riqueza literária e narrativa fluida, que tira o leitor de sua zona de conforto e o desafia a ter uma nova percepção da sociedade, totalmente diferente, a partir do ponto de vista de um animal, ainda que, por vezes, peque ao atribuí-lo pensamentos muito humanos, sem que essa tenha sido a intenção do autor.
Victor Leonardo 29/12/2015minha estante
Ainda não li Caninos brancos, mas a "prequel", "O Chamado da Florest". Gostei muito na época.




spoiler visualizar
comentários(0)comente



RodrigoBoscato 09/09/2015

Final frustrante
Durante a leitura fiquei mt envolvido com a transformação do lobo. Esperava um final a altura do personagem
comentários(0)comente



Hadassah Sorvillo 07/06/2015

Caninos Brancos - Jack London
Desde que li “Walden, Vida nos Bosques” de Thoreau, fiquei fascinada por narrativas que trazem a natureza como ambiente principal, o selvagem como centro da história. Está certo que Walden é mais um relato autobiográfico, mas foi à partir dele que busquei autores que escrevessem aventuras em ambientes selvagens. E não há como separar histórias de aventuras na natureza de Jack London.

Caninos Brancos foi meu primeiro livro do autor e só posso dizer que me apaixonei do começo ao fim da leitura, fiquei vidrada! Achei de uma maestria enorme London conseguir escrever um romance tendo como personagem principal um lobo.

Caninos Brancos é uma história de aventura centrada na jornada de um herói canino desde sua origem primitiva nas florestas nevadas até conhecer seres humanos e o mundo civilizado, a selvageria da domesticação, a batalha contra outros cães, seus instintos naturais, submissão ao homem, o ódio ao homem e finalmente o amor ao seu homem. A brutalidade constante da narrativa, como a maioria das obras de London, descreve uma visão de mundo materialista e científiica, em que a lei do mais forte e a pureza ancestral da violência entre os seres vivos prevalecem.

O ambiente criado por London é de uma qualidade e riqueza inacreditáveis. Todos os pormenores da vida selvagem são descritos minuciosamente. A floresta torna-se um palco habitado por bestas selvagens, seres ferozes em que reina a dança dos extremos e a voz dos extintos.

Para ler a resenha completa acesse o blog VUOU

site: http://vuou.com.br/caninos-brancos-de-jack-london/
comentários(0)comente



gabriel.alanobo 18/05/2015

Fiz uma resenha sobre o livro no blog com músicas tema tudo :D passem lá pra ver.

site: http://melivrandoblog.blogspot.com.br/2015/05/melivrando-16-caninos-brancos.html
comentários(0)comente



SakuraUchiha 23/03/2015

London é um contador de estórias.
Uma incrível estória de sofrimento e desespero, e crescimento pessoal e força. A história de um cão notável que transcende o assunto para se conectar com o leitor em muitos níveis.
Um clássico que ajuda a ensinar que a adaptação é necessário para sobreviver e ter sucesso.
É um pouco difícil de ler para quem ama os animais por causa da crueldade para com o Caninos Brancos, especialmente quando ele é jovem.
Londres fez um grande trabalho mostrando que circunstâncias ruins podem moldar uma pessoa ou animal de forma negativa, mas não se aplica à todos. Mesmo nas piores momentos, Caninos Brancos superou a moldagem de influências negativas, e aprendeu a amar verdadeiramente.
Uma excelente leitura, inspiradora e bem escrita. London é um contador de estórias.
comentários(0)comente



augustomw 06/03/2015

O singelo espetacular
"O deus sentou-se a pouca distância, e Caninos Brancos não viu perigo algum nisso. Quando os deuses castigavam, faziam-no de pé. De resto esse deus não trazia qualquer pau ou arma de fogo. Demais, ele estava solto; nenhuma corrente nem vara o prendia: poderia pôr-se a salvo, enquanto o deus se levantaria."

A emoção de percorrer linhas que descrevem a capacidade de adaptação de um ser vivo ao pior dos meios, associado a narrativa leve, quase juvenil de London; fatos esses nos trazem a magnífica oportunidade de ler este livro. Merece releituras em diferentes fases da vida.
comentários(0)comente



Taiani 13/02/2015

Não, eu não me orgulho disso, mas abandonei esse livro. Não que ele seja ruim, mas a forma de escrita dele e a linguagem me cansaram. Não direi que não recomendo, cada um deve tomar sua decisão, mas eu não pretendo continuar de onde parei.
comentários(0)comente



vinicius 29/07/2014

caninos barancos
os caninos brancos e um cachorro que fugiu de seu bando e arranjou ema namorada e ela era uma loba muito linda e eles ficararão muito tristes porque um dos 6 filhotes deles morreu esoiso que eu li ate agora
comentários(0)comente



Ernani 20/07/2014

O livro foi escrito pelo escritor americano Jack London e no Brasil foi lançado pela editora IBEP e foi traduzido pelo escritor nacional Monteiro Lobato. Eu encontrei um pouco de dificuldade para ler este livro por ele ser um clássico e eu não me dou muito bem com esse tipo de livro.
No livro é relatada a vida do lobo Caninos Brancos, um lobo nascido no norte dos Estados Unidos que sofre muito durante a sua vida, dês de quando era filhote até a fase adulta. No começo é um pouco complicada a compreensão, mas a cada capitulo a história vai ficando mais clara. Também acho que no começo tem alguns acontecimentos meio aleatórios que não fariam diferença se não existissem.
Em minha opinião ele não é um livro para qualquer um, pois embora cada vez mais os fatos fiquem mais claros a mensagem do livro, o que o livro quer nos dizer é meio complicada de entender e com essa superação do personagem a mensagem, os ensinamentos do livro vão aumentando aponto do leitor poder tirar uma lição de vida.
comentários(0)comente



Nando 17/06/2014

Leitura fácil, porém diferenciada pela singularidade deste grande escritor. Me surpreendi do inicio ao fim, e considero uma das maiores obras primas literárias. É difícil até mesmo de descrever.
comentários(0)comente



Mário 01/06/2014

Uma metáfora da dureza e desafios que é viver personificada através das experiências de um lobo. Leitura fácil e cativante.
comentários(0)comente



Na Literatura Selvagem 08/05/2014

Resenha do Mês [Abril] Caninos brancos
O Resenha do Mês traz mais uma obra de Jack London ao blog. Já havia falado sobre outro livro seu nesse post, em que conhecemos a história de Buck, um cão domesticado que por um acaso do destino precisa sobreviver num ambiente inóspito e acaba voltando ao seu estado primitivo, atendendo ao chamado da natureza.

No caso de Caninos Brancos, a história é inversa. Conhecemos Lobinho, que futuramente terá o nome de Caninos Brancos, um filho de loba que se vê capturado pelo homem e precisa perder seu instinto selvagem e se domesticar, de forma a conviver com o Homem. Confesso que li com certa expectativa e fiquei surpresa ao final do livro. A narrativa de London é fantástica, faz você incorporar o personagem [nesse caso, o lobo] e sentir todas as suas inquietações. A maestria de London ao descrever os monólogos mentais de Caninos Brancos me deixou extasiada.

Leia mais em

site: http://torporniilista.blogspot.com.br/2014/05/resenha-do-mes-abril-caninos-brancos.html
comentários(0)comente



Morcego 28/03/2014

CANINOS BRANCOS
A história de um lobo, contada desde o seu nascimento. Um clássico da literatura americana; uma obra-prima de Jack London.
comentários(0)comente



Dani 21/03/2014

Um clássico da literatura norte americana publicado em 1910, que não deixa de passar uma bela mensagem, que nos dias de hoje não está desatualizada.

site: http://dacarneiro.wordpress.com/2014/03/12/caninos-brancos-jack-london/
comentários(0)comente



78 encontrados | exibindo 31 a 46
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6