Tripulação de Esqueletos

Tripulação de Esqueletos Stephen King
Stephen King




Resenhas - Tripulação De Esqueletos


67 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5


Greice 05/08/2020

Bons contos.
Peguei essa antologia para ler os contos que eu já tinha assistido as adaptações, como a balsa e o nevoeiro. Gostei muito mais do material original, fora esses também roí as unhas lendo o macaco (pra quê fazer brinquedo estúpido dar medo?), o caminhão do tio Otto e Vovó. Só pra citar alguns. Pros fãs do mestre, vale a leitura.
comentários(0)comente



Juliana 25/07/2020

"Dizem que somos o que comemos..."
Confesso que esse livro quase foi um 3,5 pra mim mas o conto "Tipo de Sobrevivente" me convenceu a dar as 4 estrelas. De longe foi o que mais me impactou "Dizem que somos o que comemos e, se for verdade, EU NÃO MUDEI EM ABSOLUTO".
Fora este a coletânea reúne outros contos excelentes, sendo os meus preferidos "O Macaco", "Vovó" e o clássico "O Nevoeiro". Valendo mensão também "A Balsa", "Caim Rebelado", "Leiteiro n°1 e 2". De resto confesso que tive sentimentos múltiplos, hora achando alguns contos bem enfadonhos e outra considerando-os ok apenas. De qualquer forma vale a pena ler. Recomendo :)
comentários(0)comente



Julie 14/07/2020

Como não gostar do King?
Stephen King é, sem dúvidas, um dos meus autores favoritos. Salvo poucas experiências desagradáveis, normalmente me divirto bastante com seus livros e 'Tripulação de Esqueletos' felizmente entrou na conta dos bons livros.

É dificil eleger o melhor conto, mas se tivesse que fazer um Top 3, com certeza seria O Nevoeiro, O Macaco e A Balsa.

O Nevoeiro é um dos contos mais famosos do King, contando com adaptação tanto para o cinema quanto para a TV. Não cheguei a assistir a série, somente o filme, mas ainda assim a experiência com o conto foi muito melhor do que eu esperava, principalmente porque acabei descobrindo que os finais foram completamente diferentes. A ambientação pós-apocalíptica é excelente, como sempre, e você acaba sentindo a aflição dos personagens junto com eles.

O Macaco e A Balsa já pendem mais para o lado do terror e também te fazem sentir aquela ansiedade, sabe? Você fica o tempo todo se perguntando o que vai acontecer depois, é bom demais. Aqui os elementos sobrenaturais são mais fortes.

Ao todo, acredito que só um ou dois contos não conseguiram prender minha atenção, mas, num todo, as estórias são muito boas. Recomendo.
comentários(0)comente



Flavinha 08/07/2020

Muito bom voltar a ler King. Uma fascinação por livro dele. Alguns já assisti em filme.
Dos contos, os que mais gostei foram:
Tipo de sobrevivente
Vovó
Áquila 08/07/2020minha estante
Eu não esperava gostar tanto desse livro, eu até abandonei após ler os 2 primeiros contos, mas quando retomei fluiu que foi uma maravilha!


Flavinha 08/07/2020minha estante
Simmm... teve alguns que não me chamaram tanta atenção não, alguns já são filmes, outros que amei... kkkkk


Flavinha 08/07/2020minha estante
Que bom que voltou a ler... ?????




David 24/06/2020

Nada é unânime, principalmente numa coletânea de contos bem diversificada e em momentos tão distintos na vida do autor, mas é um bom livro.

Nele há uma sessão de notas onde SK fala sobre de onde veio a inspiração de algumas das histórias. Me agrada muito participar desses "papos com ele".

Gosto da maioria das obras apresentadas nesse livro, mas vou tentar dispor o meu top 10 abaixo:

A Excursão
O Atalho da sra. Todd
O Caminhão do Tio Otto
Vovó
Nona (tem algo do Poe nesse!)
A Balsa
O Processador de Palavras dos Deuses
Tipo de Sobrevivente
O Macaco
A Balada do Projétil Flexível

Se interessar, boa leitura!
Áquila 25/06/2020minha estante
Eu também gosto muito quando o King fala com a gente, acho que eu ficaria umas 100 páginas lendo o que ele tem pra dizer. Sobre a escrita tá aí né. A relação do Nona com o Poe vc quer dizer o final, é isso? Tem um conto lovecraft com um final assim, e outra história do King também.


David 25/06/2020minha estante
Na verdade fiz a relação pq tô lendo Poe também e ele usa muito o recurso do narrador que não é confiável. Em Nona King usou muito bem e dá pra fazer uma boa retrospectiva quando acaba o conto interpretando o que seria mais próximo dos acontecimentos narrados de forma enviesada. Esse tipo de construção dá uns bons pontos pra esse conto, na minha opinião.




Iágo 23/06/2020

Melhores Contos:
1. O Nevoeiro
2. A Balsa
3. A Excursão
4. Tipo de Sobrevivente
5. O Macaco

Piores Contos:
1. Panaróico: Um Canto
2. Para Owen
3. Aqui Há Tigres
4. Entregas Matinais
5. Carrão: Uma História de Lavanderia

O restos dos contos são regulares.
comentários(0)comente



Áquila 22/06/2020

Mais contos
Tripulação de esqueletos traz vinte contos e dois poemas, publicados entre 1968 e 1985, enfim reunidos nessa coletânea.

Já vi opiniões contrárias, mas a minha opinião é que Stephen King é um ótimo contista. Teve uns contos aqui que não gostei, quebrei a cara, mas a maioria dos contos se sobressaem. É ótima uma coletânea que indico fortemente para os fãs de King.

Alguns contos acabam ficando enfadonhos devido a escrita do autor, ele mesmo admite ficar enchendo as histórias. Isso pode incomodar quem busca contos mais rápidos. Alguns contos fazem ligação com Castle Rock, é legal pegar as referências. Os finais são satisfatórios, em sua maior parte.

Analisando os contos, fiquei surpreso por ter gostado da maioria. Vou dividir os contos por categoria. Apenas os contos, os poemas (Paranóico: um canto e Para Owen) não contam. Vamos lá:

Os bons (esses eu achei fantásticos):
- O atalho da sra. Todd;
- A excursão;
- A balsa;
- O processador de palavras dos deuses;
- Sobrevivente;
- O caminhão do tio Otto;
- Entregas matinais (leiteiro n°1);
- O carrão: Uma história sobre o jogo da lavanderia (leiteiro n°2);
- Vovó;
- O braço de mar.

Os médios (não são contos extraórdinários, mas eu gosto, têm um certo mérito e cumprem seu papel):
- O macaco;
- Caim rebelado;
- A festa de casamento;
- O homem que não apertava mãos;
- Um mundo de praia;
- A imagem do ceifeiro;
- Nona.

Os ruins (lidos na força do ódio):
- O nevoeiro;
- Aqui há tigres;
- A balada do projétil flexível.
David 22/06/2020minha estante
A balada do projétil flexível foi tão ruim assim pra você? Eu gostei...


Áquila 22/06/2020minha estante
Foi um sufoco, teve umas coisas interessantes, mas não funcionou pra mim.




Vanessa Pipi 19/06/2020

Show
Ufa quantas histórias ... uma de tirar o fôlego ....

Eu acabava resistindo em ler um livro de contos assim do inicio ao fim, mas foi boa a experiência
comentários(0)comente



Marcelo 26/04/2020

Um livro cativante do começo ao fim. Dentre os diversos contos, meus favoritos são: "O Nevoeiro", "O Atalho da Senhora Todd", "O Processador de Palavra dos Deuses", "Vovó" e o belíssimo "O Braço de Mar".
Sobre o Nevoeiro, cabe observar que a história deu origem ao filme homônimo, cujo final é bem diferente (e bem mais cruel).
Mais uma bela obra do mestre Stephen King.
comentários(0)comente



Barbara.Oliveira 20/04/2020

Leitura interessante...
É o segundo livro do King que leio, mas o primeiro de ficção - o primeiro que li foi o "Sobre a escrita", que ele fala sobre o processo de escrita dele e também sobre sua trajetória como escritor. Um ótimo livro!

Ao ler este livro de contos fiquei muito na dúvida sobre se gostava ou não do estilo do King. Achei a leitura de vários contos bem arrastadas, como de, principalmente de O nevoeiro. Não tinha captado ainda qual era a pegada do autor, então não me interessei pela história e ela não acabava nunca.

Conforme avançava nos contos, percebi que gostava mais do estilo de algumas histórias do que de outras. Achei O macaco bem assustador, apesar de não me fazer perder o sono rs. Esse e Vovó foram os mais sinistros pra mim.

Sou fã de ficção científica, então achei o máximo quando percebi que A excursão ia nessa linha. E que final! Quando acabou eu pensei: tá... Esse é o King desenvolvendo suas histórias a partir de um "e se...?", como ele já comentou na sua obra Sobre a escrita. Bem extremo e interessante.

O conto A festa de casamento me prendeu pela narrativa do autor. Nada de tão surpreendente, mas gostei de acompanhar a história do mafioso e o casamento de sua irmã.

Fiquei angustiada, lendo sem parar até saber o final, com os contos: A balsa, Sobrevivente, A balada do projétil flexível. Aliás, este último é um dos meus favoritos, por tratar do processo de loucura e, principalmente, de um escritor. Muito bom e uma narrativa muito envolvente.

O meu favorito é o que encerra a coletânea, a meu ver, brilhantemente: O braço de mar. Que conto sensível, com tom nostálgico e melancólico de alguém que viveu uma longa vida e se recorda dela. Li em uma resenha e é verdade: tem um ar gótico, com lembrança de mortos em forma de fantasmas. Fiquei muito tocada por esse conto. Agora entendo o sucesso do King e com certeza vou ler mais coisas do autor!
comentários(0)comente



Ludmila.Avelar 16/04/2020

Maravilhoso. Livro com contos inesquecíveis e maravilhosamente bem escritos.
comentários(0)comente



Brenda 08/04/2020

"Há sempre mais histórias"
Amei os contos: o nevoeiro, o macaco, o atalho da senhora Todd, o processador de palavras, o sobrevivente, a balada do projeto flexível e o braço do mar, pois foram narrativas realísticos e que de certa forma, aterrorizante. Além disso, a escrita do king foi sublime, sendo os finais bem desenvolvidos.
Quanto aos outros contos, não vi tal desenvoltura, mesmo sendo relativamente bons.
Recomendo a leitura.
comentários(0)comente



Jason.Maverick 09/03/2020

Contos diversos.
Muito bom.
comentários(0)comente



Karina 25/02/2020

Nada de extraordinário...
Demorei quase cinco meses pra terminar de ler esse livro, acredito que isso tenha ocorrido graças a extensão de alguns contos (os mais chatos parecem mais longos). O Nevoeiro por exemplo, só me pegou quando chegaram ao supermercado, já outros foi quase um martírio seguir até a última linha. Achei alguns contos medianos e esquecíveis.
Meus preferidos:
O Nevoeiro
O Macaco
O Atalho da Sra. Todd
A Excursão
A Balsa
O Processador de Palavras dos Deuses
O Homem que não Apertava Mãos
Sobrevivente
Vovó
Agnaldo Alexandre 25/02/2020minha estante
Olá.
Eu prefiro sombras da noite, mas considero alguns contos bons neste livro. O nevoeiro mesmo, o começo, entendi assim para mostrar os relacionamentos com a esposa e vizinho.


Karina 25/02/2020minha estante
Preciso ler Sombras da Noite ainda. Eu entendi que era esse o intuito do King também em o Nevoeiro, mas achei um pouco entediante, porém adoro esse conto


Agnaldo Alexandre 25/02/2020minha estante
Tem contos bons e ruins como todos, mas eu gosto de alguns contos diferentes dali, que muitos não gostam. Tento ler o conto e tirar algo, e não apenas ver como sem pé nem cabeça, pois algo o escritor queria passar.




Alexandre.Canal 29/12/2019

Tripulação de esqueletos
Ótima coletânea de contos do mestre King. Demostra todas as facetas, entre teremos, suspense, triller psicológico. Percebe-se inclusive a diferença entre os contos de início de carreira deste livro com o dos livros atuais, ambos maravilhosos, porém os primeiros não possuem o mesmo brilho dos últimos. Entre meus favoritos, o processador de palavras dos deuses, Balada do projeto flexível, A excursão e O Nevoeiro...
comentários(0)comente



67 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5