A Guerra dos Tronos

A Guerra dos Tronos George R. R. Martin




Resenhas - A Guerra dos Tronos


1000 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


spoiler visualizar
comentários(0)comente



Leonardo 16/06/2019

O Inverno Está Chegando!
A Guerra dos Tronos é o primeiro livro da saga de Fantasia épica As Crônicas de Gelo e Fogo, escrito por George R. R. Martin, e lançado em agosto de 1996 nos Estados Unidos. Venceu o Prêmio Locus de 1997 e o Prêmio Nebula de 1998, tendo sido indicado também ao World Fantasy Award de 1997, porém perdendo para o livro Madrinha Noite, da Rachel Pollack. A novela Blood of the Dragon, compreendendo os capítulos de Daenerys Targaryen do romance, venceu o Prêmio Hugo de 1997 para "Melhor Novela". No Brasil o livro foi lançado em setembro de 2010 pela editoria Leya. O livro tem fortes influencias dos romances do J.R.R. Tolkien, o influente escritor de fantasia, autor da trilogia O Senhor dos Anéis e também de O Hobbit, considerado por muitos como os livros mais influentes do gênero. Com o sucesso dessa saga, a HBO comprou os direitos e lançou uma série, sendo lançado em abril de 2011 e terminando em maio de 2019.

É um livro baseado em temas medievais, onde a magia também existe, mas não é tão comum como em outras obras do gênero, como O Senhor dos Anéis ou Harry Potter, sendo considerado como mito por muitos dos residentes desse universo. Tem uma narrativa muito parecida com o do Tolkien, onde o autor descreve com muitos detalhes o cenário, tempo e também os personagens. Algumas pessoas não gostam desse tipo de escrita, pois acham cansativas. Em contrapartida muitos leitores gostam, pois podemos criar toda a cena na nossa mente, tendo uma leitura muito mais rica e imersiva. Os eventos são narrados pela visão dos personagens, não necessariamente em ordem cronológica. E isso traz uma interação muito maior com a história, já que assim os eventos são descritos e observados pela visão dos personagens, estando sujeito aos seus preconceitos, o que acaba sendo um ponto muito positivo no livro.

Nesse primeiro livro da saga o universo das crônicas nos é apresentado, sendo que já no preludio podemos conhecer os temíveis Walkers, seres misteriosos que parecem ter o poder da necromancia e emanam muito frio. Boa parte da trama gira em torno desses seres, que são considerados como mitos pela maioria da população de Westeros (continente onde se passa a maior parte da história). Existe uma ordem de guerreiros, chamada “A Patrulha da Noite”, uma milícia que protege o reino dos homens, e ficam em uma muralha gigantesca de gelo que divide os homens do sul com os do Norte, chamados de selvagens pelos sulistas. Inicialmente essa ordem tinha o dever de proteger o reino dos homens seres que viviam além da muralha, como os Gigantes, seres gigantes que supostamente viviam nessa área, e também dos Walkers, seres que traziam o frio e tinham o poder de ressuscitar os mortos para lutarem ao seus lados, e que é considerado como mito pela maioria das pessoas. Porém nos últimos milênios a maior ameaça eram os próprios habitantes daquela área, os ditos Selvagens, que vez ou outra se organizavam e davam dores de cabeça para os patrulheiros.

Tudo começa quando Eddard Stark, um dos protagonistas da história, vai julgar um desertor da Patrulha da Noite. Na volta ele e seus filhos encontram 5 filhotes de uma loba gigante, que eles acabam adotando, depois que um filho bastardo do Lorde Stark, Jon Snow, o aconselha a não matar as criaturas, já que poderiam dar azar, por ser o selo da sua casa, o lobo gigante. Logo depois Eddard recebe a notícia que Jon Arryn, a mão do rei, morreu. Jon Arryn era como um pai para ele, pois quando seu pai morreu, foi ele quem o acolheu e o criou como um de seus filhos. Assim Eddard acaba sendo convidado pelo rei Robert Baratheon, para ser a sua nova mão do rei, segundo cargo mais importante do reino. E é a partir daí que começa a guerra dos tronos, onde ocorrem muitas tramas e reviravoltas nessa sangrenta luta pelo poder.

É uma escritura muito rica, onde as descrições dos locais e também os sentimentos dos personagens são muito detalhados, o que nos dá uma imersão muito grande na história, e muitas vezes entendendo as ações dos personagens, mesmo sendo atos que podem ser contestados moralmente. Os diálogos da trama são muito bem elaborados, sendo um dos pontos mais forte dessa saga. A trama tem um pano de fundo muito profundo e complexo, muito semelhante ao universo do Tolkien, onde existe uma gama enorme de histórias anteriores aos ocorridos nos principais romances, que tem fortes influencias no decorrer da história. É uma história indispensável para todos os leitores que apreciam uma boa história de fantasia com uma dose mais real, dando mais destaque as intrigas interpessoais do que a própria magia.
comentários(0)comente



Juliano 16/06/2019

Magistral
Simplesmente inacreditável, esse autor é um monstro.
comentários(0)comente



Vinícius 15/06/2019

Primeiro livro das Crônicas de Gelo e Fogo, introduz o mundo de Westeros, sua mitologia e personagens de forma interessante, enquanto sua trama se desenrola de forma intrigante, estabelecendo uma rede de intrigas e conflitos a serem mais explorados em suas continuações. Apesar da extensão do livro, a escrita de George R. R. Martin não é cansativa, possuindo detalhes na medida certa para manter o leitor cativo de sua história.
comentários(0)comente



Izzy 03/06/2019

O último capítulo, aah, o último capítulo deu muita vontade de já começar o segundo...
Vô Gusta 06/06/2019minha estante
Dá um tempinho pra bater a saudade e lê o segundo! Rsrs




Valério 03/06/2019

Cativante
Poucos não assistiram a série.
Então, falar sobre a história pouco agrega. Um resumo para os que não assistiram: Sete reinos compõem os personagens que disputam o trono de ferro, criando a guerra dos tronos. Quem se senta no trono de ferro governa todos os reinos.
A partir daí, há uma miríade enorme de personagens. E cada capítulo foca em um destes personagens.
Este é apenas o primeiro de vários livros. E veja que não são poucas páginas.
Mas, para abarcar tantos personagens, cada um em sua saga pessoal, é difícil imaginar o feito em menos páginas.
Compensando o número exagerado de páginas, temos um enredo intrincado e bem construído, com cenas de causar indignação e buscar logo avançar para conhecer o que virá.
Vale a pena. Mas a série não fica devendo tanto para o livro, como sói acontecer em outras obras.
Portanto, ao contrário do que geralmente digo, neste caso específico você se divertirá tanto quanto (ou até mais) assistindo a série da HBO (que, aliás, ultrapassou os livros, que ainda não terminaram de ser escritos).
Estela 03/06/2019minha estante
olá, Valério. Sobre a relação entre os livros e a série, a primeira temporada é bem fiel ao que p Martin escreveu, mas ao avançar das temporadas as obras vão se afastando cada vez mais, mesmo antes da sexta temporada, alguns personagens tomam rumos completamente diferentes, e alguns núcleos são até mal feitos e personagens importantes simplesmente ignorados. Chega a um ponto em que não da p relacionar as duas produções, viram coisas independentes e, depois do final da série, embora eu seja absurdamente fã da série, não há como não preferir os livros em virtude da complexidade que o Martin da p a narrativa. Ele é fenomenal.


flávia 03/06/2019minha estante
raiva desse autor. vou ter de reler td qdo sair o sexto livro qdo pq a série não chega ao mindinho do livro e mtos personagens não aparecem na adaptação da tbo. hunf


Valério 04/06/2019minha estante
Estela e Flávia. Obrigado. A visão de vocês, bem mais completa por terem lido todos os demais livros, deixa bem claro que apenas o primeiro livro foi fielmente seguido. E, como minha opinião foi baseada somente nele, já estava desanimando de ler os demais livros da série. Decisão que agora vou reconsiderar.


flávia 04/06/2019minha estante
acho que até o terceiro livro a série está ok, depois descamba tudo e o que o autor tinha em genialidade a hbo quis suprir com violência, atos chocantes... qdo ele terminar (e sim, espero que o faça) pretendo reler tudo. mas não sei se veria a série de novo.


flávia 04/06/2019minha estante
... uma vez que os livros me prenderam bem mais. talvez seja o caso de vc gostar mais da primeira versão que viu rs. leia sim, depois nos conte, eu creio que vc iria gostar de ambos.




Volnei 24/05/2019

A guerra dos tronos
ESTE é o primeiro livro da série que segundo contam o autor ainda não terminou de escrever. Constam nas livrarias já cinco volumes enormes publicados

site: http://toninhofotografopedagogo.blogspot.com.br
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



apkbros 21/05/2019

a transa da daenerys foi consentida? ?
Clarisse.Oliveira 04/06/2019minha estante
Me pareceu que foi sim


Josue.Junior 11/06/2019minha estante
Claro que não




Min Lira 15/05/2019

Simplesmente fantástico! (PODE TER SPOILERS)
Protelei bastante a leitura desse livro, confesso, o tamanho me assustava e toda vez que eu iniciava resolvia parar. Mas finalmente consegui tomar vergonha na cara e me comprometi a ler o livro inteiro. E como estou feliz por ter protelado a leitura até hoje.
A narração de Martin é envolvente, os conflitos (e traições, assassinatos, mentiras, relações incestuosas e outras coisas bem loucas) entre os Baratheon/Lannister e os Stark prendem a atenção e nos deixam sem fôlego ao pensar nas mil possibilidades do que pode vir a acontecer caso algum personagem tome a decisão errada.
E por trás da briga entre os lobos e os leões, Daenerys Targaryen ergue seu império em busca do que supostamente lhe pertence.
Quem sentará no Trono de Ferro agora que Robert Baratheon não está mais vivo para fazê-lo?

Focando em detalhes da narrativa, gosto do modo que Martin constrói seus personagens. Apesar de ter meu favoritismo pela casa Stark, outros personagens me intrigaram bastante, mesmo sem ter tido uma grande participação no enredo. A ambientação da história é detalhada o suficiente para que o leitor consiga visualizar as paisagens mas ao mesmo tempo não é cansativa e maçante, o que é um ponto muito positivo.

Em suma, um início incrível para uma série épica que já tinha tomado o meu coração e agora o conquistou ainda mais!
comentários(0)comente



Gisela 15/05/2019

A Guerra dos Tronos, Vol. 01 - Série As Crônicas de Gelo e Fogo [George R.R. Martin]
George R.R. Martin é uma referência mundial em literatura. Todo mundo conhece ou já ouviu falar dele, pode até não ter lido nem visto a série, mas sabe do que se trata. E agora a Editora Suma de Letras está relançando este grande sucesso mundial. Eu sou apaixonada pela obra, mas reconheço que não é uma leitura fácil, pelo contrário, Martin cria um mundo próprio em uma trama intrincada com detalhes minuciosos de cenários, personagens e conflitos que são impressionantes, um verdadeiro toque de gênio.

Vale constatar que a edição da Suma de Letras está muito bonita e com páginas amareladas que são mais agradáveis de se ler, facilitando a leitura de uma obra tão volumosa. E acreditem, este livro vale o quanto pesa.

Geralmente um bom livro vem primeiro que o filme. Primeiro leio o livro e depois de algum tempo vejo o filme. “A Guerra dos Tronos” foi uma exceção, pois somente depois de assistir a série da HBO, comprei o livro. Neste caso isso foi um problema, pois pela primeira vez, uma série foi absolutamente fiel ao livro (isso vale somente para os três primeiros livros, depois vão trilhando caminhos diferentes).

George R.R. Martin criou seu próprio mundo para contar a história das crônicas de gelo e fogo. É um mundo formado por Sete Reinos, com Grandes Casas (clãs), que possuem selos e lemas (podemos conhecê-las no apêndice do livro). Uma das principais é a Casa Stark, senhores do Norte, que governa Winterfell (cujo selo é um lobo-gigante cinzento em campo branco de gelo e cujo lema é: O inverno está chegando) e que tem em seus integrantes alguns dos principais personagens do livro, envolvidos numa trama cheia de intrigas e traições pela posse dos sete reinos.

Sete Reinos:
1. Dorne (casa Martell)
2. Campina (casa Tyrell)
3. Terras da Tempestade (casa Baratheon)
4. Rochedo (casa Lannisters)
5. Terras Fluviais (casa Tully/ casa Freys) e Ilhas de Ferro (casa Greyjoy)
6. Reino do Vale e da Montanha (Casa Arryn)
7. Norte (O maior dos Sete Reinos - casa Stark em Winterfell)

Westeros é continente dos sete reinos, que antes da Guerra da Conquista eram reinos independentes, e depois foram unificados sob a monarquia da Casa Targaryen. A casa Targaryen foi destituída do trono durante a Guerra do Usurpador, encerrando o reinado Targaryen sobre Westeros, sendo substituídos no poder pela Casa Baratheon que agora é quem senta no Trono de Ferro na cidade de Porto Real. Robert I Baratheon é casado com Cersei da casa Lannisters, uma das mais ricas dos sete reinos.

Tudo começa quando Robert Baratheon viaja com sua comitiva real para Winterfell, a fim de convidar Eddard Stark para ocupar o cargo de Mão do Rei, já que Jon Arryn, senhor do Ninho da Águia e atual Mão do Rei, faleceu. Como não podia negar, Eddard Stark parte para Porto Real, levando consigo suas duas filhas, Sansa, encantada com a possibilidade de viver na corte e Arya, sua caçula. Eddard sabe o quanto a corte pode ser traiçoeira.

Contudo a maior ameaça que ronda os Sete Reinos vem de fora, são forças sobrenaturais que se fortalecem atrás das muralhas, que é uma fortificação que se estende por mais de quinhentos quilômetros pela fronteira norte dos Sete Reinos e defendida e mantida pelos irmãos juramentados da Patrulha da Noite.

Além disso, nas Cidades Livres, Viserys Targaryen, que foi exilado na Rebelião de Robert, vive com sua irmã Daenerys Targaryen e planeja sua vingança para recuperar o Trono de Ferro de Westeros.

A trama é criativa e se passa em vários núcleos. Não consigo resumi-la ou comentar sobre seus principais personagens nesta resenha, pois são muitos detalhes importantes, o que posso dizer é que o enredo do livro é original, bem formado, com muitos personagens, todos bem trabalhados, criando uma história rica e imprevisível, com um final surpreendente (mas que agora nem tanto assim, já que todos conhecem o Plot twist deste volume).

Mesmo para quem viu a série, ou principalmente por causa dela, esse é um livro que merece ser lido e relido, pois o segredo mora nos detalhes que vamos encontrar aqui.

Este é o primeiro livro da série “As Crônicas de Gelo e Fogo”, que será formada por 7 livros (nem tenho mais certeza disso), sendo que os dois últimos ainda não foram escritos, mas "dizem" que o final da série literária será diferente do final da série televisiva.

Independente do fim da série, a Suma de Letras publicou no final do ano passado o livro "Fogo & Sangue" – Volume 1 de uma duologia, que narra a história dos Targaryen, passada séculos antes dos eventos de A Guerra dos Tronos.

Para quem gosta de uma boa fantasia, é imperdível.


site: http://www.lerparadivertir.com/2019/05/a-guerra-dos-tronos-vol-01-serie-as.html
comentários(0)comente



Fabio Pedreira 13/05/2019

A Guerra dos Tronos
Faltando apenas um episódio para o fim do seriado, trago a resenha de uma das séries mais aclamadas pelo público e uma das mais importantes aquisições da Suma dos últimos tempos.

Mapa de Westeros (sinopse)
Como Guardião do Norte, lorde Eddard Stark não fica feliz quando o rei Robert o proclama a nova Mão do Rei. Sua honra o obriga a aceitar o cargo e a deixar seu posto em Winterfell para rumar à corte, onde os homens fazem o que lhes convém, não o que devem… e onde um inimigo morto é algo a ser admirado.

Longe de casa e com a família dividida, Eddard se vê cada vez mais enredado nas intrigas mortais de Porto Real, sem saber que perigos ainda maiores espreitam à distância.

Nas florestas ao norte de Winterfell, forças sobrenaturais se espalham por trás da Muralha que protege a região. E, nas Cidades Livres, o jovem Rei Dragão exilado na Rebelião de Robert planeja sua vingança e deseja recuperar sua herança de família: o Trono de Ferro de Westeros.

O jogo dos tronos
Obs: A introdução a seguir não é spoiler, é do início. A resenha é livre de spoilers.

Tudo tem início no norte, além da Muralha, com três patrulheiros que estão investigando o sumiço de alguns irmãos juramentados da Patrulha da Noite. A ideia é encontrar os corpos e relatar ao grande comandante, mas o que eles encontram é algo muito mais perigoso, algo que eles nem podem imaginar, algo que eles nem sequer acreditavam que existiam fora das lendas e esse encontro prova-se mortal.

Ainda no norte, mas um pouco mais abaixo da grande Muralha - em Winterfell, para ser mais específico - lorde Eddard Stark - também conhecido como Ned - recebe a notícia de que um antigo amigo morreu, e, se não bastasse isso, o rei está se preparando para uma visita real, o motivo Ned desconfia, seu desejo é recusar, mas sua esposa Catelyn pensa o contrário.

O que acontece é que o rei Robert acaba por nomear Ned como a Mão do Rei, uma espécie de vice, que cuida dos assuntos do reino e o governa em sua ausência. Além disso, durante a sua visita e de toda a sua guarda real, Bran, filho de Ned, acaba sendo jogado do alto de uma torre e os únicos que sabem quem foram os responsáveis são os próprios culpados. Mas Catelyn - também conhecida como Cat - desconfia bastante dos Lannister, a família da rainha é extremamente detestada por grande parte do reino.

E, para terminar, em outro continente, existe Daenerys e seu irmão Viserys, os últimos Targaryen vivos, ou seja, os verdadeiros herdeiros do trono. Considerados um perigo pelo rei Robet, Dany e Viseryon se encontram em posição de pedintes, sem poder, ou condições nenhuma de retomarem o trono, com um Viserys que chega a vender a sua irmã para um poderoso guerreiro Dothraki chamado Khal Drogo, tudo isso com a intenção de conseguir o exército do poderoso Khal e assim retomar o poder no trono de ferro.

Bem, essas são apenas algumas breves introduções sobre alguns dos personagens que compõem essa série incrível que é Game of Thrones - ou As Crônicas de Gelo e Fogo, se preferir -, uma das sagas de fantasias mais incríveis da atualidade.

Mas não deixe o nome “fantasia” te enganar. Apesar de ter menção a dragões e outras criaturas, além de uma ou outra coisa aqui e ali relacionada a magia, A guerra dos tronos é sim um livro de intrigas, guerras e sobrevivência, onde o autor simplesmente consegue passar de forma magistral questões sociais, com vertentes da sociologia, filosofia e psicologia muito bem, transformados em personagens incríveis e uma trama fantástica.

Como o próprio nome já diz, A guerra dos tronos tem esse nome pois passa uma boa parte do livro com seu foco nos conflitos existentes no reino de Westeros, com as intrigas na corte e com as outras casas do reino se digladiando para ver quem tem o verdadeiro poder. Um lugar totalmente traiçoeiro que pode fazer com que um homem como Ned Stark, tão honrado em suas atitudes, se veja rodeado de perigos ao qual não está acostumado.

Intrigas, fofocas, conspirações, espionagens, muitas e muitas reviravoltas são coisas bem constantes no livro, e o melhor, de uma forma nem um pouco previsível. A todo momento você fica chocado com as coisas, não acreditando nem por um minuto que aquilo ali aconteceu de verdade. Não são coisas que acontecem aleatoriamente, tudo tem um porque, um motivo plausível, o que torna as coisas muito mais instigantes e críveis.

Todo o livro é estruturado por pontos de vista. Acontecimentos podem estar acontecendo simultaneamente e você o verá por alguns pontos de vista diferentes, ou suas consequências para cada uma delas. Tem gente que não gosta muito desse tipo de estrutura, porém, aqui ela funciona demais, sendo que eu não consigo imaginá-la sendo escrita de outra forma.

E já que estamos falando de estrutura…

As grandes casas de Westeros
Como eu disse lá em cima, essa série de livros foi uma das grandes aquisições da Suma nos últimos tempos. Antigamente pertencente à Leya, os direitos foram vendidos à Suma.

Tudo isso veio com grande burburinho… “Será que vão mudar as capas?”, “Será que vão mexer na tradução?”, “Será que vão mudar a FONTE?”, etc.

Pois bem…

Como a própria Suma frisou, as mudanças na estrutura foram apenas pontuais. A capa se manteve a mesma da última versão lançada pela Leya, a tradução também é igual, com uma diferença apenas na padronização dos termos e uma ou outra palavra que não faz diferença, mas, tirando isso, continua igual. A grande mudança fica apenas por conta dos mapas, que antes ficavam na frente do livro e agora estão no fundo.

A grande polêmica, porém, fica em relação à fonte. Quem já leu ou viu os livros da Leya sabe muito bem que as letras são minúsculas, muito miudinhas e a Suma não mudou em nada isso - pelo contrário, se for comparar parece até que essa consegue ser menor. Eles justificaram que, aumentando a letra, aumentaria o tamanho do livro e, consecutivamente, o preço. Faz sentido? Faz, mas não sei se colou. A edição de comemoração de 20 anos tem uma fonte maior e você acha por aí, muitas vezes, por 32 reais (rs), mas, enfim...

Tirando isso o livro é todo perfeito em estruturação.

The Winter is Coming
No fim, A guerra dos tronos é o começo de uma incrível série de fantasia que parece propaganda de pasta de dente, porque 9, entre cada 10, recomendam.

É uma série de livros que deu início a uma das séries mais comentadas e adoradas de todos os tempos, sendo que a primeira temporada é extremamente fiel ao livro, com um ou dois detalhes insignificantes diferentes.

É um início voltado para as intrigas, mas que vai evoluir para algo muito maior no futuro, com suas continuações sendo muito mais emocionantes. Leia, assista, leia e assista, faça tudo, só não deixe de conferir e ler essa obra de arte que é Game of Thrones.
Jorge 13/05/2019minha estante
Eu tenho a edição comemorativa, realmente paguei barato na promoção, mas a edição é meia boca, pois as páginas não são costuradas, e sim coladas, e isso se torna um problema a longo prazo. Mas é uma edição bem lindo mesmo assim, fato.


Fabio Pedreira 14/05/2019minha estante
Sim, mas o ponto é que é um livro com uma fonte maior, o livro é maior, e acha barato, ou seja, seria possível aumentar a fonte e ainda assim ter um preço razoável na edição normal.




Kari 05/05/2019

Sendo bastante sincera eu sempre relutei em ler os livros dessa série, não costumo ter medo do número de páginas, mas a cada lançamento que eu via dessa série, pensava e acabava desistindo, por ser uma série longa e por ter muitas páginas, dá aquela impressão que iremos ler apenas isso para sempre. Não sei se vocês passam por essas impressões as vezes, em meio a tantas leituras que temos disponíveis. Mas finalmente tomei coragem quando veio a edição especial (da outra editora) e agora mais uma vez com esse lançamento da Suma, uma Editora que eu curto demais da conta.

Esta é uma das séries de fantasia mais bem escritas e descritas que já li. Além de ter uma ambientação sensacional e personagens críveis no sentido de tão bem construídos que realmente conseguimos nos ver completamente submersos na leitura e suas 600 páginas, passam de maneira rápida e neste volume somos introduzidos a tudo que estará por vir em Guerra dos Tronos. Iremos conhecer as principais casas e tradicionais, que são cada uma respeitada por seu legado, nome e afins. Aí temos a casa que amo, a casa dos Starks, que é representada por lobos e conheceremos então Winterfell, comandada por um dos homens mais admiráveis, Ned Stark. Ele é casado com Catelyn e os filhos do casal são: Robb, Sansa, Arya, Brann e Rickon. E temos o bastardo de Ned Stark, Jon Snow; todos os bastardos são chamados pelo sobrenome Snow.

O atual Rei dos Sete Reinos é Robert Baratheon, conquistando a coroa, após Jaime Lannister, seu cunhado, matar o rei louco, que era da casa Targaryen. O rei Robert é casado com Cersei Lannister, uma casa também tradicional e juntos eles tem filhos, mas o destaque aqui vai para Joffrey, que é o primeiro a suceder seu pai no trono.

Conhecendo um pouco sobre a premissa inicial, então vamos tendo o desenrolar da história quando o Mão do Rei, conhecido como seu principal conselheiro morre e Robert Baratheon, resolve ir a Winterfell com toda sua corte para convocar Ned Stark para a posição de conselheiro do rei. Eu digo convocar, por saber que Ned não teria ali, muita escolha. Robert e Ned tem uma história antiga que os liga, que mais para frente vocês terão conhecimento, ou já o tem, se leram os livros ou assistiram a série de tv (apesar de ter diferenças entre um e outro). E com a ida de Ned Stark e suas filhas Sansa e Arya para a corte acaba revelando uma série de intrigas, incesto, traições assassinatos e coisas que vão bem além do que se possa imaginar, e olhar que estou bem acostumada com as intrigas da corte, mas digo com total certeza que nada supera Guerra dos Tronos para mim.

E em contra partida, também vamos conhecer Daenerys e Viserys Targaryen, os últimos dragões (símbolo de sua casa) e parentes do rei louco assassinado por Jaime Lannister. Os irmãos vivem em uma espécie de exílio, pois eles representam a real linha de sucessão ao trono, que foi tomada pela casa Baratheon. Viserys dá sua irmã de apenas treze anos em casamento em troca de algumas exigências a um Khal, que pode ser considerado rei de seu povo, eles são um tanto quanto bárbaros e possuem um estilo de vida bem diferente do que vimos na corte ou mesmo em Winterfell. Mas não deixando de lado as tradições de que as mulheres não tem escolhas em questões como casamento e outros, a mulher é para procriar, dando filhos que irão manter as tradições de suas famílias, unindo-se em casamentos arranjados e por aí vai. Até aqui nada novo, mas assustador, ver Daenerys sendo entregue a alguém como um Khal. E como Daenerys se casa com um Khalasar (rei de seu povo), ela se torna sua Khaleesi (rainha e rainha de seu povo) e com isso comandante dos mesmos junto ao seu marido. E ela tem total ciência de sua posição como herdeira dos Sete Reinos e isso é sua maior motivação, tomar de volta o que lhe pertence por direito; o Trono de Ferro!

Bom.. A história tem início dessa maneira e além disso, em suas 600 páginas tem muito mais. Eu amo a casa Stark, que irá passar por problemas e situações inimagináveis. Assim como fiquei encantada por toda a força e postura que uma menina, Daenerys, conseguiu desenvolver diante as piores circunstâncias que se possa imaginar. Ela é uma força da natureza, uma comandante, uma rainha.. E todo meu amor do mundo por ver uma mulher sendo tão bem desenvolvida como ela foi neste livro e como sei que ainda será no decorrer da série.

Tem tantos outros personagens interessantes em vários aspectos, desde a maldade, interesses, astúcia, honra, lealdade e outros.. Que se eu fosse falar de todos, eu não iria conseguir terminar essa resenha e obviamente entregaria demais, mesmo achando que bem poucas pessoas hoje não conhecem nada sobre A Guerra dos Tronos.

Sou fã do autor, e fã incondicional dessa série maravilhosa.. E não esperem por coisas fofas, romances avassaladores e afins.. A história é intrínseca, brutal e mostra as facetas de uma verdadeira guerra e as intrigas e maldade existentes nos seres humanos desde tempos antigos, ainda que estejamos falando em ficção!

Recomendo demais!








comentários(0)comente



anabê @anatomialiteraria 29/04/2019

Incrível
Resenha:


Game of Thrones, George R. R. Martin (5/5+??)

Finalmente aconteceu, amigos. Dez anos de insistência desde que tomei conhecimento dos livros e finalmente comecei a ler Game of Thrones. Foi difícil ignorar durante anos os spoilers que passavam aqui e acolá e não posso dizer que passei incólume a eles, mas em nada estragou a experiência.


As crônicas de gelo e fogo é a série de fantasia idealizada por George R. R. Martin e inspira a série que virou fenômeno mundial e que no mês que vem chega ao último episódio, com bilhões de expectadores no mundo. Os cinco livros até agora publicados não ficam muito atrás no quesito sucesso e há um clamor para o lançamento do resto da série (vamos cooperar, Martin!)


O livro 1 é a introdução a todo o contexto do qual se trata a Guerra dos tronos. E não é à toa que a obra é homônima. Temos aqui algumas casas principais e tradicionais no norte e sul do continente e dos Sete Reinos. A casa dos Stark, com os lobos, é comandada de Winterfell por Ned Stark e sua esposa Catelyn. Seus filhos são Robb, Sansa, Arya, Bran e Rickon. Há ainda o bastardo dele, Jon Snow. O rei dos Sete Reinos é Robert Baratheon, que conquistou a coroa após seu cunhado, Jaime Lannister, matar o rei da dinastia Targaryen. Robert é casado com Cersei Lannister e possui alguns filhos, dentre os quais destaca-se Joffrey, o primeiro da linha de sucessão. Tal parte da história desenvolve-se quando o antigo Mão do Rei (principal conselheiro) morre e Robert decide ir a Winterfell com sua corte chamar Ned Stark para tal posição. A ida de Ned e suas filhas para a corte com o sul expõe as intrigas em volta do trono, que incluem incesto, traição e até mesmo assassinatos.


Por outro lado, há Daenerys e Viserys Targaryen, dois dos últimos "dragões" Targaryen que existem e estão em exílio. Daenerys aos 13 anos é entregue através do casamento por seu irmão a um khal, uma espécie de rei de um khalasar ou povo. A partir daí a personagem, que possui o melhor arco de desenvolvimento na minha opinião, torna-se consciente de sua posição como khaleesi e comandante. E como herdeira moral dos Sete reinos, além mar. Ela também quer o Trono de Ferro.


Falar muito mais a partir deste momento seria leviano. A história desenvolve-se com um ritmo surpreendentemente ágil, em muito ajudado pelos diversos pontos de vista dos personagens. E mesmo que boa parte dos personagens sejam ainda crianças, não há infantilização de seus pontos de vista até porque todos eles precisaram crescer em meio às dificuldades e é possível acompanhar esse crescimento. O arco que mais me deixou curiosa foi o desenvolvimento de Sansa Stark, infantil no começo mas que nos próximos livros promete certa redenção.


Se você, assim como eu, escapou da história nos últimos dez anos desejo-lhe os parabéns. Não foi fácil. Mas aconselho você a ir o mais rápido possível até uma livraria e começar a ler esta história envolvente, que fisga todo mundo que lê. Até mesmo eu, meio avessa às fantasias, estou ansiosa pelo próximo livro e controlando cada pedacinho do meu ser para não ser novamente tragada pelas intrigas dos Sete Reinos.
comentários(0)comente



vítor 29/03/2019

Incrível !!!
comentários(0)comente



1000 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |