O silêncio da chuva

O silêncio da chuva Luiz Alfredo Garcia-Roza




Resenhas - O Silêncio da Chuva


61 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5


Flávio 23/11/2021

O melhor golpe
Um ato não natural gera uma sequência de mortes no melhor estilo salve-se quem puder.
"No meu entender, é possível uma pessoa matar outra por acidente, por impulso incontrolável e com premeditação."
comentários(0)comente



denis 16/10/2021

Li porque vi na TV
Vi a propaganda na Globoplay, daí resolvi ler o livro (o livro é geralmente melhor). Achei legal se passar no Rio, por lugares que conheço. Eu gostei do livro. O leitor facilmente deduz o assassino. O final, bem, eu ri. Kkkk.
É surreal, mas não posso contar, né? Ah, lembrei que resolvi ler também por causa do falecimento do autor neste ano de 2021.
P.S. estranhei tanta chuva no Rio de Janeiro. :-)
comentários(0)comente



Mai 03/10/2021

Resenha
Sério, esse livro é muito viciante, acabei de ler, em um piscar de olhos, super indico a quem tem interesse!
comentários(0)comente



@lipecelli 20/09/2021

Comprei esse livro pois vi aqui no app, não conhecia o autor, e sem dúvidas vou ler os outros livros dele ?

Espinosa, que prazer conhecer esse personagem..

Livro muito bom, até desconfiei do ?assassino?, porém o final surpreendeu. Algumas coisas ficaram se explicação, mas num geral, gostei muito.
comentários(0)comente



Rennanzinho 26/07/2021

Estrelando: inspetor Espinosa
Vencedor do Prêmio Jabuti, esse romance policial de Garcia-Roza é a estreia do inspetor Espinosa, personagem principal do autor. O interessante aqui é que logo no começo do livro, sabemos que a morte do empresário Ricardo Carvalho foi um assassinato, mas acompanhamos o trabalho da polícia que segue a tese de suicídio. O inspetor Espinosa, um policial civil carioca solitário, leitor voraz, e que vive pelo trabalho, não se contenta com tal hipótese e decide investigar mais a fundo. Espinosa é descrito como um homem comum, não é dotado de grande capacidade dedutiva ou inteligência muito acima da média, mas é persistente e ético, com um bom senso de justiça, e representante do que há de melhor na polícia. A narrativa não foca no crime ou na atividade de investigação, mas sim na análise psicológica das personagens e nos relacionamentos que surgem entre eles. Lembrou-me bastante os romances de Sidney Sheldon, com a vantagem da ambientação no Rio de Janeiro, que aproxima a narrativa da nossa vivência.
comentários(0)comente



Nika 03/06/2021

Só uma palavra para esse final: dor.
Foi difícil para mim sair das primeiras páginas, mas após os primeiros acontecimentos a leitura começou a for que nem água. O detetive Espinosa tem um carisma incrível, me apaixonei no personagem e na escrita do autor. Tudo caminhava para 5 estrelas, até a m**** desse final que fez questão de amassar, chutar, cuspir e jogar no lixo uma trama perfeita como essa. Chegou a ser nojento e repugnante. Não sei se essa foi a intenção do autor, mas se foi, parabéns conseguiu.
comentários(0)comente



allim 25/04/2021

Incrível.
Eu fiquei apaixonada por esse livro desde o início. A história é muito bem construída e o Espinosa é um detetive apaixonante, além da escrita ser muito satisfatória sem ser cansativa. Tem momentos cômicos, de aflição, apaixonantes, tudo na dose certa.

Me surpreendi com como o Luiz Alfredo conseguiu incluir diversas perspectivas, alternar a narrativa entre primeira e terceira pessoa e, mesmo assim, não ter virado uma salada de frutas. Além de existir mais de um plot na história. Ele tanto disponibiliza todos os pontos e dados certinhos bonitinhos que permite que o leitor descubra por conta própria quem é o assassino.

Enfim, recomendadíssimo.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Didi 03/02/2021

Gostei
Nesse romance policial, o autor, Garcia-Roza, nos apresenta o Inspetor Espinosa, personagem este, amante dos livros, das artes e de reputação ilibada, e que tem nas mãos um caso de suicídio (ou seria assassinato?), de um executivo carioca. O legal é, que nós leitores, sabemos o que aconteceu logo no início do livro, o que não ocorre com o Inspetor, que só saberá no final.

Partindo dessa premissa, temos personagens bem construídos, um enredo interessante, que vai melhorando da metade do livro em diante. Porém, devo confessar, que o final deixou a desejar.

Se recomendo a leitura? Com toda a certeza. 
comentários(0)comente



Heloiche 22/01/2021

Policial dos melhores
Geralmente não sou uma pessoa ansiosa. Mas, com relação à literatura a ansiedade me pega. Quando recentemente morreu o Garcia-Roza, e li os inúmeros comentários elogiosos que lamentavam a perda imensa que foi a morte precipitada desse autor, a ansiedade tomou conta de mim porque nunca tinha lido nada do autor. Seguindo sugestões de amigos e com a maravilha que é o instantâneo do ebook li o primeiro livro do autor.
E que agradável surpresa. Uma história policial muito bem amarrada. Com inesperadas viradas. Ele usa por vezes o recurso, que gosto muito, do leitor estar a frente do investigador.
Ansiedade a mil de novo porque agora quero ler tudo dele.
comentários(0)comente



Daniel.Callabieto 17/01/2021

Final broxante, mas não para o antagonista
A trama é bem construída e tem um ótimo suspense, te deixando com cada vez mais vontade de ler e curioso para o final. Infelizmente, o final decepciona e muito.
comentários(0)comente



Moises.Bauer 29/12/2020

Muito bom
Romance policial que que inicia com um assassinato de um executivo no centro do Rio de Janeiro um executivo. Com linguagem simples e bem humorada, Luiz Alfredo Garcia-Roza cria um trama muito interessante. Recomendo!
comentários(0)comente



NC 23/12/2020

Romance policial que tem a característica de prender bem o leitor com uma boa dinâmica, porém, o enredo de maneira geral não surpreende tanto.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Juliana.Mell 05/03/2021minha estante
MIMIMIzanta do KRL!!! Escreve um livro vc, aí vc usa o linguajar q vc quiser, palhaçona!!!


Nika 16/03/2021minha estante
Disse tudo. Não discordo de absolutamente nada! Um disperdicio de trama para um final bosta.




Edson Camara 05/09/2020

Levou um tiro, único e definitivo, mas não há outros sinais de violência: É um morto de indiscutível compostura
Livro comprado e lido em setembro de 2007. o autor Luiz Alfredo Garcia-Roza, psicologo carioca escreveu diversos livros desta área, este é o seu primeiro romance policial, O silêncio da chuva recebeu os prêmios Jabuti e Nestlé e foi publicado em nove países. É também estreia de Espinosa, personagem de outros quatro livros do autor. Neste seu caso inicial, um executivo é encontrado morto no volante de seu próprio carro em um edifício garagem no centro do Rio.Levou um tiro, único e definitivo, mas não há outros sinais de violência: É um morto de indiscutível compostura. O que só atrapalha as coisas, nesse crime sem testemunhas e aparentemente sem pistas. Excelente leitura.
comentários(0)comente



61 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR