O Poder dos Seis

O Poder dos Seis Pittacus Lore




Resenhas - O Poder dos Seis


156 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Bela 18/10/2017

Eletrizante
Assim que assisti ao filme Eu sou o número 4, soube que tinha entrado em uma furada, porque iria querer ler todos os livros, muito provavelmente iria gostar muito deles e já são sete livros, além dos extras! E, é o que está acontecendo, terminei o segundo livro da saga e estou me segurando para não emendar no terceiro, porque tem algumas leituras que precisarei fazer antes.

Seis, John e Sam conseguiram fugir de Ohio e estão se recuperando das perdas e machucados sofridos na luta contra os mogadorianos. Mas, depois de tudo o que aconteceu, eles foram taxados como terroristas e suas fotos foram espalhadas por todo o país. Ou seja, eles terão que fugir não apenas de seus arqui-inimigos alienígenas, mas também do FBI. Mas, quando John finalmente abre a sua arca e a carta deixadas por Henry, ele percebe que talvez precisem voltar para Ohio, pois, na verdade, existia um motivo para eles terem ido até lá.

"Nunca perca a fé em si mesmo, e nunca perca a esperança, e lembre-se de que, mesmo quando este mundo mostrar o que tem de pior e lhe der as costas, ainda assim sempre haverá esperança."

Enquanto isso, Marina, a número Sete está em um convento na Espanha e todos os dias procura notícias de John Smith na internet, mas ultimamente não tem encontrado muita coisa. Ela só não sabe se isso é bom ou ruim, um vez que tem quase certeza de que ele é uma das nove crianças enviadas de Lorien. Além disso, seu aniversário de 18 anos está chegando e com ele, ela deve escolher se irá se tornar uma freira ou se deixará o convento. Não é como se fosse uma escolha muito difícil, ela e sua cêpan, Adelina, já ficaram tempo demais naquele lugar. O problema é que Adelina parece ter se esquecido do motivo pelo qual estão ali, que deveriam ser: treinar e se esconder dos mogadorianos até que os legados de Marina se desenvolvessem, quando elas deveriam procurar os outros, pois juntos serão mais fortes do que qualquer ameaça. Os legados da número Sete já começaram a se desenvolver, mas Adelina nem mesmo tem conhecimento disso, pois todas as vezes que Marina toca nesse assunto, sua cêpan desconversa, e age como se tudo fosse uma fantasia da cabeça de Marina. Ela não sabe mais o que fazer e se pergunta se terá que partir sem Adelina.

"— O segredo para mudar é superar o medo."

O casal Sarah&John está completamente abalado. John começa a notar que possui sentimentos pela Seis e isso o deixa completamente confuso, pois Henry havia lhe dito que quando os lorienos se apaixonam era para sempre e isso só acontecia uma vez. Será que esse paixão teria que acontecer entre dois lorienos para "funcionar"? Será que Seis é o seu verdadeiro amor? Além disso, John sabe que Sam é louco pela Seis e tudo isso faz com ele não consiga afastar a sensação de traição toda vez que sente algo por ela. John ainda me parece muito imaturo e egoísta, e quase leva tudo a perder por causa disso.

A Seis meio que se torna a líder do grupo e começa a ensinar o que sabe para Sam e John, é quando começamos a conhecê-la melhor, o seu passado, sua cêpan e tudo o que ela passou para chegar até ali. Marina também é uma jovem muito corajosa e inteligente, além de ter um grande coração e legados extraordinários. Ela fez poucos amigos na Espanha: Hector, um bêbado com quem gosta de conversar quando vai à cidade, e Ella, uma doce garotinha de 7 anos que é levada para o orfanato após se tornar órfã e com quem ela se afeiçoa rapidamente. Mas, eles se mostram essenciais no decorrer da trama. Fiquei em dúvida apenas se gosto mais da Marina ou da número seis.

O Poder dos Seis tem muita ação e nos traz descobertas interessantes, tanto sobre o passado de alguns personagens, como sobre Lorien e o momento em que a nave com os nove escolhidos deixou o planeta. Entretanto, ainda há muitas coisas a serem desvendadas e "números" para conhecermos, mas é uma série de sete livros (até agora), então não tinha como ser diferente. Eu fiquei bastante envolvida com o desenrolar da trama, que é carregado com muita tensão e adrenalina, pois frequentemente os nossos mocinhos se envolvem em algum tipo de fuga ou batalha. Além disso, são intercalados capítulos narrados por John e Marina e tem um momento na história em que ambos os personagens estão passando por situações bastante delicadas, então, todas as vezes que trocava o narrador era uma verdadeira agonia. O Segundo volume superou as minhas expectativas e, não sei se ainda é cedo para dizer, mas estou adorando essa série!

"[...] sei que nunca foi o dever que nos manteve juntos, e sim o amor, que sempre será um elo mais forte que qualquer obrigação."

site: sigolendo.com.br
comentários(0)comente



Jully 14/08/2017

John e Seis (uma loriena sex e poderosa) estão feridos e escondidos se recuperam da ultima batalha, que levou Henri o guardião dele, quase um pai. Ambos são acusados de terrorismo e estão sendo caçados também pelo FBI. Enquanto isso Marina (a número Sete) está escondida num convento na Espanha juntamente com sua guardiã, que parece ter esquecido quem é e o que precisa fazer. Ela acredita que os Mogs a encontraram e só não a pegaram por conta da ordem numérica que a protege, mas ela está muito preocupada com os noticiários pois acredita que John (identificado como terrorista) é um lorieno. No meio de tanta incerteza, uma nova interna chamara Ella torna sua protegida no convento, e mal sabe Marina quem é essa menina e o que ela pretende. Do outro lado do mundo, depois de diversos acontecimentos, John e Sam (humano melhor amigo de John, que acredita que o pai foi sequestrado pelos Mogs) estão numa missão em busca de Sara (humana, namorada de John), enquanto Seis parte para a Espanha em busca da recem descoberta Marina.

Texto completo no blog

site: http://comentandolivroslidos.blogspot.com.br/2017/08/serie-os-legados-de-lorien-parte1.html
comentários(0)comente



Sofia 21/06/2017

Quando eu comecei a ler esse livro, nunca imaginei que ficaria tão vidrada nesse livro como fiquei (tanto que acabei esse livro em dois dias).
No segundo volume da série "Os Legados De Lorein" é absolutamente o melhor e mais emocionante até agora (já estou no 3° livro). Ele divide as narrativas com o ponto de vista do Número Quatro, John, e a Número Sete, Marina. Enquanto o ponto de vista de Marina é algo mais calmo e inocente, o ponto de vista de John é cheio de aventura e entusiasmo, por que também engloba seu fiel amigo Sam e a Número Seis.
Foi muito gostoso, conhecer através das páginas a Número Seis que apesar do seu jeito durão tem uma menina romântica escondida e ver a "amizade" entre ela e Quatro florescer por que, por mais que role um intenso flerte entre eles, por trás eles ainda são irmãos lorienos e com a convivência nesse livro, se tornam amigos também. Como eu curto amores impossíveis, eu shippo Seis&Quatro mas nunca se sabe.
Apesar de amar esse livro, faço uma única ressalva: as narrativas tinham tempos muito diferentes. Enquanto uma era super rápida a outra era lenta demais, as vezes dava vontade de pular para a parte da narrativa.
Mas, apesar disso, acabei "O Poder Dos Seis" implorando para o meu pai para ele me levar logo em uma livraria para eu poder comprar o "Ascensão Dos Nove" (terceiro livro), que inclusive, estou lendo mais devagar só por que sei que quando esse acabar terei que esperar zilênios até o quarto livro ser lançado tanto nos Estados Unidos como aqui.
Espero que vocês gostem

site: http://sophiesamiesarfati.blogspot.com.br
comentários(0)comente



Marcinho 03/04/2017

Ótimo
O escritor conseguiu manter a linha do primeiro. Eu adorei. São ótimas descrições de impactos, bons diálogos, e uma escrita incrível, e uma ação descontrolada no fim do livro. Sem muito o que falar, é um ótimo livro. Recomendo demais.
comentários(0)comente



Bella 28/09/2016

A aventura vai começar....
Toda uma nova história se inicia agora na companhia da mais nova aliada, a número Seis, é o livro de descobertas, de histórias tristes, de superação, de aprendizagem...
comentários(0)comente



Patricia - Metamorfose Literária 28/09/2016

O Poder dos Seis - Pittacus Lore
O livro já começou me surpreendendo, pois, como há dois narradores (John Smith, o Número Quatro, e Marina, a Número Nove), também há duas formatações diferentes, ou seja, ao iniciar o capítulo dá para saber quem o está narrando, se é John (a mesma formatação do livro anterior), ou se é Marina. Quanto à descrição física, o que o difere do anterior é o alto-relevo das bolhas presentes na capa.

Confesso que esperava mais deste livro, visto que o primeiro volume recebeu minha nota máxima e se tornou um dos meus favoritos, combinando ação e romance de maneira que não se tornou maçante. O Poder dos Seis, apesar de muito bom, é um pouco "lento", narrativamente falando, se comparado ao primeiro volume (acho que isso faz com que muitos leitores acabem "perdendo a graça" com o livro, não é?).

Leia mais no blog :)

site: http://metamorfoseliteraria.blogspot.com.br/2016/09/resenha-o-poder-dos-seis-pittacus-lore.html
Bela 15/02/2017minha estante
Marina é a numero sete.




Marina Martin 10/06/2016

O Poder dos Seis Por blog Caçadores de Leituras
Livro: O poder dos seis

Autor: Pittacus Lore

Editora: intrínseca

Páginas: 320

Esse post pode ter spoilers do livro "Eu sou o número quatro" a resenha dele se encontra aqui.


O livro vai se dividir em duas visões, a do quatro, que vocês já conhecem do primeiro livro. E a da Marina (que belo nome não é?) que é o número sete, e ela mora em uma igreja no México, que ela e sua Cêpan encontraram para morar.
A Marina é um personagem muito cativante, ela usa sua telecinesia em alguns momentos de uma forma muita engraçada, porque ela faz algumas coisas com as meninas da igreja que as vezes queremos fazer para pregar uma peça em alguém.
O livro é muito rápido, pois temos aventura espalhada por ele inteiro. O romance desse livro ficou muito melhor que o do primeiro, porque eu não suporto a Sarah e agora que o quatro esta afastado dela eu estou muito mais feliz.
O livro acabou tendo um mistério muito previsível (oque significa que eu descobri ela assim que foi apresentado), mais a aventura ultrapassa esse problema. Eu gosto muito dessa série porque todos os lorienos parecem super-heróis e o Sam parece nos leitores que fica só olhando e não pode fazer o mesmo que eles fazem.
Eu dei cinco estrelas, mas não favoritei por causa do mistério fácil adivinhado, é rápido de ler por causa da aventura, eu só tenho a reclamar um pouco do triangulo amoroso, Um beijo, um queijo e thau!

site: Pro blog: http://cacadoresdeleituras.blogspot.com.br/2016/05/o-poder-dos-seis-os-legados-de-lorien.html
comentários(0)comente



Zé Walderico 18/05/2016

Uma nova saga!
Depois de acompanhar Senhor dos Anéis, Harry Potter, eis que surge uma saga que chegou para ficar! O primeiro livro é muito bom e ontem terminei O poder dos seis. É fantástico! Recomendo por demais a leitura dessa saga, você entra na história de uma forma surpreendente e o autor faz com que você se alegre e sofra com cada personagem. Indo muito!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Pandocadas 21/03/2016

Prefiro ficar com o filme
Alguns vão me julgar, mas eu não posso fazer nada, sou muito iludida, e não gosto de saber que meu shiper favorito está ameaçado, como é o caso deste livro, eu vi os spoilers e resolvi que não quero ler a continuação. mas recomendo pra vocês, pois a saga é realmente boa.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Ortiz 13/12/2015

Uma Surpreendente história de aventura
Se você achou o primeiro livro fantástico, deverá reavaliar o seu vocabulário para achar palavras que descrevam essa obra. Não me lembro de ter lido tanta ação e aventura exposto em tantas páginas. É incrível com o autor consegue te prender em cada palavra. Você sempre anseia por mais. Se posso dizer que aprendi uma lição nesse livro, essa seria que super heróis não apenas tem força, mas precisam ser nobres, acima de tudo. Recomendo para qualquer um essa obra, principalmente para quem anseia por ler uma jornada intensa, de tirar o fôlego.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Thaís 07/11/2015

"O poder dos seis" - Pittacus Lore
Bem, o primeiro livro, Eu Sou o Número Quatro, conseguiu me prender e encantar bastante. Com aquele final, logo pensei "preciso continuar! Como assim o John não vai ficar com a Sarah?", então, fui para o volume dois. Porém, a primeira coisa que você nota e sente falta, é a ausência de narração do John (Quatro) no início do livro. Você se acostuma no primeiro livro com ele narrando, mas a partir do segundo começa a intercalar com os outros números. Não é de todo ruim, mas demorei para me acostumar.
John, Seis e Sam estão fugindo dos mogadorianos e tentando entrar em contato com os demais números, enquanto isso, temos a narração da número Sete, que você fácil se apega a querer saber mais sobre ela. Seu nome é Marina e sua Cêpan, Adelina, as duas moram na Espanha escondidas num convento, mas Sete quer notícias dos outros Gardes e está sempre a procura de informações deles na internet. Ela quer sair dali e se juntar a eles, mas Adelina não.
Digamos que um triângulo amoroso pode estar surgindo com Sam gostando de Seis e Quatro (carente sem Sarah por perto) que acaba se pegando pensando na garota que o amigo gosta.
Cenas bem legais começam a aparecer e o desenrolar da história para o desfecho do livro é bem bacana, mostrando mais da história de Lorien e seus segredos! Vale a pena se aventurar mais um pouquinho com os lorienos. xD
"Estar apaixonado é muito estranho. Os pensamentos acabam sempre se voltando para essa outra pessoa, independentemente do que se está fazendo."
comentários(0)comente



Yasmim.Speretta 27/10/2015

Personagens f****
Seis se tornou minha personagem favorita. Assim como a Marina. De todos os tempos. São forte, poderosas, mas sem forçar a barra. Sam também começa a ter um importante papel na historia (principalmente em relação a Seis e Quatro). Muito bom, recomendo!
comentários(0)comente



156 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |