Um Amor Para Recordar

Um Amor Para Recordar Nicholas Sparks




Resenhas - Um Amor Para Recordar


601 encontrados | exibindo 481 a 496
33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 |


spoiler visualizar
Rafaela 12/11/2012minha estante
marquei como spoiler, mas não há não




Marcos Tavares 12/09/2012

Otimo livro
O livro é muito bom vale muito apena ler, para quem ja viu o filme e ainda não leu não sabe o que esta perdendo.
comentários(0)comente



Gabi.Nunes 13/01/2016

chorei ?
lindo e triste, do começo ao fim. Esse livro narra uma historia de amor, entre, Jamie e Landon. Onde Jamie é uma menina filha do pastor, e Landon e um garoto rico, que quer curtir sua liberdade juvial. chorei muito.
comentários(0)comente



Barbara Sant 05/08/2011

http://www.indeath.com.br/2011/08/livro-trauma-resenha-164-nicholas.html

Oie Gente!!!

Hoje tem o primeiro post de Livro-Trauma!
O primeiro autor escolhido foi.... Nicholas Sparks!
Como prometido, segue a explicação do motivo dos livros dele estarem na Estante Trauma!
Eu sou uma leitora de romances românticos altamente clichê. Isso quer dizer que meus livros favoritos todos tem finais felizes. Os casais terminam juntos, os vilões se dão mal e todo mundo termina contente.

Sim, sim, eu também sou aquela mesma pessoa que adora um livro escorrendo sangue e que adora ler as maldades dos serial killers nos trillers e ver os policiais se matando para conseguir prendê-los...

O que? Você esta surpreso? Jura? Achei que já soubesse que eu sou louca de pedra hauhauahuaha
Voltando...

Então, quando eu recebi o primeiro livro da Novo Conceito, ainda como prêmio de um sorteio e antes de ser parceria, eu não sabia quem era Nicholas Sparks... por isso fui perguntar para as amigas blogueiras...aí elas vieram me contar que livro dele sempre, sempre, sempre termina em desgraça!
Aí essa pequena informação foi completada com comentários do tipo "chorei horrores durante a leitura", "nossa, fiquei com os olhos inchados de tanto chorar" ou "chorei até dar dor de cabeça".
Então, err, aloooouuuu?? Eu peguei o caminho da montanha da Doida e fui para bem, bem distante do livro...
Aí depois veio "A Última Música", os mesmos comentários... "o livro é lindo, mas o final é uma tragédia só!", "nossa, como sofri lendo isso!".
"Ahã, tá bom.... sai pra lá, filho, que meu negócio é final feliz" foi o que eu pensei... e lá tasquei mais um na estante trauma...

Oras, não me olhem com essa cara! O que eu ia fazer lendo eles, sabendo que eu ia sofrer? Na-na-ni-na-não! Foi fazer companhia prara os meus Stephen Kings, para os meus Anne Rices e para minha coleção-que-nunca-completo da Agatha Christie.

Aí me apareceu "Um Amor Para Recordar" e, putz, foi o terceiro livro dele que eu ''tasquei'' na estante... sem nem mesmo consultar ninguém. Ele chegou e eu botei ele lá... então, bom, aí tive a ideia e o resto vocês já sabem....
Agora, vamos ao que eu achei do livro!

"Um Amor Para Recordar"

Tem muita, muita desgraçada... tem personagem que você deseja matar em 60 % do livro, mesmo sabendo que o Nicholas esta apenas retratando um adolescente normal...
Em Um Amor Para Recordar temos o Landon Carter contando sua história. Ele começa já adulto e avisa que vai nos fazer chorar (como se não bastasse saber que é o livro do Nicholas) ao final dela.
E ele faz. Mas, veja, antes disso ele também nos causa muitos e muitos desejos de socá-lo!
Ok, ok, no final ele se arrepende e... bem, faz aquilo lá que ele faz, mas, putz, no processo ele age como um imbecil completo e sem solução...
Esse até pode ser um dos motivos do final ter o impacto que tem, mas, arf!, no processo de leitura foi duro não desejar querer matarrr aquela criatura superficial... ok, ok, muitos adolescentes são assim (eu provavelmente foi assim também, em momentos que todos nós atuamos como completos asnos) e é completamente comum a ignorância juvenil... mas também é bem irritante.

Também temos a Jamie, que é daquele tipo de pessoa que... não existe. Sério, gente, ninguém é assim tão bonzinho. Aposto que nem mesmo Madre Teresa!
Ela cuida dos animais perdidos, ajuda criancinhas a atravessar a rua, cuida de órfãos, pessoas idosas, amiguinhos necessitados, do pai, dos professores... de todos...
E, mesmo naqueles momentos em que você acha que ela está sendo feita de boba, simplesmente mostra que de boba ela não tem nada.

Ain, gente, é muito sofrimento pro meu coração romântico! Não dá! Eu preciso de finais felizes! Eu chorei litros naquele final! Como assim, mundo injusto? Já não basta a vida real?
Certo, enquanto os dois vão se torando amigos e você vê o quanto as coisas que acontecem a deixam feliz ao mesmo tempo em que o Landon luta com os estereótipos sociais dos adolescentes.
Temos vários outros personagens-clichê: o Pastor Batista, o Político Ausente, a Professora Solteirona...
Mas o que chega a atenção mesmo é o casal central.

Certo, certo, aposto que você está aí do outro lado querendo saber se eu chorei o tanto que me disseram que eu ia chorar e eu digo que... não rsrs
Certo, certo... eu chorei com aquele final do livro! Chorei no meio também... e, bem, naquelas partes emocionantes do início... err... certo, eu chorei tudo o que disseram que eu ia chorar... *suspiros*
Masss, apesar disso tudo, eu venci esse livro trauma! \o/!

Agora tenho que escolher quem será o próximo, respirar fundo e enfrentar o medo!
Stephen King? Anne Rice? ...Crepúsculo???
Ahhhh, eu não seiiiiiiii!!!!
Então, enquanto eu olho pra estante e tremo, comenta aí dizendo o que achou da resenha e qual dos três você acha que eu devo enfrentar!
Beijos!!

PS: Tão vendo só o que o livro fez comigo??? Me deixou tão traumatizada que até escrevendo errado eu estou!
Brigadinha, Leninha! XD
comentários(0)comente



Eric 21/04/2013

Quando eu tinha 17 anos a minha vida mudou para sempre.
Um Amor para Recordar é uma viagem pelas lembranças de Landon Carter sobre o milagre que aconteceu na sua vida ao conhecer Jamie Sullivan. Eu não posso deixar de dizer que esse foi o primeiro livro que me fez chorar. A história realmente é comovente, mas principalmente pela transformação que ela sofre ao seu decorrer. O livro começa num ambiente normal como se nada fosse estranho, mas em determinado tempo ele se transfigura. E é isso que me chamou mais atenção. Nicholas Sparks fez um ótimo trabalho e sabe como descrever uma história.
Estou apaixonado por tudo, do começo ao fim. Deixa uma mensagem muito bonita de esperança e fé mesmo que as coisas estejam difíceis. "Jamie é a pessoa mais incrível que eu conheci" Landon a descreve e eu concordo. Ela ensina muitas coisas as pessoas, com sua fé, mesmo quando tinha tudo á perder.
Ambos pessoas totalmente de mundos diferentes acabam se apaixonando e isso deixa a história mais interessante a cada capitulo, e o final... triste mas com uma ternura inexplicável.
Depois de ler, procurei o filme pois, acreditem ou não, eu ainda não tinha assistido. O que foi ótimo na verdade, pois não estragou a emoção de ler. (Embora eu já soubesse o final do livro por sem querer ter ouvido um spoiler). Gostei do filme, mas não chegou nem perto do que eu senti ao ler o livro, principalmente por que a adaptação não segue com todas as forças ao livro. O que tornou as duas experiencias diferentes. Procuro sempre ler primeiro, para manter essa boa impressão que os livros tem.
Não poderia ter hora melhor para eu estar lendo Um amor para recordar, me identifiquei com muitas coisas e situações. "Nosso amor é como o vento, não podemos vê-lo mais podemos senti-lo." Vou sempre me lembrar dessa frase e do livro com carinho.
comentários(0)comente



Caren Gabriele 08/10/2012

Um Amor Para Recordar
Olha, eu estava com medo de ler esse livro. Tinha assistido o filme a um tempo, e achado lindo, chorei e tudo. Juro. Mas uma amiga me disse que embora bom, ela não gostou muito por acreditar que era muita idealização de algo impossível. E com minha recente decepção com O diário de uma paixão, realmente estava preocupada em acabar me arrependendo de ter gasto meu dinheiro com esses livros.

Para a minha sorte, me rendi a esse livro nas primeiras páginas. Jemie é uma criatura divina e cativante. Sua fé acima de todas as coisas me fez amar esse ser puro, principalmente por já conhecer sua história. A historia narrada por Landon fez-me entender o que se passava na mente daquele jovem dos anos 50, e acabei me apaixonando por esse amor cândido presenciado por aquela pequena cidadezinha.

Jamie é um milagre. Não só para Landon, não só para o seu pai, mas ela é o milagre para todos aqueles que tiveram a oportunidade de conhece-la.
comentários(0)comente



Isa 31/01/2013

Chorei muito lendo esse livro.
comentários(0)comente



Áli 10/04/2013

Sempre quis muito ler esse livro, gosto de romances e esse título me encantava bastante. Tive a oportunidade e não me arrependo de lê-lo, gente que livro é esse? A história é fofa demais e te prende muito, pois nas primeiras páginas você se depara com a frase: "No início você vai rir e depois você vai chorar". Sabe quando tu tem certeza de que vai acontecer alguma coisa e o livro "esconde" a situação de você até o fim? Pois é, Um amor para recordar é assim, te guarda surpresas que você nem imaginaria pensar no início da história!

http://alisson-aline.blogspot.com.br/2013/04/livro-um-amor-para-recordar.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Nena 08/02/2016

Um livro apaixonante...um amor que jamais existira outro igual...tao intenso...tao apaixonada...tao natural
comentários(0)comente



Camila 23/07/2012

Não Curti
Pela primeira vez, curti mais a versão do filme do que do livro... Gostei... mas não achei que transmitisse emoção. Que te faz rir e chorar como nos outros livros do Nicholas Sparks
comentários(0)comente



ju 30/11/2011

um momento inequecível
Já tinha visto o filme desse livro várias vezes e já tinha me apaixonado por essa história comovente e emocionante. Quando o livro foi lançado em português fiquei curiosa se a história era a mesma do filme. A essência é a mesma, embora há muitas diferenças, as duas histórias são muito boas nos emocionam muito e nos fazem valorizar mais nossa vida, as pessoas que estão ao nosso redor e o que realmente importa e deve ser valorizado. E é justamente isso que Nicholas Sparks faz em seus livros, por isso amo todos os livros dele. Recomendo esse livro , é muito bom!!!!
comentários(0)comente



Livromaníaca 12/07/2013

Resenha Livromaníaca
Recebi o livro de parceria com a Editora Novo Conceito para resenhar, veio com o super kit criado para divulgação. Nicholas Sparks é o meu autor de romances favorito e já estava preparada psicologicamente para a história por ter assistido a adaptação cinematográfica feita há um tempo. Mesmo assim não consegui me conter e me entreguei à emoção do amor dos personagens.

"Meu nome é Landon Carter, e tenho 17 anos.
Esta é minha história - e prometo contar tudo.
No início você vai sorrir, e depois vai chorar - não diga que não avisei."

A narrativa é feita em primeira pessoa pelo personagem Landon Carter, um adolescente que se denomina bad boy - o que na época podia ser considerado mas não nos dias de hoje - por certas atitudes que eram consideradas erradas. (o que inclui ir ao cemitério com os amigos no meio da noite) Ele é filho de um político e quase não vê o pai por este sempre estar viajando.

Morar em uma cidade pequena faz com que todos se conheçam e Landon conhecia Jamie desde sua infância, mas nunca realmente reparou nela. Considera a garota "estranha" do colégio, sempre de roupas discretas, sempre com o cabelo amarrado, sempre com uma Bíblia. Ela conseguia deixar todos com peso na consciência por não cumprir o que sabemos ser o certo. É uma garota amada pelos adultos por ser simples, madura, gentil e claro, filha do reverendo da cidade.

Certos acontecimentos unem os dois em uma peça de teatro, realizada pelo pai de Jamie. Com isso os dois começam a conviver mais do que o normal, fazendo com que os dois se conhecessem melhor.

"- Você tem de prometer que não vai se apaixonar por mim."

A paixão é inevitável e podemos senti-la aflorando dos personagens. Saber do que irá acontecer no final não me tirou a esperança que isso pudesse ser mudado e continuei com leitura na vã esperança de que tudo terminaria bem.

Tirando todo o drama e romance entre os personagens, é possível se divertir com os pensamentos de Landon. (como ele havia prometido no prólogo "No início você vai sorrir...")

" - Você nunca sabe, Landon - ela disse, sorrindo - quais são os planos de Deus.
Eu detestava quando ela dizia aquilo. Todos sabiam que ela falava com o Senhor todos os dias, mas nunca ninguém sabia o que o "Patrão do andar de cima" havia dito a ela. Ela poderia até mesmo ter uma passagem direta de primeira classe para o céu, por ser uma pessoa tão boa quanto era."

Livro super indicado à todos que forem fãs de um bom romance. Quem ainda não leu nenhum livro de Sparks precisa logo de um, e é uma boa indicação começar por Um Amor para Recordar.

site: http://girlfreakbooks.blogspot.com/
comentários(0)comente



dani 01/02/2013

Um amor para recordar
Nicholas Sparks
Editora Novo Conceito
186 páginas
Cada mês de abril, quando o vento sopra do mar e se mistura com o perfume de violetas, Landon Carter recorda seu último ano na High Beaufort. Isso era 1958, e Landon já tinha namorado uma ou duas meninas. Ele sempre jurou que já tinha se apaixonado antes. Certamente a última pessoa na cidade que pensava em se apaixonar era Jamie Sullivan, a filha do pastor da Igreja Batista da cidade. A menina quieta que carregava sempre uma Bíblia com seus materiais escolares. Jamie parecia contente em viver num mundo diferente dos outros adolescentes. Ela cuidava de seu pai viúvo, salvava os animais machucados, e auxiliava o orfanato local. Nenhum menino havia a convidado para sair. Nem Landon havia sonhado com isso. Em seguida, uma reviravolta do destino fez de Jamie sua parceira para o baile, e a vida de Landon Carter nunca mais foi a mesma.

Já assisti ao filme várias vezes, já perdi até a conta, e sempre chorei assistindo. Aí, ingenuamente, pensei que seria bem tranqüilo ler o livro, já que eu já conhecia a história. Mas que nada… Eu esqueci o quanto o livro pode ser mais emocionante e com muito mais detalhes do que o filme. E neste caso, o filme é muito diferente, com cenas que não acontecem no livro e, claro, omitindo outras cenas lindas, que só lendo o livro mesmo pra saber! Mesmo assim foi um livro mais tranqüilo, pois já conhecia os personagens, os locais da história e até foi um pouco decepcionante não conseguir imaginar tudo originalmente na minha mente.



Landon é quem conta a história da própria vida, de como conheceu Jamie, uma menina filha do pastor da cidade, que sempre andava de saias e blusões de lã, e com uma Bíblia junto de si para onde quer que fosse. Eles estudaram juntos desde que eram crianças, pois moram em uma cidade pequena, onde praticamente todos se conhecem, mas Landon nunca falou com Jamie, até que ele é obrigado a fazer parte de uma peça teatral da escola para poder passar de ano, e acontece que Jamie era a protagonista, junto com ele.

A partir de então, eles começaram a estudar suas falar juntos e ficaram cada vez mais próximos, embora Landon ainda sentisse vergonha de estar junto de uma menina julgada como estranha por todos no colégio. Mas os sentimentos deles mudam, e ele começa a perceber que o que sente por ela é algo verdadeiro, que pode ultrapassar todos os preconceitos. Mas ele sempre acha que existe algo que ela não quer lhe contar. E isso pode fazer toda a diferença no relacionamento dos dois.



Pra quem leu: O que é aquele final? E aí, aconteceu ou não aconteceu o que a Jamie disse? Quando eu li aquela frase, eu quis virar mais páginas, mas acabou! Para tudo! Assim o Nicholas me mata do coração, rsrs.
comentários(0)comente



"Ana Paula" 14/12/2011

Sério. Não sei o que Nicholas Sparks pensa quando esta escrevendo. Ele consegue transformar uma história onde todos ja sabem o final em um final surpeendente.

Adorei o livro, já tinha assistido ao filme, mas o livro é sem sombra de dúvidas muito melhor. Já li alguns livros dele, e sempre, sempre mesmo me emociono.

Um Amor pra Recordar, conta a historia de Jamie e Landon. Jamie é a filha do Pastor, e Landon, um cara popular, rico e esnobe (mesmo ele não querendo ser).

Lendo este livro, parei pra pensar em quantas vezes eu ri de alguem por essa pessoa ser diferente... nunca me arrependi tanto. Ser diferente é ser especial, e este livro nos ensina isso.

Enfim, não quero dar spoillers, então leiam... o livro é maravilhoso!
comentários(0)comente



601 encontrados | exibindo 481 a 496
33 | 34 | 35 | 36 | 37 | 38 | 39 |