Ladrões de Elite

Ladrões de Elite Ally Carter




Resenhas - Ladrões de Elite


126 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Cibele 27/03/2020

Os capítulos são curtos, o que faz com que a história seja um pouco corrida, porém, apesar disso, às vezes ela dá a impressão de se arrastar um pouco. Pena que as continuações não possuem edição no Brasil.
comentários(0)comente



Jaque 20/07/2019

O crime compensa?
Ganhei esse livro de uma amiga que se desfazia de alguns títulos, e não levei fé. Pensei: "ah, um livro adolescente, de ladrões e riquinhos..." Mas, fui agradavelmente surpreendida.

Realmente é um livro adolescente, de ladrões e riquinhos, mas que nos faz imaginar a possibilidade dessa vida de aventuras à margem. Gostaria de tê-lo conhecido antes.

Obviamente qualquer pessoa gostaria de ser rica como W.W. Hale V, mas poder tramar roubos e conquistas como essas, é fascinante.

Como sempre, nas partes finais, fiquei apreensiva, e apressei a leitura, mas isso não estragou o brilhante final, e deixou um gostinho de "quero mais".

Sei que há uma série desses, e já estou procurando. Ok... O crime não compensa, mas, pelo menos, nos livros, são atraentes e fascinantes... Principalmente, se não hál financeiros para os recursos.


Ps.: Qual a motivo de roubar quadros para deixá-los escondidos? (Isso não é spoiler)
comentários(0)comente



Ander 07/02/2019

Ladrões de Elite
É muito bom quando demoramos séculos para ler um livro parado na estante e curtimos a leitura.
Tenho Ladrões de Elite há anos e finalmente por um desafio chegou a sua vez. Jurava que definitivamente não iria gostar dessa leitura, por não fazer tanto o meu estilo, e me enganei.

Aqui vamos ler sobre uma família de ladrões, não esses ladrões pé de chinelos que roubam no mercadinho da esquina, eles costumam roubar peças caríssimas, quadros antigos e muitos valiosos, com praticamente um plano de carreira bem sucedida.

O Livro começa bem simples, conhecemos a protagonista Katarina que está tentando se desligar um pouco dessa vida de roubo e seguir uma vida normal em uma escola, até que certo dia alguém consegue armar para ela ser expulsa e ser praticamente obrigada a voltar à vida bandida rsrs.
Seu pai está com a corda no pescoço e sofre uma ameaça de um mafioso da Itália.
E como de costume a protagonista precisa salvá-lo e BUM temos uma história.

Até esse ponto achei totalmente clichê e nada demais, só que a autora acabou pegando os clichês e tornando tudo tão gostoso de ler, muito dinâmico, rápido e divertido.
O que gostei mais foi que não teve aquelas bobeiras em cima da protagonista, nada dela ficar perdida sobre fazer ou não fazer diversas coisas ao decorrer da história, que alias curti bastante, faz um bom tempo que não sei o que é curti personagens que tenha seus 15, 16 anos de idade. Kat não perde tempo e literalmente percorre o mundo atrás de respostas, e enfrenta tudo com sagacidade e bons diálogos. Ela se junta com um amigo de longa data e uma prima que não gosta muito (algo estranho, porque nunca foi retratado o real motivo dela não gostar da prima) e mais uns personagens que não são tão aprofundados na história, mas que fazem sentido no decorrer da leitura.
Eles planejam roubar e “devolver” algo que seu pai é acusado de ter feito em um museu praticamente controlado pela CIA de tão seguro.

Foi interessante ver que a autora escreveu tudo tão nítido e criativo, parecia um filme que te puxa para saber realmente como será feito um roubo e de como vai acabar, mesmo com aquela sensação que tudo vai dar muito certo e nada de ruim vai acontecer, porque é assim que essas histórias são.

É um livro curtinho, que pode te prender ou fazer desistir rápido por não ter muito conteúdo, mas gostei pelo fato que nada se perdeu aqui, a autora cumpriu o proposito do livro e fez tudo do jeito simples e certo a fazer aqui.
Talvez por ela não se aprofundar muito nos personagens tenha deixado o livro um tanto raso, mas foi isso que me fez curtir a leitura, acho que não estava querendo uma leitura com muita “encheção de linguiça”.

Uma pena que a editora arqueiro abandonou e não vão publicar as continuações, pode ser que a autora deixou para aprofundar e desenvolver seus personagens nos próximos livros, eu acredito que tenha lenha para queimar.

Enfim, um livro para se ler em um dia, pegar um bom café, sentar e devorar para passar o tempo.

Nota 3,5 mas leva 3 estrelas aqui no skoob. =)
Di 07/02/2019minha estante
Como é bom ler resenha sua!!! O livro é gostoso mesmo de ler. Me surpreendi por vc curtir, pois não faz mesmo seu estilo. E só pra vc saber. Pelo App no cel vc consegue dar 3,5 de nota. Bjos de luz! :*


Ander 07/02/2019minha estante
Ahh =DDD
Sério? Mas não gosto de usar o app haha Obrigado mesmo assim.


Ander 07/02/2019minha estante
aahh =D
Sério não sabia, vou ver. Obrigado.




Nathalia 12/09/2018

Leitura levinha para passar o tempo
O livro Ladrões de Elite, de Ally Carter (publicado no Brasil pela editora Arqueiro), conta a história de Katarina Bishop, uma menina de 15 anos que, bem, não pode ser considerada uma menina como outra qualquer — mesmo que ser uma menina “normal” fosse tudo o que ela mais desejasse ser.

Nascida e criada em uma família de ladrões — isso mesmo: ladrões! —, Kat cresceu acostumada a dar golpes junto com seus entes queridos. Mas não vá pensando que eles são uns ladrõezinhos quaisquer, não! A “especialidade” dessa família é o roubo de, principalmente, obras de arte e peças muitíssimo valiosas. Mas cansada dessa vida, Kat deseja dar o que espera ser o maior golpe — e o último! — de sua vida: ser aceita em uma das melhores escolas do planeta e viver sua vidinha de adolescente de 15 anos, onde sua maior preocupação seria os deveres da escola — e não a articulação de planos de roubos e planejamentos para despistar seguranças. O que acontece é que esse plano não dá certo, já que ela é aprovada, mas acaba sendo expulsa da escola e agora precisa ajudar o seu pai, que está sendo injustamente acusado de ter roubado 5 quadros da coleção pessoal de um bandido bem perigoso. O pai de Kat passa a ser ameaçado de morte, com um prazo de duas semanas para devolver os quadros, e Kat não vê outra saída a não ser ter que roubar os quadros de volta de seja lá quem for que os tenha roubado em primeiro lugar, para devolvê-los ao dono. O problema — se precisar roubar 5 obras de arte valiosíssimas já não fosse problema o bastante! — é que, para isso, Kat e sua família terão de invadir o museu Henley, um museu de Londres que nunca antes fora roubado, onde eles *suspeitam* que os quadros estejam escondidos.

A narração da história é leve, de fácil leitura, mas confesso que não me prendeu. Consegui esse livro através de uma troca, aqui pelo Skoob, há uns 5 anos (ou mais!), e só agora consegui passar do primeiro capítulo. Os personagens são descritos de maneira bem superficial (por exemplo: por que Katarina não gosta de sua prima Gabs? Só porque a prima é mais “feminina”, enquanto ela não tem tanta vaidade? Mas isso é motivo o bastante para você não gostar de outra pessoa? Especialmente uma que te ajuda tanto?) e certas coisas não fazem sentido. O “triângulo amoroso”, que na verdade não chega bem a ser um triângulo amoroso, introduzido mais ou menos a partir da metade do livro, parece ser a tentativa de se seguir uma “receita” que costuma dar certo em livros teens, porque tirando essa explicação, eu não vejo muito sentido na maneira como a história terminou. Faltou emoção em diversos momentos (sério que a Katarina não ficou pistola da vida com o que ela descobriu?), inclusive nas cenas do roubo. Tudo bem que eles são ladrões de elite, mas estamos falando do roubo de um museu! Não rola mesmo nenhum nervosismozinho?

A tradução do livro está incrível, mas a revisão deixou bastante errinho bobo, de falta de atenção, passar. O livro, no geral, é bom. É uma leitura incrível se você não estiver esperando nenhum “plot twist” de cair o queixo, apenas uma leitura levinha para distrair a cabeça e passar o tempo.
comentários(0)comente



Rafa 27/04/2018

Criativo!
Kat, ou Katarina Bishop, acaba de ser expulsa do colégio, mas isso não significa que ela tenha infrigido alguma regra, armaram para ela.

Agora ela está indo direto para um nova missão. Acontece que ela tentou deixou para trás o "ramo" da famlia, Kat, faz parte de uma familia de ladrões de elite, que roubam quadros, antiguidades e coisas únicas e valiosas.

Seu pai está sendo acusado de roubar quadros de um italino mafioso, e agora terá que devolver todas essas pinturas, acontece que o pai dela afirma não ter realizado essa façanha.

Junto de seu antigo parceiro Hale (suspiros), os gêmeos, o nerd Simon, e sua prima linda Gabs, ela vai bolar o maior roubo de um museu.

Com uma narrativa bem fluida, referências interessantes e muita ação, Ally Carter surpreende por uma história de ladrões jovens, trazendo muita criatividade nesse gênero. Foi como ler a versão de 11 homens e um segredo na adolescência. É muito bacana acompanhar o plano, as buscas e ideias desse grupo, ver como eles se conheceram, e como é a vida dessa família bem peculiar.

O livro é narrado em terceira pessoa, mas não é cansativo, os capítulos são curtos e tem muita referência de obra de arte e viajamos por vários lugares.

Infelizmente é difícil de encontrar esse livro e a editora Arqueiro não publicou as continuações :(

Resta ler os ebook em inglês, mas fica dica de um livro despretensioso, super legal.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



D Cantreva 27/09/2017

Filme
Eu li o livro, e me sentia dentro de um filme.
comentários(0)comente



Bruna Fazio 17/04/2017

Mais infos sobre esse livro no video!

site: https://www.youtube.com/watch?v=Ful5AaB7ndA&t=69s
comentários(0)comente



Mais Clube 31/03/2017

Se você já assistiu filmes onde ladrões são super inteligentes, carismáticos, bonitos a ponto de você ficar torcendo para ele conseguir aplicar o golpe, você irá adorar essa trama.
Katarina Bishop tem 15 anos e tudo o que ela mais queria era ter uma “vida normal”. Nascida e criada entre ladrões, os melhores do mundo, ela desde muito cedo aprendeu a viver nesse mundo, e se tornou muito boa nisso.
Quando finalmente esta tendo uma “vida normal” num melhor internato dos Estados Unidos, onde diga-se de passagem ela aplicou um golpe para poder ser aceita, o carro do diretor é encontrado dentro de um chafariz e ela é a principal suspeita e com isso é expulsa.
Apesar de ser inocente, ela aceita o que foi decidido, afinal como ela poderia dizer que era inocente se não tinha provas quanto a isso,e a prova que forjaram dela era bem convincente, apesar de muito óbvia e amadora, mas ela não poderia dizer nada disso.
Ao encontrar um velho amigo, e maravilhoso,WW Hale V (eu também quero saber o primeiro nome dele), Hale para os íntimos (e para aqueles que não sabem seu nome..kkkk) revela a Kat que seu pai está em grandes apuros e só ela pode ajudá-lo.
Eis que para salvar seu pai Kat irá voltar a vida de roubos e trapaças, e para ter sucesso nessa grande empreitada ela contará com a colaboração de um time de adolescentes com talentos bem especiais.
O que mais gostei da historia, fora tudo, foi o desenrolar da trama, o suspense, a ação, e a curiosidade de saber quem é Vasili Romani (ainda quero saber quem é esse triste). Você viaja por toda a Europa, e é como se participasse da equipe. Ao final do livro você fica questionando as coisas… pensando, poxa… por que eu não suspeitei disso… nossa tava tão na cara…kkkkk..
Esse é um livro que estava muuuuuuuuuuuuuuuuito afim de ler e não me arrependo nem um pouquinho… e claro, SUPER RECOMENDO*****

site: http://maisclube.com.br/2012/07/resenha-ladroes-de-elite.html
comentários(0)comente



Cristina :) 12/02/2017

Ladrões de elite
Livro muito bom, na medida.
comentários(0)comente



Ana 26/12/2016

Velha demais para isso
Talvez eu tenha chegado naquele tempo da vida de começar a dizer: "na minha época era muito melhor". Ou talvez eu já tenha lido tantos livros do gênero que nada mais me surpreende.

Ladrões de Elite é um livro divertido, bastante teen e que preenche uma tarde facilmente. Demorei meses para passar do primeiro capítulo e realmente engatar na leitura, não porque era ruim, mas porque não era emocionante o bastante. Mesmo assim, escritora conseguiu escrever de forma fluída, e passada a primeira dificuldade de pegar o ritmo, finalizei a trama sem ao menos notar que o tempo estava passando.

Acho que o problema, além da capa muito feia, é a falta de desespero. Não senti que a ameaça era de fato real, e no fim não me senti impulsionada a continuar a série.

Vale a pena para aqueles dias em que o único desejo é descansar a cabeça.

site: http://www.avidaepoema.com.br/
comentários(0)comente



Gabi 27/11/2016

Ladrões de Elite - Ally Carter
Apesar de ter achado a leitura um pouco arrastada em algumas partes, realmente gostei do livro. A história é bem desenvolvida, embora eu tenha achado uma ou outra parte meio confusa, e os personagens não são apresentados da melhor maneira. Mesmo assim, me apeguei muito a eles, principalmente a Kat e ao Hale. Mal posso esperar para ler os próximos! Recomendo.
comentários(0)comente



Mallu 10/03/2016

Divertido e viciante.
Katarina Bishop nasceu e foi criada por uma família de ladrões de obras de artes. Ela sabe como enganar seguranças e articular planos para invadir museus, só não sabe como é ter uma vida normal. Quando ela decide tentar, o universo bate em sua porta e diz que ela não nasceu pra ser uma menina como as outras. Inclusive, o pai dela esta em perigo. Um mafioso decretou que ele irá morrer se não entregar os quadros que roubou, mas como entregar algo que não esta com ele? E é ai que a aventura mais perigosa de Kat e seus amigos começa.
Ally Carter, traz um enredo muito tranquilo e divertido. Os personagens são pre adolescentes, mas que vivem em um mundo banhado por luxo e obras de artes, eles conhecem tudo e viajam para varias partes do mundo. A narrativa é feita em terceira pessoa, os elementos foram bem elaborados, a estória bem construída. Uma leitura leve e suave, capaz de ser realizada em poucos dias. Entretanto, o final não foi tão impactante quanto imaginei, ainda assim, um livro que recomendo para todos aqueles que querem dar boas risadas e de quebra, ainda aprender um pouco sobre arte.
comentários(0)comente



Mila F. @delivroemlivro_ 10/12/2015

Emocionante e cheio de ação
Heist Society (2010) foi escrito pela americana Ally Carter escritora de vários livros de ficção para jovens adultos. Ladrões de Elite faz parte de uma trilogia que segue com os livros Uncommon Criminals (2011) e Perfect Scoundrels (2013), a editora responsável pela publicação dos livros parou de publicar a série – lamentavelmente.
Ladrões de Elite é um livro surpreendente e cheio de ação e aventura. Conta a história de Katarina Bishop (Kat), uma adolescente proveniente de uma famosa família de ladrões de luxo, mas que quer mudar e ‘sair’ da vida de ladra e vai para uma escola interna tentar levar uma vida ‘normal’, mas é boicotado pelo gatissímo W.W. Hale que precisa convencê-la a voltar para o ‘ramo’ e salvar a vida de seu pai.
O Pai de Kat está sendo acusado por outro ladrão perigoso, Sr. Tacone, de ter roubado os quadros deles. Kat é contatada pelo próprio Sr. Tacone e para salvar a vida de seu pai terá que descobrir quem roubou as obras de arte e onde elas estão, para serem restituídas.
Desse modo, Kat, Hale e um grupo de adolescentes inteligentes e ladrões de elite vão se reunir para recuperarem as obras de arte, nesse ínterim terão que bolar o roubo perfeito, seguir diversas pistas ‘escondidas’ em vários países.
É muito difícil descrever meus sentimentos em relação a Ladrões de Elite porque se trata de um livro bem leve, instigante e muito bem construído. A narrativa é tão fluída que quando percebemos estamos lendo compulsivamente.
Gostei tanto de Ladrões de Elite que fico muito triste pela editora não ter continuado a publicar a série, com certeza eu iria amar ler os demais livros, Ally Carter, realmente me cativou com sua escrita, porque ela escreveu de forma tão natural, não ficava dando explicações demais, justificativas para os atos, tudo o que lemos era encarado de forma bem normal o que é bem coerente ao rumo tomado na história.
Realmente achei Ladrões de Elite muito bom e é uma boa leitura de um dia, ou final de semana, especialmente para quem gosta de livros cheios de aventura.


site: www.delivroemlivro.com.br
comentários(0)comente



CAMILINHA 09/09/2015

Ladrões de elite
Vocês que leem minhas resenhas sabem meu bode com trilogias e sagas rsrs, mas esse livro apesar de ser trilogia pode ler tranquilo que o final não fica em aberto, acredito que sejam historias bem independentes.
O livro conta a história de Katarina Bishop, uma jovem que estuda num internato aparentemente como outra qualquer, mas a diferença é que Kat vem de uma longa linhagem de ladrões, desde pequena ajuda seus pais nos roubos, e sabe a importância da família, ela havia decidido sair dessa vida e estudar como outra adolescente qualquer, mas o traficante Taccone é roubado e ele acusa o pai de Kat da autoria do roubo, ele dá a Kat um prazo de 15 dias para recuperar e entregar as obras de arte. Mesmo acreditando na inocência do pai, Kat tem que seguir diversas pistas que a levaram até os quadros roubados.
Para isso ela conta com a ajuda de Hale, eu amigo bilionário e charmoso, Gabriele, sua prima, os irmãos Bagshaw atrapalhados e divertidos, o gênio da informática Simon e o misterioso Nick, juntos, eles travam uma verdadeira caça ao tesouro para livrar o pai de Kat do mafioso.
O livro fala de família, valores, amizade e faz a gente torcer pelos “malzinhos” rsrs. O livro é bem bacana, com bastante ação e sem enrolação. Recomendo a leitura. As pinturas citadas no livro são ficticias, mas eu bem queria que fossem de verdade. A autora descreve tão bem que você chega a “ver” os quadros.
Para ler essa e mais resenha acesse: http://voceprecisadecor.com.br/livro-ladoes-de-elite/

site: http://voceprecisadecor.com.br/
comentários(0)comente



126 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |