Anna e o Beijo Francês

Anna e o Beijo Francês Stephanie Perkins




Resenhas - Anna e o Beijo Francês


920 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Julia 01/04/2018

Gostei em partes do livro, a história é romântica e repleta de clichê, mas os conflitos e vários dramas, me fez querer desistir de ler várias vezes. Achei a Anna um pouco chatinha, mimada e chegada em um belo melodrama e ainda não consegui entender qual o real problema entre ela e o pai. A história fica um pouco parada em alguns momentos, e sinceramente a autora dá muito destaque em alguns coisas que são meio que desnecessárias, e deixa outras importantes de lado. Adoraria ler mais sobre a relação entre St. Clair e sua mãe, e ainda não decide se ele é um cretino ou uma “vítima” das circunstâncias. Eu prefiro o segundo livro que é, e não é, uma continuação. O foco sai da Anna e St. Clair e vai para Josh e Isla. O nome do livro é “Isla e o final feliz.”
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Giu Blue~ 24/02/2018

Chocolate quente com gerânios
Gostei muito, no começo observei uns desvios na escrita, provavelmente por ser o primeiro livro da autora, mas logo depois as coisas foram se adaptando e se encaixando maravilhosamente. Não demorou muito para eu estar completamente maluca para terminá-lo. Tocante, simplesmente romântico, sentimental na medida certa, com personagens cativantes e uma história extremamente fofa. Não é uma obra prima super profunda, é um livro raso de romance fofo, romântico e envolvente mas segue sua proposta, além de se desenrolar na cidade mais bela do mundo e nos apresentar um gracioso e imaginativo panorama da mesma. Existem coisas que fazem certos livros serem especiais, neste certamente foram a bela cidade, os tocantes personagens, a cativante história, uma identificação única com a realidade adolescente e a simplicidade romântica usada pela autora. Mais um para nos fazer sonhar acordados enquanto desfrutamos de uma esplêndida lua luminosa e uma xícara de chocolate quente. É assim que eu vejo essa história ~
comentários(0)comente



Patrícia Morais/@sistersbookaholic 21/02/2018

@sistersbookaholic
“Eles me deixaram. Meus pais realmente me deixaram! Na França!” Pág 11

Anna tem toda sua vida em Atlanta, uma paixão, sua melhor amiga e sua família. Seu pai é um famoso escritor, e acha que mandar sua filha para Paris para poder terminar o ensino médio em um colégio interno, será de grande crescimento. Afinal, que adolescente não iria gostar de se mudar para Paris, não é? Pois Anna não quer, pois tem toda sua vida muito bem resolvida onde está, e não quer de forma alguma ter que deixar tudo isso para trás para ir para um lugar que nunca esteve, tendo que se desdobrar para entender o que todos falam.

Por não conhecer ninguém do colégio e ainda por cima não falar francês, Anna se sente perdida e deslocada. Mas logo ela faz amizade com Meredith, a garota do quarto ao lado do seu.
Anna conhece também os outros amigos de Meredith, Josh, Rashimi e Étienne (ST. Clair apelido). Logo de cara Anna se encanta com St. Clair, que é um rapaz de estatura baixa, atraente, popular e muito bonito. Mas infelizmente St. Clair é comprometido. Namora com Eliie, uma linda garota, que já está cursando a faculdade.
E assim, os dois iniciam uma grande amizade, se aventurando por Paris.

"É possível que lar seja uma pessoa e não um lugar?" Pág 195

Faz um bom tempo que lemos este livro, nós lemos em 2013, e foi um dos primeiros livros YA juvenil que tivemos oportunidade de conhecer, e a leitura foi muito envolvente e cativante.

Adoramos a forma como a autora escreveu a evolução do amor do dois, tudo começou com companheirismo e amizade, e se desabrochou em bonita história de amor.
Anna tem que lidar com o medo de estar vivenciando algo novo, com a saudade de seus amigos e familiares. E mesmo involuntariamente ela acaba encontrando a si mesma em Paris.
St. Clair sem dúvida é nosso personagem favorito, além de ser muito galante é um amigo muito companheiro.
A autora conseguiu nos conquistar já nas primeiras páginas do livro, fazendo com que o leitor se sinta em Paris. Um livro leve e fofo, mais do que recomendado!


site: https://www.instagram.com/sistersbookaholic/
comentários(0)comente



Fabi | @psamoleitura 05/02/2018

{resenha feita no blog PS Amo Leitura}
O que você faria se tivesse a oportunidade de mudar de país e principalmente em estudar na cidade luz? Anna Oliphant não estava feliz em deixar sua vida e seus amigos de Atlanta para trás, mas com a insistência de seus pais para finalizar o ensino médio em Paris, ela acaba cedendo, mas não esperava por tantas coisas boas que o último ano poderia proporcionar.

Anna é como todos os adolescentes quando tem que passar por uma grande mudança: cheia de receios e medos. Mesmo não falando francês perfeitamente, Anna tenta fazer o possível para sobreviver na escola. Mas o que ela não esperava era que fosse encontrar pessoas legais e que iriam ajudar ela nessa sua nova jornada – e ela também não esperava se apaixonar.


Quando Étienne St. Clair aparece com todo seu charme e carisma, Anna se vê completamente encantada por ele, mas ele é o que chamamos de inalcançável: ele tem uma namorada e sua melhor amiga é completamente apaixonada por ele também. Mesmo com isso em mente, St. Clair e Anna se tornam grandes amigos, mas com os acontecimentos inesperados – ou poderíamos chamar de destino? – a amizade entre eles começa a se transformar para um grande amor.

O que dizer de “Anna e o beijo francês”? O livro é um YA completamente fofo e que foca bastante na amizade entre Anna e Étienne e, principalmente, quando o romance entre eles começa a aflorar.

No começo quando Anna chegou em Paris ela não queria fazer nada. Não queria conhecer a cidade e nem sabia dos cinemas que a cidade dispunha. Mas ela fez novas amizades e começou a gostar de Paris e até mesmo se aventurar com todos eles. Ela conseguiu quebrar uma barreira que ela mesma impôs em sua nova vida.

A escrita da Stephanie Perkins é maravilhosa! Mesmo em alguns momentos o livro abordando um tema que me deixou completamente chocada e triste, a autora soube apresentar tudo com grande estilo e carisma, e no momento seguinte já apresentar toda a descontração que os personagens passar no decorrer de cada página.

Em muitos momentos me senti agoniada e com vontade de gritar com os personagens e dizer para eles: O QUE VOCÊS ESTÃO ESPERANDO? Mas quando finalizei, percebi que tudo ocorreu como deveria ocorrer. Entendi os medos e anseios de ambos em deixar que aquele romance acontecesse. Tudo realmente fez sentido quando fechei o livro.

Com as descrições da autora sobre Paris, confesso que em cada momento me sentia lá também, como se estivesse vivendo todos os momentos junto com os personagens. A vontade de viajar, conhecer novos lugares e principalmente os pontos citados, só aumentou ainda mais. A autora realmente conseguiu fazer com que o leitor vivenciasse essas aventuras.

Então “Anna e o beijo francês” é aquele típico livro com problemas adolescentes, a descoberta do primeiro amor, novas amizades, novas experiências, decepções e tudo o que pode acontecer quando você tem 17 anos. É um livro com uma leitura simples, porém gostosa para passar uma tarde lendo. Um livro que é capaz de preencher o coração e sentir vontade de reviver novamente todos os momentos com Anna.

site: http://psamoleitura.blogspot.com.br/2018/02/resenha-anna-e-o-beijo-frances.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Juliana 24/01/2018

Um dos meus livros favoritos!
Anna e o Beijo Francês é um livro YA com um romance fofo focado na Anna e no Étienne St. Clair.
A personagem principal, Anna, uma menina de 17 anos que adora cinema e vive em Atlanta, está indo para a França, a mando de seu pai, terminar os estudos na SOAP – School of America in Paris, uma escola localizada em Paris para alunos americanos. No começo ela não está feliz com a ideia, mas acaba indo mesmo forçada.
Lá ela precisa fazer novos amigos e aprender a viver em um novo país com um idioma diferente do seu.
A Anna é uma menina que tem medos e inseguranças, tem dificuldade até para pedir sua comida, pois não sabe falar francês, mas tem a ajuda de seus novos amigos para passear por Paris.
Ela por um bom tempo não consegue de desprender de sua vida nos EUA e seus amigos de lá. E, além disso, o fato de ser tão organizada, metódica e um pouco dramática fez com que eu tivesse um pouco de implicância com a protagonista. Mas mesmo assim eu gostei dela.
Mas gostei mesmo foi do Étienne, chamado por todos de St. Clair. Ele é um menino americano, com sotaque inglês e que vive na França. Bonito, inteligente e simpático. As meninas são apaixonadas por ele e Anna também. Inclusive ele é meu crush literário desde a primeira vez que li o livro, alguns anos atrás!
Anna, St. Clair e os amigos andam bastante por Paris e essas são umas das melhores partes do livro, pois são cenas bem escritas e com detalhes que dão a impressão de aquilo é real mesmo e que eles realmente vivem em Paris.
A história é bem legal e flui muito bem! Na primeira vez que eu li, fiz questão de ler 1 capítulo por dia para a leitura render mais. porque esse é um daqueles livros que você senta para ler e não quer mais parar até acabar!

comentários(0)comente



Milena 22/01/2018

Encantador.
Anna e o Beijo Francês é um livro simplesmente encantador, a leitura é leve e divertida e a narrativa prende e encantar do inicio ao fim.
comentários(0)comente



Paula 21/01/2018

Apaixonante
Um romance leve, romântico, alguns desencontros, típica história adolescente porém gostoso de ler. ?
comentários(0)comente



Bruna.Neves 11/01/2018

APAIXONANTE
- Um livro bem meigo, meu primeiro contato com os livros da autora o que me fez querer ler os outros dela por ter uma escrita bem rápida e envolvente.
- Anna é uma jovem que teve que se mudar para um colégio interno em Paris a desejo de seu pai um famoso escritor, ela não esta nada feliz com a ideia, pois terá que deixar Atlanta a cidade onde tem um bom emprego, uma melhor amiga e um quase namorado. Chegando em Paris, Anna conhece Étienne St. Clair um rapaz bonito, inteligente e com outras diversas qualidades, eles acabam se aproximando conforme o tempo passa e muitas coisas podem acontecer.
- A narrativa é envolvente.
- O romance contido no livro é mais tranquilo.
- Os personagens são uns fofos, tanto os principais tanto os secundários.
- Indico.
- A capa é bem elaborada.
- 288 Páginas.
- Étienne St. Clair é um super crush literário. (Amo!!!!).
- Nota: 9,9
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Jake 02/01/2018

ANNA E O BEIJO FRANCÊS
Para quem espera uma leitura melosa esta totalmente enganado. O livro é cheio de reviravoltas Stephenie tem uma escrita marcante, leve e divertida. Impossível não apaixonar por seus personagens.
comentários(0)comente



Gab's 27/12/2017

SOCORRO COMO EU AMEI
O que falar desse livro? o que falar de Stephanie Perkins? simplesmente amo essa mulher e os livros que ela escreve, como diria Hazel Grace "eu poderia ler até a lista de compras dela", eu amo esse livro pelo simples fato de ser um romance doce e açucarado (em algumas partes pode até causar diabetes hauhaua) mas na medida certa, ela sabe onde colocar essas partes, simplesmente incrível, LEIAM POR FAVOR!
Patty 27/12/2017minha estante
Estou amando tbm!!!!!




AB 23/12/2017

Então gente, eu amei esse livro, pra começar já digo que é uma leitura muuuito leve apesar de o livro não ser pequeno, posso garantir que é um daqueles livros que quando você pega pra ler quer continuar lendo, só mais um pouco, só mais um pouco, porque você quer saber o desenrolar de uma determinada situação.

Bom, Anna é muito indecisa, o que me fez se identificar com ela kkkk' ela não sabe o que quer ou melhor tenta não querer o que quer e ao mesmo tempo seus pensamentos a denunciam... Você entra na mente da Anna e acaba entendendo o seu lado muito bem.

Já Étienne ou melhor St. Clair ou melhor Étienne (depende) kkkk' vocês entenderam quando ler o livro. Ele é o cara! KKK' Lindo, Stephanie Perkins criou o garoto perfeito, ah o cabelo de St. Clair (aqui entre nós, você vai morrer de vontade de colocar suas mãos no cabelo de St. Clair, acredite), e além de ser lindo, é simpático, atencioso e um super melhor amigo, o problema é que ele tem namorada, nem tudo são flores (como diz um amigo meu, são rosas) kkkk.

“Adoro me sentar ao lado dele na aula de física. Encostar nele durante as aulas de laboratório. Sua letra feia nas nossas folhas de trabalho. Adoro entregar sua mochila quando nossa aula acaba porque assim meus dedos ficam com seu cheiro pelos próximos dez minutos. (...) Adoro sua risada de menino, suas camisetas amassadas e seu gorro de crochê. Adoro seus grandes olhos castanhos e o modo como ele morde as unhas, e gosto tanto do seu cabelo que eu poderia morrer.Só tem uma coisa que eu não gosto nele. Ela.”

Esse livro é encantador! Romântico, fofo, engraçado, te faz rir e chorar, é lindo!

Além disso, você conhece um pouco mais de Paris que é uma cidade belíssima pela visão e experiência da Anna, recheados com lindas cenas de Étienne e Anna, você vai se apaixonar por eles e torcer loucamente para que dê certo, aaah e claro, vai querer supeeeer estar no lugar de Anna kkkkk'.

“Como posso ter sido tão estúpida? Como posso ter acreditado, por um momento, que não estava apaixonada por ele?”

site: http://www.abobrinhacomchocolate.com.br/2015/06/resenha-anna-e-o-beijo-frances.html
comentários(0)comente



glauber.colnago 09/12/2017

MEU DEUS, QUE LIVRO RUIM! Li porque li comentários na internet falando que a gente se imagina em Paris lendo o livro. No fim, fala muito pouco dos lugares e a história em si é absurdente ruim. Não adicionou nada na minha vida. Arrisco afirmar que é o pior livro que li na minha vida.
glauber.colnago 11/12/2017minha estante
Eu não costumo escrever resenhas, mas pra este livro eu decidi escrever e vou explicar um pouco mais o meu ponto de vista. Romance deste tipo não é o meu estilo favorito de leitura, mas eventualmente eu leio (com o coração aberto) para diversificar minha leitura. E eu tenho a opinião que um livro deve atender a pelo menos um dos requisitos: 1. Depois de lê-lo eu aprendi algo; 2. Me emocionei com a história, chorei (ou senti vontade de chorar) com algum momento, senti raiva do vilão, sonhei junto, torci ou qualquer outra emoção, qualquer que seja.
Por pior que possa ser a história, geralmente pelo menos algum destes itens é cumprido e eu acho que o livro tem uma razão de existir. E eu afirmo que este livro não cumpriu nada disto. Baseia-se nos pensamentos de uma personagem que gosta de um rapaz e ela pensa coisas do tipo "ai, ele tocou na minha", "como ele é lindo" ou "seu sotaque inglês". Tudo bem esta coisas, mas só isto? Eu comecei a ler porque vi no youtube algumas meninas falando que você se imagina em Paris, mas pouquíssimas vezes a cidade é explorada. E uma última coisa: tudo bem um livro ser ruim, o que me incomoda é a avaliação altíssima do livro. Não falo isto como crítica porque gosto é uma coisa muito particular mas falo como uma forma de aprendizado para não me deixar levar mais apenas pelas 4 ou 5 estrelinhas de um livro.


Bea 09/02/2018minha estante
Concordo plenamente. Sem falar no quão fracos são os personagens, e na maneira como o livro encoraja e "romantiza" comportamentos e atitudes condenaveis, como slutshaming e traição. É muito ruim




920 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |