Karma Club

Karma Club Jessica Brody




Resenhas - Karma Club


14 encontrados | exibindo 1 a 14


Dani Fuller 22/09/2011

Muito mais do que parece!!
Este livro vai além de suas expecativas. Ele tem jeito de ser fofo, mas não que pudesse causar tanto impacto por assim dizer. E eu simplesmente adorei.

Histórias assim, não sobram muito do que dizer. A sinopse e o book trailer introduzem muito bem o que podemos esperar. Realmente poderia ser mais livro daqueles com um trio de adolescentes, vida na escola, ser popular e todos os clichês...adoro falar isso e completar que supera nossos 'pré-conceitos'. Toda a idéia, estrutura e narrativa simplesmente incrível! Adorei as personagens, como tudo se encaixa, a maneira que foi idealizada o 'clube', depois o nosso famoso 'Karma is a Bitch!" e a resolução no final.

"Minha mãe sempre tenta me confortar dizendo que garotas como Heather Campbell costumam chegar ao pico muito cedo e rapidamente murcham. Essa é a razão de ela ter a aparência muito melhor que qualquer outra garota agora. E que, no dia em que eu for à reunião de dez anos depois que nos formamos no colégio, serei muito mais bonita que ela. Ao que sempre respondo: 'Não quero ser mais bonita daqui a dez anos. Quero ser bonita agora.' Afinal, qual é a minha vontagem, neste momento, em saber que posso ou não estar linda de morrer quando fizer 27 anos? Não dá para ir à escola todos os dias com um cartaz gigante pendurado em meu pescoço escrito 'Acreditem, em dez anos vou parecer assim' e, ao lado, uma seta apontando para a foto de uma top model."

É tão gostoso e divertido que permite que o sorriso não saia do seu rosto até o final. E claro que a maioria terá identificação instantânea seja com as meninas em si ou com tudo que elas passaram ou irão passar. Quem nunca pensou em fazer 'justiça' com as próprias mãos? Maddy é super fofa e engraçada. Impossível não adorá-la. E eu preciso muito entrar para um clube desses.. ninguém quer criar um? Mas meu interesse vai tanto para a idéia inicial dele quanto a final. Só que não vou contar qual é.. você irá precisar ler para descobrir.

Arte do livro / Capa e interior ★★★★★
Tempo de leitura / Narrativa ★★★★★
Objetivo / Impacto ★★★★
Dani Fuller 22/09/2011minha estante
Resenha do blog http://www.danifuller.com/2011/09/livro-karma-club-sorteio.html

Concorra ao livro autografado!!




Suzane 13/01/2015

Aqui se faz, aqui se paga!?
Comprei esse livro numa promoção, estava tão barato que não tinha como deixar passar, além disso, a sinopse e as resenhas do skoob foram fatores que contribuíram para a compra.
sabe aquela máxima do "aqui se faz, aqui se paga"? Então, esse é basicamente o tema de Karma Club! A maravilhosa vida de adolescente popular finalmente chega para Madison Kasparkova, ela finalmente será notada, será namorada do cara (Mason Brooks) que saiu na revista teen mais famosa do país! Mas, quando todos os olhos estão voltados para o seu namorado, o que acontece? Ele cede a pressão feminina!

"Os dois vultos se beijando naquela cama não são Angie e um garoto qualquer. Pelo contrario, são Heather Campbell... e Mason. Sim, meu Mason! O doce, honesto, fiel e nem quero-ir-nessa-festa-idota-pra-começo-de-conversa Mason! "(Pág. 44)

Diante disso as amigas Maddy, Jade e Angie decidem dar uma forcinha ao carma, destino ou o que você quiser chamar e dar o troco naqueles que foram "ruins".

A história foi muito bem conduzida, os personagens são marcantes e inteligentes. A leitura é leve e divertida. A capa me encantou, especialmente a textura na parte inferior. O livro possui uma "moral" implícita, de uma forma leve: devemos fazer o bem para receber o bem!

Super-recomendo a leitura, principalmente para os adolescentes.
comentários(0)comente



Rai Morais 24/09/2011

Karma Club ! (:
Karma Club foi um dos poucos livros que realmente me prendeu, eu li em dois dias, mas acho que teria lido até mais rápido se eu tivesse lido direto.

Além do livro ser uma ótima história adolescente, ele te faz refletir em algumas coisas e até compreender outras...

É o tipo de livro que você fica totalmente satisfeita com o final. ( pelo menos é o estilo de livro que eu adooooooro ! )


@raianemorais - rmspace1.blogspot.com
comentários(0)comente



Carolina Durães 27/09/2013

"Karma Club" é um livro totalmente voltado para um público teen que traz aos leitores uma trama engraçada e bem desenvolvida, personagens marcantes e inteligentes e um final inteligente.
Maddy é a típica garota da porta ao lado: bonitinha, inteligente, tem duas boas amigas e um namorado há dois anos, Mason. Após realizar uma surpresa e conseguir que a foto de Mason fosse publicada em uma revista, o namorado se torna popular e é claro, que a via de regra é garoto popular namora com garota popular. Dessa forma, a sinopse até já conta isso, Mason traí Maddy com Heather, deixando a Maddy desolada.
Conforme o leitor avança na leitura, é possível observar o verdadeiro caráter de Mason e Heather. Apesar da autora não focar no tema, é interessante observar o quanto realmente conhecemos as pessoas por quem estamos apaixonadas. Maddy tem uma visão do Mason que vai se desintegrando aos poucos, o que leva a garota à uma desilusão amorosa total.
A partir daí, Maddy começa a analisar que mesmo ela sendo certinha, boazinha e realizando boas ações, o Carma não está do lado dela. Na verdade, não é só ela que sofre, pois suas melhores amigas, Angie e Jade também já sofreram desilusões. Bom, se o carma não vai fazer nada, porque não dar uma forcinha a ele? E aí que é criada a Agenda oficial do Clube do Carma, onde as garotas irão bolar planos mirabolantes para auxiliar no equilíbrio cármico.
As amigas são o alicerce de Maddy, pois a apoiam incondicionalmente e apesar das três personagens terem personalidades distintas e maluquinhas, elas combinam muito bem juntas.
Os planos criados pelas garotas são hilários, cheios de criatividade e arrancam risadas do leitor. Mesmo sabendo que o que essas garotas aprontam não é correto, é impossível para o leitor não defendê-las.
Como se não bastasse tudo isso, nós temos ainda um personagem muito popular no colégio, mas meio misterioso: o Spencer.
A aproximação do Spencer com esse grupo mostrará a Maddy que talvez o Carma esteja do lado dela e de suas amigas. Spencer é bonito, popular e muito inteligente. Uma combinação fatal para qualquer pessoa.
Uma trama leve, com um enredo bem delineado.
Em relação a revisão, diagramação e layout a editora fez um bom trabalho. A capa não tem nada a ver com a trama e não é muito bonita.

"Mas sei que a mudança é inevitável. Na verdade, ela é a única coisa constante. Então não posso lutar contra ela. Não existe razão para isso. Tudo o que eu posso fazer é continuar vivendo a minha vida da melhor forma que sei e confiar que tudo vai acabar bem". (p.262)


site: http://www.viajenaleitura.com.br/
comentários(0)comente



Amanda Notaro 10/04/2013

Madison Kasparkova tem 17 anos e além de ser bastante dedicada aos estudos também é dedicada ao seu namorado, Mason Brooks, com quem namora por dois anos. Em um concurso de sua revista predileta, Garota Moderna, onde as leitoras enviam fotos dos seus namorados e falam sobre eles, Madison envia a foto dele. Depois de esperar três meses e nada de publicarem sobre Mason, ela acaba perdendo as esperanças de que isso aconteça.

Quando finalmente sai sua foto na revista, Mason é visto como um sensacional jogador de futebol e um presidente de classe impressionante. Maddy, como todos a chamam, tem a certeza de que isso fará com que eles sejam o casal mais badalado do colégio. Com a noticia espalhada, não demora muito para eles serem convidados para a festa bastante exclusiva, onde só vai o pessoal popular.

Chegando na festa com suas amigas e com seu namorado, Maddy tem certeza de que essa vai ser uma noite inesquecível e ela não poderia estar mais certa. Pelo acaso do destino, acaba encontrando Mason aos beijos com Heather Campbell, a garota mais popular do colégio. E como se não bastasse eles acabam formando o mais novo casal do Colégio Colonial.

Maddy tem certeza que o Carma a deixou na mão, e cansada de esperar com que o universo resolvesse tudo, ela resolve se unir a suas amigas para formarem o Karma Club, um clube onde elas iriam arrumar o que o universo deixou para trás. Mas será que elas estão prontas para mexer no equilíbrio das coisas?

Karma Club é o típico livro juvenil, onde mostra a garota que não é popular e que deseja ser, e quando consegue, seu mundo acaba desmoronado. Madison é bem infantil no começo e ela acha que Mason virá correndo pedir seu perdão, é onde ela quebra a cara de novo.

Apesar de ela achar que está deixando o universo equilibrado, na verdade ela está fazendo tudo ao contrario e isso acarretará uma serie de eventos que deixara sua vida e de suas amigas mais complicadas do que já era.

Esse foi um livro gostoso de ler, é fácil e rápida. Esse é um daqueles livros para se ler em um dia sem problema. O enredo é bom e se desenrola muito bem. Esse é o primeiro livro que eu li da Jessica Brody e gostei bastante da escrita dela.

https://meuviciodiario.wordpress.com
comentários(0)comente



Mafi 20/01/2013

Opinião aqui:

http://algodaodoceparaocerebro.blogspot.pt/2013/01/opiniao-young-adult-o-clube-karma-de.html
comentários(0)comente



Gíh Santos 04/03/2013

Resenha do Blog Livros Lovers (http://livroslovers.blogspot.com.br/)
Mandison Kasparkova ou simplesmente Maddy, é a típica estudante de ensino médio que almeja um dia alcançar a popularidade, sim eu sei, isso é bem clichê. Ela namora a dois anos o Mason Brooks. Tem como melhores amigas Jade e Angie, suas inseparáveis amigas.
A vida até então tranquila de Maddy dá uma guinada quando a revista Garota Moderna publica uma matéria que ela lhe enviou sobre seu namorado Mason. A recente popularidade de Mason, não irá render bons frutos. Em uma super festa ela flagra ele beijando a Heatler Campbell, a Srta. corpo perfeito, cabelo perfeito, tudo perfeito, a popular máximo do colégio. Mas os dois devem pagar pelo o que fizeram! Maddy pensa saber como o Carma funciona, e resolve fazer justiça.
Maddy funda então junto com Jade e Angie o Karma Club, e bolam planos mirabolantes de vingança para o recém casalzinho e para os caras que magoaram suas amigas. Mas será mesmo que esta é a melhor maneira de equilibrar as coisas? Pois se você apronta com o Carma, o Carma apronta com você.
"Deus, por que o Senhor está fazendo isso comigo? É porque eu menti, não é? Isso é um castigo por eu ter mentido para minhas amigas. Bravo. muito bem pensado. Touché, Deus"
Após seus planos de vingança, uma cadeia de acontecimentos segue interferindo em sua vida e lhe colocando na parede. Como voltar a equilibrar as coisas?

CONTINUE LENDO>>>http://livroslovers.blogspot.com.br/2013/02/resenha-karma-club.html#more
comentários(0)comente



Dani 04/06/2017

Estou me dando a oportunidade de ler alguns livros "estacionados" nas minhas prateleiras para dar espaço para a qualidade ao invés de quantidade.

Quando você mergulha no mundo dos livros tende a passar por uma fase de "compulsão" e todo livro de repente se torna um desejado, um que você PRECISA ter.

Há um ano atravesso uma fase de "desapego" e tenho trocado/vendido livros que sei que:

1) Não me acrescentaram em nada
2) Tenho absoluta certeza que não lerei novamente

E Karma Club é um desses muitos livros. Vejam bem, estou com 30 anos. Muitos livros voltados para o público teen ainda são capazes de fazer meu coração bater mais forte, mas este, é aquele clássico caso de un livro focado para um público bem específico e que não faz sentido em eu tê-lo em minha prateleira.

Karma Club é um clássico livro sessão da tarde. Aquelas histórias bobinhas, divertidas, passatempo e que não vão agregar nada de extremamente profundo em sua vida.
Eu o indico para quem está começando agora, para quem curte história de amigas com sede de vingancinha e tendo o ensino médio americano como pano de fundo.

A escrita da autora é boa e fluida. Ela entrega uma história redondinha e com fechamento ok. Só não esperem muita coisa.
Ana Patricia 04/06/2017minha estante
Gostei do que disse sobre isso de desapego, recentemente eu também resolvi marcar como troco alguns livros que adiquiri, não gostei ou sei que não vou nem precisar ler pra saber que não vão me agradar e estou tentando trocá-los o mais rápido possível.
E sobre o que falou do livro, achei que deve ser bem genérico e a capa me fez perder qualquer vontade de ler que eu poderia desenvolver.


Dani 04/06/2017minha estante
Pois é Ana Patricia, continuo comprando livros, claro, mas tenho me concentrado em pegar aqueles que sempre deixo para depois para ver "qual é a deles" e descobrir de fato, se vale a pena mantê-los ou passa-los adiante. Cansei de quantidade, quero qualidade, quero livros que acrescentem (por mais clichê que um deles possa ser), mas que no mínimo me dê vontade de ler novamente




Cah 16/11/2012

Já ouviu falar sobre o Carma, não é? Coisas boas são recompensadas enquanto coisas ruins punidas? Madison Kasparkova decide dar uma forcinha para o Carma e colocar tudo nos lugares mais rapidamente do que apenas deixar o Carma cuidar de tudo.

Madison e Mason eram namorados a dois anos e Maddy tinha o sonho de um dia ser popular no colégio, sonha em ser chamada para a festa do loft do garoto mais rico da escola, Spencer Cooper, por isso envia uma foto do seu namorado para a revista Garota Moderna, revista que praticamente todo mundo lê, na revista ela descreve o namorado como perfeito, fofo e doce. Ta aí, deu certo, agora eles foram chamados para a tal sonhada festa do loft direto da boca de Heather Campbell, a garota perfeita da escola.

Madison, Mason, Jade e Angie (melhores amigas de Maddy) vão na festa, mas Maddy acaba encontrando seu namorado, beijando a perfeita da Heather, sim, seu namorado que a pouco dizia que nunca, nem pensar, ficaria com Heather.

É aí que sua mãe decide levar Madison para um retiro esperitualista sei lá das contas, para aprender a lidar com a sua dor e Maddy aprende sobre o Carma, a força do universo que equilibra tudo. Maddy tinha a opção de deixar o Carma tomar conta de tudo, ou dar uma forcinha, ir atrás do equilíbrio.

O Clube do Carma é inaugurado, Jade e Angie também buscam equilibrar o mundo para elas, mas o equilíbrio não deve ser buscado através do desequilíbrio, então, o Carma apronta com as meninas, que terão que achar o equilíbrio de forma correta.

Karma Club é um livro leve, desses que só distraem, para ler em um, dois dias e para cortar um ciclo de leituras mais pesadas. Vemos uma típica história em escola americana, a menina perfeita, a busca pela popularidade etc. Madison, Jade e Angie são umas loucas, ri bastante com algumas de suas aventuras carmalísticas. Heather é a típica bitch, Mason o típico interesseiro, Spencer o típico príncipe em cavalo branco (será que eles existem???). Um final legal, realístico e porque não romântico? Dá sim pra unir os dois gêneros haha

Para quem gosta do estilo, é uma ótima escolha!!

LEIA MAIS RESENHAS EM: http://emocoesempaginas.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Naty 19/08/2011

www.meninadabahia.com.br
Deus, porque o senhor está fazendo isso comigo?
É porque eu menti, não é?
Isso é um castigo por eu ter mentido para as minhas amigas?
Bravo. Muito bem pensado. Touché, Deus.
Pág. 220


Já teve um coração partido? Karma Club tem a solução!

A vida de Madison esta indo às mil maravilhas, ela estava preste a entrar no hall dos queridinhos do colégio, por causa de uma entrevista que deu sobre seu namorado à uma revista teen. Tudo estava perfeito até...


Os dois vultos se beijando naquela cama não são Angie e um garoto qualquer. Pelo contrario, são Heather Campbell... e Mason. Sim, meu Mason! O doce, honesto, fiel e nem quero-ir-nessa-festa-idota-pra-começo-de-conversa Mason!
Pág. 44



Sim! O Improvável tinha acontecido! E como ele pode trair ela? E logo com a Srta perfeitinha? É hora do sofrimento. Muito sofrimento. Mason era tudo pra ela.

Mas... um dia o sofrimento virá mágoa, vira revolta e ela tem a solução: como o karma não conspira a seu favor, ela vai dar uma mãozinha e tomar as tarefas do karma pra si. É quando as encrencas e confusões começam.

Ela e as amigas começam a colocar tudo numa agenda. Elas vão se vingar de todos os ex. Cada um vai ter o que merece. Só que elas aprendem da pior maneira possível, que não é possível mexer com o karma e as coisas começam a dar errado.

Carma é uma força poderosa. Ele por der seu melhor amiga ou seu pior inimigo. Tudo dependerá de como você escolher olhar para ele.
Pág. 262


Para piorar ela se apaixona pelo ex de uma amiga, aquele a quem ela deveria dar uma lição.

Karma Club, de Jessica Brody (Novo Século, 288 páginas, R$ 34,90), explora os sentimentos conflitantes após o término de um relacionamento, tristeza, mágoa, revolta, dor, desespero, apatia, ódio, a sede por vingança. Trata também de amizade, como um amigo te ajuda a sair do fundo do poço.
Cheia de trapaças e armações, a história ficou engraçada e envolvente. Adorei o final! Sem dúvida, Brody acertou e escreveu um livro muito inteligente. Recomendo.

Ah, Jessica Brody é uma das convidadas da Bienal do Rio.
comentários(0)comente



Priscillaa 15/08/2012

Karma Club
Ameii o livro, pareceu um pouco alto ajuda, mais fora isso é bem engraçado.
O livro conta a história de três amigas (Maddy, Jade e Angie), que depois de serem "traídas" resolvem dar o troco em quem lhe fez mal já que o destino, não cumpriu seu 'equilíbrio'... sendo assim elas aprontam poucas e boas e nessas armações elas percebem que nem sempre "aqui se faz, aqui se paga".
Depois de tudo ser resolvido elas percebem que com o Carma não se mexe, e decidem viver a sua vida da melhor forma que sabem , por que no final tudo acaba bem. ><
comentários(0)comente



Ana 22/06/2016

Karma Club
Livro bobinho mas que diverte o leitor.
comentários(0)comente



Babi 25/12/2011

Tudo o que Madison sempre sonhou era ser tão popular quanto Heather Campbell, a menina mais bonita e rica da escola. Infelizmente, ela não teve o privilégio de ser agraciada com tanta beleza e carisma, nem de nascer em uma família com posses. No entanto, Maddy possuiu outros tesouros que, parecem não bastar: suas grandes amigas e seu namorado de dois anos, Mason.

Ela quer mais. Ela quer uma vida igual a de Heather e, para chegar 'ao topo' não mede esforços. Inscreve Mason no concurso 'Conheça meu namorado' da revista 'Garota Moderna'. Tudo isso para ter a foto do gatinho publicada na revista teen e conseguir se tornar popular, por tabela. O feitiço, no entanto, vira contra o feiticeiro e Madison acaba terminando seu relacionamento de forma nada legal.

Com o fim do namoro, Maddy fica extremamente abalada, o que faz com que sua mãe resolva dar uma ajudinha levando-a em um lugar inusitado, no qual ela aprenderia a lidar com o equilíbrio e entender um pouco mais sobre carma.

Leia a resenha completa em:
http://www.romanceseleituras.com/2011/10/karma-club-jessica-brody.html
comentários(0)comente



Luciana Mara 25/04/2012

Já adianto: tive um déjà vu após iniciar a leitura.

Quem já leu ou conhece a história de Lonely Hearts Club vai me entender bem.
---------
Madison Kasparkova, ou simplesmente Maddy, era uma adolescente comum. Tinha 16 anos, cursava o ensino médio e namorava um garoto perfeito (bonito, presidente da turma, gente boa) há quase dois anos. Tudo ia muito bem até que Maddy o inscreveu no concurso "Conheça o meu namorado". Assim, Mason Brooks, mesmo a contragosto, apareceu na revista Garota Moderna e se tornou O garoto popular do colégio.

Além de dar um upgrade no status do namorado, Maddy e as amigas inseparáveis Angie e Jade, tencionaram receber o passaporte de entrada livre para as festas do loft do Spencer Cooper, onde só entravam os mais populares e descolados, onde sempre estava Heather Campbell, A garota popular do colégio.

E o que acontece quando A garota popular encontra O garoto popular? Isto mesmo! Eles formam um casal! Enquanto Maddy se esbaldava de tanto dançar com Jade na tão famosa festa do loft, apesar de aparentar ser politicamente correto, Mason foi conhecer mais 'profundamente' Heather. E foi assim que Maddy os flagrou: dando o maior amasso.

Não é de estranhar que a garota ficou triste, transtornada e decepcionada. Ela tinha o namoro perfeito! Agora Maddy se juntava ao clube das desiludidas de Angie e Jade, que já haviam sido trocadas/sacaneadas pelos ex-namorados.

Um tempo se passou e nada parecia acontecer ao novo casal Mason e Heather. Maddy esperava que o universo fosse capaz de balancear tudo que acontecera com ela, de desequilibrar a vida dos pombinhos.

Então, ela e as amigas resolveram agir. Elas fizeram um pacto, o Clube do Carma, em que elas mesmas se encarregariam de fazer o que o Carma deveria ter feito: arrumar a bagunça do universo, ou seja, estragar a vida daqueles que a sacanearam. Elas prometeram manter o clube em segredo, não deixar que ninguém interferisse nos seus planos e NÃO namorar ninguém até a formatura.

Mas o universo não cobraria de volta tudo de ruim que elas estavam fazendo? E como NÃO namorar se um cara fofo aparece na sua frente? Descubra estas e outras perguntas em Karma Club!
---------
Eu gostei do livro. Achei a leitura rápida e divertida, mas em vários pontos, um tanto clichê (principalmente o final, se pensarmos no conceito do Carma). Algumas 'vinganças' foram bem boladas, outras pareciam vindas de um filme de Sessão da Tarde. A propósito, este livro é um típico filme de Sessão da Tarde.

O livro é fino, as letras são grandes e a leitura flui bem. Este livro entra no rol dos 'lidos numa sentada'.

A autora escreve de um jeito leve e engraçado. Tanto pela forma de contar a história, como a história em si, lembraram muito Lonely Hearts Club. O fato de se unir contra os garotos, prometer não namorar até a formatura, faz com que as histórias sejam quase irmãs.

Sabe uma coisa que faz o livro ganhar pontos comigo? Ter títulos engraçados/misteriosos a cada capítulo. Eles sempre me intrigam e me motivam a tentar descobrir a história antecipadamente, e acabam por acelerar a leitura. Karma Club tem isso, e eu simplesmente adoro.

Eu não consigo não comparar as histórias. Mas entre as duas, prefiro LHC possivelmente por tê-lo lido primeiro.

Mais em: http://toclivros.blogspot.com.br/2012/04/99-karma-club-jessica-brody.html
comentários(0)comente



14 encontrados | exibindo 1 a 14