O Poder e a Lei

O Poder e a Lei Michael Connelly




Resenhas - O Poder e a Lei


6 encontrados | exibindo 1 a 6


Simone de Cássia 26/12/2017

Fantástico! Tipo de livro que faz a gente querer estar isolado pra ler sem ninguém incomodar... Celular tocava e eu não queria atender, marido chamava e eu gritava "peraí", adiei até sono pra virar "só mais essa página".... rs rs Trama perfeita, muito bem construída, protagonista carismático, bandido dissimulado, enfim, prende a atenção do princípio ao fim (que chega depressa demais) Amei!!
comentários(0)comente



Renato 02/06/2017

O tipo de livro que sempre sonhei em ler
Desde pequeno sou fissurado com cenas de tribunais em livros, mas nunca tinha lido um completamente “de advogado”, até me deparar com o marcante “O Poder e a Lei”, de Michael Connelly.

Michael Haller não é daqueles advogados criminalistas super ricos, que já têm a fama consolidada e tudo o mais. Ele é um personagem que tem uma fama boa, é um bom advogado, mas é real, daqueles que ainda lutam para conquistar cada vez mais o seu espaço, sempre colocando propagandas nos lugares corretos. Entre um caso e outro ele acaba se deparando com um bem intrigante. A vítima acusa o réu Louis Roulet de tentativa de homicídio, estupro e agressão, mas Roulet se diz inocente com tamanha verdade que isso leva o advogado de defesa a rebater todas as provas no intuito de ganhar esse caso, que se mostra mais complicado do que se imaginava. Ao que tudo indica, Louis parece ter sido vítima de uma armação, todas as provas apontam que ele seja o culpado.

Apesar de o livro começar em um ritmo um pouco lento, essa construção inicial é extremamente necessária para o desenvolvimento da história. Através das primeiras páginas, com os diversos casos defendidos simultaneamente pelo protagonista, conhecemos o seu perfil e é possível se identificar de imediato. Essa humanização através de suas performances chamam a atenção e conquistam o leitor.

A partir do momento que ele foca de vez no caso principal da história o enredo passa a ficar cada vez mais eletrizante e a leitura flui mais facilmente, sendo recheada de acontecimentos que aguçam a curiosidade. Defender esse réu fica cada vez mais complicado e ao mesmo tempo Haller precisa inocentá-lo por completo, sem brechas. Nenhum veredicto a não ser esse será aceito por Roulet.

Mesmo que o clima do livro seja de advocacia, com todas as suas leis, processos, burocracias e tudo o mais, o autor escreveu de uma forma que irá conquistar qualquer tipo de leitor, não só os advogados. Connelly é claro e objetivo na escrita, descreve o essencial para a construção das cenas e ainda assim foi quase como assistir a um seriado muito bem roteirizado. Tudo é muito real e plausível de acontecer. Não existem exageros na história. A trama é muito bem interligada e cada capítulo do livro tem um sentido.

Esse foi definitivamente o tipo de livro que sempre sonhei em acompanhar. O jogo que é construído com as testemunhas dentro de um tribunal é algo que me encanta desde que leio livros. Para quem gosta destes sem enrolações, um suspense eletrizante, dilemas e surpresas, O Poder e a Lei é definitivamente uma excelente escolha. Pra mim foi um livro perfeito. Um dos favoritos de 2017. Ainda bem que já tem quatro livros na sequência com o mesmo protagonista, com certeza lerei em breve. Recomendo!
Helder 02/07/2017minha estante
Lembro de ter visto o filme deste livro há alguns anos atrás e era muito bom.


Helder 02/07/2017minha estante
E TB curto muito a escrita de Connelly, mas até agora só li seus livros políciais. Preciso ler os de advogados.


Renato 02/07/2017minha estante
Helder, estou correndo de livros policiais, os únicos que leio são os de Harlan Coben, rsrs. Meio que enjoei desse gênero. Mas a escrita de Connelly é demais, ele não tem rodeios. Só li este livro dele até agora, mas foi o suficiente pra eu comprar as duas continuações: Veredicto de Chumbo e Reviravolta. Todos jurídicos, gosto muito, hehe.




Eder Ribeiro 22/02/2017

Um livro que a trama não perde o ritmo.
O Poder e a Lei é o segundo livro de Michael Connelly que leio. Como o primeiro, esse, o autor conduz a trama de uma forma que a fome de continuar lendo nunca acaba. E quando o livro termina, fica a vontade de ler outro do mesmo autor. Recomendo.
comentários(0)comente



Beca 22/11/2015

Ameiiii!
Hoje falarei um pouco do livro que li em Setembro, o maravilhoso "O Poder e a Lei" de Michael Connelly. Já começo dizendo que gostei bastante e fiquei muito empolgada em saber que o autor escreveu vários livros que relatam o decorrer da vida de um detetive do Departamento de Polícia de Los Angeles Hieronymus "Harry" Bosch. Apesar dos livros não fazerem parte de uma serie, cada livro mostra o amadurecimento desse detetive. Isso me deixou curiosa para ler todos os livros que o envolvem. Bem, o livro que li "O Poder e a Lei", em inglês "The Lincoln Lawyer", tem como protagonista o advogado Michael Haller que é o meio-irmão paterno de Harry! Haller é um advogado criminalista que um belo dia se depara com Louis Roulet, acusado de tentativa de estupro e agressão de Regina Campo. Haller mostra o quão bom advogado ele é e consegue liberar de imediato seu cliente mediante o pagamento de fiança. Para ganhar a causa, Haller começa a investigar o caso, para ter acesso a todos os acontecimentos. É neste momento que Haller percebe que há algo errado com seu cliente.
A narrativa foi feita em primeira pessoa, leitura fluida até mesmo nas cenas que ocorrem no tribunal. Além disso, o autor criou uma trama incrível com reviravoltas. Leitura super instigante e empolgante. Super recomendo! Este livro na condição gênero policial é magnífico para quem é graduando em Direito ou apaixonado pelo Direito Penal.
O filme inspirado neste livro é sensacional. Gostei bastante do ator Matthew Mcconaughey que deu vida ao personagem Haller. Gostei também da relação linda que o protagonista tem com a ex-mulher (Para um mundo com mais homens assim :p). Mas por fim digo os livros de Michael Connelly são leitura obrigatória para fãs do gênero policial. Gostei e recomendo!

site: http://wwppwork.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Só Sobre Livros 24/05/2013

O livro que mudou de nome
Confira resenha no blog http://sosobrelivros.blogspot.com.br/2012/08/o-livro-que-mudou-de-nome-renata-lima.html
comentários(0)comente



6 encontrados | exibindo 1 a 6