Um Homem Imoral

Um Homem Imoral Emma Wildes




Resenhas - Um Homem Imoral


8 encontrados | exibindo 1 a 8


Nanda Barros 21/02/2020

Emma me surpreende novamente <3.
O livro gira em torno de um mistério e de uma intriga entre as famílias St. James e Patton tudo por causa de um escândalo envolvendo as famílias. Alexander St. James invade a casa do inimigo de sua família a procura de um certo objeto que o pertençe, mas acaba se deparando com a filha do mesmo em trages indecentes, é assim a historia começa.

Amei muito muito esse livro, bem escrito com personagens incríveis e que carregam uma carga emocional bem forte, sem falar do romance proibido QUE SERIO! foi um dos melhores romances que já li.
comentários(0)comente



Carla.Cardim 25/10/2019

Super amei
Diferente de outros livros de época que eu já li.
Fala do amor de um nobre sem título, mas nobre em todos os sentidos, cavalheiro, respeitoso e loucamente apaixonado pela sua dama!
E essa declaração:
"Era a glória, o esplendor, uma chuva de faíscas e o cimo escarpado do êxtase.
Quando despencou a pique ele estava ali para pegá-la, estreitando seu corpo
trêmulo entre os braços e dizendo-lhe as palavras que ela não se lembrava de jamais
ter ouvido.
— Eu amo você."
comentários(0)comente



anolrepe 21/05/2019

Um homem imoral
História boa, com personagens legais,mas final achei meio enrolado
comentários(0)comente



Jackelynne.Paiva 13/10/2017

Esquecem o título
Esse título não tem nada haver com a história, que é mto fofa, adorei esse casal. Lord Alex é incumbido de uma tarefa difícil por sua avó, recuperar uma chave que está em poder de Lord Hathaway, para isso ele invade a casa do Lord, só não esperava se deparar com filha dele, Lady Amélia, e ainda por cima lhe rouba um beijo. O caminho deles se entrelaçam num mistério que envolve as duas famílias.
Achei muito interessante a história, diferente da maioria, aqui temos uma mocinha que tem problemas respiratórios, foi criada no campo e com um pai totalmente ausente que só pensa em casa-la. O mocinho é um herói de guerra, filho caçula de um duque, com fortuna própria e libertino.
Foi mto fofo a aproximação dos dois, o carinho entre eles. Enfim, td fofo e com um mistério a ser desvendado que te prende a atenção.
Joyce Oliveira 17/12/2017minha estante
Aparecem ex amantes do mocinho na história ou os pretendentes que o pai da mocinha quer pra ela?


Jackelynne.Paiva 18/12/2017minha estante
Oi Joyce, não lembro, mas acho que não, viu.


Joyce Oliveira 18/12/2017minha estante
Ah
Obrigada




Sandra 21/06/2015

Não concordo com o título
Não acho que o título descreve bem o livro. Na verdade Alex, o mocinho do livro não é um homem imoral...muito pelo contrário. É só que a sociedade acredita que ele é um libertino devido a má reputação do irmão, reputação essa que ele não desmente e acaba incentivando que as pessoas pensem que ele é assim. Só que Lady Amélia o vê como ele é mesmo tendo o conhecido em circunstâncias inusitadas. Ela era uma mulher a frente do seu tempo, não era afetada como as mocinhas da sua idade além de ser uma intelectual e muito perspicaz. Os dois se apaixonam e é ela que o convida ao seu quarto...pra frente ela...rs. No meio dessa história de amor há um mistério que envolve a família dois dois que me deixou curiosa até o final.
Sam 21/06/2015minha estante
kkk eu tbm não concordei...




Sueli 08/01/2012

Um Homem Adorável!

Pois é, sabe aqueles títulos totalmente inapropriados? Esse é um deles....
Lembro-me de outros dois exemplos, que para mim, sempre foram inexplicáveis. O primeiro, sem dúvida nenhuma foi “Uma Linda Mulher”.... Ok! Ok! Tudo bem que era Julia Roberts, no início de sua carreira linda e interpretando uma prostituta do bem, honesta e romântica, mas sejamos sinceras, com o Richard Gere como “cliente”, soltando você na Rodeo Drive, com um cartão diamante ilimitado, que mulher não ficaria linda? Porque se existe uma verdade universal, essa é que, não existe mulher feia, existe mulher pobre!
O segundo título, totalmente sem sentido – lembre-se leitor: são as minhas considerações! – é o título do filme “Uma Proposta Indecente”... Indecente, por que cara pálida? Vejamos o Robert Redford lindo, milionário, misterioso, romântico, sedutor, encontra uma mulher - tudo bem, tudo bem! - Linda, observando um vestido carésimo que nunca poderia comprar e, ele com toda arrogância dos muito poderosos tem a petulância de oferecer Hum Milhão de dólares para passar uma noite de amor com ela....e, para espanto da plateia,eu inclusive, o marido dá a maior força!!!!! Agora, a pergunta que não quer calar: Hum milhão de dólares para passar a noite com o Roberts Redford é uma proposta indecente???? Ah, fala sério!!!!!!
E, é aí onde entra o livro em questão....”Um Homem Imoral”. Só posso explicar que, felizmente, não compro meus livros pelos títulos! Ainda bem!!!! Seria uma grande decepção!
Nosso protagonista é um fofo! Pela descrição feita pela autora, do físico de nosso herói, lembrei-me do Gianechinni, talvez você tenha outro homem lindo para colocar no lugar, mas o importante é que o título, nem de longe, nos dá a verdadeira pista desse personagem tão querido e sedutor...
Essa é uma história do tipo Romeu e Julieta. Temos até a famosa cena do balcão! Nossos protagonistas não deveriam se apaixonar por conta do “erro” de terceiros, cujo comportamento deixou um rastro de ódio e ressentimento que perdura por décadas, mas tudo que é proibido é mais interessante, principalmente para Amelia e Alexander. Dois jovens inteligentes demais para deixarem que fossem separados pelos fantasmas dos tempos idos.
Agora, que estou mais familiarizada com o português de Portugal, encontro com mais facilidade erros de digitação e, os mais graves, que são erros na colocação dos pronomes.... é muito desagradável e torna o texto incompreensível todas as vezes....
É o meu segundo encontro com Emma Wildes e, posso dizer que como da primeira vez, foi muito agradável. Emma Wildes não nos faz sofrer desnecessariamente, colocando seus personagens no tronco, conta as suas histórias de maneira linear e sem grandes shows pirotécnicos.... São histórias tão simples que não precisam de grandes abstrações para se pensar que possam ter acontecido com qualquer pessoa, em qualquer época, pois o encontro amoroso e as dificuldades transponíveis, para os que amam verdadeiramente, com certeza, com um pouquinho de boa vontade, sempre dá certo.
Essa semana, no final de um episódio do seriado Grey’s Anatomy, a doutora Meredith disse que o real sempre é melhor do que a fantasia. Certamente, ela nunca assistiu ao Jornal Nacional!
Ler os livros de autoras como Emma Wildes, é o que tem me mantido saudável nesses tempos estranhos e complicados.
Leiam, comentem, façam suas resenhas! Precisamos acordar nossos editores para que publiquem livros de autoras como Emma Wildes! Pois, informo a você leitor que o livro faz parte de uma série e, que pelo andar da carruagem, não será publicado tão cedo o próximo volume! Sem contar que deve ter havido um volume anterior, já que durante toda leitura há relatos do romance entre dois personagens importantes para a história.
É desrespeitoso o que as editoras andam fazendo com as autoras e seus fãs.....

Adri Ramalho 08/01/2012minha estante
Bom, senti a alfinetada sobre os livros da Diana: "Emma Wildes não nos faz sofrer desnecessariamente, colocando seus personagens no tronco..." kkkkkkkkkkk, fazer o quê????
Gostei da resenha mais longa.
Bjs


Sueli 08/01/2012minha estante
Claro que vc sentiria a alfinetada! Você é uma garota espertíssima! Seu único defeito é a sua queda pelo sofrimento....KKKKKKKKKK
Quanto à resenha mais longa, é uma homenagem a um livro encantador, mas com um título chamativo e totalmente inapropriado, assim como o anterior, Uma Aposta Perversa. Espero a sua opinião e resenha depois da leitura!
Bjs


Adri Ramalho 08/01/2012minha estante
kkkkkkkkkk, acho que eu sou bandida!


Semiramis 26/02/2012minha estante
Sueli, concordo com vc! Termienei esse livro que achei adorável e estou até agora me perguntando se haverá, e quando, publicação das continuações.
E o John hein?rsrs Parece que a história dele é tudo tb,rs




CRIS 17/10/2011

Duas famílias influentes que se odeiam e que guardam um segredo do passado. O casal, como não podia deixar de ser e cada qual de uma família, se apaixonam......Uma delícia de romance!!!!!
comentários(0)comente



Lizzy 14/07/2011

Esqueça o título...
Que graça de livro!
Mas começo afirmando que o título é totalmente equivocado e não combina nada com a história.
Alex e Amelia formam um casal que se completam em todos os sentidos. Um mistério familiar acaba aproximando os dois, cujo sentimento vai se sedimentando, verdadeiramente eles "namoram" na história, se conhecem, conversam e esclarecem entre si os desentendimentos.
Adorei acompanhar as cartas dos ancestrais dos dois, sendo esses um dos pontos que mas me chamou atenção, um amor proibido que resultou em tragédia, mas que Alex e Amelia podem vivenciar de outra forma, como um Romeu e Julieta com um final feliz.
Mas eu confesso que senti falta de um pouco mais de "intensidade", uma certa tensão" que cria aquele "frison" e expectativa em torno da história, presente em outros livros da autora. Mas, enfim, uma leitura que agrada pelo romantismo e sensualidade e que não deve ser dispensada.
Dri 14/07/2011minha estante
Lizzy,eu amo livros que o casal realmente "namora" na estória e isso me estimulou mais ainda para ler.É tão raro encontrar um romance assim,que a relação vai sendo construída aos poucos,que tudo vai se desenrolando devagar,um namoro mesmo ...Hum,parece que vou amar (mesmo ele não sendo Um homem imoral,né?kkkkk)*_*


Lizzy 15/07/2011minha estante
Dri, eu achei esse livro terno, romântico, tenho certeza que vc vai gostar também. Bjs


Gisele Melo 17/07/2011minha estante
hahaha.. Dri, você é uma figura! Definitivamente Emma Wildes é uma autora que não se deve deixar passar. Adorei a resenha Lizzy!


Semiramis 28/10/2011minha estante
Ai amiga, não vejo a hora de ler mais uma linda história!!!


Angelita 02/11/2011minha estante
Nossa Lizzy ainda bem que comprei então, fiquei tão curiosa que é o primeiro que estou lendo.

Bjos


Semiramis 26/02/2012minha estante
Muito bom esse romance Lizzy!
Amei mesmo. Só queria que Portugal tivesse publicado os outros pois, pelo que deu pra perceber é uma trilogia, dos três amigos. Ah, e será que teve o livro de John, o "verdadeiro imoral" dessa história?kkkkkk


Lizzy 26/02/2012minha estante
Semi, eu também achei esse livro bonito! Emma Wildes tem uma leitura romântica e sensual, sem maiores complexidades. Esse livro tem continuação em Um Erro Inconfessável, ambos da série Notorious Bachelors, que venham os próximos! Esse é o site dela http://www.emmawildes.com/bookshelf.shtml
Bjs


Lili 30/09/2015minha estante
Eu achei esse livro muito fofo!Poderia ter um pouco mais do namoro deles,mas pelo menos dessa vez o casal namorou antes de casar,nao que eu nao goste das historias em que o casal e obrigado a casar as pressas,seja por ter comprometido as mocas, ou eles precisam casar para receber heranca,mas e bom variar como nessa historia.Eles sao bem apaixonados e romanticos,adorei e adoro a Emma!!!!




8 encontrados | exibindo 1 a 8