44 cartas do mundo líquido moderno

44 cartas do mundo líquido moderno Zygmunt Bauman




Resenhas - 44 cartas do mundo líquido moderno


6 encontrados | exibindo 1 a 6


Eduardo 12/11/2011

Não tá muito líquido demais, não?
É um livro fascinante, provocativo e perturbador. Eu não tinha a dimensão da liquidez o mundo moderno em nosso cotidiano onde Bauman procura dissertar em suas cartas ou, como ele mesmo comentou na introdução deste livro, "um relato de viagem" sobre o mundo líquido na modernidade Contudo, há alguma coisa que fica no senso comum e/ou muito complexo o seu entendimento. Ademais, a sua leitura vale a pena.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Paulo 18/07/2015

O assustadoramente dinâmico mundo líquido moderno
O que mais me chamou a atenção foi o alerta sobre como nossos medos já naturais se potencializam nesse novo mundo feito de areia movediça e de como estamos já sendo cobrados pelo que ele demanda e não estavamos preparados a enfrentar. É hora de parar, analisar, somar-mos esforços para que tenhamos novamente um alicerce capaz de nos dar mais segurança.
comentários(0)comente



matlima 30/03/2016

Para entender o mundo à nossa volta
Livro de agradável leitura, que reúne pensamentos filosóficos com uma escrita estilosa e ao mesmo tempo simples.
Em seus 44 textos, o autor trata de temas comuns do nosso cotidiano, tais como a família, o amor e a internet, porém, com uma encantadora profundidade. Não entra na lista dos melhores que já li, mas merece 5 estrelas!
Joel Domingos 26/08/2016minha estante
Gostaria de saber qual seu livro favorito de Bauman, estou lendo as 44 cartas e concordo plenamente com teu comentário sobre a obra.




Sandrinha 30/01/2013

Em um breve comentário à carta 12, eu acredito que uma pessoa com 30 anos pode ter uma lista de elementos essencias à vida muito semelhante ao da primeira geração ( a geração "baby boomers" ). Afirmo também que os elementos de maior importância dessa lista não deveriam ser estudados tomando-se como base somente "as gerações". Há um leque de análises... É, também, uma questão de prioridades que cada país oferece (como saúde, educação, segurança), uma questão de valores familiares, uma questão pessoal , uma questão de experiências que cada ser humano tenha vivido, entre outros.
comentários(0)comente



eneida 11/07/2016

Um pouco além da minha capacidade de compreender, me senti muito por fora, estou na dúvida se o problema é o livro que é chato, fala muito e diz pouco, ou se sou. Eu que não tenho capacidade para entender.
comentários(0)comente



6 encontrados | exibindo 1 a 6