A Filha do Ferro

A Filha do Ferro Julie Kagawa




Resenhas - A Filha do Ferro


15 encontrados | exibindo 1 a 15


spoiler visualizar
comentários(0)comente



Nina @vicioseliteratura 31/05/2017

Meghan, foca no problema, por favor!
Este livro começa pouco tempo depois dos acontecimentos de O Rei do Ferro. Meghan conseguiu resgatar seu irmão com a ajuda do príncipe Winter, Ash, e acabou se apaixonando por ele no processo, mesmo sabendo que a relação entre membros da corte Summer e Winter eram extremamente proibidos. Agora Meghan é prisioneira na corte Winter, já que para resgatar se irmão ela fez um acordo com Ash, e era chegada a hora de cumpri-lo.

Após algum tempo na corte Unseelie esperando um veredito da rainha Mab, Meghan é pega de surpresa pelas atitudes grosseiras que Ash está tendo. Será que tudo o que haviam vivido ficou no passado?

Na passagem do verão para o inverno o rei Oberon vai a corte Winter entregar o Cetro das Estações para Mab, como manda a tradição para que o equilíbrio mágico permaneça. Porém os faeries iron, agora governados por um rei desconhecido, invadem Winter e roubam algo de muito valor, causando uma comoção gigantesca e fazendo as cortes se virarem uma contra a outra.
Agora apenas Meghan pode restaurar a paz entre as cortes, pois ninguém acredita que os faeries iron existem e a estão acusando de ser a ladra da história.
Posso dizer que o livro continua divertido. Com várias citações a personagens mitológicos (muitos desconhecidos para mim, e outros que já apareceram no primeiro livro), mas seja como for, para mim, a história se arrastou até os capítulos finais. Apesar de todo o agito e toda a ação eu não conseguia sentir vontade de continuar a ler! Não sei direito o que aconteceu.

No primeiro livro Meghan e tornou forte para poder resgatar seu irmão, mas neste segundo ela esta insuportável! Toda hora chorando pelos cantos por causa do Ash, ficando confusa não sabendo se amava Puck, mas logo então sentia remorso e ficava de “mimimi” por causa do Principe Winter... Para mim não deu! Esperava um livro focado na missão, como foi o outro, mas o foco de Meghan foi apenas em chorar pelo amor perdido. Eu também não estava muito no clima para romance, então isso pode ter afetado meu julgamento.

Para continuar a leitura visite o blog Vícios e Literatura

site: http://www.vicioseliteratura.com.br/2017/05/eu-li-filha-do-ferro.html
Caroline 04/01/2018minha estante
undefined




Sokolova 28/08/2016

A filha do ferro
Livro que envolve criatividade, romance, aventura e com uma pitada de divertimento. Não vi muita divulgação deste, e talvez este seja um dos motivos de muitos o desconhecerem. Acabei o descobrindo por acaso, e aprendi tanta coisa sobre mitologia que esse certamente vai ser um dos livros que voltarei a ler.
comentários(0)comente



Lanny 31/10/2015

Resenha em Progresso... Pronto
O que tem em comum as sagas ''A Maldição do Tigre'', ''Crepúsculo'' e essa?

*Pausa para que você tente responder*

A resposta que se segue pode conter spoilers...

As 3 sagas são estruturadas de forma parecida. Como? Um triângulo amoroso (Duh, a maioria das sagas tem, mas não é só isso)

AMDT - Ren, Kelsey, Kishan
Crepúsculo - Edward, Bella, Jacob
Saga do Ferro - Ash, Meghan, Puck

Mas vamos às maiores semelhanças.

1. A mocinha ama os rapazes de modo diferente: um é o amor incondicional, daqueles que somente livros mesmo tem, o outro é o melhor amigo que apesar dela não conseguir amar da mesma forma que o outro, ainda não consegue largar - eu particularmente acho isso o Ó. Piranhice total, beijar os caras e ficar ''Ai, eu amo X mas eu beijei Y e eu gostei''. ¬¬

2. Os rapazes em seus respectivos papéis de melhores amigos e amores tem personalidades parecidas: o amigo é alegre, brincalhão, totalmente irresponsável - no sentido de que não liga para as coisas -, e incapaz de fazer algo deliberadamente que machuque a mocinha, um bon vivant. O amor é sério, responsável e capaz de fazer os maiores sacrifícios em favor da amada, mesmo que isso signifique sacrificar o amor dos dois fazendo ambos sofrerem. Toma as decisões do relacionamento sem consultar a amada e muitas vezes a deixa no escuro em relação aos motivos de suas decisões. Essas decisões fazem muitas vezes com que a mocinha duvide dos sentimentos dele por ela e acabe nos braços do melhor amigo.

3. Essas atitudes de ambos personagens causa o chamado ''Divisão de Shipper'' ou a ''Criação de Teams'' (#TeamRen - #TeamEdward - #TeamAsh - meus teams) porque tem algumas meninas/mulheres que preferem a personalidade alegre do amigo e outras preferem os caras mais sérios. Aquelas que apoiam o amigo acabam se dando mal porque fica óbvio desde o início que o cara não tem nenhuma chance. Mas fala sério, se você estivesse dividida entre um cara que você ama loucamente e outro que te ama loucamente você abriria mão de sua felicidade para fazer a felicidade de outra pessoa? Se você respondeu sim a essa pergunta, meus parabéns, você é uma pessoa verdadeiramente altruísta.

4. No primeiro livro nós primeiro conhecemos a mocinha, depois conhecemos um dos rapazes e finalmente o outro (a ordem da apresentação varia), mas depois disso o melhor amigo some por qualquer motivo e o destaque do livro é o mais querido e o início do relacionamento dos dois, as confusões inicias da descoberta do amor, os obstáculos sendo colocados no caminho e grandes decisões em relação ao rumo do relacionamento. cada um dos 3 livros termina com o casal em diferentes estágios de relacionamento. Enquanto Edward e Bella assumem publicamente seu namoro indo ao baile, Ren e Kelsey estão separados por um oceano e Ash leva Meghan de volta para a Rainha Mab (sua mãe) como uma espécie de prisioneira. Já o segundo livro inverte os papéis fazendo com que o mocinho suma e o melhor amigo assuma um lugar de destaque e é aqui que os shippers/teams realmente se solidificam e me fazem não gostar do livro e lê-lo ''amarrada'' porque a ausência do amado da personagem principal me faz achar a leitura chata e arrastada, parece que não passa e eu ansiosa para que o cavaleiro de armadura brilhante volte logo e me tire desse sofrimento.

Bom, agora terminei de ler esse livro e espero que no terceiro não me venham com gracinhas para agradar shipper. Detesto isso.
comentários(0)comente



Andressa 26/10/2012

A Filha do Ferro é uma continuação à altura do primeiro livro, O Rei de Ferro, mas ainda sim não conseguiu o superar.

Meghan agora é prisioneira da Rainha Mab e, além de ter que lidar com os membros mais que gelados do território inimigo, teve seus poderes bloqueados pela Rainha Mab. Pra completar ela sofre pelo Príncipe Ash, que agora parece odiá-la. Os Encantados de Ferro agora tem um novo governante, que ainda possui o objetivo de acabar com as cortes de Verão e de Inverno, fazendo-os primeiramente guerrear uns contra os outros.

Neste livro Puck está mais imprevisível que nunca. E, por conta da devoção e fidelidade que o encantado parece nutrir por ela, Meghan vê seus sentimentos confusos por ele e pelo Príncipe Ash, que deixou claro que o amor que nutrem um pelo outro é proibido no mundo encantado. Particularmente, eu que não era muito fã do Puck no primeiro livro, passei a gostar bem mais dele neste último. A lealdade dele para com Meghan é inegável e, chega a doer saber que a Princesa precisa escolher entre ele e Ash.

Ash parece cruel, mas está muito perturbado com toda a situação. Sua atração por Meghan é inegável e, mesmo sabendo que ambos não podem continuar juntos, ele não consegue se manter afastado dos encantados da princesa por muito tempo. Esse livro está repleto de cenas de romance e muita ação!

A única parte do livro que não me agradou muito foram as constantes lutas no início do livro. Pra fazer qualquer coisa nesse mundo encantado é preciso travar uma luta e, mesmo conhecendo muitos personagens no primeiro livro, ainda nos sentimos meio perdidos em meio a tantos encantados diferentes! O que acabou me deixando confusa. A Meghan está um pouco chorona também, é verdade, caindo de amores por Ash sabendo que não podem ficar juntos. Mas eu simpatizo muito com ela e percebemos nesse livro como os poderes da princesa são bem maiores do que parece.

Enfim, a continuação é muito recomendada, apesar da confusão inicial que eu senti com tantos personagens, as batalhas finais e as cenas de romance são mais do que recompensadoras. Recomendado!

Andressa
www.umdiaacadalivro.blogspot.com
comentários(0)comente



Key 03/07/2012

Melhor que o primeiro!
Agora são 02:26 e graças a Deus eu estou de férias! Eu não consegui dormir antes de terminar esse livro.
Ele simplesmente supera o primeiro livro (que eu até havia gostado, mas fiquei com raiva em muitas partes) e envolve tanta ação e surpresa...

Bem, os personagens evoluíram muito também. Meghan está menos caipira, apesar de ainda ser aquele tipo de garota que eu odeio - ela continua caindo aos pés de Ash.
E eu preciso dizer que o meu personagem favorito continua sendo Puck?
Sim, o Ash me conquistou agora, e eu vi que ele é realmente legal, mas eu continuo sendo Team Puck (eu sei que a Meghan ficará com o Ash, é meio óbvio só pelo modo como acabou esse livro, mas não custa sonhar), o Puck é graça do livro, e se mostra tão doce com a Meghan que dá uma pena extrema dele.
Acho que na verdade, eu torço para que o Puck tenha um final mais feliz que o Ash, então se ele achar um faery para ele eu ficarei feliz também (:
Algumas coisas foram TÃO óbvias que eu quase ri quando estava certa, e a volta do Puck (que só pelo nome do capítulo eu já fiquei sabendo que ele voltaria) foi muito feliz para mim.

Bem, após ler livros menos românticos e com mais ação e morte (não que esse não tenha) eu estava precisando de um triângulo amoroso.

Beijos.
comentários(0)comente



Teri 28/06/2012

Ainda acho que o nome do livro deveria ser "A Odisseia"...
Tá, pra quem não sabe,
quando eu acabei de ler o primeiro livro, eu fiz um comentário sarcástico falando que o livro deveria se chamar "A Odisseia", por que toda hora, tipo, TODA hora mesmo(!), acontece um problema. Pra ser mais precisa,eu quero dizer: Merda.

Mas a diferença desse livro e do primeiro, é que nesse
as "merdas" são bem mais legais e excitantes.
Só tenho que dizer que as coisas que acontecem nesse livro são bem mais legais, e o resto vocês descobrem.. ^~

Ainda não sei de onde sai tanta criatividade, e ainda não paro de pensar que a Julie poderia fazer meus trabalhos de redação! ... =/

Então, esse livro (pelo menos eu achei), é bem mais cativante e toda hora eu queria ler ele...

E é nesse livro que o "Team Puck" fica triste pelo resto da vida porque.... =X ops! huahuahh vocês verão... =)

Entaum, só sei que quem não ficou muito animado com o primeiro (eu, como exemplo =D), acho que vai gostar muito mais desse. E quem amou o primeiro (minha irmã ¬¬), acho que vai explodir de felicidade! =D huahu

Pra finalizar, uma música que me lembra muito essa série é "Princess of China" do Coldplay... Não sei porque, só me lembra! =)

Enfim,
recomendado! =D
comentários(0)comente



Laisy 24/06/2012

O que tenho a falar deste livro? Maravilhoso!!! Quando terminei de ler Passagem para o Inverno corri pra ler A Filha do Ferro.

O descrevo como um livro surpreendente, cheio de ação e de tirar o fôlego. Definitivamente ele foi o melhor da série até agora.

Meghan é obrigada a voltar à Corte de Inverno por conta de um acordo que fez com o príncipe Ash, e como eu já havia dito na resenha de O Rei do Ferro, quando se faz um acordo com um ser encantado, você é obrigado à cumprí-lo, nem que para isso você tenha que morrer.

Quando chega à corte de Inverno, Meghan se torna prisioneira da Rainha de Inverno e acaba descobrindo que a pessoa em quem mais confiava e amava, agora a abandonara, sozinha. Seus sentimentos ficam em conflito quando um acontecimento inesperado ocorre na corte fazendo com que Verão e Inverno travem uma batalha entre si. Meghan fica totalmente limitada a fazer algo para ajudar enquanto está presa, e sabendo que os verdadeiros culpados pela guerra são os Encantados de Ferro.

A cada livro, temos uma idéia melhor do porquê os nomes dos livros, no caso deste, "A filha do Ferro". O livro tem uma história maravilhosa e se desenrola de uma maneira única, fazendo com que fiquemos presos ao livro querendo saber o que vai acontecer depois. O livro terminou de uma maneira que me deixou de queixo caído, literalmente, pois temos algumas revelações bem interessantes e esclarecedoras. Agora, preciso desesperadamente ler "A Rainha do Ferro", terceiro livro da saga, pois nele as coisas vão ficar muito interessantes.

O livro é fantástico e a maneira como a autora descreve os personagens e os lugares, te levam a acreditar que realmente exista o mundo Faery. E um detalhe gente: Que capa Linda!!! É uma mais linda que a outra!!!

Gostou da resenha? Ela também se encontra no blog Perdidas na Biblioteca. Lá, você também encontrará resenhas de vários outros livros. Fiquem a vontade para visitá-lo.
www.perdidasnabiblioteca.com
comentários(0)comente



Adri 21/04/2012

A Filha do Ferro (Os Encantados de Ferro #2)
Eu me apaixonei por essa série lendo o primeiro livro. Então, eu fiquei muito curiosa para ler o segundo, e saí correndo atrás dele para ler. O Rei do Ferro termina com a Meghan deixando o irmão em casa e seguindo com Ash para a Corte de Inverno. Tem um conto antes do segundo, que se chama Passagem para o Inverno, que conta, como o nome já diz, como é a ida deles pra lá.

A Filha do Ferro começa com a Meghan sonhando com o Rei Machina (e sim, é um pouco confuso, porque o livro não avisa que é um sonho, e sabendo o que acontece no primeiro livro, fica um pouquinho confuso). É acordada por Tiaothin, uma poukha, que a avisa que a rainha a está esperando. "Presa" na Corte Unsellie a um tempinho, Meghan já estava esperando um encontro com a rainha, mas isso não tornou tudo menos assustador.

A rainha Mab a odeia, mas isso ela já sabia. Ela a acusa de forçar o príncipe Ash, seu filho, a fazer um contrato que poderia ter acabado com a sua vida. Falar de Ash faz Meghan pensar em onde ele está, porque sumiu logo depois que a deixou na corte? Meg fala para a rainha sobre o Reino de Ferro, mas Mab não acredita nela, nem mesmo quando Ash aparece e confirma o que Meg disse. Porém, ele a despreza completamente, o que a faz quase começar a chorar na frente da rainha.

Isso faz Meghan começar a se perguntar se tudo aquilo que viveu com Ash foi real, ou foi apenas um jeito mais fácil de trazê-la com ele. Bom, acho que não dá pra falar muita coisa, senão eu acabo contando a história toda, mas para quem ainda não leu essa série, corra e leia, você não vai se arrepender.

Sobre os personagens, a Meghan não é burra, não é fraca, muito pelo contrário, ela sabe o que fazer quando precisa, é bem decidida, e é só um pouco lerda as vezes, mas quem não é? O Ash é perfeito, sou apaixonada por ele, e é só isso que eu vou dizer. Mas o Puck é meu preferido, eu amo ele demais, e, apesar de eu amar o Ash também, o Puck ultrapassou ele (e não, isso não quer dizer que eu torço pela Meghan e o Puck ficarem juntos, e nem que eu não torço).

Não gosto da Rainha Mab, nunca gostei, e acredito que nunca vá gostar. O mesmo vale para todos os outros reis e rainhas que existem nesse livro. Dos dois irmãos do Ash, um eu odeio, e o outro eu amo, mas eu não posso falar qual é qual. O irmãozinho da Meghan, o Ethan, continua a coisa mais fofa do mundo, e, apesar dele continuar a aparecer pouco, eu continuo amando ele demais rs. Por fim, eu não podia acabar sem falar do Grim. Apesar de continuar comparando ele com o gato de Alice no País das Maravilhas, eu adoro ele, acaba aparecendo quando menos se espera (e desaparecendo também). Tem muitos outros personagens importantes, mas não dá para falar quem são porque acaba sendo spoiler.

Eu não vou comentar a edição brasileira do livro, a da Underworld, porque, apesar de eu ter ela, eu não li o livro em português. E, como a maioria das pessoas não tem o livro em português, já que a editora sumiu, nem adianta. Meus comentários serão só sobre a capa do livro, que é linda, e muito bem feita.

Eu adoro essa série, e a recomendo sempre a todos os que gostam de histórias nesse estilo. Porém, está difícil de encontrar os livros e, mesmo conseguindo os primeiros dois livros, o resto não foi lançado aqui no Brasil. Então, eu recomendo a leitura para pessoas que leiam em inglês, porque, ao contrário, você só vai passar raiva sem poder ler o final da história, infelizmente.

site: http://stolenights.blogspot.com.br/2012/04/resenha-filha-do-ferro-julie-kagawa.html
comentários(0)comente



Veneella 12/04/2012

Mais em http://www.bookpetit.com/
Resenha Completa: http://www.bookpetit.com/2011/12/filha-do-ferro-iron-fey-2-julie-kagawa.html

(...)
O começo do livro me irritou um bocado, apesar de tudo o que Ash disse no livro anterior sobre as leis que impedem encantados de Verão e Inverno se apaixonarem e de todas as consequências, Meghan ainda assim age feito uma idiota.

(...)
Esse livro foi uma experiência bem diferente do primeiro. Ele tem bem mais ação e suspense que o anterior, e vem carregado de sentimentos e reviravoltas. O livro é mais focado na Meghan, as relações dela com outros personagens além do Príncipe Ash são melhor exploradas, outros personagens ganham espaço e novos influenciam e muito na trama. Alguns mistérios que ficaram pairando no primeiro livro são respondidos e novos se desenrolam, ficando para o próximo livro.

(...)
comentários(0)comente



Vanessa Vieira 22/02/2012

A Filha do Ferro_Julie Kagawa
Em A Filha do Ferro, segundo volume da série Os Encantados de Ferro, de Julie Kagawa, Meghan retorna à Faery para cumprir a promessa que fez ao príncipe Ash, se tornando prisioneira da Rainha do Inverno, Mab. O cetro das estações é misteriosamente roubado, o que pode gerar uma temível guerra entre os reinos do Inverno e do Verão. A Rainha Mab acusa Oberon de o ter furtado, mas Meghan sabe quem é o verdadeiro culpado.

Apesar de afirmar com todas as letras quem é o responsável pelo furto e qual é o seu intuito, Mab não acredita nas suas palavras, e acaba retirando os seus poderes de mestiça e a aprisionando em uma câmara de gelo. Ela é salva por quem menos esperava - o seu amado Ash - e juntamente com ele, Grimalkin e Rob partem em uma jornada alucinante para recuperar o cetro e estabelecer a paz em Faery.

Os perigos são iminentes nessa grande aventura. E o coração do príncipe gelado, como nunca visto antes desde a morte de Ariella, despertará para um novo sentimento... Ele relutará ou ouvirá o seu coração novamente?

A Filha do Ferro continua repleto de magia e aventura, assim como seu volume anterior, O Rei do Ferro. Só que desta vez podemos perceber como o romance é mais trabalhado pela autora. Ash finalmente está despindo a sua armadura, aos poucos e pacientemente, para a alegria de Meghan. Ele não corresponde os seus sentimentos 100% e na dose exata que ela quer, mas dá indícios de que isso está muito próximo de acontecer.

Ao longo da trama, um personagem vem a falecer, e por mais que ele não seja o mocinho da estória, é uma cena triste, já que ele estava correspondendo ao ideal de Meghan. A fantasia, mais uma vez, impera no doce enredo de Julie Kagawa, proporcionando uma excelente e prazerosa leitura. Vale a pena conferir!

http://newsnessa.blogspot.com/
comentários(0)comente



naniedias 30/01/2012

A Filha do Ferro, de Julie Kagawa
ATENÇÃO: Essa é a resenha do segundo livro da série. Se você ainda não leu o primeiro e não gosta de SPOILER, talvez não seja uma boa ideia ler essa resenha. A Nanie evita spoilers, mas como é uma série, não tem como não falar nada do que aconteceu anteriormente.

Sobre o livro:
Meghan está na corte de Inverno agora. Afinal de contas, ela tinha um acordo com o príncipe Ash. Ela é praticamente uma prisioneira e o princípe nunca está por perto... também, quando está, ele nem ao menos a trata como deveria. Parece que tudo o que aconteceu foi apenas um sonho.
E como se tudo já não estivesse ruim o suficiente, o cetro - que foi passado a Mab pelas mãos do próprio Oberon (numa tentativa frustrada de recuperar sua filha) - foi roubado. Meghan conseguiu matar Machina - mas os encantados de Ferro respondem a um novo rei e pegaram o cetro. Agora, Mab acha que foi roubada por Oberon e vai declarar guerra.
A única saída é Meggie pegar o cetro de volta para impedir uma guerra entre as cortes de Verão e Inverno.

O que eu achei do livro:
Julie Kagawa conseguiu manter todo o encanto de O Rei do Ferro na sequência A Filha do Ferro. Os personagens do primeiro livro voltam com tudo - encantando-nos com suas personalidades conflitantes.
Mais uma vez o enredo é maravilhoso - romance, aventura, mistérios, seres diferentes! Ah... e uma pitadinha de triângulo amoroso. Não vou entrar em detalhes sobre o caso, mas acho que a maioria já tinha um palpite do terceiro membro do triângulo. Confesso que isso não é algo de que eu goste, portanto, esse é o único motivo para eu não considerar o livro perfeito. Ainda assim, a história é maravilhosa - Meghan não sabe tudo o que poderia saber sobre os encantados, sobre como utilizaro glamour e como se sair bem nesse novo mundo - mas ainda assim, ela não é nenhuma mocinha indefesa - sempre dá um jeito de impôr sua vontade.
Nem preciso falar da beleza que é a edição da Underworld, né?! A capa é linda demais (é a mesma da versão americana do livro) e combina com o primeiro livro da série - adoro quando isso acontece! Por dentro, as páginas também são todas enfeitadas - o que deixa o livro muito bonito!
A Filha do Ferro é uma excelente continuação para O Rei do Ferro. Mal posso esperar para ler o terceiro livro dessa série que já me ganhou!

PS: Quando terminei o primeiro livro, fiquei tão empolgada com as criaturas que encontrei, que acabei criando um post com ela - clique aqui para ler esse post.http://naniedias.blogspot.com/2011/06/criaturas-do-livro-o-rei-do-ferro.html

PS2: O conto Passagem para o Inverno se passa entre o primeiro e o segundo livro, mas não é necessário lê-lo para entender a história de A Filha do Ferro.

PS3: Esse foi um dos livros que revisei para a Under! Então, se encontrarem problemas de revisão, me avisem para que eu possa entrar em contato com a editora (arrumando os erros na próxima edição).

Nota: 9
Dificuldade de Leitura: 6


Leia mais resenhas em http://naniedias.blogspot.com
Lorrine 28/05/2013minha estante
Nanie, achei vários errinhos na edição, mas não marquei as páginas. :/


naniedias 29/05/2013minha estante
Lorrine, obrigada por avisar.




AndyinhA 14/11/2011

Trecho de resenha do blog MON PETIT POISON

Meghan agora sabe que meio encantada. Sabe que o Nevernever é perigoso e barganhar com as fadas pode ter consequências desastrosas, mas o pior de tudo foi a descoberta do Reino do Ferro e seus encantados.

No final do livro 1 Meghan sabe que terá de cumprir o que prometeu para o príncipe Ash, por isso mais de 1/3 do livro se passa em Tir Na Nog, ou melhor na Corte do Inverno. Lá ela percebe a diferença de tratamento entre as duas cortes e para piorar tudo, os sentimentos dela por Ash só aumentam.

Durante a estada em Tir Na Nog, o Cetro das Estações é roubado e Verão e Inverno ameaçam entrar em guerra, mas Meghan e Ash sabem que a Corte do Ferro está de posse dele. E tudo que eles não querem agora é uma guerra entre cortes e ter de reviver o que ocorreu na Corte do Rei do Ferro.

Para saber mais > http://bit.ly/n6OFXb
comentários(0)comente



Thaís 02/11/2011

promessa e a levou para as terras de sua rainha. Lá ninguém liga para ela, nem sequer lembram dela. E o pior de tudo é que Ash parece fingir que ela não existe. Sofrendo mais do que nunca ela tem que fazer de tudo para sobreviver na gelada corte, e pior ainda, sobreviver a ira de Mab, a rainha da corte que não acredita na existência dos encantados de ferro, por mais que Meghan insista. Como se as coisas não pudessem ficar pior, o Cedro das estações é roubado pelos encantados de ferro na corte de inverno.

Agora, só Meghan tem o poder de descobrir quem roubou o Cedros das estações e impedir que uma guerra entre Verão e Inverno destrua o Nevernever.

Este livro é sensacional, bem melhor do que o primeiro. Agora que Meghan já conhece o mundo das fadas, e mais importante a existência dos encantados de ferro. No começo do livro ela esta presa e sem ter o que fazer na corte de inverno, ela esta sozinha e sofrendo pelo fato de Ash fingir que ela não existe. Esta parte é iremos dizer um pouco parada, principalemente pelo fato de que eu não suporto personagens que passam o livro sofrendo por meninos.

Mais em: http://divagandosobrearealidade.blogspot.com/2011/10/resenha-filha-do-ferro-de-julie-kagawa.html?utm_source=BP_recent
comentários(0)comente



Anderson 07/09/2011

A Filha do Ferro por Julie Kagawa ─ Postada em http://bit.ly/ol8HDR
Depois de ter lido O Rei do Ferro, o primeiro livro da série, admito que a escrita de Julie Kagawa, a sua narrativa, o modo de descrever os personagens me ganhou geral, e depois de ter terminado o primeiro volume, me vi em desespero pela sua continuação. Finalmente, a Editora Underworld lançou o segundo livro da sério Os Encantados de Ferro e eu o pude ler! Leia abaixo a minha opinião sobre o livro.

No primeiro livro da série, conhecemos o mundo encantado Nevernever, juntamente de seus incríveis personagens e criaturas. Em "O Rei do Ferro" Meghan faz uma promessa ao Príncipe do Inverno, Ash, e logo tem que cumpri-la. Meggie deve se entregar a rainha Mab, sem nem ao menos saber o que ela pretende fazer com ela, cumprindo o seu acordo, Meghan acaba ficando hospedada no território Unseelie. Um intercâmbio seria realizado entre o Rei Oberon e a Rainha Mab, onde o Rei da Corte Seelie, deveria passar o Cetro das Estações para a Rainha da Corte Unseelie, fazendo isso eles estariam fazendo a troca das estações passando de Verão para Outono. Porém (Sim, temos um porém na história) misteriosamente, o Cetro é roubado e os principais suspeitos da ação são Meghan junto de Ash. E para provar que os dois são inocentes, Meghan e Ash, com a ajuda de outros personagens, irão até o fim para provar o contrário.

O livro continua tão bom quanto o início da série, mas eu achei o primeiro melhor que o segundo, pois tem mais aventura, e eu adorei a participação do Machina no livro! A série com certeza já é um Must Read para mim, e eu não vejo a hora do lançamento de A Rainha do Ferro, pela Editora Underworld, principalmente depois daquele final emocionante, não posso esperar para saber a continuação da jornada de Meghan!
Daniela Tiemi 29/10/2011minha estante
Eu gostei mais deste segundo livro, pois achei mais romântico! kkkkkkk! Tô louca pela continuação, estou adorando a série!




15 encontrados | exibindo 1 a 15