Filhos do Éden

Filhos do Éden Eduardo Spohr
Eduardo Spohr
Eduardo Shpor




Resenhas - Herdeiros de Atlântida


234 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Gabriel.Mohamed 04/10/2019

Parabéns
História bastante envolvente com personagens cativantes.Poderia melhorar em outros pontos,tais como a parte explicativa de certos mitos e suas historia,sei que não entraria muito no desenvolment da historia mas seria mais fácil de se entregar e criar previsões do que vai acontecer na história,fazendo com que haja uma curiosidade ainda maior.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Alberto 09/08/2019

Danação
Finalmente consegui terminar esse... Foram anos de sofrência e luta. Não gostei de Filhos do Éden, mal escrito, enredo fraco, personagens sem carisma, excesso de clichês, erros de revisão e um narrador que se esforça para ser maçante.
Toda a empolgação de A Batalha do Apocalipse foi embora logo nas primeiras páginas deste... A primeira tentativa fora em 2011 e não foi além da página 150. Ano passado retirei o volume da estante e, mesmo com os defeitos que antes me gritaram, resolvi que chegaria ao fim... E cheguei, aos trancos e barrancos, à última página desse martírio.
Foi questão de honra, antes que me perguntem por que continuei.
Rafael.Moreira 06/10/2019minha estante
Tô na insistência tbm... tô na pag 265 e as coisas não acontecem O.o




@alephbookworm 08/06/2019

Ter a possibilidade de ver o universo expandido de Batalha do Apocalipse me deixou num frenesi só.

Já amava a história do anterior e também Ablon, não tive como não ficar arriado os 4 pneus por Kaira. A história é maravilhosa e tudo que aprendemos a mais do Universo expandido é simplesmente fantástico. Inclusive há um personagem delicioso que aparece e que me fez SURTAAAAR real! Não tem como não amar se você gostou de A batalha do Apocalipse.
comentários(0)comente



Pipper 15/05/2019

Muito bom
SINOPSE: ?Há uma guerra no céu. O confronto civil entre o Arcanjo Miguel e as tropas revolucionárias de seu irmão, Gabriel, devasta as sete camadas do paraíso. Com as legiões divididas, as fortalezas sitiadas, os generais estabeleceram um armistício na terra, uma trégua frágil e delicada, que pode desmoronar a qualquer instante.

 

Enquanto os querubins se enfrentam num embate de sangue e espadas, dois anjos são enviados ao mundo físico com a tarefa de resgatar Kaira, uma capitã dos exércitos rebeldes, desaparecida enquanto investigava uma suposta violação do tratado. A missão revelará as tramas de uma conspiração milenar, um plano que, se concluído, reverterá o equilíbrio de forças no céu e ameaçará toda vida humana na terra.

 

Ao lado de Denyel, um ex-espião em busca de anistia, os celestiais partirão em uma jornada através de cidades, selvas e mares, enfrentarão demônios e deuses, numa trilha que os levará às ruínas da maior nação terrena anterior ao dilúvio ? o reino perdido de Atlântida. ?

Bem, eu sou completamente apaixonada por livros com anjos e há algum tempo já tinha lido o livro A Batalha do Apocalipse escrita pelo mesmo autor de Filhos de Éden. O primeiro livro que li dele me deixou fascinada por tantas surpresas e pelos personagens F.A.N.T.Á.S.T.I.C.O.S, então tive a oportunidade de adquirir este exemplar de Herdeiros de Atlântida que está ambientado no mesmo cenário que A Batalha do Apocalipse, porém com personagens diferentes e com chance de descobrirmos mais sobre pontos vazios que ficaram.

As impressões dos primeiros capítulos foram muito boas, temos um mistério logo de cara, uma dupla completamente oposta, mas que se completa e posteriormente um anjo guerreiro extremamente humanizado.

O que eu mais gostei nesse livro foram os eventuais momentos históricos inseridos, como a Primeira Guerra mundial. Gostei principalmente de saber mais sobre o Arcanjo Gabriel e do Arcanjo Rafael que em A Batalha do Apocalipse não tem tanto protagonismo.

Eu recomendo o livro para quem gosta de ação e aventura, e uma futura batalha épica entre duas forças poderosas. Sugiro que comprem também a continuação: Anjos da Morte.
comentários(0)comente



Aria 05/05/2019

Me surpreendeu do começo ao fim
Quando comecei a ler já fui jogada para um universo paralelo, Mesmo com ele sendo ambientado no Brasil em muitas partes (com suas peculiaridades), eu me sentia em outro universo.
E fiquei tão feliz de um escritor brasileiro montar um universo tão incrível como é o de Filhos do Éden que nem sei descrever!
É um livro que te prende, te faz torcer, te faz rir, te faz lamentar, te faz sorrir, te faz querer saber mais e mais sobre os angelicais.
É maravilhoso e já quero ler o 2!
comentários(0)comente



Biblioteca Álvaro Guerra 18/04/2019

Autor do bestseller A Batalha do Apocalipse, o carioca Eduardo Spohr lança seu aguardado segundo romance Filhos do Éden: Herdeiros de Atlântida. Com mais de 145 mil exemplares de seu livro de estreia vendidos, o autor comprouve-se um fenômeno editorial por ter sido o único brasileiro presente por vários meses nas listas de mais vendidos do gênero ficção em 2010, revelando a força de consumo cultural de um segmento de jovens cada vez maior, comumente denominados nerds. Seu novo romance, um fascinante thriller de fantasia é o primeiro volume de uma saga que mistura História, romance e mitologia. Em meio a uma guerra no céu entre o arcanjo Miguel e os exércitos rebeldes do arcanjo Gabriel, dois anjos são enviados à Terra para encontrar Kaira, líder dos rebeldes há anos desaparecida. Vivendo no plano físico, a brava jovem luta para recuperar sua memória. Para encontrá-la os anjos vão contar ainda com ajuda de Denyel, um querubim exilado, que trabalhara como assassino das legiões inimigas, mas que hoje, solitário e desonrado, procura ser incorporado às fileiras rebeldes. Em paralelo, o leitor acompanha um terceiro personagem, conhecido como Primeiro Anjo, o líder dos sentinelas – poderosos agentes designados por Deus para, num passado remoto, instruir e proteger as primeiras tribos humanas. Punidos por se recusarem a tomar parte nas catástrofes antigas, os sentinelas agora buscam vingança.

Livro disponível para empréstimo nas Bibliotecas Municipais de São Paulo. De graça!

site: http://bibliotecacircula.prefeitura.sp.gov.br/pesquisa/isbn/9788576861416
comentários(0)comente



Priscila.Teles 28/01/2019

Ótimo!!
Um livro excelente de fácil leitura, com personagens incríveis. Ação é o que não falta rsrs

#Recomendo !
comentários(0)comente



Ab0rrecent3 25/01/2019

Filhos do Éden, Paraíso em pedaços de papel.
Fluidez do livro:

Foi o meu primeiro contato com o autor, e sem dúvida uma ótima primeira opção, a história em si é muito oscilante, em alguns momentos fiquei querendo que aquelas páginas acabassem logo, em outros nem mesmo as vi passar, por ser um livro de tamanho médio é uma grande vantagem a leitura decorrer de forma agradável, por ser narrado em terceira pessoa a explicação de determinados fenômenos e seres não reais ficou explícita é de fácil entendimento. Ao decorrer da história vários personagens possuem apelidos um tanto longos que demorei um pouco a me acostumar e em algumas vezes até cheguei a confundir, mas nada que atrapalhasse o andamento da história. Alguns capítulos ao redor da leitura não fazem parte da história principal mas ajudam no desenvolvimento do resto da história, e ja que se trata de um trilogia imagino que venham a continuar sendo úteis mais tarde.

Construção dos personagens:

O livro possui uma protagonista que em minha percepção é uma personagem muito bem construída durante a sua trajetória, já vi muitos relatos sobre má construção de personagens femininas em autores masculinos, porém, aqui eu creio que a personagem junto com sua personalidade e seu gênero formam uma ótima combinação. Não é uma personagem que eu me identifiquei por completo logo no início da leitura, não realizaria tais falas e ações como as dela se estivesse na mesma situação, entretanto isso não dificultou a leitura, a protagonista não irritante, e não há desenvolvimento de contrição da personagem, já que o objetivo dela é a busca por achar a si mesma. Seus companheiros de aventura e amigos também são bem trabalhados durante a leitura, suas personalidades ficam bem visíveis ao decorrer da leitura, Seus objetivos são perceptíveis e de fácil imaginação. A característica dos personagens não possui contradição o autor se atentou sempre a um personagem ser sempre ele a visão de nós leitores e a dos outros personagens. Os vilões é inimigos conforme o livro, não tem muita descrição de aspecto psicológico não é dado ao leitor durante o livro motivos aos quais os vilões são vilões, durante boa parte da história eles são simplesmente atribuídos a serem mais, por seguirem ordens do vilão da vez, não há aprofundamento da personalidade dos vilões, eu sinceramente não senti tanta falta disso, pois o livro não retrata os vilões como algo que precisa ser necessariamente trabalhado e bem construído além do papel de vilão, que eles executam muito bem.

Desenvolvimento da trama:

A narração começa a girar entorno de um objetivo maior que é questionado pelos personagens em derivados momentos da leitura, esse questionamento ajuda a "humanizar" os personagens e é um ponto positivo, a história me prendeu pois a cada final de capítulo eu queria saber mais, já que a maioria deles não terminavam em conclusão, os capítulos por si só são curtos a maioria não ocupa mais de 3 folhas, e durante a história você percebe que os capítulos pequenos fazem diferença, já que facilita no entendimento de pequenos acontecimentos que estão girando entorno de um acontecimento maior. O problema central da trama não chega nem perto de ser concluído, imagino que por se tratar se uma trilogia é tudo deve seguir uma sequência. Porém até o final do livro muitos questionamentos levantados pelos personagens, pela história e pela leitura são respondidos. A trama é muito bem construída e tem potêncial para ser trabalhada em muitos outros livros, eu adoraria ver livros extras sobre esse universo, pena que não cabe a mim decidir escrever. Eu sugiro a leitura desse livro, para melhores percepções sobre toda a história.
comentários(0)comente



Igor.Rodrigues 05/01/2019

Ótima trilogia
O livro não é uma sequência direta do "A batalha do Apocalipse" livro esse que deu origem a essa trilogia filhos do Éden, temos menções a alguns personagens mas não espere que seja uma continuação, na verdade, o livro começa de forma que você acha que não irá rolar a leitura, bem massante, mas, logo em alguns capítulos você fica preso, sente medo dos seus personagens morrerem e etc, é uma trilogia de um autor brasileiro excelente.
comentários(0)comente



Tchesco Marcondes 26/12/2018

Leitura interessante.
Gostei da forma que o autor encaixou os sentimentos humanos nos seres celestiais. Muita ação com desfechos que me surpreenderam. Recomendo.
comentários(0)comente



Paulinho.LordhAric 29/11/2018

Achei bem mais fraco do que a Batalha do Apocalipse
comentários(0)comente



Sara 22/10/2018

Resenha
Apesar de estar repleto de informações novas, o que já é esperado por se tratar do primeiro livro de uma sequência, a trama é boa e o autor costuma relembrar aquela coisa que é importante para determinada cena e que o leitor possa ter esquecido.
E, mesmo a história não se aprofundando nos personagens é possível se envolver (tanto que até fiquei com raiva de uma outra coisa que aconteceu com meu personagem favorito).
comentários(0)comente



Giulinha 13/10/2018

Um livro que me deixou confusa
Logo quando li a sinopse desse livro me bateu muita curiosidade, pois, além de eu amar histórias de anjos é demônios, estou tentando embarcar mais em ficção.
Porém logo nas 30 primeiras páginas fiquei confusa, pois começaram a surgir vários personagens de uma só vez, mas graças ao apêndice, pude entender melhor eles é cada papel de na história. Muitas coisas ficaram mal explicadas é outras bem confusas, mas espero que nos outros livro isso mude. Eu lhe daria 5 estrelas mas a escrita dele é bastante cansativa, admito. Não estou julgando por se tratar de um autor brasileiro, aproposito, existe autores nacionais que são incríveis, só não gostei muito da forma de escrever dele. Pretendo sim continuar lendo essa série, por que final deixou muito um gostinho "de quero mais".
comentários(0)comente



Raphael 03/09/2018

Um belo livro do Eduardo, mesmo universo da Batalha do Apocalipse, mas essa é com personagens "menores", mas adorei esse livro.
comentários(0)comente



234 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |