O livre arbítrio

O livre arbítrio Arthur Schopenhauer




Resenhas - O livre arbítrio


4 encontrados | exibindo 1 a 4


Vanessa 05/04/2015

Bom
Livro bom mas muito cansativo, se tiver coragem de ler até o final kkkkk mas muito legal a visão dele.
sid 02/04/2016minha estante
Com efeito, tudo é permitido se Deus não existe, fica o homem, por conseguinte, abandonado, já que não encontra em si, nem fora de si, uma possibilidade a que se apegue. Antes de mais nada, não há desculpas para ele." (Sartre, J. P. O existencialismo é um humanismo. Lisboa, Presença, s/d, p. 226)

Segundo essa linha de raciocínio, o homem está entregue à própria sorte. Ninguém virá salvá-lo. É livre e ao mesmo tempo escravo dessa liberdade. A questão filosófica em torno dessa suposta liberdade que coloca o homem como capitão do seu próprio destino tem sido motivo de muita controvérsia através da sucessão ininterrupta de escolas que pretendem dar as diretrizes para cada era.
Sartre.

Se entregamos a livre escolha nas mãos de Deus, estamos automaticamente se livrando aquilo que é realmente seu por direito ( o livre arbítrio ) do mal estar e culpando o outro pelo fracasso.
Como diazia Schopenhauer Muitas vezes, dizer que a vontade é livre significa simplesmente dizer ?eu posso fazer o que eu quero?, ter livre arbítrio em sentido forte não significa simplesmente poder fazer aquilo que se tem vontade ? pois isto é evidentemente possível ?, mas sim saber se a própria vontade é determinada ou não por algo exterior a ela.
Assim como Sartre O homem é condenado a ser livre, porque depois de atirado neste mundo torna-se responsável por tudo que faz.




Braguinha 01/04/2014

Para intelectuais
Um livro de filosofia de dois expoentes do gênero. Um versa sobre a loucura, o outro sobre o livre arbítrio de que são dotados os seres humanos. Só não é melhor porque a linguagem é truncada tecnicamente, não adaptada para os leigos e iniciantes, sendo assim pouco atrativa. Na capa da edição que li, uma ilustração do Porto de Roterdã, Holanda.
comentários(0)comente



Ivens 05/01/2012

Obrigado Schopenhauer por me dar a paz e tranquilidade que preciso. Sua Kabala materialista me trouxe de volta o sentido da vida, da essência do mundo e a minha própria. Não te recomendo para ninguém, eles é que devem te achar se e quando estiverem prontos.
comentários(0)comente



HARRY BOSCH 26/12/2011

livre-arbitrio
Achei interessante o estudo apresentado sobre o livre arbitrio,que nos faz refletir sobre nossa liberdade de expressao e pensamentos.
O autor ainda faz alguns apontamentos interessantes sobre o processo evolutivo do ser-humano.
comentários(0)comente



4 encontrados | exibindo 1 a 4