Infinito

Infinito Alyson Noël




Resenhas - Infinito


144 encontrados | exibindo 31 a 46
3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 |


Nina 14/02/2017

Meia boca
Não havia necessidade alguma de seis livros.... jesus quase que desisto no meio do caminho... tiveram muitos que foram só enrolação ... se fossem três livros já seria mais que suficiente.... esse último como um todo foi bom ... nada de muito surpreendente ... mas não foi ruim de um todo...
Priscila.Teles 03/05/2017minha estante
Quase desistia kkkkk kkkk


Nina 05/05/2017minha estante
Te entendo kkkkk


Priscila.Teles 23/05/2017minha estante
Rsrsrs




Boo 05/02/2017

Ah, o fim...
Depois de um longo tempo de demora, eu enfim acabei esta série. Não tenho críticas a fazer o que é surpreendente porque por mais que meu tipo de leitura não seja focado nestes livros “teen”, eu sou apaixonada pela loucura desta saga. Ela é cativante e ao ler os livros não tem como não se encantar pelos personagens (vai me dizer que o perfeito Damen não lhe chama a atenção?).
De toda forma, o último livro da saga é muito bom, contudo o final deste e a escolha que o casal de personagens toma, meio que me deixa com uma pequena vontade de bater neles. Fora isso, super recomendo. Uma dose de leitura assim de vez em quando, não mata né?
comentários(0)comente



Thaís 21/01/2017

"Infinito - The Immortals, Alyson Noël"
Finalmente chegamos ao último volume! A série várias vezes nos faz pensar em parar a leitura, mas a história de Damen e Ever me encantou tanto que tive que continuar. Nesse livro, os dois estão mais maduros e precisam novamente correr riscos para saberem a verdade por trás do passado, a certeza se podem ou não ficar juntos. E depois do primeiro livro, Infinito é o que eu mais gostei da série!

"O passado é apenas isso: passado. Já foi. Não há por que voltar a ele. Prefiro me concentrar no presente, no agora, neste momento."

Nesse volume Ever está em busca do antídoto do veneno que os separam, e em meio a isso descobrem um lugar pantanoso perdido em Summerland que realmente te da arrepios. E a mulher que aparece por lá também te deixa inquieta, como suas misteriosas mensagens.
Em busca da única coisa que parece realmente acabar com seus problemas, Ever se vê em uma missão perigosa num lugar desconhecido. Tudo depende dela.

"Minha alma gêmea.
Ele e só ele por toda a eternidade."

Você realmente se prende mais nesse livro, depois de toda enrolação nos anteriores. Agora é tudo ou nada e o amor deles te conduz para o desfecho que eu realmente gostei, na série. Tudo bem que a Ever é uma mala as vezes, mas você não consegue não shippar o casal (alguém aí consegue?). É uma série que eu realmente gostei de ter lido, espero até hoje o filme que dizem que ainda vai sair, mas não leria de novo por ser cansativo. Ainda assim, recomendo se você gosta do estilo de romance impossível, poderes paranormais e vidas passadas :)

site: http://rascunhosaraujo.blogspot.com.br/2017/01/resenha-infinito-os-imortais-alyson-noel.html
Regi 04/02/2017minha estante
undefined




Marci 11/11/2016

Depois de tantas escolhas erradas, Ever finalmente acerta..


O final é surpreendente, inimaginável.
Acho que a autora teve uma sacada ótima para reverter toda a situação enrolada que ela acabou criando nos livros anteriores.

Eu gostei da coleção, sério, adorei!
Mas não posso deixar de concordar que, se não fossem as enrolações, 3 livros cumpririam muito bem a história.

comentários(0)comente



miny 30/08/2016

livro ótimo!
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Júlia Raquel 06/07/2016

Belo final.
[Pode conter SPOILER dos livros anteriores]

Infinito é sexto e último livro da série Os Imortais, de Alyson Noël. A obra me surpreendeu do começo ao fim, tanto que devorei em dois dias.

Após derrotar todos os seus inimigos, nosso casal começa uma jornada para tentar se livrar do veneno no corpo de Damen. A busca, porém, leva-os a novas descobertas, as profundezas de Summerland.

Diante da verdade, Ever é convidada a fazer uma jornada pessoal que poderá reverter o carma que pairava sobre as vidas dela e de seu amado, e esta foi certamente a melhor parte do livro. Eles descobrirão a origem de seu relacionamento e que o destino tem motivos para mantê-los separados.

Seu futuro irá depender de uma decisão de ambos, que poderá colocar em risco a vida como eles até então conheceram. Inclusive sua eternidade.

Nossa protagonista conseguiu evoluir ainda mais do que no livro anterior. Passando-nos uma mensagem muito bonita e me deixando com vontade de ser igual a ela. Ter a capacidade de perdoar inimigos, de ver o melhor nas pessoas e acreditar que as mesmas podem se redimir.

A autora entregou um final inesperado e surpreendente, além de uma bela reflexão do que realmente é a imortalidade. É uma série que tem um pedacinho no meu coração, pois foi a mesma que me apresentou ao mundo dos livros.

“E a julgar pela sua expressão fica claro que ele sente o mesmo. Posso dizer pelo jeito como ele para na soleira da porta e eleva a tocha, permitindo que a luz se derrame sobre mim. Permitindo que seus olhos me devorem. Posso ver, por sua reação mais forte, pelo maxilar que se enrijece e pelo olhar perturbado de desejo, que exercemos o mesmo efeito um sobre o outro.”

Um breve comentário sobre a série: de fato o terceiro e quarto livro da série são os mais chatos, que se arrastam muito, porém o restante é maravilhoso. Para quem abandonou indico que retome a leitura e quem se interessou procure se informar mais sobre a obra, pois adianto que vale a pena a leitura. Não são os melhores livros do mundo, mas também não ficam com a posição dos piores.


site: https://www.instagram.com/lunaliteraria/
comentários(0)comente



Carol 19/06/2016

Infinito (Os Imortais - livro 5) - Um lindo final
E finalmente chegamos ao final dessa saga. Finalmente descobrimos a VERDADEIRA origem do amor de Ever e Damen (se você acha que já sabe, está enganado, a autora guardou uma surpresa pro último livro) e com isso, finalmente descobrimos por quê eles nunca conseguiam ficar juntos - não, não era só porque a autora queria rsrs - , tinha um motivo muito profundo por trás.

Sem Roman, Drina e Haven no caminho, neste livro Ever conseguiu finalmente fazer a jornada de auto descoberta necessária para reverter o carma pesado que pairava sobre as vidas dela e de Damen. A autora encheu linguiça a saga inteira para resolver tudo em um livro só, e finalmente todas as pontas soltas se encaixaram. Fiquei surpresa como tanta coisa aconteceu em apenas 240 páginas, sem dar a impressão que o livro estava corrido, escrito de qualquer jeito pela autora para concluir a saga logo (impressão totalmente contrária a que tive quando li Heaven, o último da saga Halo).

A jornada de Ever foi longa, árdua, surpreendente e emocionante. Cada acontecimento levava a outro enquanto eu ficava ansiando pelo esperado final feliz que parecia que nunca ia chegar, mas ele foi ainda melhor do que eu esperava.

Resumo da saga:
1º livro: bom, porém repetitivo
2º livro: melhorou MUITO em termos de qualidade de escrita
3º livro: a entrada de Jude era pra ter dado uma apimentada na história, o objetivo de um personagem novo costuma ser esse, mas a escrita ficou muito fraca
4º livro: extremamente maçante, tudo dava errado, deprimente até a última página
5º livro: novamente a escrita melhorou de qualidade, me prendeu do início ao fim
6º livro: um final com chave de outro. Alyson Noël me decepcionou e me irritou no começo, mas conseguiu me fazer ler a saga toda e eu digo: vale a pena.
comentários(0)comente



Ingridy Fontana 14/06/2016

Finalmente descobrindo a verdade no final
Após tanto batalhar para se livrarem dos inimigos perigosos que eram os outros imortais, Ever e Damen precisam passar por novas provações para ficarem juntos e decidir definitivamente seu futuro.
A velha louca que habita o lado negro de Summerland, após muita relutância de Damen, lhes dá a missão de libertá-la. Como? Descobrindo mais sobre seu passado e o porque de ficarem separados.
Ever se joga de cabeça na jornada para sua primeira vida, aquela na qual nem mesmo Damen conhecia, onde onde o amor deles desafiou barreiras, cruzou o caminho de pessoas que hoje são todos com os quais eles tiveram desavenças, fazendo todos entenderam o porque da história se repetir em todas as encarnações deles e o porque de Damen nunca salvar Ever da morte iminente e trágica.
Os próximos passos eram viajar pelas terras distantes de Summerland, que exigiam persistência e coragem, tendo em mente o que se deseja. Indo pelo Rio do Esquecimento que apaga a memória da alma a próxima encarnação e parando em um deserto de sol escaldante, tudo para descobrir a verdade sobre eles.
Ever persiste e vence brilhantemente os desafios, viajando sozinha por lugares incríveis que apenas poucos passariam, descobrindo a verdade e o segredo da velha que se denomina Lótus, libertando os que foram aprisionados para a eternidade, conseguindo também a receita para o elixir que contém o antídoto do antídoto e, por fim, voltando e descobrindo as mudanças no plano terreno ocorridas com seus conhecidos e fazendo uma escolha difícil, que mudará o seu destino nesta vida, dependendo da escolha de Damen em apoiá-la e seguir ao seu lado ou simplesmente seguir como está.
comentários(0)comente



ntampinha 09/04/2016

Não morro de amores por esta série, apesar de estar lendo-a até o final. Por este motivo, comecei a ler Infinito sem muita expectativa e sinceramente, achei que o fechamento da série seria babaca, mas ele me surpreendeu de um jeito bem positivo...

Como dito na sinopse, Damen e Ever seguem numa jornada pelo antídoto, mas ao invés disso entram numa jornada de autoconhecimento. Aqui, Ever e Damen também tem a oportunidade de acabar com a lama que se espalha por Summerland, mas depois do sonho que Ever tem com os cubos de vidro, confesso que já tinha descoberto "como" isso iria acontecer antes mesmo dessa parte chegar... Ao fim da jornada, o casal descobre a dolorosa verdade de que o universo tem motivos para mantê-los separados e junto com eles, pude tomar ciência do motivo dessa tal conspiração e confesso que gostei, achei-o bem lógico e bastante realista.

Diante da verdade, Ever é convidada a fazer uma jornada pessoal que poderia colocar fim àquele poderoso carma que seguia seu amor com Damen, que poderia finalmente colocar o universo em harmonia com eles e esta foi certamente a melhor parte do livro... A jornada de Ever foi bem emocionante em todos os sentidos, tanto pelo aprendizado profundo que ela adquiriu, quanto pelas descrições dos acontecimentos que eram realmente surreais, dignos de Summerland.

Ever evoluiu de uma forma muito bonita, passei a gostar bem mais dela neste final. Damen foi ridículo o livro todo, reclamou o tempo todo (garoto chato), queria impedir Ever de fazer a jornada e ao ver que não iria conseguir impedi-la, resolveu segui-la. Depois admitiu que a jornada de autoconhecimento foi necessária e útil para entender o que se passava entre eles, mas logo voltou a bancar o chato e querer impedir a menina de seguir em sua jornada pessoal...

Dos outros personagens, gostei mais de Lótus, pois foi a que mais marcou presença e significou alguma coisa. Achei que os dois últimos capítulos do livro foram bobinhos e desnecessários, mas o final me agradou bastante, mesmo sendo bem previsível.
Curti a finalização da maioria dos personagens, com exceção de Jude, que apesar de (ser obrigado a) seguir em frente, não teve o final que eu achei que merecia. Ele era um bom personagem, um bom rapaz e acredito que podia ter tido um final bem melhor do que ficar se martirizando por não ter ficado com Ever e tentando esquecê-la.

>>> Opinião Final: Livro ótimo, muito lindo e com acontecimentos bem legais. Achei que iria me decepcionar, mas me surpreendeu de forma bem positiva!
>>> Opinião Final da Série: Não gostei! Apesar da finalização bonita e da bomba de adrenalina que tomei em Chama Negra, os dois livros não foram suficientes para salvar a série toda. Não pretendo colocar a autora em minha lista de leitura novamente...
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Marci 11/11/2016minha estante
Arrasou na resenha! ;)




Andre | Garotos Perdidos 22/10/2015

Somos todos Imortais
Neste último livro da série Os Imortais, Ever, Damen e Jude vão descobrir mais sobre o passado deles e perceber porque Ever e Damen nunca conseguiram ficar juntos. Sempre aparece algum vilão, uma paixão do passado ou um veneno para atrapalhar. Ever decide fazer uma viagem espiritual para acabar com o seu carma e com o de Damen para que possam ser felizes juntos. Este livro é o mais espiritual de todos da série, pois trata de vidas passadas e carma. Apesar do final bonitinho e de algumas passagens que fazem a gente refletir, a história é mediana. Não empolga. Vale a pena ler a série como um todo, mas apenas como passatempo.
comentários(0)comente



priscila.wenzel 08/10/2015

Adorei ^^
Bom como eu li esse livro há bastante tempo e vou fazer uma resenha geral da história aqui. Acho que no final do 6 livros o saldo é positivo, já que é uma história muito bonita que fala de amor, de amadurecimento, de superação e de reencarnações.

Pra quem como eu tem um pezinho no espiritismo, acredita em reencarnação e amores de outras vidas você vai adorar o livro. Ele fala também sobre chakras, equilíbrio de chakras que podem, entre aspas, definir você, deixar mais forte e mais fraco, propenso a atitudes boas ou ruins. Acho que são dois temas bem interessantes que você vai encontrar no livro e que pra quem gosta do assunto vai curtir bastante.

Todos os livros falam da história de amor de Ever e Damen, os dois se conheceram na escola no primeiro livro e aí a gente descobre que o Damen a várias vidas procura pela Ever, pra quem chegou até o último livro vai entender do que eu tô falando e quem não leu nenhum tem que voltar lá no começo da história pra entender. Mas o que eu queria deixar aqui é que eu gostei bastante do foi do amadurecimento da Ever, várias vezes ela me fez perder a paciência, mas acho que no final ela se mostrou uma mocinha bastante madura bem decidida com que ela queria. Todas as coisas que ela faz é pra ficar com Damen, alguns erros que ela comece tentando acertar é pra ficar com ele e acho que esse é um dos pontos legais da história.

Eu curti bastante o final achei que a autora teve uma sacada muito legal de fazer o que ela fez, não era o final que eu queria, mas pelo menos os dois ficaram juntos aprenderam com todos os erros deles e dá a entender que eles vão seguir adiante agora mais maduros como casal, mais maduros com pessoas e que eles conseguiram superar todos os carmas que diziam estar trazendo das outras vidas deles, que acreditem, foram muitas. Damen nem tanto, mas a Ever...

Bom acho que eu tinha pra falar do geral é sério. Se eu ficar contando muita coisa posso acabar dando spoiler pra quem não conhece ou leu o último livro, mas recomendo a história. É muito bonita, fala de amores de outras vidas o que eu acredito em partes, fala de reencarnação essas coisas. Apesar de ter alguns pontos que eu achei que é meio impossível de você conseguir fazer, mas no geral está muito boa.

Damen é lindo e mesmo que alguns momentos ele esteja meio estranho e você fique com raiva dele como no livro 2 ele é muito fofo, muito apaixonado pela Ever, tudo que ele faz é por causa dela. Achei um romance diferente do que a gente vê abordado com frequência. O espiritualismo, o tema amor de outras vidas, reencarnação essas coisas eu acho que são os pontos-chave que vai fazer você gostar bastante da história e que da o diferencial à ela.

Só posso dizer pra vocês lerem os livros e que se quiserem deixar comentários sobre o que vocês acharam, fiquem a vontade eu vou achar bem legal e vou responder todos eles.

A autora merece nota 9 não vou dar 10 porque o final do último livro não foi como eu queria.
Ah e um adendo: acho que depois de ler essa saga, vocês vão se apaixonar pelas Tulipas
comentários(0)comente



Tauan 22/09/2015

Foge do padrão
É o último livro da série, e provavelmente o mais difícil de se descrever.

Portanto, não vou falar muito sobre ele.
Ever enfrenta duas jornadas, faz descobertas com potencial de muda e tudo, toma decisões inesperadas, resolve problemas antigos, enfim, tudo o que tem que ser feito para se concluir a história dela e Damen.
O livro na verdade é turbilhão de acontecimentos e reviravoltas que tentam atar todos os nós.
É realmente muito bom, mas para descobrir mais, tem que ler e "viver" com ever (e Adelina) todas as experiências.

Pena que acabou.

site: http://pausaparaaleitura.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



144 encontrados | exibindo 31 a 46
3 | 4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 |