Encontrar você

Encontrar você Marc Levy




Resenhas - Encontrar você


20 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Krous 14/12/2018

Não sei que ideia de jerico foi a minha de colocar este livro na meta de leitura, mas meu lapso não é nada diante da falta de discernimento de Marc Levy de escrever essa continuação horrorosa, da editora publicar e de alguma editora brasileira comprar os direitos, traduzir e macular as estantes das livrarias com esta BOSTA!!!

Essa leitura estragou a alegria que sentia após ler "Miss Brontë".

Durante a leitura eu só conseguia pensar que para eu chamar este livro de merda ele ainda teria que melhorar muito.

Mas vamos falar da história: horrível,fraca e mal contada. Marc Levy estragou um lindo romance com personagens fofos e cativantes a troco de nada. Juro que espero que esta sequência desatrosa tenha fracassado nas vendas. Sinto que o autor deveria me indenizar. Isso que li foi um crime contra meus olhos e o esforço dos meus pais em me alfabetizar.

A história é narrada em terceira pessoa e cada parágrafo revela a rotina de Arthur e Lauren após ela acordar do coma. Ele está morrendo de amores por ela e sofrendo porque fez uma promessa à mãe de Lauren (ou isso foi o que entendi) de não procurá-la. Sei lá por que razão. Mas se Arthur tivesse alguma coisa com que ocupar, ele certamente não estaria nessa fossa.
Que é o caso de Lauren. Com uma rotina atribulada como médica de um hospital,ela mal tem tempo para si. E nos poucos momentos de ócio é que se pergunta quem era o homem misterioso que passou 15 dias do lado do leito dela no hospital e que ninguém do seu círculo social parece conhecer ou dizer quem é.


Os tais parágrafos alternando a vida dos dois nos mostra que os dois quase se esbarram várias vezes na cidade de São Francisco. Ah, se ele tivesse virado à esquerda naquele rua; ah, se ela tivesse ido alugar um filme naquele final de semana... e por aí vai. Mas tudo é contado de um jeito tão frio que mal tinha chegado ao capítulo 4 e estava entediada.

Os dois acabam se reencontrando e o que estava um porre virou uma palhaçada sem fim porque Arthur se recusava a dizer a Lauren quem era, ela não o reconheceu e ele proibiu seu amigo se contar à verdade a ela. SABE-SE LÁ POR QUÊ!!!

E o livro é isso. Uma embromação sem fim contada de maneira piegas e fraca sobre dois personagens sem sal nenhum. Marc Levy estragou tudo o que criou no livro anterior e eu queria saber a razão.

Pra piorar,a edição que eu tinha foi traduzida em português de Portugal e ainda por cima contava com muitos erros de revisão. Sério, uma joça completa este livro.
Goncalves 10/01/2019minha estante
Hm..pode me dizer se eles ficam juntos no final????




Mayhara 23/10/2017

Amei. O autor contiinuou no mesmo estilo do primeiro, embora agora o enfoque seja na Lauren.
Continua sendo leve e fofo.

Ameeei as passagens em que ele descreveu os procedimentos médicos. Tbm gostei dele ter trazido de volta alguns personagens secundários.

Só achei que ele podia ter desenvolvido um pouco melhor o final.

Super gostoso de ler, assim como o primeiro.
comentários(0)comente



Renata 13/06/2015

Encontrar você - Marc Levy
O livro começa alguns meses depois do fim de E se fosse verdade. Lauren retornou a sua vida normal sem fazer ideia de quem fosse Arthur.
Depois que Lauren acordou, sua família e os médicos, resolveram não contar nada nem sobre Arthur nem sobre desligar os aparelhos. Mas o ninguém é capaz de mudar o destino.

Arthur não consegue esquecer Lauren por mais que tente e com isso vive totalmente no mundo da lua. Graças a isso acaba sofrendo um acidente que faz com que ele e Lauren se encontrem novamente.

Se a vida oferecesse uma segunda chance aos dois, será que, apesar de todos os riscos, eles saberiam aproveitá-la?
Recomendo muito os dois livros. Ambos contém uma história leve, maravilhosa e super bem escrita
comentários(0)comente



Drica 24/08/2013


... e a continuação foi melhor ainda...


..."O que vou contar não é fácil de entender, é impossível de aceitar, mas se quiser ouvir a minha história, se quiser confiar em mim, então talvez, acabe acreditando, e isso é muito importante porque, agora eu sei, você é a única pessoa no mundo com quem eu posso compartilhar esse segredo."


Adorei a história de Arthur e Lauren, que teve seu início em "E se fosse verdade". A escrita de Marc Levy é única. Sou fã...

Recomendadíssimo!
comentários(0)comente



Adriana 01/10/2012

Continuação
Para quem espera algo meloso e óbvio esse romance vai surpreender.
Como a leitura de autor é leve, fica bem facíl de ler e de divertir.
comentários(0)comente



Priscilla 12/09/2012

Encontrar Você
Ahhh continuações quando bem dosadas vocês são simplesmente uma opção divina, em Encontrar Você eu consegui costurar todas as pontas soltas que o E se fosse verdade ... me deixou com aquele final, a linha de raciocínio do modo de escrita desse livro com certeza consegue superar a do seu antecessor pois não desgasta a leitura em ponto alguma com narrativas longas, além de não ter aquele acúmulos de apresentações de personagens e lugares. A volta do casal "sobrenatural", Lauren e Arthur nos leva ao cenário de Grey's Anatomy (digo isso sem medo de errar pois quem conhece a serie com certeza vai concordar comigo) adicionando mais motivos favoráveis para minha completa paixão pela história onde Arthur espera desesperadamente que Lauren o reconheça depois de todo o ocorrido com o casal no primeiro livro, enfim eu super recomendo esse livro que apesar do titulo indicar ser mais um romance pegajoso, nos mostra o contrário,proporcionando assim, obstinação e aceitação das situações por mais que a princípio pareça sem jeito. ;D
comentários(0)comente



Elves ºº 30/08/2012

Romance açucarado !!
http://elvessilva.blogspot.com.br/2012/08/e-se-fosse-verdade-encontrar-voce.html
comentários(0)comente



Felucy 16/08/2012

Ótimo!!
Em "E Se Fosse Verdade" fiz muitas comparações com o filme. Gostei dos dois mas não tem como negar que não foi uma grande surpresa.

Agora em "Encontrar Você" só tenho uma palavra para descrever o que achei ..... APAIXONANTE!
comentários(0)comente



Kahn 30/11/2011

Era Verdade...
O risco de se aventurar na continuação de um livro (não previamente planejada)é muito grande. Quando esta obra é de sucesso, o risco é enorme. Marc Levy embarcou neste desafio com muita habilidade e inteligência.

O autor sabia que não poderia fugir da trama central do E Se Fosse Verdade. Afinal, ele estava escrevendo para aqueles que se encantaram com a estória de amor um tanto quanto inusitada entre Lauren e Arthur. Por isso, a opção de se aprofundar nos carismáticos personagens secundários da obra original e explorar o amor do casal - muitas vezes inconsciente - foi mais do que acertada.

A pergunta clássica: qual dos dois livros é o melhor? Sem dúvidas, o primeiro. É nele que somos apresentados a uma estória original, muitas vezes dramática, tantas outras engraçada. Devemos considerar o Encontrar Você uma espécie de epílogo (maior que o próprio livro anterior!), um resumo final, uma conclusão de luxo. Sabe quando um filme dramático acaba sem o tradicional THE END e ficamos imaginando como será o fim nos tempos de paz? Marc Levy cumpre esta tarefa em Encontrar Você. E com várias surpresas, mostrando que a "paz" estava longe de terminar.

O autor tornou-se o "mais vendido" na França em decorrência do E Se Fosse Verdade. Com Encontrar Você, ele mostrou que seu sucesso não foi por acaso. Certamente, novos livros dele entrarão na minha estante.
comentários(0)comente



Renata Cristina 08/08/2011

Essa é a bela seqüência de "E se fosse verdade" e assim como o primeiro livro "encontrar você" é igualmente encantador.

De uma forma muito bela e sem clichês Marc Levy mostra como Arthur e Lauren estão destinados a viverem juntos e mesmo com várias pessoas tentando o contrário, o destino trata de alinhar as coisas e unir Lauren e Arthur.
Após o restabelecimento de Lauren, várias pessoas ligadas à ela convencem Arthur a se separar de Lauren, assim Arthur vai para Paris mas em nenhum momento deixa de amar e pensar em Lauren.

E dessa vez as coisas se invertem e é Arthur quem precisa da ajuda de Lauren para salvar sua vida e Lauren, não sabe porque, mas faz de tudo para salvá-lo. Pois Lauren não lembra dos momentos que passou com Arthur durante o coma.

Nesse livro temos o desfecho de várias personagens além dos principais. E quem já adorou o Paul no primeiro livro vai se apaixonar por ele nessa seqüencia, Paul é um exemplo de lealdade e faz de tudo para proteger Arthur e também tem uma forte contribuição no final de Arthur e Lauren monstrando mais uma vez que é merecedor do título de melhor amigo de Arthur.

Algumas das melhores cenas cômicas tem Paul como protagonista e, em sua maioria, nós rimos dele e não com ele .... o pobrezinho não pode ver sangue e sabendo que grande parte da história se passa dentro de um hospital imaginem como ele sofre ... dá uma vontade de dar colinho pra ele!!!!!! Mas eu sobrei... porque aparece alguém pra ele também! mas tudo bem, porque ela fez um ótimo par com ele.

Pra quem adora se emocionar com histórias de amor (EU! :) ) vai adorar esse livro!

Mais em: http://milsuspiroos.blogspot.com
comentários(0)comente



denilson 29/06/2011

continuação que se sustenta
o livro é muito legal
não tão engraçado quanto o que o gerou, mas super inventivo, com reviravoltas muito legais e partes do lvro com uma mensagens muito positivas
valeu
lido de 20/06/2011 a 28/06/2011
comentários(0)comente



Perola 05/04/2011

A continuação perfeita
Li e amei E se fosse verdade. Quando vi que tinha continuação, fiquei louca para ler, e não me arrependi. O fato de Lauren não lembrar dele, não diminuiu em nada o amor que Arthur sentia. Achei lindo quando finalmente se reencontraram, mesmo com todas as dificuldades. O final para mim foi mais que perfeito.
Marc Levy ja é um dos meus autores favoritos.
comentários(0)comente



Sabrina Miranda 09/01/2011

Fiquei surpresa ao saber o adorado livro E SE FOSSE VERDADE, do francês Marc Levy tinha continuação. O Romance de Arthur e Lauren foi um dos melhores livros que li, acompanhado do delicioso filme, muito bem adaptado apesar de todas as modificações no roteiro.

No início do livro vem a grande surpresa, apesar de todos os esforços de Arthur, o casal não ficou junto no final do primeiro livro. A cena que todos ficamos imaginando que aconteceriam após as ultimas linhas do livro onde Lauren pergunta ao homem que ficava todos os dias ao pé de sua cama no hospital...
“—Quem é você? Por que você vem todos os dias?
—O que vou lhe contar é difícil de entender e parece ser impossível de admitir, mas se você tiver a paciência de ouvir minha história, de acreditar em mim, então, creia, é muito importante, porque sem que você o saiba, você é a única pessoa do mundo com quem eu posso compartilhar este segredo.”

…na verdade não aconteceu. Lauren não se lembrou de nada do que aconteceu durante os 11 meses em que esteve em coma. Arthur deixou os Estados Unidos, pressionado pela família de Lauren e pelo seu professor de medicina, que não queriam que ela soubesse a verdade sobre a opção pela eutanásia. Arthur, não vendo outra forma de contar a verdade sem prejudicar a recuperação de Lauren decide ir embora.

Quando retorna aos Estados Unidos, tenta retomar a sua vida, com a ajuda de seu amigo Paul. Mas o destino dará seu jeito de colocar Arthur e Lauren novamente frente a frente. Um acidente colocará a vida de Arthur a um fio, Paul vai dirigir uma ambulância novamente, o inspetor Pilguez volta à cena, e uma adorável senhora, Rose, é adicionada a trama.

Considerando que Arthur passa a maior parte do livro em uma cama de hospital, Paul ganha uma participação importantíssima. E Lauren enfrenta todos os desafios para descobrir por que aquele homem passou tanto tempo no hospital, e depois, para descobrir por que ele seqüestrou seu corpo para salvá-la de uma eutanásia, se nem ao menos se conheciam.
comentários(0)comente



Vanessa Sueroz 12/08/2010

Um mel com açucar muito bom... Cheio de reviravoltas... O livro é bem previsivel, mas nem por isso deixa de ser encantador.

Lauren esta empenhada em ganhar sua residencia no hospital e Artur esta tentando esquecer tudo que aconteceu e dar um espaço para que ela se recupere, porém Lauren não parece estar disposta a se lembrar de tudo, e as pessoas também lhe escondendo coisas não ajuda em nada.

Uma leitura leve e rápida, divertida e romantica ao extremo.

Muito bom!
comentários(0)comente



sstutzel 12/08/2010

Ótimo!
É envolvente e uma ótima continuação do E se Fosse Verdade! É uma pena que o filme não siga a risca o livro, pois gostaria muito de assistir este aqui também. Recomendo certamente!
comentários(0)comente



20 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2