Mini Becky Bloom - Tal Mãe Tal Filha

Mini Becky Bloom - Tal Mãe Tal Filha Sophie Kinsella




Resenhas - Mini Becky Bloom: Tal mãe Tal filha


34 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Cady 18/01/2018

Becky simplesmente maluca rs
Esse livro foi o que menos gostei até agora. A história foi a mais bobinha. Minnie é muito mimada e gostaria que Becky tivesse tido a consciência disso, pensei que essa questão ia ser mais trabalhada mas, foi deixada de lado. Sim, Becky é viciada em compras, mas a filha é mimada e Becky tem que ter plena consciência disso. Narrativa bem leve e engraçada. Nos faz passar agradáveis momentos lendo e se divertindo. Adorei!
Karina.Araujo 06/08/2019minha estante
Estou gostando mas para o deleite do entretenimento. Porém a personagem da Becky é tão fútil que chega a ser tão cômico e não consigo ter raiva kkkk




Nádia 02/05/2017

#quote Mini Becky Bloom
" Prezada Rebecca, Obrigada pela sua carta do dia 10 de abril. É uma pena que você não possa participar do nosso Programa de Vício em Gastos por causa da sua viagem para a Califórnia. Entendo como ficou decepcionada e arrasada com isso. Se servir de consolo, tenho certeza de qur você encontrará grupos parecidos em Los Angeles e talvez possa fazer terapia lá. Desejo tudo de bom..."
.
Haaa nem acredito que acabou! Acabou mesmo gente? Ou tem mais algum livro depois desse? Estou simplesmente fascinada com essa série, com essa autora, com a personagem Becky... É uma história divertida do início ao fim. É romântico, brilhante e verdadeiro. Impossível não se comover, não rir e chorar junto com os personagens. Espero que venha mais um, pois este deixou ainda mais forte um gostinho de quero mais. #inlove

site: https://www.instagram.com/p/fyMuX1mv4y/?taken-by=pomarliterario
comentários(0)comente



Mari 21/02/2017

Apaixonante!
Essa série só fica cada vez melhor!
comentários(0)comente



Meninas que Leem 27/12/2016

Blog As meninas que leem livros
Quando me deparei com esse livro na Saraiva fiquei louca para ler, sou uma fã apaixonada das loucuras da Becky Bloom desde que li o primeiro livro. Becky vive tantos momentos absurdos durante essa história que fica difícil........

site: http://www.asmeninasqueleemlivros.com/2011/10/mini-becky-bloom-tal-mae-tal-filha.html
comentários(0)comente



Roberta.DAvila 27/08/2016

Adorei todos os livros!!! É super divertido e dá vontade de entrar na estória pra ajudar ela!!! Vale a pena ler todos eles!!
comentários(0)comente



Claudia 26/08/2016

E quem duvidava que essa criança ia crescer toda estragada?
comentários(0)comente



Rachel 27/12/2015

Recomendo muito. Eu ainda não li a série inteira, mas consegui acompanhar a história muito bem. Além disso, particularmente acho que Sophie Kinsella arrasa. Ela consegue escrever comédia do jeito que eu gosto, cheia de ironia e realmente engraçada, sem ser nada forçado..
comentários(0)comente



Vaninha 04/10/2015

Amei!!
Muito bom! Leitura ótima, personagens apaixonantes e situações malucas e inusitadas. Divertidíssimo!! Agora que venha a sequência! Esperando ansiosa por mais aventuras de Becky Bloom!!!
Karina.Araujo 06/08/2019minha estante
Estou gostando também!Apesar da Becky ser louca de pedra kkkkkkk




Aione 24/06/2015

A cada vez que inicio a leitura de uma obra de Sophie Kinsella, já vou preparada para muitas risadas, ainda mais se estivermos falando de Becky Bloom, a shopaholic mais querida de todas. Em Mini Becky Bloom – Tal mãe, tal filha somos apresentados à Minnie, filha de Becky, e ao seu já difícil comportamento aos apenas 2 anos de vida. Além de Becky se ver, então, preocupada com a criação de Minnie, ela também precisa lidar com uma repentina crise financeira em Londres que a impede de fazer compras, bem como com o aniversário surpresa de Luke, o qual ela decidiu planejar e não está muito certa de conseguir cumprir sua meta.

O enredo como um todo não vai muito além disso, o que poderia fazer dele insuficiente para as mais de 500 páginas do livro. Contudo, sua magia, como nos demais da série, não está na trama em si, mas na própria Becky Bloom. Sophie Kinsella constrói magistralmente sua história em cima da personalidade da protagonista, a alma da série. Becky é futil, mentirosa, teimosa, altamente criativa e, por tudo isso, completamente divertida, uma vez que seus pensamentos e muitas de suas atitudes beiram o absurdo de tão improváveis. Além de Becky, outras personagens também assumem papeis caricatos por conta de suas ações exageradas e extremas, de forma a contribuir com toda a diversão que a história proporciona.

É característico de Sophie Kinsella incluir temáticas familiares em suas histórias, e isso novamente não se faz diferente. Dessa vez, as temáticas da maternidade prevalecem, indo além da relação entre Becky e Minnie. Aliás, os sentimentos em si de Becky como mãe ficam em segundo plano no livro. De qualquer maneira, essa questão foi o toque mais reflexivo da trama e, de certa forma, que conferiu a ela um ar de sensibilidade nesses momentos, mesmo que de maneira leve e sem ofuscar a diversão, sua característica mais predominante.

Em linhas gerais, embora a trama não seja complexa e nem traga grandes questões para o livro, Mini Becky Bloom – Tal mãe, tal filha configurou como uma leitura extremamente divertida e engraçada, além de ter se tornado um dos meus livros favoritos da série simplesmente por conta dos absurdos pensamentos de Becky, que beiram, inclusive, o nonsense em muitas situações. Algumas questões ficaram em aberto na história justamente para serem abordadas, acredito, no sétimo e próximo volume da série, que será lançado em Agosto pela editora Record. Vale a pena a leitura como uma ótima opção de entretenimento, uma vez que se deixar levar pela mente de Becky resulta, certamente, em risadas garantidas.

site: http://minhavidaliteraria.com.br/2015/06/23/resenha-mini-becky-bloom-tal-mae-tal-filha-sophie-kinsella/
comentários(0)comente



Aline 01/06/2015

Minha impressao
Nao tem como não ror das confusões de becky bloom, mas confesso que me decepcionei um pouco com o final.
comentários(0)comente



Eveline 25/05/2014

Simplesmente Viciante
Adorei mais uma aventura hilariante de Becky comecei a ler e não conseguia parar muito divertido e envolvente.Percebi que quando lia as páginas eu sorria estava totalmente envolvida na história com esses maravilhosos e cativantes personagens.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Thaís Averaldo 09/01/2014

Mini Becky Bloom é o livro número seis da série e se passa quando Minnie, filha de Becky e Luke, já está com 2 anos. E como filho de peixe peixinho é a garotinha não poderia deixar de ser uma criança determinada que quer tudo para ela e até fazer compras pelo ebay a menina já sabe.

Becky está volta com suas trapalhadas, mas dessa vez ela enfrenta a crise bancária que leva bancos a falência e todo mundo começa a perder a cabeça, e a palavra do momento é aquela que sabemos não estar no vocabulário de Becky: ECONOMIZAR!
Mas entre crises econômicas e bebês fofos que deixam qualquer um louco no começo do livro (querendo dar boas palmadas!!!) ela ainda enfrenta um desafio organizar e fazer com que Luke não descubra sua festa surpresa. Será que Becky vai conseguir dar uma festa sem deixar que as dividas sejam maiores que a festa ou manter segredo de Luke?
O livro é basicamente isso, mas vamos agora ao que eu achei! Particularmente não sou fã número 1 da Sophie Kinsella, prefiro livros que tem um foco maior no casal e não só na vida da mocinha, mas essa série me encantou desde o primeiro livro com sua protagonista maluca viciada em compras. Claro que Luke Brandon é parte disso, repito sempre a necessidade de encontrar um para mim. Esse livro só não é meu preferido porque para mim nada supera as malucadas da Becky planejando seu casamento e resolvendo colocar um detetive na cola do Luke para saber o que está acontecendo entre ele e a obstetra.
Para os fãs da série o final desse livro mostra que a Sophie pode estar pensando em continuação, agora quem já leu o livro vamos combinar Becky já fez loucuras por aí como será ela em mais um lugar que o consumismo impera?
comentários(0)comente



Camila 14/09/2013

Como não se apaixonar ?
Como não se apaixonar por Becky Bloom? Me faço essa pergunta sempre,uma consumidora encantadora que se enrola e desenrola na maior graça do mundo. Os delirios de Becky e sua saga,todos os livros são divertidos e encantadores,é daqueles livros que você começa ri sozinha ao ler um página que descreve um fato engraçado, e que as pessoas te olham como você fosse uma louca por está rindo ao ler um livro.
Mas é impossível não se divertir com Becky Blom, na verdade, é impossível não se divertir com qualquer livro da autora Sophie Kinsella, todos os livros que eu já li dela,ganham estrelinhas e vão para a minha lista de livros predileto e que eu quero ter na minha estante sempre para ler.
E esse último da saga Becky Bloom, a mini Becky Bloom, a Minie Brandon é a copia do mãe. O que tornou o livro mais divertido, e no final o Luke ganhou uma oferta para ele trabalhar em Hollywood,então será que vai ter mais um livro contando as aventuras de Becky em Hollywood? Espero que sim, chego meus olhos brilham só de imaginar um novo livro com Becky Bloom.
comentários(0)comente



Fernanda R 06/08/2013

Parece que a autora já não tem mais criatividade pra série
O livro foi morno... Acho que já não tem mais o que inventar...
comentários(0)comente



34 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3