Química Perfeita

Química Perfeita Simone Elkeles




Resenhas - Química Perfeita


191 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Desi Gusson 11/10/2011

Um toque de algo mais...
Oi gentes! Queria dizer que fazia tempo que eu não chorava tanto com um livro. Sério mesmo, Química Perfeita não é um livro triste, mas é bem mais do que aparenta ser.
Podem admitir, a primeira coisa que vocês pensaram ao ler a sinopse foi: Ah, mais um romancezinho água-com-açucar. Não foi? Eu também pensei isso, até devorá-lo em 3 horas.
A Brittany não é a garota perfeita que todos acham, o mais importante: ela não quer ser a garota perfeita, mas precisa que o mundo a veja assim. O grande problema dela é que foi criada com a idéia de que se ninguém souber que você tem problemas, então você não tem. A culpada por esse tipo de pensamento é a mãe dela, uma perua egoísta que tem vergonha de sua filha mais velha, Shelley. A Shelley é uma menina doce de 21 anos, que sofre de uma séria paralisia, ela não se move nem se comunica de forma normal com os outros.
Britt está sempre apoiando e cuidando de sua irmã que é, sem dúvidas, a pessoa que ela mais ama no mundo. Em casa ela não tem voz, mas na escola é uma espécie de Miss, quem não a deseja, quer ser como ela. Tem um lindo namorado, capitão do time de futebol, e ótimas amigas. O primeiro dia de seu último ano no colégio promete ser perfeito, mas muda drasticamente quando ela quase atropela a moto de Alex Fuentes, o durão gangster do South side, com ele nela...
Alex é uma figura intimidadora. Alto, forte (gostoso), cheio de cicatrizes e tatuagens, sempre usando a bandana ao Sangue Latino, gangue violentérrima da qual faz parte. Mas apesar da fachada ele se recusa a fazer qualquer coisa mais séria do que ir intimidar devedores, Alex não se envolve com drogas nem pretende usar sua pistola. A única coisa que Alex quer é deixar sua família segura, e a Sangue proporciona isso.
Ah, é. Outra coisa que ele quer é descobrir quem matou o pai, na sua frente, anos atrás. Ele não conta para seus irmãos caçulas (e que dividem o mesmo quarto que o dele) que seu pai fazia parte da gangue, e faz de tudo para mantê-los afastados da vida de crimes.
Quando ele e Brittany são obrigados a fazerem dupla na aula de Química (coisa muito levada a sério lá nos Isteites) fica claro que ambos se desprezam. Por isso mesmo ele aceita fazer uma aposta com um amigo para levar Britt para a cama. A partir daí a gente sabe o que acontece: os dois brigam muito, mas se apaixonam e blá blá blá. O emocionante é vê-los descobrindo o mundo um do outro e a si mesmos nesse processo. Juntos eles vão aprender a enfrentar o que sempre acharem que não podia ser mudar, e mudar o que nunca imaginaram que enfrentariam.
Logo eles descobrem que as aparências enganam e que ser feliz pode trazer muito mais problemas do que ser quem esperam que você seja.
Recomendo esse livro para quem gosta de romance, para quem gosta de comédia, para quem tem problemas com a família, para quem amou Soul Love (mas queria um final diferente), para quem chora, para quem gosta de aventura, para quem não tem o que fazer, para quem está apaixonado.
Para quem quer se apaixonar.
Beijos e ótima leitura pra todo mundo
Jéssica R. 18/10/2011minha estante
adorei a sua resenha Andhromeda.Fiquei com mais vontade de ler esse livro.Tenho que comprar esse livro.


Lane @juntodoslivros 21/10/2011minha estante
Adorei sua resenha!
Fiquei super curiosa para ler.


Marina 22/10/2011minha estante
Ai, estou morrendo de vontade de ler, mas não acho o livro para comprar. Está esgotado em tudo o quanto é lugar. Você não saberia onde posso encontrá-lo?


Desi Gusson 22/10/2011minha estante
Oi gente, obrigada!!
Marina, ele já está disponível pelas lojas virtuais da Saraiva e da Livraria Cultura, mas na Saraiva é mais barato, rs.
=]


Linda 19/12/2011minha estante
gente,fui na saraivae na cultura e nao consegui comprar pq nao tem,alguem sabe como eu posso baixar?gostaria muito de ler. obrigada


Crislaini 02/01/2012minha estante
Não esperava gostar tanto desse livro, foi super clichê, mas como você disse, tem algo mais, pessoalmente, é a escrita Simone. Comprei (em inglês) a continuação e mais outros dois livros dela, estou levando muita fé.


Geanne 16/01/2012minha estante
Não conhecia este livro ainda, mas sua resenha me deixou com a maior vontade de ler. Adorei.


Luana 02/06/2012minha estante
Amei a sua resenha!?


Debi 17/11/2012minha estante
Eu já estava com uma vontade de ler d+++, com sua resenha piorou (mas para melhor!) mais ainda hihihihi


Dani Gaio 29/01/2013minha estante
Fiquei encantada com o livro! Para variar comecei e não parei mais, isso quer dizer uma tarde de leitura. O casal principal representa algo tão atual, as aparências e como eu adoro, conseguem provar q é possível mudar! Bom, adorei...cut!


Taynara Freitas 28/02/2013minha estante
Nossa amei seu texto, eu também li o livro e garanto que ele está entre os top dos livros mais lindos que já li. Muito bom mesmo. Amei.


Pri 26/06/2013minha estante
Eu li e realmente amei, acho que é um livro tão perfeito quanto a química deles, quando li a resenha achei que seria mais um romance do tipo água com açúcar como você disse, mas depois que li o primeiro capítulo não quis mais parar, o mais cativante é que mesmo sendo tão diferentes eles tem uma sincronia enorme, é um livro com uma história apaixonante que revela amor,ódio,mudança e desejo...recomendo :D


Lica 08/08/2013minha estante
Parabéns pela resenha!!


Anna Penha 07/10/2013minha estante
Vou comprar agora, depois te falo o q achei.


Luna 12/02/2014minha estante
Depois da sua resenha tive muita vontade de ler. Começo agora!!


Camila 07/03/2014minha estante
Oi And!! Não conhecia o livro... mass já vi que vou ter que compra-lo amanhã mesmo pela sua resenha ! haha Uma dúvida, a narrativa é em primeira pessoa? Beijão!


Jake 25/07/2014minha estante
Que resenha maravilhosa, estou realmente impressionada. Terminei de ler esse livro ontem (e estou completamente apaixonada por ele). *--*


Karinaheitch 23/02/2015minha estante
Amei esse livro tbm, pena que não publicaram os outros parece que ainda tem dos primos do Alex!




Fernanda 25/03/2013

Química Perfeita - Simone Elkeles
Link da resenha COMPLETA aqui:

http://www.segredosemlivros.com/2013/03/resenha-quimica-perfeita-simone-elkeles.html

Resenha: Nesse final de semana pensei em ler um livro mais descontraído, leve e divertido. Recentemente adquiri o livro “Química Perfeita”, da Editora Underworld, ao qual não é nenhuma novidade, porém sempre tive vontade de ler, pois sempre li vários comentários positivos a respeito. Imaginei que fosse a leitura que eu estava procurando, e de várias maneiras foi mesmo. A trama tem um jeito único de abordar uma história de amor carregada de dramas familiares e pessoais, e dentre outros aspectos, foi o que mais me chamou a atenção. Realmente apresenta uma narrativa ágil, leve e descontraída, mas ao mesmo tempo te envolve e te emociona, ao ponto de se tornar uma leitura bem melhor do que imaginava.
E o que falar de um livro que logo se tornou favorito em minha lista? É aquele livro que o leitor precisa terminar logo para saber o desfecho, porém assim que as páginas vão se acabando, a angustia toma conta, pois sempre que uma história é tão boa, não queremos que acabe, não é mesmo?!
Na história, somos apresentados a dois adolescentes de diferentes mundos: Brittany Ellis e Alex Fuentes. Brittany é considerada perfeita por todos, e assim sendo, ela já se sente na obrigação de transparecer isso, e sabe que se errar em algum momento, irá afetar em sua reputação. A garota é líder de torcida, namora o capitão de equipe do futebol da escola e claro, todos a invejam. Alex é descendente de mexicano e integra uma gangue de rua, conhecida como Sangue Latino. Ao contrário de Brittany, ele é mal falado, encrenqueiro e temido por muitas pessoas. Aos poucos, o leitor começa a perceber que nem tudo é o que parece ser e que talvez os dois estejam representando uma vida que não combina nem um pouco com eles.

As coisas estão acontecendo tranquilamente, até que a professora de química resolve escolher as duplas de laboratório e os dois são obrigados a trabalharem juntos. No começo, pareceu impossível, depois tiveram que ceder ao ponto de se envolverem mais do que gostariam. O mais interessante é poder conhecer as perspectivas, os anseios e as dúvidas dos dois personagens, já que a narrativa é feita por Brittany e Alex. Acredito que isso, torna a história mais detalhada e diversifica, pelo ponto de vista do próprio leitor. O título do livro não poderia ser melhor, e com certeza é uma fato que mesmo sendo um pouco clichê, atrai muitos leitores e não deixa a desejar. Faz a gente rir, chorar, suspirar e querer reler muitas vezes a mesma história, assim como somos tentados a refletir sobre os dramas vivenciados pelos próprios personagens. Até que ponto devemos aparentar ser alguém que não somos? Ou melhor, devemos agir dessa forma? E se for para proteger a própria família?

A ligação de Brittany com sua irmã, Shelley é emocionante e linda. Shelley tem 21 anos, porém é deficiente, não consegue se comunicar normalmente e não faz nada sem a supervisão de alguém. Seus pais estão esgotados, e desejam levá-la para algum local adequado onde ela consiga viver bem, mas Brittany nem imagina como seria sua vida sem ela. No outro lado, Alex tenta entender o que aconteceu com o pai, que fora morto quando ele tinha seis anos de idade, precisa manter a sua família em segurança e lhes dar algum conforto. Logo ele percebe que alguma coisa está errada, e precisa descobrir rápido o que é. Nos dois lados, os amigos acabam se mostrando fundamentais, e outro ponto que a autora conseguiu representar bem, foi mostrar o quanto uma amizade verdadeira pode ser essencial em nossas vidas.

Poderia ficar horas escrevendo sobre “Química Perfeita” e apresentar vários outros pontos tocantes da história. Mas acredito que o melhor é você mesmo tirar suas próprias conclusões. É um livro que me encantou bastante, já que adoro tramas assim (sim, eu amo histórias clichês). Mas o melhor é poder ler algo tão completo que prende a atenção do início ao fim.

Link da resenha COMPLETA aqui:

http://www.segredosemlivros.com/2013/03/resenha-quimica-perfeita-simone-elkeles.html
Elitâmara 07/08/2014minha estante
A história é muito clichê mesmo, mas é bem completa. Romance, suspense, até comedia (eu ri muito, não conseguia parar de ler e quando não lia ficava pensando no livro rs, recommendo msm.




Carol- Books and Tea 12/10/2012

Os opostos se Atraem?!
Química Perfeita
Simone Elkeles- 307 páginas
Underworld

Amei o livro, então estarei suspeita de falar né... Começando pela capa, que me chamou atenção logo que vi, ao ler a sinopse me interessei bastante, será que ambos resistirão a Química mais surpreendente de todas? O Amor! Amei.
Brittany Ellis, a líder de torcida, popular, linda e namora o capitão do time de futebol Colin, Clichê? Não. Com certeza aos olhos de seus colegas e vizinhos é perfeita, leva uma vida perfeita, tem pais perfeitos não? Brit, nada disso é, é linda, sim, mas está longe de ser perfeita, luta contra os estereótipos, criados por sua criação e o instituto Fairfiel, para se esconder de sua própria realidade, cria um espelho de perfeição, no qual reflete tudo aquilo que ela é obrigada a transmitir, não o que realmente é. Alejandro, ou melhor Alex Fuentes, é um bad- boy sim, frequenta uma gangue, sim, mas como Brit, deve passar o que seu mundo quer ver, e quer que ele faça. Perdeu aos 6 anos, seu pai, vitima de assassinato á bala, e pior, viu tudo, seguindo o caminho de seu pai, jovem, entra para a gangue Sangue Latino, tendo de ser temido no subúrbio de Chicago.
Lá todos sabem que South Side e North Side, não se misturam, brancos e morenos latinos são opostos, mas será que o Amor ultrapassará essa fútil barreira criada entre o Sul e o Norte de Chicago?
Ao se tornarem parceiros de química, por obrigação, de início, percebem que não são tão opostos como achavam, pelo contrário, são iguais, de forma diferente, confuso, não? Alex e Brit, escondem o que realmente são, para protegerem os que amam, Alex sua família e Brit sua irmã. Ao se conhecerem, acabam vendo o quão parecidos são, e que nada do que haviam pensado era verdade, um sentimento logo explode, fazendo ambos repensarem seus modos de vida, e julgarem se poderão viver esse sentimento explosivo.
Será que o Amor, resistirá as diferenças? As gangues? Família?
Amei a forma como foi narrado o livro, amei mesmo, cada capitulo narrado do ponto de vista de cada personagem, Alex e Brit. Os personagens secundários, também me chamaram muita atenção, claro a irmã de Brit, Shelley e Paco, o melhor amigo de Alex. A trama se desenrola de uma maneira muito divertida e surpreendente. No mesmo há algumas partes onde há cronologia de tempo, há passagem, e mesmo assim não há confusão, e o tempo do livro bate com a história. Digo isso porque alguns livros, que ao fazerem por exemplo... 10 anos depois, acabam se perdendo e o tempo como é contada se difere do conteúdo. Mesmo sendo um romance, trata de temas como preconceitos, gangues, estereótipos e outros, passando a triste realidades, de muitos jovens.
Amei o livro é apaixonante, envolvente e real, principalmente o fim, tirando um acontecimento claro, que me deixou muito triste, nada que algumas passadas de folha não resolvesse.
Recomendadíssimo, para quem gosta de Romance YA, claro que ao lermos fazemos uma ligação com Belo desastre, porém vejo muitas diferenças e também não considero o Belo desastre como YA. Adorei os dois e fim.
Beijos e Boa leitura ;)
comentários(0)comente



Kamile D 02/09/2011

Acabei de ler e estou chorando rios...

É lindo. Perfeito. Romantico.
Nunca vi um casal tão sincronizado.

Recomendo mesmo!!!

Téh Moura 10/09/2011minha estante
Eu já achava a capa americana linda, mas a brasileira ficou perfeita!


Ká Guimaraes 21/09/2011minha estante
Este livro é perfeito mesmo, acebei de ler rsrsr Amei o Alex srrs


Kamile D 21/09/2011minha estante
O Alex é um dos melhores protagonistas de romances YA. Ainda não li a continuação, porque comecei a ler Jogos Vorazes e não consegui parar.

De qualquer forma, vou ler a continuação ainda este ano.


Katty 28/09/2011minha estante
É muito bom mesmo! Simplesmente amei!
Li em inglês, mas qdo der vou comprá-lo em pt também... ^^




Marina 28/10/2011

Mais do que perfeito
O título não poderia ser melhor. "Química Perfeita" não é só um nome legal para uma história. É também uma frase ambígua, que pode ser interpretada de duas maneiras, de acordo com o contexto da obra. Como, então?

Bem, tudo começa no início do ano letivo no Instituto Fairfield, uma escola da cidade americana de Chicago. Lá os alunos se dividem em dois grupos: os que moram na Zona Sul que, ao contrário do que acontece aqui no Brasil, significa bairro frequentado por pessoas de baixa renda e os da Zona Norte, abastados e populares. Membros desses grupos não se misturam e ignoram a presença uns dos outros.

No entanto, quando a professora de química do terceiro ano, a Sra. Peterson, resolve separar a turma em duplas, que trabalharão juntas durante o ano inteiro, coloca a patricinha Brittany Ellis e o bad boy mexicano Alex Fuentes como parceiros. A moça só falta morrer de raiva e medo, porque o garotão, além de ser da periferia, pertence a uma gangue barra-pesada chamada Sangue Latino e os boatos sobre ele não são nada bons.

Por outro lado, Alex acredita que a parceria forçada com a colega riquinha vai render a ele alguns momentos de diversão, pois tudo o que ele quer é acabar com a fachada de garota perfeita que ela carrega. Alex até chega a apostar com alguns amigos de gangue que consegue fazer com que Brittany fique louquinha por ele.

Só que as coisas não são tão simples assim. Em casa e na escola Brittany tentar impressionar todo mundo, sendo um modelo de beleza e bom comportamento. Isso porque carrega um drama familiar que a consome. Por falar em família, não sei como ela suporta aquela mãe dela. Meu Deus! A mulher não dá uma folga, é fútil até não poder mais e me irritou de verdade com sua personalidade preconceituosa. Outra coisa que estressa é a impassibilidade de Brittany diante das atitudes dos pais. A gente fica só torcendo para ela reagir e mandar os dois catarem coquinho.

Com o Alex também as coisas são bem complicadas. Embora faça questão de manter a imagem de garoto mau, no fundo, tudo o que ele quer é ter oportunidades melhores na vida. Sua mãe é balconista em um supermercado e o que ela ganha quase não dá para sustentar os três filhos. O pai foi assassinado quando Alex tinha seis anos. Como filho mais velho, sobra para ele a função de auxiliar a mãe na criação dos irmãos. Só para manter a família em segurança aceita fazer parte da Sangue Latino e ao longo da história vamos descobrindo como isso é sacrificante para ele.

Enfim, Brittany e Alex são duas pessoas que não poderiam ser mais diferentes um do outro:

- Ela é loira, branca, de olhos azuis; ele, moreno, de olhos negros e profundos.
- Ela: rica e popular; ele: imigrante mexicano e discriminado.
- Ela: tem a vida toda planejada; ele: não sabe nem se vai estar vivo no dia seguinte.

Porém, o que parecia impossível acabou-se revelando mais do que provável. E a história ficou como o título: PERFEITA. Eu adorei. O romance apresenta uma perspectiva diferente, se comparado com outros livros do gênero.

Ah, vale destacar que os personagens principais são apaixonantes, especialmente o Alex (ou Alejandro), por tudo o que ele é.

CINCO estrelinhas!!!
comentários(0)comente



Blog MVL - Nina 16/11/2011

Minha Vida por um Livro | www.minhavidaporumlivro.com.br | Marina Moura

Já faz um ano que eu comecei a ler os livros da autora americana Simone Elkeles.E a cada lançamento,eu fico mais encantada com sua prosa,a forma com que ela expõe suas personagens,sempre em primeiro pessoa,e diversificando os pontos de vista,permitindo ao leitor conhecer profundamente sues conflitos,anseios e paixões.

Química Perfeita é o primeiro livro de uma trilogia que eu já tive o privilégio de conferir. O terceiro livro “Chain Reaction” foi lançado em Agosto e eu já li e amei. Os três volumes contam as estórias de três irmãos imigrantes do México nos Estados Unidos. As dificuldades que eles enfrentam o submundo das drogas e é claro,o romance deles com meninas digamos...completamente opostas.

Brittany é a típica garota perfeita. Notas boas, líder de torcida,namora o capitão do time de futebol...Ou seja,um futuro brilhante a espera. Alex Fuentes vem da área menos favorecida da cidade,onde se reúnem os latinos e infelizmente,as gangues. Ele é sexy,arrogante e intenso. O que pode acontecer quando ambos começam a se relacionar de uma forma nem um pouco ortodoxa?

É fato que os opostos não só se atraem,como atraem os leitores também. O contraste entre ambos os protagonistas é o ingrediente mais explosivo no livro,que cativa o leitor. Alex é uma voz masculina poderosa. Ele é de uma gangue, latino,está sempre de preto e em cima de uma moto. Como não me deixar seduzir pelo personagem? Caracterização nota dez para Simone Elkeles. Além de descrever um romance apaixonante, a autora também toca em pontos frágeis da sociedade americana. O preconceito contra latinos (e vice-versa),a existência de gangues nas periferias das grandes cidades,e é claro,o envolvimento entre duas pessoas de padrões sociais distintos.

É um romance jovem delicioso, cheio de momentos quentes, diálogos cômicos, perigo, e...palavrões. Sim, o pessoal fala muitas palavras de baixo calão, referências a sexo (mesmo),então não indicaria para os leitores menores de quatorze anos. De qualquer forma, é um livro que impressiona pelas sensações incríveis que a autora consegue transmitir através de seus protagonistas e a reflexão de que as aparências escondem muito mais do que imaginamos. Leitura muito prazerosa, mal posso esperar para compartilhar com vocês minhas emoções em relação ao segundo livro (Rules of Attraction),o meu favorito.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Flaveth 05/09/2012minha estante
Fofolete,

Vale a pena ler então?

bjin


CarlaC 05/09/2012minha estante
Sim, Flá. Valeu a pena. Ainda dei uns suspiros com o Alex Fuentes. kkkk Se a autora tivesse sido um pouquinho mais original esse livrinho iria para os favoritos, apesar de eu não ser grande fã de YA.


Tícia 05/09/2012minha estante
Carlíssima!
Que não estaria na lista dos seus preferidos eu já sabia! kkkk
Vc achou clichê? Provavelmente. Mas é um clichê tão bonito, tão gostoso de ler que eu ameeeeeeei a história!

Sobre o fato de Brit viver uma vida de fachada, eu não entendi como uma situação que tenha a ver com "esconder" a irmã e sim com os pais. Ou seja: Pq a irmã é deficiente, eles querem que a Brittany seja perfeita, uma espécie de compensação, sei lá.
Nós sabemos lidar com esse tipo de pressão, mas pra uma adolescente, deve ser complicado.

O fato dela ser Barbie (adorei! kkkk) é legal tb pq mostra que mesmo ela sendo vaidosa, patricinha, rica, é uma boa pessoa, alguém normal.
Ou seja, é uma forma de acabar com esteriótipos de que uma menina aparentemente perfeita tem que ser antipática, fútil ou similares.

Adorei o epílogo. Vc achou desnecessário? Eu acho um ótimo gancho pra outra história. kkkkk

bjooooooo


Luna 05/09/2012minha estante
"Ainda dei uns suspiros com o Alex Fuentes. kkkk"

Acho que irei gostar desse Alex, amiga.rsrs...

A melhor amiga da tal Brittany é o tipo de amiga que dispensa inimigos. Não precisamos de inimigos se temos amigas que se importam tanto com a gente.kkkkkkkkk...

Bjs!


CarlaC 05/09/2012minha estante
Sim, Tícia, tudo isso estava escrito no livro mas a mim pessoalmente caiu mal. Apesar de reconhecer que havia uma pressão sobretudo materna para que ela fosse "perfeita", para mim nitidamente ela escondia a irmã, tratava-a como o grande segredo da sua vida. Na verdade o que não gostei foi da forma como a autora explorou o assunto. Ela transformou tudo num grande drama e no final resolveu o drama familiar de um modo quase simplório.

Mas que fique claro que eu adorei a história. Só não achei perfeita. Tendo em conta que não sou grande apreciadora de YA superou as minha expectativas.


CarlaC 05/09/2012minha estante
Luna, a amiga dela era realmente uma boa amiga, daí achar que essa parte foi falha da autora. rsrs

O Alex é um bad boy que tem tudo para fazer vc se apaixonar. :D




Henri B. Neto 24/10/2011

Resenha: Química Perfeita
Sabe quando você gosta tanto, mas tanto do livro que você não sabe muito bem o que dizer sobre ele?! Então, foi bem assim que eu me senti ao terminar de ler ''Química Perfeita''. Eu até adiei a resenha pelo maior tempo possível, só para ver se este meu bloqueio passava... Mas não deu certo. Eu continuo não sabendo como começar esta resenha.
.
Acho que esta minha reação se deve ao fato de que eu estou completa e indiscutivelmente apaixonado pela história de Simone Elkeles... E, sim, tenho ciúmes quando descubro que outra pessoa está lendo o livro. É uma reação engraçada - e muito idiota - mas na minha cabeça faz total sentido. Mas, como diz o ditado: ''Quandos se ama, temos que deixar a pessoa ir''... E eu estaria sendo MUITO egoísta se eu privasse alguém de ler este livro.
.
Só para começar, tenho que salientar uma coisa: Britanny e Alex SÃO a ''Química Perfeita''. Eu sei que isto é o óbvio, já que está estampado no título do livro, mas eu tinha que dizer isto por que fazia muito tempo em que eu não me entregava assim à um casal de protagonistas de um livro internacional. Enquanto estamos lendo, nós podemos sentir as faíscas que surgem sempre que os dois se encontrão e, mesmo tendo origens e personalidades completamente diferentes, nós sabemos que os dois tem que ficar juntos no final, não importa o que aconteça.
.
Outro ponto que eu tenho que ressaltar é a escrita da Simone Elekeles. Nunca vi uma escritora criar e escrever tão bem com um personagem masculino. E não estou falando só do Alex... Isto é algo que você sente em todos. E não é algo forçado - e sim natural. Então, se você estiver buscando aquele livro em que o cara (quando fica apaixonado) se transforma em uma garota emo de calças, esqueça ''Química Perfeita''. Com certeza ele não foi feito para você.
.
Já que falei sobre isto, tenho que avisar também sobre a linguagem com que a autora narra a sua história. Para delírio da galera (ou para a minha alegria, que seja), a Simone não nos polpa de diálogos repletos de palavrões e referências explícitas ao Sexo. Pode parecer algo vulgar quando se diz assim, mas - no livro - só deixa as cenas mais próximas ao universo real. Por isso acho que, se você tiver menos de 16 anos, espere um pouco para ler ele. Quando estiver na idade certa, com certeza irá aproveitar a leitura.
.
Por último, acho que tenho como obrigação falar da belíssima arte gráfica que a Editora Underworld fez para este projeto. Tanto a capa (mil vezes mais bonita que a original, diga-se de passagem), quanto as folhas de rosto e a lombada (a lombada! *-*) estão com um estilo e uma qualidade maravilhosa... Me sentiria realmente culpado se eu não destacasse isto aqui na resenha. E acho que isto é tudo o que eu posso falar sobre o livro sem dar um genuíno ataque de ''Fangirl'' (ou, no meu caso, 'Fanboy', mas isto tiraria o significado explícito do termo...).
.
Enfim, leia ''Química Perfeita''. No princípio, ele pode parecer apenas mais um livro ''teen'' e ''High School'' repleto de clichês, mas ele não é. Acho que passa muito longe disto. Mas, por favor, se você também se apaixonar pela história, por favor, não me conte... Acho que o meu Mostrinho Verde do Ciúme não iria suportar ver que outra pessoa tenha gostado tanto deste livro quanto eu.
.
Henri B. Neto
''Na Minha Estante''
Tícia 24/05/2013minha estante
"E, sim, tenho ciúmes quando descubro que outra pessoa está lendo o livro. É uma reação engraçada - e muito idiota - mas na minha cabeça faz total sentido."

Meu Deus! kkkkkkkkkkk
Você expressou como uma exatidão matemática meus sentimentos.
Isso foi perfeito!!!
Já li esse livro há alguns meses e esse sentimentos ainda não passou, pode?

Este livro é maravilhoso, a escrita de Simone Elkeles é impecável, os outros dois da série tb são muito bons e tb tenho um "Mostrinho Verde do Ciúme".

Amei! Sua resenha ficou perfeita!
abraço!


Tícia 24/05/2013minha estante
*"e esse sentimentO ainda não passou"

por favor... não posso matar a concordância verbal, né? kkkkk


Lud 03/04/2018minha estante
Adoro suas resenhas!!! To na metade do livro e to sentindo tanto amor, tanto respeito por essa obra, que meu peito infla só de pensar!!!




Caroline 16/07/2013

O badboy do subúrbio e a pobre menina rica...
Química Perfeita é a clássica estória entre o garoto pobre de periferia e a pobre menina rica, comumente vista desde o velho e sempre Romeu e Julieta. Embora as comparações com Shakespeare parem por aí, o livro é bom, especialmente quando o que se deseja é apenas entreter-se.

Segue a mesma fórmula de livros como Easy, My favourite Mistake, Belo Desastre e Metamorphosis, que eu poderia dizer que haviam sido escritos pela mesma pessoa. E, bem, é uma fórmula de sucesso, tendo em vista o burburinho que todos eles causam nas redes sociais.

O livro conta a história de Alex Fuentes, um imigrante mexicano que mora na zona sul e pobre da cidade, faz parte de uma ‘gangue’ e tenta manter sua fama de badboy indestrutível, e Brittany Ellis, a bonita, perfeita e loira garota da zona norte que faz de tudo para manter as aparências. Eles detestaram um ao outro desde o momento em que se viram, até que a professora de química os colocam como dupla para os trabalhos de todo o ano letivo. Juntos podem descobrir que a carcaça nada tem a ver com o que está dentro deles, mas isso não vai ser tão fácil ou indolor.

É uma boa história, sem grandes pretensões, mas que mostra a eterna luta de professores e diretores por uma escola sem segregação e discriminação racial ou social. Mostra um pouco das ‘gangues’ das periferias, da falta de escolha de seus membros diante dos “chefes” e que nem todos que estão ali são de má índole e podem estar apenas se protegendo ou protegendo quem ama.

Em contraponto aos subúrbios, mostra também como uma menina rica, tida como feliz e perfeita, pode ter uma vida extramente dolorosa, sofrendo pressão intensa dos pais e da sociedade. Expõe como os pais podem ser cruéis e egoístas, mesmo achando que estão fazendo o melhor para seus filhos, e o quanto a cobrança excessiva pela perfeição pode afetar a cabeça de um adolescente.

É previsível, mas entretenedor. Tenho apenas uma ressalva: se for ler, PARE antes do epílogo. Escute-me! O epílogo consegue acabar com quase todos os pontos positivos do livro. Acho que ridículo seria a palavra certa, talvez cômico. Ou ridículo e cômico. No mais, boa leitura!
CarlaC 17/02/2015minha estante
Concordo totalmente sobretudo quanto ao epílogo que não acrescenta nada e é patético. rsrs




Fraan Faria 16/08/2013

O que dizer de "Química Perfeita"??
Foi uma experiência inesquecível para mim.
Estou começando a ler livros e me apaixonei por ele.
É impressionante a forma a qual a autora consegue prender a nossa atenção a cada capítulo. É uma história que fala sobre jovens, relacionamentos, sexualidade, amizade, planos para o futuro e etc., mas bem diferente das que vemos por aí. Também aborda a diferença entre classes sociais, a violência e o agir daqueles que se envolvem em gangues.
Trata-se de uma história muito bem escrita, que ocasiona uma série de sensações no leitor (pelo menos, em mim foi assim! :D). Como já citei, o livro aborda várias temáticas e não é uma narrativa lenta. É também repleto de ação e quando terminamos, ficamos com um belo sorriso estampado do rosto!
Será que haverá continuação??
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Sthef 23/03/2014

Uma leitura boa, mas não aquela que você só falta morrer quando não pode continuar o capítulo por diversas razões.
É um livro bem corrido, um livro bem de adolescente mesmo, tem uma história que é bem comum que é a questão das diferenças de classe social que ainda se faz muito presente, porém, a gradatividade dos acontecimentos em cada capítulo, o jeito que os personagens se tratam, te deixa com o pé meio atrás com esse livro.
Uma história boa que você fica torcendo pelos personagens. Fim.
comentários(0)comente



Jéssica R. 07/07/2012

O livro nos conta a história de Alex e Brittany.Ambos tem uma vida tão diferentes , que ao mesmo tempo , tão igual.
Brittany é rica,popular.Ela e seu namorado,Collin,são o casal de ouro da escola.As garotas a invejam e a idolatram.Querem ser ela , ter o que ela tem.Para todos Brit tem uma vida perfeita.É a garota perfeita.Mas na verdade ela tem vários problemas em sua casa , na sua vida,e usa uma máscara para sociedade.Sua família é um caos.Sua mãe quer que ela seja sempre perfeita, impecável.Usa sua autoridade de forma cruel e rígida.Seu pai nunca está em casa e só se preocupa com o trabalho.Sua irmã mais velha tem paralisia cerebral e Brit é a única que tenta fazer de tudo por ela.As duas tem uma forte sontonia e um amor que nos deixam emocionados.
Alejandro , ou melhor Alex,é membro de uma gangue , a Sangue Latino.Ele é mexicano e mora na zona zul de Fairfield.Assim como Brit , ele usa uma máscara para esconder sua verdadeira personalidade.Tanto na escola quanto em seu bairro aparenta seu um rapaz perigoso,marginal e estúpido.Só que na verdade ele é carinhoso,protetor,inteligente e não assume, mas deseja ter um futuro melhor.Alex é muito sexy e tem uma sedução de matar qualquer garota.
Alex e Brit passam a se conhecer melhor depois que são obrigados a serem parceiros de Química.Ambos terão que suportar a presença um do outro e vão descobrir sentimentos e emoções que jamais foram sentidos.
A jornada desses personagens nos prende de forma impressionante.Eles tem que passarem por estereótipos que a sociedade impõe , e com ajuda de verdadeiros amigos vão descobrir que as coisas mais importantes da vida estão bem ao lado.
Um livro bem marcante e que você não desgruda até a última página.

http://leitorasempre.blogspot.com.br/2012/07/resenha-quimica-perfeita.html
comentários(0)comente



Paloma 29/07/2013

O que acontece quando juntamos uma patricinha rica e um membro de gangue?
Tenho certeza que você pode até tentar imaginar, mas não com a clareza dos fatos... Pois os rumos que a estória toma são bastante imprevisíveis. Confesso que achei a estória sem um gostinho de “quero mais” no começo, mas, depois, a medida que avançava as páginas em busca de algo que me prendesse neste livro, eu finalmente encontro... A estória fica cada vez mais emocionante com o seu decorrer, com reviravoltas que eu não esperava! Pensei que fosse mais um romance clichê, mas não! O livro acabou me cativando, e sou obrigada a dizer que até chorei no final! rs. Em muitos momentos do livro, a gente se pega refletindo sobre muitos assuntos. A autora escreve de uma forma gostosa de ler, e conforme a história vai se desenrolando, começamos a ficar cada vez mais interessados, pois os personagens acabam nos mostrando que nem tudo são aparências.

Brittany Ellis é rica, linda e mora no lado mais chique da cidade de Fairfield. Tem amigas tão ricas quanto ela e sempre foi ensinada a não se misturar com mais ninguém além daquelas com as mesmas condições financeiras de sua família. É invejada simplesmente por ser… perfeita!!!

Alex Fuentes é um mexicano que vive nos Estados Unidos. Pobre, de vida sofrida, mas muito valente e destemido, entrou para uma gangue simplesmente para salvar sua família. Mora na pior parte da cidade, considerada pelos ricos como a escória da sociedade.

Percebe-se que os dois jamais deveriam se misturar… Afinal, vivem em mundos completamente diferentes. Até “aquela” aula de Química, quando a professora designa duplas aleatórias para fazer o famoso projeto anual.

A partir daí, o livro vai ganhando forma. Descobrimos que a perfeição de Brittany não a deixa exatamente feliz, e que Alex pode não ser tão ruim quanto parece. O interessante é perceber, enquanto a trama se desenrola, que todos temos problemas, independente do que queremos que a sociedade veja, e que realmente as aparências enganam.Levei um tempinho para perceber que o livro, disfarçado de neutro, tinha suas mensagens passadas com delicadeza, mas de forma aderente. Muito bom! RECOMENDO! :)
comentários(0)comente



Jessica A. 07/01/2016

Dios mioooo!!!
Gostei :D

Sabe aquele livro que todo mundo fala, todo mundo deseja ter na sua estante e que ele custa o olho da cara e que deus e o mundo já leu e vc aí moscando?! É o que aconteceu comigo com Química Perfeita, eitaaa livrinho famoso, e eis que finalmente li e adorei!

Esse livro é um dos que eu já conhecia sem nem ao menos precisar ler a sinopse, de tantos comentários e resenhas que eu já li sobre ele, já sabia de cabo a rabo toda a história, porém me surpreendi mesmo assim!

Bem, nesse livro temos a clássica história de Romeu e Julieta, porém com gangues e líderes de torcida. Tinha tudo que eu mais gosto em um livro, o famoso clichê do mocinho ser um bad boy problemático que mora no lado barra pesada da cidade e a mocinha popular que mora em uma das casas mais caras da cidade, namora o jogador mais desejado da escola e é gata, porém essa máscara perfeita desmorona bem rapidamente. Até que certo dia, ambos são forçados a trabalharem juntos em um projeto de química até o final do ano, com isso eles precisam lidar um com o outro e saberem conviver em harmonia, porém não imaginavam que tinham muito mais em comum do que pudessem suspeitar, que com a aposta do Alex com os seus amigos, envolvendo a Brittany se transforma em algo a mais.

Química Perfeita é tenso, fofo e com leve toque hot, tudo o que adoro! A química entre casal é bem intenso e fiquei completamente derretida por eles dois, são adolescentes fortes, com cada um com a sua carga de problemas que estavam sempre lidando nas suas devidas maneiras. E os personagens coadjuvantes?! Adoreeeeiii! Fiquei apaixonada pelo Paco e pela a Sierra, achei os dois muito fofinhos :D ♥

Ah e o final???!!! Fiquei sorrindo que nem uma idiota retardada hehehehe

Só chorei horrores com certa situação bem desagradável (sacanagem ein Simone, não podia ter feito isso não, reescreve isso ae!) :'(

Se recomendo?! SUPEEEER! Vc não irá se arrepender! Leia já :D :D
Nota: 5 ♥
Irtes 07/01/2016minha estante
Uau que resenha maravilhosa Jessica!!! ;)


May 07/01/2016minha estante
Ele é mt bom msm! O epílogo então? Haha. Merecida as 5 estrelas!


Izabella 07/01/2016minha estante
Eu adoooooro esse livro! : )


Vania 07/01/2016minha estante
E de pensar que ele estava na meta de leitura do ano passado e tirei... Depois dessa resenha vou ter que repensar, Jessica.


Jessica A. 07/01/2016minha estante
Obrigadaaaa Irtes :D :D :D

May, nem fala! AMEI esse epílogo, um dos melhores que eu já com certeza! Só fiquei triste com uma coisinha :/

Iza, depois de tanto bafafá que ronda esse livro, estou no time das que adoram tbm :D muuuuuito bom!

Vania, leiaaaa mulher!!! Vc vai adorar! É aquele romance fofo e clichê que adoramos! :D


Li­via 07/01/2016minha estante
Eu adorei esse livro! Já faz um tempo que li. Com sua resenha deu até vontade de reler! :)


Li­via 07/01/2016minha estante
Eu adorei esse livro! Já faz um tempo que li. Com sua resenha deu até vontade de reler! :)


Jessica A. 07/01/2016minha estante
Livia, eu enrolei mto pra ler, vc não tem noção kkkkkkkkkkk ahhh obrigada :D :D releia sim, é bom pra relembrar esse povão aí!


Sol 07/01/2016minha estante
Perfeita a resenha, bora ler :)


Jessica A. 07/01/2016minha estante
Obrigada Sol, sua lindaaaa!!! :D:D Leia mulheeerrrr!!! Tu vai adorar!


Cristina 08/01/2016minha estante
Adoreii a Resenha! e adoroo esse livro! =D


Jessica A. 09/01/2016minha estante
Cris, obrigadaaaa gatona :D :D muito bom né?! eu amei s2




191 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |