Fingindo Ter 19 Anos

Fingindo Ter 19 Anos Alyson Noël




Resenhas - Fingindo Ter 19 Anos


27 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


@EqualizeLeitura 08/01/2012

[Resenha] Fingindo Ter 19 Anos
RESENHA ESCRITA PARA O BLOG http://equalizedaleitura.blogspot.com PROIBIDA CÓPIA TOTAL OU PARCIAL

Eu tentei mais uma vez ler alguma coisa da Alyson Noel. Precisava mesmo acreditar que a minha decepção era apenas com a série Os Imortais, porém... Bem, vamos a resenha.

Alex é uma garota bonita. Não tão rica, já que precisam economizar depois que os pais se separaram, e apenas a mãe trabalha para sustentar a família. Ela era o exemplo perfeito de filha perfeita: organizada, estudiosa, responsável, comportada. Mas de uma hora pra outra, começa a pensar que a vida não está mais legal como é e diante de tantos problemas – familiares e escolares -, começa a farrear ainda mais com a sua amiga M. Sim, simplesmente M. E em umas dessas festas nas badaladas mansões de Los Angeles, ela conhece Connor, um garoto mais velho, lindo, de bom papo e que felizmente (e surpreendente!) parece gostar dela. Mas ele não pode descobrir que ela ainda só tem 17 anos! Ele, Connor, o garoto que trabalha por conta própria, rico, que viaja e faz tudo o que deseja não sai com garotas que ainda não estão na universidade! Diante da situação, ela diz ter 19 anos (daí o título do livro) e começa todas as confusões.

OK, Fingindo Ter 19 Anos é um livro tipicamente americano, então se você não gosta, pode dispensar a leitura. A Alex é inteligente, bonita, lança moda e etc, se esforça nos estudos, mas tem aquela amiguinha mal caráter para estar desviando do caminho. No entanto, ela quer ser desviada e não quer. Gosta das festas, das farras, mas quer se manter certinha diante dos olhos das outras pessoas. Eu já não gosto de personagens assim, e a amiga M além de tudo é uma pessoa má. Ela usa, abusa e trata as pessoas da maneira como quer, sem se importar com os sentimentos dos outros. E me irritou bastante, que diante de tantas asneiras que ela fez, a Alex continuasse a querer a amizade da indivídua. Tipo amor impossível: sem ele não vivo! (No caso aqui: sem ela eu não tenho outras amigas!) Quando eu cheguei na metade do livro, eu já sabia tudo que ia acontecer, com detalhes minuciosos. E não estava errada.

Eu ganhei o livro do amigo secreto que fizemos em dez/2011 entre blogueiras. E me interessei pela capa que eu acho bem chamativa (de um modo bom) e por que eu estava completamente na crise dos 19 anos (pois é, não sei de onde eu tirei isso) e daí vem um livro com esse título e eu pensei: ‘Vamos ler para saber do que se trata’. Resultado: não foi decepcionante por que eu não fui com tantas expectativas, mas também não foi emocionante. Um livro que se manteve indiferente. E ele é meio enganador também, já pela sinopse, que diz que a amiga da Alex, M., tem um graaande segredo *cara de descrença* Não é nenhuma grande segredo! Eu pensava que fosse algo realmente tenebroso, e quem sabe até um pouco macabro. Mas não, é algo tão simples e tão envolto na vida dos adolescentes de hoje, que eu quase nem acreditei que aquele fosse o tão misterioso segredo.

Fingindo Ter 19 Anos foi o primeiro livro escrito da Alyson antes que ela estourasse com o sucesso da série Os Imortais. Não estou dizendo que detestei o livro inteiro, ele tem suas partes engraçadas, os pensamentos da Alex são divertidíssimos. Porém, é uma história tão igual a todas as outras, e que sempre vamos encontrar em filmes (tipicamente americanos e muito bem representados), que não tem motivos para se tornar empolgante.

A uma conclusão eu cheguei, pelo menos, lendo esse livro: a Alyson Noel sempre será lembrada por mim por causa da sua simpatia e educação, mas nunca por ter me conquistado com os seus livros. Eu simplesmente não consigo gostar totalmente de nada que ela tenha escrito até agora, não faz o meu tipo, não encaixa.

O livro também não foi bem revisado, uma vez o número de erros de digitação, concordância e regência são gritantes. A editora poderia ter prestado um pouco mais de atenção.
comentários(0)comente



Bárbara 26/09/2011

Fingindo Ter 19 Anos - Alyson Noël
Mais um daqueles livros que a gente espera uma coisa e acaba recebendo outra, totalmente diferente. Mas, infelizmente, nada que tenha superado minhas expectativas.

Primeira reclamação: O nome do livro. Que tradução é essa? Tá, é ao pé da letra e tal, mas, caramba, cadê a criatividade dos tradutores para pensar em algo mais chamativo? Faltou, né?
Segunda: Que tanto de erro de concordância e regência verbal! Sem contar com os mil e um errinhos de digitação que eu encontrei apenas em uma lida! Poxa, pessoal, cá entre nós, o trabalho de um revisor não é apenas de ler o livro, ele precisa fazer todas as correções. Editora, por favor! Tá faltando uma atençãozinha melhor, heim?

Li uma resenha sobre o livro lá no blog da Nat Puga, e quase – quase – repito as palavras dela.

Enfim, não conheço a Alyson, não conheço seu estilo de escrita, não faço ideia de como seja a série Os Imortais e, para começar a ler algo dela, resolvi comprar Fingindo ter 19 Anos. Mas, acho que vocês, leitores, já entenderam que me arrependi. Me arrependi porque eu não vi um clímax no livro. Passei a leitura inteira procurando algo que me fizesse querer saber do final, mas simplesmente não encontrei. Foi um livro muito, digamos, “reto”. E isso me deixou tão, mas tão arrependida… Penso que, para um livro ser bom, me animar, e me fazer querer ler os outros da mesma autora, ele precisa ter aquele “quê” de ação. Então vocês já me entenderam, né?

Nem vou falar muito sobre o livro para vocês porque acho que não conseguiria falar nada com muito entusiasmo. Quando o livro não faz a minha cabeça, infelizmente, é complicado fazer uma resenha. Mas espero que tenham me entendido. Se quiserem conhecer um pouco sobre a história, procurem o link do blog da Nat, e deem uma lida.
Adriana F. 11/10/2011minha estante
Só um comentário básico: o título é escolhido pela editora, não é de responsabilidade do tradutor. Mesmo porque título envolve marketing e tal... um tradutor nunca poderá ser cobrado pela tradução de um título.

Já sobre a revisão, bem, editoras pagam MUITO mal para revisores. Muitas vezes apenas um revisor lê e muito por cima, deixando passar o que o leitor consegue pegar na primeira leitura.

Concordo plenamente com vc que esse tipo de coisa não deveria acontecer, mas culpo mais a editora do que o profissional por trás da tradução e da revisão. Tenho certeza que melhores salários e maiores prazos resolveriam o problema, com certeza! =)


Bárbara 30/01/2012minha estante
Sobre a escolha do título ser responsabilidade da Editora, realmente não sabia. Agora é reclamar pra eles. Mas reclamar como? O que foi feito, está feito.

A revisão e a tradução do livro foram péssimas e continuo esperando que na próxima Edição isso melhore (por que eles sempre deixam pra melhorar na 2ª Edição?)




Nath 02/10/2011

"Fingindo Ter 19 Anos" foi um livro que me surpreendeu. Achei que seria só mais um livro divertido com temática adolescente, mas ele se revelou tão mais, que me motivou a escrever um comentário à respeito.
Diferentemente da personagem principal, eu já passei dos 19 (ou dos 17, idade verdadeira da personagem Alex) faz tempo, mas, ainda assim, me identifiquei com o livro, seja pela citação da música de Jonny Lang que eu adoro e também foi marcante para mim na adolescência, ou simplesmente por me lembrar de momentos dessa fase da vida, onde tudo parece ser tão definitivo e dramático - que engano!
Entretanto, o importante aqui é a mensagem passada por Alyson Noël através de sua Alex, a de que, às vezes, merecemos dar uma outra chance à nós mesmos e tomar um rumo diferente, fazendo o que está ao nosso alcance. Basta ter vontade!
comentários(0)comente



Letícia 03/12/2013

Bem normal.
Este foi um livro bem normal. Nada demais, e nenhum ponto impressionante ou inesperado. Relata apenas a vida de uma menina no último ano da escola, que tem problemas familiares e com notas e uma amiga que tende a leva-la para o "mal caminho". Mas, também não é um livro ruin, visto que existe alguns pontos de moral importantes. E preciso dizer que o titulo não faz menção ao ponto chave da história como eu imaginava. Uma leitura pra passar o tempo.
A respeito da diagramação, eu achei bem legal apesar de a capa americana ser bem mais bonita e fazer mais sentido. O ponto forte é que as letras são grandes, o que pra mim foi excelente. O titulo, como já disse, não tem muito a ver com o ponto forte da estória, então, acho que deveria ter sido outro. Uma coisa que me incomodou bastante foram os erros de digitação que não são poucos, mas como estou aqui para falar a respeito da autoria de Alyson, minha nota é 3.
comentários(0)comente



Carolina Durães 11/02/2013

Eu tenho certa dificuldade com as séries da autora Alyson Noel. Normalmente os primeiros livros me agradam, mas conforme as séries avançam, eu perco o gosto pelo livro. Por isso, achei que seria interessante avaliar um livro da autora que não faz parte de uma série e ao ver “Fingindo ter 19 anos” em promoção em uma loja virtual, não hesitei em comprá-lo.
Alex cresceu em Orange County, lar das famílias ricas, mas após o divórcio de seus pais, seu pai se tornou uma figura ausente, inclusive financeiramente e sua mãe teve que encontrar um trabalho para sustentá-las, mas ainda vive remoendo os problemas do passado, não prestando muita atenção em Alex. Sua relação com a escola é de total apatia, pois não demonstra interesse nas aulas e corre até o risco de repetir de ano. Além disso, não possui mais tantas oportunidades de ingressar na universidade como antigamente (pois era uma aluna exemplar). Sua melhor amiga é M., uma das garotas mais populares da escola e que aparentemente é toda certinha, mas que na verdade esconde segredos e meio que vive uma vida dupla. As garotas vão à Los Angeles constantemente, seja para tomar um café ou apenas ficar sem fazer nada, é um modo de escapar da realidade. Em uma dessas saídas, Alex conhece Connor, um gatinho britânico de 20 e tantos anos. Quando se conhecem M. diz que as garotas têm 19 anos, e vão descobrir um novo mundo, cheio de festas VIPs, muito sexo e drogas. Mas Alex começa a ver que esse mundo alegre que foi apresentado a ela, não é tão alegre assim, e começa a refletir sobre a sua vida. O livro ainda conta com muitas intrigas, mentiras e testes de amizades.
“... Mas você não pode controlar as atitudes das outras pessoas. Só pode controlar sua reação. E você tem de escolher as batalhas que irá lutar com sabedoria, pois sentir raiva exige muita energia. Uma energia que você poderia usar melhor..... Mas é hora de você se responsabilizar pelo que virá em seguida. Não use o passado como desculpa para não chegar aonde você quer”. (pág. 215).
“Fingindo ter 19 anos” é um livro sobre amadurecimento, sobre as escolhas que fazemos e sobre perdão. É uma leitura gostosa, mas não é espetacular. Não há durante a leitura um momento clímax, e o livro fica sem muitos atrativos. A capa não me agradou, mas a revisão e a escolha da fonte estão ótimas.


site: http://www.mixliterario.com/
comentários(0)comente



Tati oliveira 07/11/2012

Alex esta no último ano do colegial, sempre tirara boas notas, fora popular e fazia parte de diversas atividades extracurriculares. Mas de um tempo pra cá essas coisas deixaram de ser importantes, e agora ela não só perdeu a chance de uma bolsa de estudos para a faculdade como periga não se formar.

Ela vive com sua mãe e trabalha meio expediente para conseguir dinheiro, pois desde que seu pai, dono de uma empresa multinacional saiu de casa e mal tem contato com elas, muito menos paga pensão, a situação das duas anda difícil.

Mas ela não esta realmente ligando pra isso, todo dia parte com sua amiga, M, para Los Angeles, onde visitam as lojas e baladas, aproveitando a juventude. Em uma dessas visitas acabam conhecendo Connor, que tem 24 anos em não sabe a real idade das duas. Passam então a freqüentar lugares chiques tendo tratamento VIP, tudo que elas sempre desejaram.

O livro me surpreendeu muito, o título e a ilustração da capa não me atraem nada, decidi ler o livro depois que descobri ser o primeiro trabalho da autora e que foi baseado em um conto que escrevera aos 17 anos. Mas a escrita é super fluida, as letras são grandes, a história passa rapidinho em não tem como parar de ler, fui ler só uns capítulos antes de dormir e acabei parando quase quatro horas mais tarde, quando cheguei ao fim.

Apesar de ser super leve, a história tem momentos bem profundos, impossível não ficar tocada. É basicamente sobre a vida de uma adolescente, que sente e passa por coisas que, acredito, seja como a maioria dos adolescente, por isso é impossível não se identificar.

Fingindo ter 19 anos, tem um título que não condiz com a beleza da história, e vale muito a pena ler.


http://frasesrabiscadas.blogspot.com.br/2012/11/fingindo-ter-19-anos.html
comentários(0)comente



Milena 17/02/2014

Momentâneo
Quando comecei a ler o livro achei que seria algo muito supérfluo,mas me enganei redondamente.
Não tem surpresas,nem grandes reviravoltas.Não é um livro que vai te levar para outra dimensão,e nem te fará se apaixonar grandiosamente pelos personagens.Mas é algo que,no meu caso,me tocou bastante.
Me identifiquei bastante com a Alex,personagem principal,e suas inseguranças.Passei pelos mesmos problemas que ela passou,e ao ler o livro,senti o que ela sentiu.Me emocionei e,principalmente,pensei.Pensei em como nos deixamos abalar por tão pouco e,em como crescemos quando acreditamos em nós mesmos.
É um bom livro,não é ruim e nem muito bom.É bom.E para mim,um livro de momento.Cada vez que o ler,conseguirá tirar algo de bom e novo de tudo aquilo.
comentários(0)comente



Beatriz 16/11/2013

Foi bem decepcionante. A sinopse dá a atender que o livro vai vir com muita história louca, engraçada e emocionante de Alex e M, mas no fim das contas, não é nada de mais. Achei até meio monótono em algumas partes. Foi o primeiro livro da Alyson Noël que eu li e a primeira impressão que tive não foi boa. Quem sabe nos próximos livros, ela consiga segurar minha atenção?
comentários(0)comente



Saah 08/02/2013

Resenha - Fingindo ter 19 anos - Alyson Noël
Podemos dizer que Alex é uma garota de sorte. É linda, inteligente, mega simpática e sua melhor amiga é a menina mais popular do universo (pelos menos no mundo da escola rs). Com 17 anos, ela tem tudo que uma garota adoraria ter.

Seus pai se divorciaram quando tinha doze anos, e desde então, Alex não se da muito bem com o seu pai. Como cresceu em Orange County se sentia extremamente normal com isso, até por que hoje em dia, quase todos os pais são separados.

Como vive grudada com sua melhor amiga M. as duas sempre saem juntas. Um dia quando saem para fazer compras, Alex conhece Connor (suuper gaitinho) Firth. O simpático garoto inglês as chama para sair e dar um volta. Porém, algumas coisa podem acontecer...


Eu simplesmente adorei esse livro, é uma leitura super engraçada e descontraída para quem gosta do gênero. 272 paginas e 40 capítulos que você lê em um piscar de olhos.


Adorei também a personagem da Alex, uma garota um tanto bobinha as vezes, mas com muita atitude, personalidade, e que não tem medo de dizer o que pensa.


Dei quatro estrelinhas para o livro, por conta de alguns acontecimentos no final. Mas para descobrir vocês terão que ler rs.

Gostei até, mais é um pouco adolescente demais rs.
comentários(0)comente



Maísa Andreoli 17/09/2013

Fingindo ser algo que não é...
"Fingindo Ter 19 Anos" relata a história de Alex Sky, uma adolescente que está se formando no ensino médio e vivenciando os problemas típicos da mocidade. Além disso, ela precisa lidar com a distância de seu pai, que se divorciou de sua mãe, e o fato de que, além de negligenciá-la, ele não a está ajudando financeiramente. Isso, somado ao fato de suas notas na escola estarem em declínio, não a está ajudando a preparar-se para a faculdade, e, para piorar a situação, aos poucos ela está descobrindo que sua melhor amiga, M, talvez não seja uma amiga tão boa assim.

"Fingindo Ter 19 Anos" nos mostra de forma simples que às vezes as pessoas não são o que parecem ser, e que a mudança em nossas vidas depende exclusivamente de nós mesmos. Podemos realizar nossos desejos, mas sem esperar algo das outras pessoas para que as realizações aconteçam.

site: http://pequenomundodoslivros.blogspot.com.br/2013/09/resenha-16-fingindo-ter-19-anos-alyson.html
comentários(0)comente



Simone 06/11/2013

A escrita de Alyson Noël flui muito bem, tanto que não sentimos o passar das páginas. Como a linguagem empregada é facilmente entendível, a leitura torna-se uma fruição, sem pausas para questionamentos.
Entretanto, um dos pontos que não me agradou foi a capa (de todas as capas inimagináveis, escolheram a pior), ao passo que também não me identifiquei tanto com a protagonista: a inconstância dela atenuou um pouco o meu anseio de ler; soma-se aos pontos negativos a eleição do título: "Fingindo ter 19 anos" não resume com exatidão a história, configurando-se como um título inexpressivo.
comentários(0)comente



Moniiqueta 21/06/2012

Enganada pela Capa !


Comprei o livro por ser da Allyson e eu adoro ela desde de The Immortals..enfim comprei o livro que eu devo dizer estava a muito tempo afim de comprar..
e foi uma surpresa..pq se olharmos para a capa e para o nome do livro pensamos : AH, deve ser um livro bestinha falando de meninas que finger ter uma idade mais na verdade não são nada disso...Enfim o tema "fingindo ter 19 anos" foi o menor tema abordado..A história é interessante sem ser superficial..explora amizade, família, confiança..medos e tudo mais..

Me deu raiva algumas horas da Alex porque meu ela é MUITOOO baixo astral sério..aquela amiga dela M é meio p n saco e mesmo assim a Alex nunca fez nada para se mostrar por cima...Mais o final nos deixa a lição que independente do quanto as coisas estejam ruim..somos responsáveis pela nossa própria vida e mudanças que ela ocorrer só depende de nós.
comentários(0)comente



Ka Wozniak 26/03/2012

Resenha escrita para o Blog Cinco das Artes:

Posso dizer que a leitura do livro é fácil, sem super emoções e até que engraçadinha ... mas quem em sã consciência vai preferir Richard Branson a Backstreet Boys?! E como boa e pra sempre fã de BSB devo dizer ... "lixo pré-embalado de grupinhos "feitos para adolescentes""?!?! Me desculpe Alyson ... mas ... hã?! Nem vou discutir esse fato nesse post ... rs!


Veja o restante da resenha no Blog Cinco das Artes:

http://www.5dasartes.com.br/2012/03/hint-book-31-fingindo-ter-19-anos.html
comentários(0)comente



Luisa 14/02/2013

Resenha do Blog Amantes de Livros - Por Lulu
O livro "Fingindo Ter 19 Anos", da autora Alyson Noël, da editora Novo Conceito com 272 páginas.
O livro é sobre Alex, uma garota de dezessete anos. A vida de Alex já foi melhor... houve uma época em que ela tirava notas boas, era presidente da classe e participava de várias atividades extracurriculares. Bom, isso foi antes de ela entrar no ensino médio, onde sua média começou a baixar. Ela sobreviveu aos dois primeiros anos, mas agora Alex está no último ano, e suas notas não começarem a subir, ela não poderá conseguir uma bolsa de estudos ou ao menos se formar no ensino médio.
Tentando escapar de suas obrigações, Alex escapa com sua melhor amiga M para Los Angeles. Lá, elas fazem muitas compras juntas. Ok, Alex mantém um trabalho há dois anos, mas como seus pais são divorciados e ela não tem muito contato com o pai (só para pedir dinheiro, mas ele nunca contribuiu), ela é meio pobre. Já M vem de uma família rica, mas não perfeita.
Foi em LA que Alex conheceu Connor. Alex de cara se identifica com ele, então ela passa seu número de telefone a ele. Connor não telefonou para ela, mas os dois se encontraram em uma festa, onde passaram um tempo juntos. Durante a conversa, Alex notou que Connor era mais velho. Então, diz que tem 19 anos, mas depois descobre que Connor tem 23! Ele é seis anos mais velho que ela, mas será que a diferença de idade os afastará? Será que ela evitará se apaixonar?

Devo dizer que eu esperava mais do livro. Eu me decepcionei foi com o final. Mas "Fingindo Ter 19 Anos" não deixa de ser legal!

Minha avaliação do livro: ♥ ♥ ♥ ♥

---Lulu

Blog: http://blogamantesdelivros.blogspot.com.br/
Página no facebook: https://www.facebook.com/Amantesdelivrostumblrcom?ref=hl
comentários(0)comente



AmantesDeLivros 14/02/2013

Resenha do Blog Amantes de Livros - Por Lulu
O livro "Fingindo Ter 19 Anos", da autora Alyson Noël, da editora Novo Conceito com 272 páginas.
O livro é sobre Alex, uma garota de dezessete anos. A vida de Alex já foi melhor... houve uma época em que ela tirava notas boas, era presidente da classe e participava de várias atividades extracurriculares. Bom, isso foi antes de ela entrar no ensino médio, onde sua média começou a baixar. Ela sobreviveu aos dois primeiros anos, mas agora Alex está no último ano, e suas notas não começarem a subir, ela não poderá conseguir uma bolsa de estudos ou ao menos se formar no ensino médio.
Tentando escapar de suas obrigações, Alex escapa com sua melhor amiga M para Los Angeles. Lá, elas fazem muitas compras juntas. Ok, Alex mantém um trabalho há dois anos, mas como seus pais são divorciados e ela não tem muito contato com o pai (só para pedir dinheiro, mas ele nunca contribuiu), ela é meio pobre. Já M vem de uma família rica, mas não perfeita.
Foi em LA que Alex conheceu Connor. Alex de cara se identifica com ele, então ela passa seu número de telefone a ele. Connor não telefonou para ela, mas os dois se encontraram em uma festa, onde passaram um tempo juntos. Durante a conversa, Alex notou que Connor era mais velho. Então, diz que tem 19 anos, mas depois descobre que Connor tem 23! Ele é seis anos mais velho que ela, mas será que a diferença de idade os afastará? Será que ela evitará se apaixonar?

Devo dizer que eu esperava mais do livro. Eu me decepcionei foi com o final. Mas "Fingindo Ter 19 Anos" não deixa de ser legal!

Minha avaliação do livro: ♥ ♥ ♥ ♥

---Lulu

Blog: http://blogamantesdelivros.blogspot.com.br/
Página no facebook: https://www.facebook.com/Amantesdelivrostumblrcom?ref=hl
comentários(0)comente



27 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2