Anjo Negro

Anjo Negro Mallerey Cálgara




Resenhas - Anjo Negro


91 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


Simone 25/04/2017

Um enredo surpreendente!
Falar desse enredo é uma divergência e tanto! Lembro-me que quando o li pela primeira vez, já havia gostado. Porém, agora, me envolvi muito mais e... PQP, ainda aguardo uma continuação. O enredo é um mix entre o bem e o mal, com uma boa pitada de espiritismo, algo que, em partes, acredito. Acho que por esse motivo a história me envolveu, pois além de ser um enredo sobrenatural, és enveredado com preceitos dos quais tenho — digamos assim — pouco conhecimento.

Eu senti o grande dilema de Darian, pois ter a oportunidade de salvar a alma de quem se ama, sacrificando tantas outras, é uma decisão difícil. Além de todos esses impasses, há uma revelação adornada em paixão, algo que sempre me fez querer uma continuação dessa história. O final é impactante, a autora soube fugir do clichê, deixando-me numa paúra irremediável.

P.S: Confira a resenha completa no link abaixo.

site: http://simonepesci.blogspot.com.br/2017/04/falando-em-anjo-negro-de-mallerey.html
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Flavia 26/03/2014

Li a primeira edição e amei. Não resisti a essa capa linda, comprei a segunda edição e li novamente.

Mais uma vez esse livro me surpreendeu. Ele ficou muitooooo melhor.

Parabéns para a autora!!

Ainda espero pela continuação, embora eu saiba que não tem. Completamente apaixonada pelo Darian!
comentários(0)comente



Felipe Miranda 10/01/2014

Anjo Negro - Mallerey Cálgara por Oh My Dog estol com Bigods
Londres,século XVII. Nessa época devido a epidemia da peste negra,milhares de pessoas amanheciam mortas. Surgiu então um boato. Quem fosse pego vagando pelas ruas á noite era levado pelos devoradores de almas e não amanhecia vivo.

Diante de tanta dor e sofrimento a população estava descrente em Deus,não sabendo eles que Ele nunca havia os abandonado,que seus anjos o tempo todo estavam os amparando. No meio de tudo isso se destacava o médico Alan,por sua determinação e pouca idade. Bridget um anjo que o observava,desceu a terra e começou a ajuda-lo como enfermeira.Acabou se envolvendo e engravidando.

Apaixonada e infringindo uma lei divina,Bridget teve uma punição severa.A pior de todas para um anjo.Foi transformada em humana,casou-se com Alan e teve um filho Neefilins,Darian. Mesmo em forma humana Bridget podia ver e conversar com os anjos,e passou a ser pertubada por Belial,um demônio da loucura e arrogância.

Alan depois de presenciar sua esposa discutindo várias vezes com "ninguém",não sabendo ele que Bridget estava protegendo seu filho das trevas,começou a ministra-la doses de calmantes,chegando até a amarra-la. Bridget já não tinha mais certeza de nada,se já fora um anjo ou estava realmente louca. Até que Bridget se suicida.Dando início a um sofrimento ainda maior,sua alma é levada ao vale dos suicídas,onde reviveria o momento de sua morte pela eternidade.

Darian é um Neefilins,filho de um humano com um anjo,possuindo acesso livro ao mundo dos humanos e mundo dos espíritos.
Vivendo com seu pai Alan e seus irmãos Erick e Margot,tudo ia bem até que a verdade é lhe apresentada.
Darian recebe duas propostas,uma do arcanjo Miguel e outra do demônio Iblis.Ele terá que escolher entre continuar o trabalho de sua mãe,recolhendo almas que querem a salvação,ou aceitar a proposta do demônio de recolher dez mil almas inocentes e entrega-las a Lúcifer em troca da alma da sua mãe.

“-... Apenas dez mil almas simples, comuns, por uma especial, uma troca justa.”

Nesse jornada entre anjos e demônios,Darian contará com a ajuda de Hadji,seu anjo da guarda. Não quero contar muitos detalhes de toda a trama,não quero estragar nenhuma surpresa.E acreditem são muitas durante todo o livro. Até chorei.

Sério,a Margot,irmã do Darian é muito fofa.
O livro é super detalhado,cada cenário assombroso você imagina tão bem que chega a se arrepiar.
Coitado do Darian,eu não sei o que faria no lugar dele.

Imagine você ter a chance de salvar a sua mãe do sofrimento eterno,e não é qualquer sofrimento,e sim reviver o momento exato de sua morte vinte e quatro horas por dia,gente?
Eu iria até o inferno para salva-la.
Literalmente né Darian? Risos.

A caça as almas de Darian com Hadji são as melhores partes do livro.Vou me permitir compara-las as caçadas da série "Sobrenatural",quem conhece sabe que são incríveis,super assustadoras e com finais surpreendentes. Anjos caídos,espíritos,demônios,dúvidas,segredos e mistério.Anjo Negro é isso e muito mais.

Foi o primeiro livro sobre anjos que li e comecei com o pé direito. Mallerey sua linda obrigado por me proporcionar uma leitura tão gostosa! O final do livro é impressionante,durante a leitura imaginei mil finais diferentes mas esse nem me passou pela cabeça.A leitura fluiu tão bem que quando vi já tinha terminado.

Super recomendo a leitura!
Um abraço pra Mallerey que me enviou um exemplar do livro.

site: http://www.ohmydogestolcombigods.com/2011/11/anjo-negro-mallerey-calgara.html
comentários(0)comente



Dely 08/01/2014

Amei...amei...amei

Já tinha lido a primeira edição e adorei...não aguentei e li novamente a segunda edição, e para a minha surpresa está bem melhor.

Narrado na terceira pessoa, com cenários novos e descrições mais que perfeitas.

Recomendo a todos lerem a segunda edição...sem contar que a capa está maravilhosa.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Caverna 26/09/2013

Darian era apenas um jovem comum, sua mãe havia se suicidado há muito tempo, e seu pai era apenas um médico que tinha a própria clinica. Desde pequeno Darian ajudava a cuidar das pessoas, e quando descobre que é filho de um Anjo com um mortal, e que pode ajudar milhares ou milhões de almas perdidas, Darian não exita em aceitar a proposta, ainda mais quando pode salvar sua mãe, que está presa e castigada a ficar no Vale dos suicidas por toda a eternidade.
Sabia que a história seria de anjos, e de demônios também... Claro, onde há anjos pode apostar que há demônios. Mas não imaginava que a autora tivesse criado uma narrativa tão bem escrita e definida como essa, com uma história completa e interessante que não fica cansativa. Darian ama muito sua mãe, e está disposto a fazer o que for preciso para amenizar a dor de quem o gerou, mesmo que sofra no final, e ele muda muito durante o livro, principalmente depois que conhece Hadji , seu anjo da guarda que o ajuda em suas “missões”.
Apesar de ser um livro bem pequeno, Anjo negro tem tanta coisa dentro, que nem parece ter menos de 210 páginas. É aventura que não acaba mais, emoção á toda hora, e impossível não mencionar o fato de que Hadji é uma personagem maravilhosa que me conquistou já no primeiro momento em que apareceu. A família de Darian também é muito bem formada, com pessoas diferentes umas das outras, mas aparecem pouco, então não sei se deveria ficar mencionando-os.

site: http://hangoverat16.blogspot.com.br/2013/09/anjo-negro.html
comentários(0)comente



Djé 23/08/2013

Com a Peste Negra as pessoas começaram a acreditar que estavam vivendo o Apocalipse. Alan é um jovem médico que ajuda as pessoas vitimas desse mal. No meio desse cenário ele conhece uma enfermeira, Brigte, que o ajuda, mas na verdade trata-se de um anjo em forma humana. Kesabel um anjo caído, a influência a manter relações sexuais com Alan, sendo punida por tal ato sendo transformada em humana. Do relacionamento nasce o Neffilins Darian. Como Brigte nunca contou a Alan sobre sua origem, ele acha que ela esta enlouquecendo, pois a flagra falando sozinha algumas vezes (ela apesar de virar humana ainda vê os anjos), e começa a ministrar remédios para ela. Quando seu filho completa 5 anos de idade, ela comete suicido em um ato desesperado achando que assim protegeria Darian.

Alan adota outras duas crianças, e continua trabalhando ajudando os necessitados. Um dia Darian descobre sua verdadeira origem e que pode transitar pelos mundos por ser um Neffilins, recebendo uma proposta do anjo Miguel: resgatar 10 mil almas que se arrependeram. No entanto Iblis lhe faz outra proposta: se assumir um anjo negro e trocar dez mil almas simples por uma especial, a da sua mãe.

A proposta do livro é de arrepiar, afinal, valeria a pena você se aliar ao "mal" para salvar uma pessoa amada? A leitura se desenvolve rápido, e toda a história passa muito rápido. O ponto central, que é essa dúvida do protagonista, acaba ficando de lado, sendo mencionado sutilmente no decorrer da história, tendo um pouco mais de destaque no final. Eu gostei muito do livro apesar disso, e surgem outras revelações inesperadas no meio da história. E o Final, bem, deixa um gostinho de "quero um segundo volume!"

Blog Horas Vagas

site: http://www.horasvagas.com.br/2013/08/resenha-anjo-negro.html
comentários(0)comente



Vivi 04/08/2013

Anjo Negro
Achei a ideia do livro ótima, porém achei que não foi muito bem desenvolvido e muito convincente.
comentários(0)comente



Cyssah 22/07/2013

A guerra entre o bem e o mal por trás dos romances entre anjos e humanos
Após ler Fallen e Sussurro, imaginei que todas as histórias que trabalhassem com a temática Anjos Negro ou Anjos Caídos acabariam no fundo sendo praticamente a mesma trama. Um anjo caído que se aproxima de um humano por algum motivo em especial e acaba se apaixonando e passa a história toda tentando salvar o humano.

De fato, quando li as primeiras páginas do Anjo Negro de Mallerey Cálgara, achei que seria assim, pois começa contando como um anjo se apaixona pelo médico Alan e acaba sendo expulsa do céu e perdendo suas asas, mas não a habilidade de ainda ter contato com anjos. Entretanto, quando Daria entra na história e uma série de eventos sobrenaturais começam a acontecer com ele e não há nem sombra de paixões platônicas a vista... Ai sim, senti que está história seria diferente.


Darian é filho de um anjo e um mortal (o médico que mencionei no inicio). Vários anos após o suicidou de sua mãe, Darian começa a ter estranhos sonhos e resolve buscar a origem deles. O arcanjo Miguel faz uma proposta a ele: recolher dez mil almas e colocá-las na caixa angelical. Com isso ele amenizaria o sofrimento da mãe que está no vale dos suicidas. Já Iblis, o senhor do inferno, lhe faz uma contraproposta: dez mil almas em troca da libertação de sua mãe. Dez mil almas inocentes, por uma pecadora ou melhor, dez mil almas comuns por uma especial.

A descrição de todos os ambientes, principalmente do inferno, são de tirar o folego!

Adorei cada aventura na qual daria e seu anjo da guarda Hadji se envolveram para conseguir as almas. A origem deles, também é bastante intrigante. Achei mesmo que fosse ter uma histórinha de amor em algum momento, mas não era esse o foco mesmo...

Sou daquelas que lê a última página do livro antes de terminá-lo para ver se é bom, mas na última página, pensei que estava, mas não estava clara a decisão de Darian e quando realmente li tudo até o fim, fiquei pasma! Adorei! Queria apenas saber o que acontece com os outros personagens.

Só fiquei triste porque o livro é ótimo, mas sua revisão não foi muito boa e sei que muita gente verá isso e pode até levar mais em consideração do que a história em si. E pela linguagem e a rotina diária dos personagens fiquei meio em dúvida com relação ao tempo no qual a história se passava, ora parecia tempos atuais, ora idade média, ora época da revolução industrial.

Entretanto, Anjo Negro é uma história tão interessante que levei isso pouco em conta. O livro é bem interessante tanto para mulheres quanto para homens, pois envolve ficção e realidade, mistério e suspense, ação e terror, mitologia e religião, além de levantar uma série de questões morais como nossa responsabilidade intransferível diante das consequências de nossas escolhas

Realmente é um dos melhores e mais surpreendentes livros que li esse ano, nunca mais lerei sobre anjos negros com os mesmos olhos.
comentários(0)comente



12/07/2013

Como apreciadora de seres sobrenaturais, gosto de conferir vários livros sobre determinada criatura para obter os mais diferentes pontos de vista, opções de origens, crenças e poderes. Você nunca encontrará dois vampiros iguais, assim como anjos e outros seres fantásticos. Cada autor busca basear-se em lendas e origens de culturas diferentes, portanto, ler Anjo Negro fazia parte do meu repertório de anjos.
Darian é o filho de um anjo com um humano, portanto, um nefilim. Ele tem acesso aos dois mundos: o espiritual, por assim dizer, e o humano. Sua mãe, após ser banida dos céus e transformada em humana, continuou a ter contato com os seres de luz e trevas que vagavam pelo mundo humano e, sabendo de seu "pecado", despertara a atenção dos seres malignos, que queriam de todas as formas sua alma. Desesperada, angustiada e querendo proteger seu filho e seu marido, ela cometeu suicídio, tendo sua alma aprisionada no Vale dos Suicidas.
Os anos passaram, Darian ajudava o pai a comandar uma clínica que funcionava ao lado de sua casa e, com o tempo, haviam acolhido duas outras crianças sob seu teto: Erick e Margot. A vida seguia como sempre, até que Darian sonha com um monstro tentando atacar uma garota e isso o desperta para o outro mundo pelo qual pode vagar.
Ele conhece Hadji, seu anjo da guarda, toma conhecimento dos demônios que vivem cercando as pessoas e percebe que tem o poder de salvar essas almas, se elas estiverem prontas para isso. Sempre quisera entender o que levara sua mãe a se matar e, com a possibilidade de poder ao menos vê-la e aliviar parte de seu sofrimento, Darian se prontifica a recolher dez mil almas em sua Caixa Angelical e entregá-las ao Arcanjo Miguel.
No entanto, dada a sua procedência e seus poderes e habilidades, os seres das trevas também estão de olho no nefilim e uma outra proposta parte de Iblis, o senhor dos infernos: ainda seria necessário recolher dez mil almas, mas apenas isso, e então, entregá-las ao demônio para trocá-las pela alma de sua mãe. Tentadora a proposta, não? Darian seria capaz de entregar dez mil almas à condenação para salvar sua mãe? Ou ele perceberia que haveria muito mais em ajudar as pessoas e que elas mereciam ser salvas, se estivessem prontas?
O principal problema de Anjo Negro foi estrutural. A narrativa variava em alguns pontos de terceira para primeira pessoa sem qualquer sinalização que não fosse a simples mudança de parágrafo. A revisão do livro está ter-rí-vel, eu sinceramente não esperava isso vindo de uma editora como a Novo Século. Logo no começo da leitura, tive a impressão de que todas as informações queriam ser passadas em poucas linhas, ficando um emaranhado de descrições e uma narrativa atropelada.
Eu pensei seriamente em largar a leitura do livro, pensava que ele precisava urgentemente de uma revisão porque eu encontrava cada erro simplesmente medonho. No entanto, dei um tempo, respirei fundo, e continuei pela história, pelo enredo, que estava se desenvolvendo relativamente bem. E eu gostei do que li, vocês perceberão isso na minha nota final. As estrelas que descontei foram pela péssima revisão que, para mim, trata-se de algo inaceitável, e pela narrativa que, na minha opinião, poderia ter sido melhor desenvolvida e organizada.
Existiram vários pontos em que eu desejei descrições mais aprofundadas, informações a mais, pontos que eu realmente queria ver mais explorados e que, infelizmente, mantiveram-se como o resto do livro: objetivos. Como, por exemplo, o fato de a história ser ambientada em pleno século XVII, para mim, não pôde ser muito bem percebida pela falta de descrições dos ambientes, eu só me lembrava desse detalhe porque havia lido na contracapa do livro e vez ou outra, com a menção de algum objeto ou situação.
A leitura foi rápida, o que contribuiu para que eu continuasse e não desistisse, e não me arrependo dessa decisão. Gostei muito dessa nova perspectiva dos anjos, os Potestades, que são aqueles que recolhem as almas e as ajudam quando estão prontas para se perdoar e seguir em frente, são figuras novas e que eu não conhecia. A autora também inseriu a reencarnação como forma de uma alma conseguir progredir a cada novo retorno e, assim, evoluir para tentar atingir o maior grau de pureza e perfeição no reino lá de cima. Um capítulo é dedicado a essa explicação e eu achei muito interessante essa relação, embora eu tenha achado que deveria ter sido um pouco mais bem explicada e aprofundada. Fiquei com um gostinho de quero mais quando passei por esse trecho e por mais alguns outros.
Em suma, acredito que nos aspectos técnicos, Anjo Negro teria que melhorar muito mais e passar por uma boa revisão, mas a história é bem diferente e original e isso, sem dúvidas, foi o suficiente para salvar a leitura.

site: http://onlythestrong-survive.blogspot.com.br/2013/06/resenha-anjo-negro-mallerey-calgara.html
Aline 12/07/2013minha estante
Gostei muito da sua resenha, parabéns!
Eu amei o Anjo Negro e fiquei muito decepcionada também com a "correção" da editora. Sei que ele será relançado em outubro por outra editora e que a autora o reescreveu.E claro, que irei ler. Acompanho a fan page e vi que ela inseriu até trechos em latim. Aguardando ansiosa!



Nani 13/07/2013minha estante
Eu gostei muito também da história. A autora conseguiu falar sobre um tema que para mim já está batido, "anjos", mas por uma perspectiva diferente e acrescentando novos elementos, com vc disse, as Potestades.
Infelizmente, esse não foi o primeiro livro da novo Século que leio com erros, e acredite, já vi piores. Estou apostando nesta próxima edição, que será lançada também na mesma data na europa. Tenho certeza que será bem melhor.




Fulana Leitora 23/04/2013

Resenha feita por Kezia Martins para o blog Fulana Leitora: http://fulanaleitora.blogspot.com.br/2012/12/resenha-anjo-negro-mallerey-calgara.html
Eu demorei muito para fazer essa resenha por que tive certa divergência de sentimentos a respeito desse livro. Não vou me prender muito a história do livro, mas a sua construção e ao que ele me passou.

Anjo Negro conta a história de Darian, filho de um anjo com um mortal. Após sua mãe ter se apaixonado por seu pai ela é transformada em humana e logo depois comete suicídio. Por ser filho de um anjo e um mortal, Darian tem passagem livre entre os dois mundos. O arcanjo Miguel faz uma proposta a ele: recolher dez mil almas e colocá-las na caixa angelical. Com isso ele amenizaria o sofrimento da mãe que está no vale dos suicidas. Sempre acompanhado de sua anjo da guarda, Hadji, Darian deixa sua família e parte em sua jornada de recolher as almas. No meu de sua jornada, Iblis, o senhor do inferno, lhe faz uma contraproposta que o leva a pensar: o que uma pessoa é capaz de fazer em prol daqueles que ama.

Assim que eu li a sinopse desse livro eu pensei “Que final previsível.”. Mas, eu não poderia estar mais enganada. Quando eu terminei a última página não acreditei. Reli o último capítulo e fiquei virando a página para todos os lados para ver se tinha alguma folha grudada. Não consegui acreditar que tinha acabado. Tem meses que eu li Anjo Negro e ainda estou com aquela sensação de “Ai meu Deus!”. É muito difícil, hoje em dia, encontrar um livro que você não consiga imaginar o final, algo que te surpreenda. Eu fiquei chocada, feliz, triste e surpresa. Se não fossem os “porém” Anjo Negro ganharia nota máxima. Porém... A revisão do livro não foi muito boa, encontrei alguns erros. E eu senti falta de “senhorita”, “senhor” e “passar bem”. Você não entendeu? É que a história se passa na Inglaterra séculos atrás. Faltou um diálogo mais adequado a época em questão. Mas, nada disso ofusca o talento e criatividade da Mallerey.

Anjo Negro nos envolve em uma história cercada de sobrenatural, mitologia grega, religião e realidade. A leitura lhe faz levantar várias questões: o que é certo e errado? Os fins, realmente, justificam os meios? Tudo que é feito por amor é válido?
O que mais me conquistou nessa leitura foram as questões morais, que me levaram a refletir muito, e o drama de Darian, o peso e consequências de sua escolha. No final, creio que essa seja a mensagem que o livro me passou. Na vida todos seremos tentados, teremos escolhas, e devido ao nosso livre arbítrio, seremos os únicos responsáveis por elas.
Então, assumo o risco de ler Anjo Negro e se surpreenda.
Bella 16/12/2012minha estante
Eu também tive a mesma impressão que vc...amei o livro e as mensagens que ela passa!
Ótima resenha, parabéns!


Marcelia 17/12/2012minha estante
Não acreditei quando cheguei no final...fiquei extremamente surpresa, pois pensei que já sabia o que iria acontecer, pelo menos acho, que seria o que eu teria feito (risos).

Amei!!! Adoro ser surpreendida. Me envolvi completamente.



Fulana Leitora 17/12/2012minha estante
Oi, Bella.
Esse livro da Mallerey é ótimo mesmo.
Que bom que você gostou.
Obrigada :)


Fulana Leitora 17/12/2012minha estante
Oi, Marcelia.
Eu fiquei muito surpresa com o final. Foi muito melhor do que eu tinha imaginado :)


Lu 21/12/2012minha estante
Amei o livro!!! Achei perfeito!!




Jéssica R. 21/03/2013

Logo que ouvi falar desse livro me interessei afinal quem não gosta de uma boa história de anjos??? Na verdade esperava uma paixão entre anjo e humano, mas não é, e isso foi o que mais me conquistou na história do Darian.

O mais interessante dessa história é a parte humana abordada no livro, não é apenas a história de um anjo caído, mas a história de um filho que recebe a proposta de recolher dez mil almas para amenizar o sofrimento de sua mãe que se encontra no vale dos suicidas, nessa história o certo e o errado são postos em cheque. O que é certo? O que é errado? Difícil quando temos nossas percepções remexidas, só lendo para entender. É também a história de um pai e seus filhos, de uma relação de cumplicidade entre irmãos que vai muito além da relação consanguínea.

É uma leitura que nos faz avaliar nossos princípios. E deixa varias perguntas em aberto,
O que somos capazes de fazer por quem amamos? Até onde devemos ir, para conseguir o que desejamos? Estamos dispostos a enfrentar as consequências de nossas escolhas?

É uma história curta, de fácil leitura e entendimento. A parte chata é exatamente essa, uma história curta, por mim teria muito mais páginas e quem sabe uma possível continuação. Como a esperança é a ultima que morre eu ainda espero ler um pouco mais sobre a história do Darian e de seu Anjo da guarda, Hadji, quando a história é boa sempre deixa o gostinho de quero mais :D


http://lilianejessica.blogspot.com.br/2013/03/anjo-negro-autor-mallerey-calgara.html
comentários(0)comente



Michelle Ladisl 20/03/2013

Anjo Negro
Bom meus queridos (a) :

Quando li algumas resenhas em diversos blogs sobre o livro , fiquei me perguntando ... Será que essa história é isso tudo mesmo?
Então como curiosa e amante da uma boa leitura , fui lá conferir . O livro começa de maneira única com um prólogo brilhante onde tem explicações com relação a mitologia grega e o Velho testamento .
A história começa com uma anja que se apaixona por um mortal e desse relacionamento nasce Darian . ainda criança Darian perde sua mãe, ela se suicida. A partir deste momento a vida de Darian começa a desenrolar.
Ele vê sua vida mudar de uma forma inesperada na sua adolescência , quando descobre através da sua anja protetora que é um Neefilin.A princípio ele acha tudo loucura ,porem a sua anja da guarda explica que um Neefilin nada mais é do que ser um filho de um anjo com um humano . Só assim ele descobriu que sua mãe era uma anja caída que tinha cometido suicídio .
Depois dessa revelação, surge o Arcanjo Miguel e faz uma proposta a ele :se resgatar 10.000 mil almas que querem ser salvas, ele pode amenizar o sofrimento de mãe que esta no Umbral . Ele de imediato aceita sem ter a real noção do que isso significará para sua vida .

“ Para cada dez mil almas que querem a salvação divina para os seus sofrimentos , colocadas na caixa angelical e encaminhadas ao lugar de descanso , uma será resgatada do Umbral “

Página 48

Minha opinião :

A gramática do livro é muito boa e a leitura é fácil , envolvente e prazerosa .
Darian é o único filho biológico de Alan , médico da cidade , logo depois entraram na vida deles o Erick , que foi vítima de maus tratos do pai alcoólatra e Margot que foi adotada pela família assim que a mãe faleceu dando a luz a ela .
O Darian é um personagem fascinante , mesmo sendo um adolescente ele tem atitudes de um homem e se comporta muito bem entre os dois mundos ( mortal e anjos ) , mesmo tendo suas aflições, certezas e dúvidas como qualquer mortal .
Fiquei impressionada de como foi relato o Umbral ( com tantos detalhes dos que estavam ali sofrendo que pude imaginar como seria ) da Colônia (onde os Postestades vivem um lugar mágico ) do Limbo ( com todos os detalhes da travessia , inclusive Corante ) , da entrada e chegada do inferno ( da sua luta com Cérbero ) e além de como é relatada a encarnação que para alguns é a oportunidade para evoluir e para outros uma missão .
Mas as coisas que me fizeram ficar apaixonada pelo livro são :
Saber o motivo da ligação tão forte entre Darian e sua protetora Hadji .
Saber que Darian tomou uma decisão que mudaria sua vida para sempre e a partir disso ele se tornaria o Anjo Negro;
Ver como a autora relata os fatos, fazendo você voar, imaginar e se colocar no lugar de cada personagem , como se você fizesse parte da história .
comentários(0)comente



Letícia 20/03/2013

Anjos...
Confesso que mesmo sabendo que havia muitos livros sobre a temática. Eu nunca me interesse em ler algo do gênero. Só foi a partir de começar a conhecer novas autoras, espalhadas na rede, através de blogs literários e aqui no Skoob,e lendo a sinopse de Anjo Negro, resolvi ler.
Eu sou daquelas pessoas que precisam ler algo para compreender se o texto é bom ou não, se vou gostar do gênero também. E foi assim que aconteceu com Anjo Negro.
A sinopse já me atraiu, primeiro, pelo espaço temporal e segundo pelo ambiente criado pela autora. Comecei a ler o livro sem criar muitas expectativas e de repente em 3 dias eu tinha finalizado a leitura. A história me envolveu e também corroborou com muitos dos meus pensamentos sobre os anjos e a espiritualidade como um todo (não estou aqui querendo levantar questões sobre quem acredita ou não). Eu só posso agradecer à Mallerey por ter escrito um texto tão claro e que chama a atenção, e que veio até mim em um momento muito complicado na minha vida. Por isso, continuo afirmando, que os livros nos escolhem.
Recomendo a leitura!
comentários(0)comente



91 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7