Nascida à Meia-Noite

Nascida à Meia-Noite C.C. Hunter




Resenhas - Nascida à Meia-Noite


207 encontrados | exibindo 61 a 76
5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 |


Paulo Cilas @estantedopc 20/08/2018

Nascida à Meia-Noite é o primeiro volume da série Acampamento Shadow Falls, da escritora C.C. Hunter, e conta a história de Kylie, uma garota que vê sua vida virar de cabeça para baixo com a morte de sua avó e o divórcio de seus pais.

Para tentar afogar as mágoas, Kylie vai para uma festa, mas a polícia acaba aparecendo, ela é levada para a delegacia, e sua mãe decide mandá-la para um acampamento, onde deve ficar durante o resto das férias, junto com outros adolescentes problemáticos. Mas ainda no ônibus, ela percebe que aquele não é um local comum, e que seus colegas de acampamento são criaturas sobrenaturais, como vampiros, lobisomens, lobos, metamorfos, faes e bruxas.

Somado a tudo isso, o fantasma de um militar segue Kylie onde ela vai, e ninguém mais é capaz de vê-lo, o que faz com que todos acreditem que ela também é algum tipo de ser paranormal.

Kylie só queria ser uma garota normal, mas acaba sendo sugada para aquele mundo, fazendo algumas amigas de espécies diferentes, Della, Miranda e Helen, e ficando dividida entre Lucas e Derek, dois bonitões, um lobisomem e um fae.

O clima do livro é bem misterioso, porque o leitor não sabe o que Kylie é na verdade, nem o que aquele fantasma quer com ela. Os personagens são bem construídos e bastante carismáticos, e logo começamos a nos apegar a todos os amigos de Kylie, incluindo sua mentora, Holiday. O final fica muito aberto, e isso é meio frustrante, mas desperta a curiosidade para ler o próximo volume. É uma leitura bem divertida para quem gosta de fantasia com uma boa pitada de romance.

Mais resenhas no Instagram @estantedopc
comentários(0)comente



Ceecii 24/07/2018

Insistência definiu a leitura...
E como foi preciso perseverar por meses, anos! Nascida à Meia-Noite foi um dos primeiros livros que tive de ficção, comprado há mais ou menos 5 anos. E desde então experimentei várias vezes lê-lo. Porém, nunca conseguia sair dos 5 primeiros capítulos, até que chegou o dia em que dei um basta e decidi que era hora de ler por completo.
Dando sequência à palavra que definiu minha leitura com esse livro, "insistência", também necessitei usá-la durante os quase 5 meses de leitura. Nunca fiquei tanto tempo pra ler um livro, mesmo estando super ocupada. E entendi o porquê.
De alguma forma, não me senti atraída pelos personagens, Kylie, a principal, é até "consciente", sendo um pouco diferente das outras do gênero e foi a única exceção. Os personagens são rasos, alguns bem fracos, o triângulo amoroso não foi explorado como achei que fosse, o desenvolvimento da trama deixou MUITO e digo, MUITO a desejar. Um livro ou uma história que se leia, tem de haver início, meio e fim, mas parece que a autora deixou quase tudo para o segundo volume. Apenas pro leitor comprar a continuação para ENTENDER a premissa do enredo: "O que é Kylie?". A narrativa é em terceira pessoa, mas as vezes eu sentia como se fosse a própria Kylie que tivesse narrando. A forma como foi escrita é uma ótima atração para adolescentes que não tem tanto o hábito de ler.
Enfim, não abordei sobre o enredo para não soltar um "spoiler acidental", mas o final até que deu uma melhorada nas conversas sem finalidade, sem rumo e sem nexo que cerca de 90% o livro teve. Recomendo o livro se for o único do gênero que ainda não leu ou se gosta de uma história de adolescente; e se for o primeiro livro do gênero a ler ou estiver em duvida com algum outro, então, pro seu bem, não leia.
10/01/2019minha estante
Comigo foi basicamente a mesma coisa. No começo eu até estava empolgada, gostando da história e tolerando bem o triângulo (coisa que eu passei a detestar durante meus anos de leitura). Mas a coisa foi ficando insustentável. O enredo é extremamente raso, a autora basicamente não desenvolve mais nada a não ser a confusão mental da protagonista, e isso foi bem chato pra mim. Uma pena, porque dava para ter feito bastante coisa.




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Louise @cavernadolivreiro 13/05/2018

Nascida à meia-noite é o primeiro livro da série Acampamento Shadow Falls. Nesse primeiro livro conhecemos a protagonista Kylie, uma garota que sofre da "síndrome de boa moça" como a melhor amiga dela, Sara, costuma dizer. Kylie está passando por um momento muito difícil na vida, sua avó morreu, seus pais estão se divorciando, o namorado terminou com ela e ela ainda vê um soldado que ninguém mais vê.

Depois de ir a uma festa e acabar parando em uma delegacia de polícia, a mãe de Kylie decide enviá-la a um acampamento para jovens problemáticos. Logo no ônibus, que está levando uma turma para o acampamento, ela percebe que há algo de errado com seus colegas. "— Vocês sabem por que mudaram o nome do acampamento para acampamento Shadow Falls? — perguntou a Garota do Sapo.
...
— Por causa da lenda indígena de que, no crepúsculo, se você ficar de pé debaixo da cachoeira, pode ver as sombras dos anjos da morte dançando." Chegando no acampamento, ela conhece Holiday, uma das líderes do acampamento, que conta a ela que o acampamento na verdade é um acampamento para jovens sobrenaturais. E que Kylie é um desses jovens. Não preciso dizer que ela fica meio pirada né? O pior de tudo é que ninguém sabe o que Kylie é, apenas que ela pode ver fantasmas. Lembram do soldado que ninguém mais consegue ver? Pois é, fantasma. Porém, Kylie continua acreditando firmemente que é humana.

Ela passa a dividir uma cabana com Della, uma vampira, e Miranda, uma bruxa disléxica, as duas são super divertidas e brigam muito e Kylie sempre acaba tendo que apartar essas brigas, e a partir disso vai surgindo uma das coisas que eu mais gostei no livro, que é a amizade dessas três.

Durante quase todo o livro Kylie procura alternativas em que ela não seria sobrenatural. Ela até levanta a alternativa de estar com um tumor cerebral. Isso sim que é desespero.

No acampamento também conhecemos Lucas e Derek, dois garotos por quem Kylie passa a nutrir sentimentos. Lucas é um lobisomem misterioso que divide um passado com ela. E Derek é um fae muito atencioso que a ajuda em diversas situações e por quem ela tem sentimentos conflituosos. Na verdade, ela possui sentimentos conflituosos pelos dois, é uma grande confusão sentimental.

Eu amei o livro, história é bem interessante e o mistério te deixa doida para começar logo o próximo, e eu realmente já comecei. A narrativa é em terceira pessoa e bem fluída e os personagens são muito carismáticos e divertidos.

Uma coisa que eu não gostei muito foi não acabarem com o mistério da identidade sobrenatural da Kylie logo no primeiro livro. Sério, não tô me aguentando de ansiedade pra descobrir.

site: Instagram literário: @cavernadolivreiro
comentários(0)comente



Júnior 21/01/2018

Um bom livro... porém com falhas.
Bom, a princípio eu peguei esse livro porque estou órfão de romance Sobrenatural agora que estou terminando de ler a série Sussurro / Hush Hush. Bom, eu estava odiando no começo. As primeiras 80 páginas são totalmente confusas e não atiçam o leitor. Pensei em até deixar o livro de lado. Mas esse é aquele livro que vai conquistando aos poucos e viciando aos poucos. Comecei a ter um forte carinho por Kylie. Diferente de outras personagens do gênero, Kylie é desconfiada, fala o que pensa, inteligente e racional. Sim, uma personagem totalmente racional e cética. De início uma personagem cética e preconceituosa, ela aprende com os erros e evolui muito ao longo das páginas. Destaque para as cativantes Miranda e Della, que se tornam as melhores amigas da personagem principal e tem muito carisma, e a amizade que a autora criou entre as três é linda e realista. As relações sociais nesse livro são todas muito realistas. O mistério e as teorias ao redor do livro só aumentam, fazendo com que suas últimas 100 páginas sejam totalmente viciantes. O mundo criado pela autora é o principal atrativo do livro. De vampiros até fadas. Com habilidades que vão sendo descobertas ao longo da história e deixam o leitor sedento para se aprofundar cada vez mais nos detalhes desse mundo. Mas... nem tudo é perfeito. O triângulo amoroso entre Kylie, Derek e Lucas não é muito bem desenvolvido, e nenhum dos dois caras tem muito desenvolvimento, fazendo com que sejam extremamente superficiais. Em nenhum momento eu senti que Kylie combinava com algum deles. E pequenas coisas na escrita da autora me irritaram como o fato de que eventualmente certas coisas eram meio machistas. "Nós homens fazemos isso." / "Com machos funciona assim. / "Isso é coisa de gay". Que bola fora hein, o acampamento é justamente um lugar para todas as espécies se aceitarem como são. Outro ponto negativo são as cenas de ação... especialmente a última que é confusa e mal escrita.
comentários(0)comente



Ivy 16/01/2018

O melhor de todos
Primeiro livro que li, e com ele começou minha paixão louca por livros sobrenaturais de romance.
Simplesmente de tirar o fôlego, engraçado e ao mesmo tempo cheio de ação e suspense.
Te prende do início ao fim, instigando a curiosidade.
Me fez chorar, rir, me emocionar, gritar de raiva, e torcer loucamente por cada um deles. Até mesmo pelos antagonistas.
A cada livro se chega mais perto da verdade.
E com ele o medo de que termine.
Simplesmente uma história linda e fascinante. Um mundo magico.
Um acampamento mágico.
comentários(0)comente



Bárbara Allen - @mgeekportal 16/07/2017

Dona flor e seus dois supernaturais
Tenho que confessar que comprei esse livro pela capa, muito mais que pelo tema porque não ligo muito. Mas foi tudo tão maravilhoso... e me envolvi tanto na história que quando a última página virou lá estava eu desesperada catando o próximo, decepção porque não tinha lançado no Brasil o segundo. Ou seja, minha vida foi uma grande tortura esperando pelos lançamentos. Voltando a história, é tudo tão bom no livro que nada enjoa e mesmo tendo um tema central, existe em cada livro situações a parte que não deixa a história cansativa e parada, existe sempre algo novo para se descobrir. ⠀

Sobre os personagens é um tão bem escrito que o outro, tá a principal às vezes da vontade de matar, porém os dois maravilhosos Lucas e Derek compensam ela é que se eu pudesse pegava os dois e viva como Dona Flor e seus dois maridos. Fora isso temos a rebelde Della e a fofa Miranda (que quero colocar no potinho).

Não tem como não se apaixonar pela Saga do Acampamento Shadown Falls". Se fantasia é sua praia, mergulhe então nesse livro. Em breve estarei fazendo uma releitura dele e quem se aventurar em uma leitura conjunta so gritar aqui!
@meus_livro Estela 16/07/2017minha estante
Eu tenho só essa edição , snif snif


@meus_livro Estela 16/07/2017minha estante
Eu tenho só esse volume , snif snif


Bárbara Allen - @mgeekportal 18/07/2017minha estante
Aiii chegou a ler??? Assim que puder compre os outros também! São maravilhosos


@meus_livro Estela 19/07/2017minha estante
ainda não li .




Nina 19/04/2017

Bommmmmm
Gente gostei....achei que era mais de sobrenaturais ... mais putz é legal... a cada capitulo ficava mais curiosa... tomara que os demais sejam tão bons quanto.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Lanny 15/02/2017

Legal
Há tempos não lia uma série que me prendesse desde o início. Não estou mais empolgada porque acho que já li demais livros com conflitos adolescentes sem importância. Mas definitivamente estou ansiosa para ver onde vai dar já que esse primeiro livro não deixa muito em suspenso e eu não faço ideia do que pode acontecer depois.
comentários(0)comente



bella 28/01/2017

Nascida À Meia-Noite
Nota : 5 estrelas *-*

Este livro me conquistou logo de cara, Quem narra a historia é Kylie uma adolescente de 16 anos que está enfrentado o divorcio dos seus pais o namorado rompe com ela a avó veio a falecer e ela consegue enxergar um fantasma de um soldado. Mas não acabou a desgraça da coitada por causa de um erro que ela comete a mãe dela decide manda-la para um a acampamento para jovens problemáticos.

É ai que a historia começa a ficar legal, esse acampamento não é de jovens humanos, mas sim de jovens sobrenaturais como lobisomens, fadas, bruxas, metamorfos e vampiros (ela também é uma sobrenatural), mais ninguém consegue definir sua espécie. Ela não aceita que faz parte do mundo sobrenatural, mas logo isso vai mudando. Neste primeiro livro vamos vendo o processo de adaptação e aceitação Da Kylie , e não poderia faltar um triangulo amoroso entre um meio Fae(fada) chamado Derek que é fofo e atencioso e um lobisomem puro sangue chamado Lucas que é super protetor e lindooo!!! e foi vizinho de Kylie .

E tem as amigas dela do acampamento A Miranda a bruxa super divertida e Della a vampira e não pode se esquecer do metamorfo Perry que adoro e tem outros personagens cativantes. São 5 livros e mais três que quem narra é Della super recomendo é aquele livro que tem ação romance comedia .

Comente se gostou ou não , e se já leu o livro você é team ?
#teamDerek #teamLucas

site: https://www.facebook.com/ClubePandemonioBrasil/photos/a.125421704321354.1073741828.124065141123677/563500580513462/?type=3&theater
comentários(0)comente



Isa - @livros_em_mente 17/09/2016

Simplesmente um livro maravilhoso...
Kylie não aguenta mais, tudo esta dando errado pra ela, sua avó acabou de morrer, seus pais estão se separando, seu namorando lhe trocou por outra ( do tipo mais fácil), sua melhor amiga e tão egocêntrica que chega a ser chata, e tem um cara que à persegue e ninguém consegue ver, só ela.
Kylie resolve ir a uma festa e acaba sendo presa, e isso acaba piorando tudo, sua mãe resolve mandar ela pra um acampamento para adolescente problemáticos em uma cidade que se chama (Fallen). Só que la ela vai descobrir que ao invês de problemáticos, eles são sobrenaturais, ou como ela os chama (aberrações), e que ela é um deles.

Mais isso não vai ser de todo ruim, porque ela vai conhecer Della e Miranda que vão se tornar suas melhores amigas incondicional e fiel a todo custo. Vai conhecer também Derik, um FAE que se apaixona por ela, e quer ser seu namorado e Lucas, um lobisomem que partilha um passado secreto com ela. Tem tambem a Holiday que vai ser como uma irmã que ela nunca teve.

Eu amei esse livro, não é que a Kylie se faça de coitadinha, é porque tudo acontece de uma vez só na sua vida, é difícil pra ela descobrir que existe vampiros, bruxas, lobisomens, metamorfos, fadas e outros sobrenaturais, e ainda saber que ela também é e faz parte de tudo isso, vai ser difícil lidar com essa nova vida, mais é o que lhe resta, sem contar que ter dois gatinhos a sua disposição não e nada ruim, e o acampamento também não e tao ruim quanto parece, lá ela vai descobrir coisas sobre o seu passado, sua vida e seu futuro.

"- Vocês sabem porque mudaram o nome do acampamento para acampamento Shadow Falls? ...
- Não...
- Por causa da lenda indígena de que, no crepúsculo, se você ficar de pé debaixo da cachoeira, pode ver as sombras dos anjos da morte dançando". (p.24)

Espero que gostem!!
comentários(0)comente



Jessica.CalAada 02/09/2016

Apaixonante!
Foi por esse livro que tomei gosto pela leitura, as aventuras desse livro foi o que mais me apaixoneim tirando as partes da Kylie e do Derek(Derek porque voce nao vira real??
comentários(0)comente



FranOliveira 31/08/2016

Viciante
"Nascida à meia-noite" é o primeiro livro da saga Acampamento Shadow Falls, publicado no Brasil pela editora Jangada. Nessa apresentação da série, vamos conhecer Kylie uma adolescente que vem sofrendo perdas uma atrás da outra. Trey, seu ex-namorado, a troca por uma garota do tipo "fácil", sua avó faleceu, seus pais estão se divorciando e o relacionamento de Kylie com eles não é bom. Sua mãe é fria e o seu pai é egoísta. Sua melhor amiga Sara é tão egocêntrica que dá até nervoso. Se não bastasse tudo isso, Kylie vê um soldado perambulando perto da casa que ninguém mais vê. Tentando se distrair, Kylie vai a uma festa e acaba parando na delegacia. Sua mãe, que não consegue lidar com ela a envia para um acampamento de jovens problemáticos. Aff, coitada da Kylie. Nessa primeira parte do livro, eu tive a impressão de Kylie está em busca constante por amor e aprovação, pois além do seu mundo estar despedaçado, antes mesmo de tudo isso acontecer, tive a impressão de que ela não era muito feliz. Kylie é meiga, em alguns momentos até um pouco bobona demais. Eu não sei como a protagonista não surtou em algum momento do livro. Não bastasse isso, o acampamento que ela foi enviada é para seres sobrenaturais e ela ainda vai descobrir que não é totalmente humana.
Em termos de enredo, o livro me deixou bem entusiasmada. A trama foi muito bem desenvolvida, os personagens conforme vão se apresentando e vamos conhecendo suas "espécies" e personalidades, vamos nos apaixonando.
Duas personagens que eu tive uma má impressão inicial, mas que logo em seguida me deixaram apaixonada foram a Miranda e Della. Além de se tornarem colegas de casa da Kylie, vão mostrar que possuem personalidades fortes e uma lealdade extrema.
Ainda nesse livro começamos a entender sobre a Confraria de Sangue e a Unidade de Pesquisa de Falen, (UFP) que faz parte do FBI.
Claro que não poderia faltar uma certa química da Kylie com algum garoto. E nesse caso são dois: Derek, que parece ser muito gentil e interessado na Kylie e Lucas Parker, um antigo conhecido da garota. E sempre que rola uma química, rola uma garota ridícula intimidadora e nesse caso o papel vai para a Fredericka (garotinha ridícula aff rs).
Temos outros personagens bem interessantes como a Holiday, o Burnett e um certo metamorfo, pelos quais estou torcendo para ter suas histórias desenvolvidas nos próximos livros.
Envolvente, viciante e totalmente espetacular, a saga do Acampamento Shadow Falls promete ser uma série inesquecível.
Em relação a revisão, diagramação e layout a editora está de parabéns. A capa é laminada, uma graça e chama a atenção.
comentários(0)comente



207 encontrados | exibindo 61 a 76
5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10 | 11 |