Os Filhos de Sétimo

Os Filhos de Sétimo André Vianco




Resenhas - O Turno da Noite - Vol. 1


56 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Geth 02/08/2009

Horrível.
André Vianco tá perdendo o foco, não escreve mais como escreveu em Os Sete e Sétimo.
Livro totalmente confuso, com situações esdrúxulas e personagens carismáticos como pedras.
A canastrice exagerada das personagens chega a beirar o ridículo, e a inocência dos protagonistas é de dar pena.
As explicações absurdas que André fornece não poderiam convencer uma criança, e o desenvolvimento do enredo me fez lembrar de um filme da Sessão da Tarde, sinceramente. Cada página era uma luta, ler esse livro foi uma batalha mental, e não me senti nem um pouco satisfeito quando terminei.

Lendo esse livro eu me senti enganado pela fama do André e pelo que ele já tinha escrito anteriormente. Ele tinha pontos comigo, e agora com O Turno da Noite me decepcionou muito. Caiu no meu conceito.
Luan 10/07/2020minha estante
A saga de sétimo deveria ter acabado no segundo livro


Tainã Almeida 25/08/2020minha estante
o pior foi o ultimo livro, que acabou e eu não entendi nada. Muitas (mesmo) pontas soltas . descendente de Tobias ?? cade Aidara ? o que houve com Cynthia ? quem é aquela tal de Rebeca ?




Tielle | @alivromaniaca 06/01/2010

Desconfiança...
Foi assim que li esse livro, bem desconfiada, pois nao gosto muito de autores nacionais (um preconceito que estou tentando acabar, essa é a minha meta pra 2010) oq simplesmente é um absurdo, pois ameii esse livro... tem humor, ação e terror misturados!!



O livro conta como vampiros recem-transformados sao guiados por um vampiro + experiente, o interessante é que a narrativa se passa em São Paulo, e eu sempre imaginei vampiros em Nova York, Londres,etc.. portanto foi uma otima experiencia pra mim... os testes pelo qual eles tem que passar são o maximo!!



O autor conseguiu me conquistar e espero ler a continuação em breve!! Leitura super-Recomendada!!

~?~
Andy 05/01/2010minha estante
Leia primeiro "OS SETE" e logo em seguida leia "SÉTIMO", só depois leia "O TURNO DA NOITE" pois os dois primeiros são o inicio de toda a saga.

Igual a você, comecei a ler os livros de André Vianco com um certo preconceito, e comecei justamente com o "OS SETE" que é o primeiro livro dessa saga, eu tinha a mesma idéia de vampiros em Nova York, Londres,etc... mas se não estou enganado foi o André Vianco quem começou com as histórias de vampiros aqui no Brasil, que hoje vários outros autores estão seguindo a mesma linha.

Comparado com os outros dois livros, acho que "O TURNO DA NOITE" deu uma caida de qualidade mas vale a leitura sim, pra saber o desfecho.


Mih Del Debbio 08/01/2010minha estante
Eu odeiooo literatura nacional... exceto Andre Vianco.. rsrsr ele é um otimo autor. Ainda nao li essa saga, mas já li alguns livros avulsos dele e a saga do Bento (Vampiro Rei I e II) q tb eh fantasticaaaa!


Bia~* 23/01/2010minha estante
Também não gosto de literatura nacional, assim como música também... por isso acho que nunca me empolguei em ler um livro do André Vianco... Mas quem sabe um dia quando eu estiver sem nada pra fazer eu leia um... (:


SuKa 09/03/2010minha estante
eu gosto muito do André Vianco, Os Sete e Setimo pra mim foram muito bons, mas O Turno da Noite eu detestei, principalmente o ultimo volume, uma pena. Aconselho vc a ler Alma e sangue, da escritora Nazarethe Fonseca,eu adorei esse livro, é nacional sim,e é de otima qualidade...bjo


Nalu 01/07/2010minha estante
Concordo totalmente com voce... sempre que eu pensava em vampiros me vinha na cabeça: EUA, Italia, Romenia etc... O Andre Vianco me fez enxergar os vampiros com olhos nacionais. XD


Beth 23/09/2014minha estante
Não esqueçam de ler "Bento" depois de "Os Sete" e "Sétimo". Os três são muito bons. De "O turno da noite" não gostei.




Avalon 31/12/2020

Os filhos de Sétimo
Primeiro volume da trilogia O Turno da Noite, onde vemos o que aconteceu após o desfecho do livro Sétimo.
Aqui, nota-se um pouco de perda de foco do Vianco. A história fica um pouco mais arrastada e "simplista", mas longe de ser um livro ruim por causa disso.
Alguns filhos do vampiro Sétimo conseguiram se manter "vivos" após o último livro, e quatro deles são "socorridos" por Ignácio, um vampiro ancião que controla a misteriosa associação Jugular.
Os quatro protagonistas (Bruno, Patrícia, Alexandre e Raul) passam então a integrar o famigerado Turno da Noite, onde tentam sobreviver, aprender a ser um vampiro e dar algum sentido às suas pós-vidas.
Mais um livro do Vianco ambientado na nossa terrinha, divertido, brutal e emocionante na medida certa, foi outra releitura de peso desse ano!
comentários(0)comente



Léo 21/06/2010

Decepcionante
É o seguinte, galera: A história até que é boazinha, mas não me conquistou. Sem comparação com Sétimo ou Os Sete. Não consigo entender como esse livro se encaixa na saga. Na minha opinião, a história deveria terminar em Sétimo, que é o melhor livro dele até então, em minha sincera opinião.

O enredo é sem nexo e muito mal desenvolvido, com personagens totalmente desnecessários, colocados ali sabe lá para quê. Talvez para reforçar a invasão dos vampiros. Talvez para engordar o número de páginas.

Ao meu ver, o livro não foi feito para satisfazer os leitores, e nem para ele se divertir, mas para fim lucrativos, entendem?O pior é que o livro termina antes mesmo do Exército combater novamente a invasão vampiresca dos Filhos de Sétimo. Simplesmente para antes da metade. Sem final. Sem nada.
Entendo que tem mais dois livros para frente, mas convenhamos, né!Poderia ter recheado o livro com mais suspense, ação, sei lá... Algo que fizesse que a história se tornasse atraente. Todo o Turno da Noite é desnecessário. O autor poderia, pelo menos, dar um finzinho bacana para o livro né, com um gostinho de quero mais... Algo criativo que só ele sabe fazer que pelo menos aumentaria a nota para 4!

Me decepcionou completamente. Sou um fã do André de carteirinha, mas ninguém merece. Só lendo para entender. Cadê a famosa narrativa do Vianco, inigualável para com qualquer outro escritor?Cadê a narrativa que prende a gente na história, que faz a gente mergulhar de cabeça no livro?

Na minha opinião de leitor, e de fã, Sétimo, seu percussor, foi infinitamente melhor, tendo em vista as batalhas, cenas de ação, personagens muito bem construídos, cenários e etc...

Não recomendo. Parem no Sétimo mesmo. Mas como já comecei, tenho quase a obrigação de terminar, não é mesmo?Quem sabe não me surpreendo com o volume dois: Revelações, ou até mesmo O Livro de Jó?

O enredo deveria ser muito melhor, pois carrega o fardo dos best-sellers OS SETE E SÉTIMO, seus percussores, que foram infinatamente melhores. Esperava muito mais desse livro.
comentários(0)comente



Rafah 22/03/2020

Apenas o início
Eu sou bastante tendencioso ao falar de André Vianco, é um dos meus autores favoritos. Dito isso:

Não é uma livro grandioso, e nem tenta ser, mas ele mantem o clima das 2 histórias anteriores e deixa bem claro que é apenas o início de algo maior. Cumpriu a proposta, continuou me animando bastante, apesar da resolução anterior, e como já disse, André Vianco é um dos meus favoritos.
Eu adorei! =)
comentários(0)comente



Larissa Palmieri 12/01/2009

O desenrolar do passado.
É engraçado entender tudo o que aconteceu antes do turno da noite entrar em ação. Mesmo se você não leu "Os Sete" e "Sétimo" (o meu caso), dá pra entender claramente qual é a situação dos protagonistas do livro.

É um livro que acompanhamos na visão do quarteto na maior parte do tempo. Então vamos amadurecendo as idéias junto com eles. É um livro que já tem bastante ação também. Então pra quem gosta de sangue e de desespero, André Vianco e seus vampiros são a dica. ;)
dotzero 16/01/2009minha estante
É realmente uma série muito boa. =)




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Elis 03/07/2020

Turno da noite
Inicia-se as aventuras dos 4 vampiros filhos de setimo na vida noturna de São Paulo.
comentários(0)comente



Fábio 22/12/2012

Prestigie autores brasileiros
Estamos vivendo um momento em que literaturas sobre vampiros virou moda. Entretanto alguns autores, no intuito de atingir aceitação do público, começam a criar uma mescla de fadas e criaturas da noite (como "vampiros" que brilham de dia entre outros) e acabam deturpando a verdadeira essência dos VAMPIROS.
André Vianco é prata da casa e utiliza uma linguagem contemporânea e ao mesmo tempo retorna às origens das criações do conde Drácula. Portanto para quem gosta de aventuras com uma pitada de terror vampiresco esta coleção é bastante proveitosa.
comentários(0)comente



Mau Uchikawa 12/08/2020

Bom..... Não tão bom quanto os 2 primeiros livros, mas um bom passatempo......
comentários(0)comente



Nadja Moreno - Blog Escrev'Arte 21/04/2013

Fraco
Comecei a ler em virtude de comentários lidos. Alguns amam, outros odeiam, quis saber em que turma me encaixava. Confesso que não chego a odiar, mas não me senti atraída. A estória não tem grandes novidades, com as características mais comuns dos vampiros - aqui eles tem, sim, problemas com o sol. A narrativa nos faz nos sentir em São Paulo de fato, e em alguns trechos a gente quer ler rápido para saber como os protagonistas se sairão.

Mas o que me incomodou grandemente na trama foram os chavões que teimavam em aparecer. Estas frases prontas a gente até fala em nosso dia a dia, mas em uma estória de vampiros? Totalmente sem propósito.

Além dos chavões, os diálogos do início são muito pobres - tem quem diga que gosta deste jeito "popular" do Vianco colocar os diálogos. Eu acho de péssimo gosto. Como se, para falar de brasileiros, teria de incluir uma certa incultura, para não parecer cópia americana.

E, de repente, os diálogos se tornam mais sérios e redigidos em linguagem correta. Fiquei meio sem entender o porquê da mudança. Melhor seria se já começasse sem o apelo pelo linguajar absurdamente popular do início.

Tem vários pontos soltos, mas isso não se torna, em si, um problema, visto que é uma trilogia. Porém a estória tem 4 protagonistas que por si só já dão bastante assunto, e o autor resolve colocar alguns personagens paralelos no meio e, infelizmente, tiram o foco e faz com que a gente se perca um pouco no ponto onde ele parou a narrativa referente aos protagonistas.

Embora tenha ficado em nível médio, vou ler a sequência da trilogia, quem sabe melhora nos próximos.
SERGIO 22/05/2014minha estante
Boa tarde, gostei das suas resenhas, onde me incentivou a ler alguns livros que desconhecia. Porém, os livros do André Vianco são horríveis, ele só sabe escrever sobre vampiros e banaliza e ainda por cima acaba com toda a reputação dos descendentes de Drácula. E vou começar a te seguir, pois estou descobrindo muitos livros interessantes e legais.


Nadja Moreno - Blog Escrev'Arte 22/05/2014minha estante
Boa tarde Zunder! Agradeço por acompanhar e ler as minhas resenhas, fico feliz que ela tenha incentivado alguma leitura! Este é sempre o propósito! Você já viu meu blog? Lá tem bastante coisa, às vezes me esqueço de republicar a resenha aqui.

Eu na verdade só li este, não me encantou, e mesmo pensando em ler mais algum para dar uma nova chance, ainda não fiz isso... Acho que nem vou chegar a ler. :)

Abraços!!!




Thiago Freitas 13/04/2013

Se for ler, não tenha grandes intenções.
Lendo os outros livros do autor dá para se imaginar que essa história foi escrita por outra pessoa ou sem muito trabalho.

Por um lado é extremamente agradável e interessante ver uma história de fantasia se passar em São Paulo, ver marcos como o túnel Airton Senna ser cenário de fatos importantes do livro, do outro é extremamente decepcionante ver que a história se parece um misto de vários filmes regulares que vemos apenas pelas explosões e ação.

As personagens não são nada cativantes como encontramos no Os Sete e O Bento.

Se for ler, não tenha grandes intenções.
comentários(0)comente



Leo 12/01/2009

Que idéia !

Mais uma virada na saga ...

Gostei muito do modo como o foco foi mudado, saindo de Tiago e pegando o fio da meada de Patrícia e sua evolução no mundo da noite, deixando de ser a menina assustada e tornando-se uma Justiceira.

O convite irrecusável de Ignácio com cheiro de armadilha já dá o tom nas primeiras paginas do livro capturando o leitor da maneira já conhecida. A ação é incessante e só pára nos raros momentos em que somos re-apresentados a personagens já conhecidos de outros livros .

Seguindo imediatamente após o final de Sétimo, vemos o Exército Brasileiro sob o comando do Capitão Brites se organizando para acabar com os vampiros restantes enquanto Tobia e Dimitri passam noite após noite apenas aguardando apenas uma oportunidade para entrar novamente em ação.

Os vários núcleos de vampiros buscam um novo objetivo de vida agora sem Sétimo para guia-los, assim cada sobrevivente luta para fugir da caçada das Operações Especiais cada vez preparadas para o combate.

Alheio a toda guerra, Patrícia e seus irmãos formam o Turno da noite com o objetivo de limpar a Sociedade Paulistana de certo tipo de indivíduos, tudo sob a supervisão de um antigo Vampiro, um apoio do turno do dia e sem que percebam são acompanhados por Samuel.

O gancho final foi muito bem feito encerrando a apresentação dessa nova geração de Vampiros e deixando bem claro que a ação apenas começou.

Muito legal!
comentários(0)comente



leosilva 24/01/2013

Bem longe de Crepúsculo
A maneira como Vianco constrói seus personagens é muito boa. É envolvente e mágica. Se isso não quer dizer nada, basta analisá-los para saber que são, antes de tudo, humanos. Suas ações, seu comportamento diante dos acontecimentos que vão preenchendo as páginas do livro, suas falas, tudo isso revela humanidade. E há palavrões, afinal de contas, ele não seria brasileiro se não fizesse isso...
No Turno da Noite Volume 1 os vampiros novatos Patrícia, Bruno, Raul e Alexandre são contratados pelo misterioso Ignácio, um vampiro sábio e cheio de intenções – se são boas ou não só saberemos com o desenrolar da história. Ao mesmo tempo em que precisam confiar em Ignácio, os quatro sabem que devem confiar desconfiando – é um olho no gato e um olho no peixe. Eles sabem que a qualquer momento as verdadeiras intenções do veterano serão reveladas, e o treinamento e todos os mimos oferecidos, cobrados. Assim, o Turno da Noite se mostra: um grupo de jovens vampiros, sedentos, fortes, bonitos e ferozes.
Com andar do livro Vianco estabelece uma narrativa paralela, mostrando por onde andam as mulheres de Sétimo, Paola e Aléxia, além do casal Yuli e Marcos, que desejam deixar São Paulo rumo a Porto Alegre. As tramas paralelas fazem com que o livro não fique chato em nenhum momento.
Não li muitos livros de vampiros para traçar um paralelo entre a obra de Vianco e outros escritores contemporâneos. Mas li Crepúsculo, e a distância é evidente. Claro que se trata de dois livros com públicos diferentes, e tramas diferentes. Stephenie Meyer escreve sobre o amor com vampiros, e Vianco concebe ação – ainda que ele possa mostrar o amor em seu livro sem ser meloso. Aí é que está a superioridade do texto de Vianco. Não é porque Stephenie é americana que o livro tem de ser melhor não! Vianco constrói uma trama envolvente e sedutora, como um vampiro... E então ele fecha alguns pontos, mata alguns personagens, e recomeça a te conduzir por seus meandros. Assim o livro vai seguindo, mudando de foco e de cenário. A seguir, em problema.
A dificuldade de Vianco em manter algum segredo que sustente a trama é evidente, e aparece também em O caso Laura, um de seus mais recentes livros. Não li pelo suspense, apesar de ter de concluir que seria bom se ele conseguisse criar algum que realmente nos levasse na direção das páginas finais. A impressão que se tem é a de que não há grandes revelações, e, pelo menos em minha leitura, poucas surpresas. Há sim, um realismo fantástico que beira o “real”, e atende perfeitamente a todos aqueles que buscam livros atuais de verdadeiros vampiros, vampiros às antigas, sem purpurina nem reunião familiar que lembra mais a concentração de uma escola de samba antes da entrada na Sapucaí.
Se bem que um bom samba caberia direitinho no livro de Vianco.
Sem mais delongas, vale a pena conferir, e só não aplaudi de pé por conta da falta de um grande segredo, ou no mínimo uma revelação que realmente nos surpreenda.
comentários(0)comente



56 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4