Ferreiro de Bosque Grande

Ferreiro de Bosque Grande J. R. R. Tolkien




Resenhas - Smith of Wootton Major


26 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Alberto 11/05/2021

Conto de elfos
A história é um conto de fadas bacaninha com elfos e algumas referências às histórias da Terra-média, como O Senhor dos Anéis e O Hobbit, mas nada demais nesse aspecto. Há algumas alegorias religiosas e filosóficas também, mas nada profundo e vale a pena encarar o conto pelo conto, sem pensar nisso. É uma história curtinha e vale a pena ler mais de um vez.
comentários(0)comente



Krishna 24/08/2021

"O livro de um velho, já oprimido com o pressentimento da privação."
É uma verdadeira maldade o que a Harper Collins tem feito com seus leitores, lançando esses contos de Tolkin na forma de miniaturas de livros, em vez de fazer uma coletânea deles em um volume só, de tamanho convencional. Este aqui não passaria de 30 páginas em um livro com as dimensões d'O Senhor dos Anéis ou O Hobbit publicados pela editora. Em vez disso, foi publicado num volume individual de tamanho reduzido, apesar de muito bonito, bem ilustrado, bem diagramado e bem traduzido.

Aqui, Tolkien demonstra experiência e maturidade no que seria seu último conto. Diz a apresentação que essa história foi escrita para servir de introdução a um livro de George MacDonald, mas acabou não sendo utilizada e ganhou vida própria. Ainda bem, pois se trata de uma narrativa bonita, sutil e com várias camadas de profundidade. Daquelas que o leitor termina e já tem vontade de começar de novo, para ver se compreendeu todas as suas nuances. Realmente encantadora.

Edit: a edição da Martins Fontes, além do texto do conto e o prefácio, traz um posfácio e outra versão da história, obtida através de manuscritos de Tolkien e com algumas notas de revisão. Vale a pena ler pra ver as diferenças.
Jaque Cabral 29/08/2021minha estante
Eles copiaram o padrao de uma coleção de bolso... acho que delas só salvam a capa e a ideia de livros como enfeites. Prefiro mil vezes as edições antigas da Martins Fontes, e ainda não me conformei com as traduções desses títulos (prefiro também os títulos antigos).




Chester 02/07/2021

Um passeio por Feéria
Uma história de aventuras e perigos vividos pelo Ferreirinha após receber um "presente" em sua fatia de bolo.
Bosque Maior é uma vila que possui fama por seus dotes culinários e pela tradição celebrada a cada 24 anos.
comentários(0)comente



Aécio de Paula 06/08/2021

Ferreiro do Bosque Maior - J. R. R. Tolkien
Fantasia bem mediana. O começo é interessante, mas vai se tornando cansativo. Espero ler mais do autor
comentários(0)comente



ines.vieira 19/02/2016

Tolkien nunca é demais!
A história foi a última história criada e publicada por Tolkien ainda e vida e é uma "prática" do que o Professor escreveu nos seus ensaios Sobre Histórias de Fadas, contendo elementos clássicos encontrados nesse tipo de conto. A narrativa é bem leve e fluída. A edição da WMF Martins Fontes está ótima. Aliás, seria ótimo que todas as obras de Tolkien no Brasil estivessem nas mãos deles, visto que a WMF toma muito mais cuidado com as obras que a Martins (como sabem, são duas editoras que levam o nome Martins Fontes).

A história é bem curta: em resumo, a aldeia de Bosque Grande é um local notável e lar de uma festividade chamada Banquete das Boas Crianças, que ocorre a cada 24 anos. Somente 24 crianças podem comparecer no banquete, onde é preparado o Grande Bolo pelo Mestre-Cuca, cheio de glacê e bastante saboroso. O bolo leva um ingredientes mágico especial, que dá a quem o engolir o dom de entrar na Terra-Fada. No ano do banquete em questão, o filho do ferreiro é o agraciado com o ingrediente e passa a entrar na Terra-Fada, conhecendo os elfos e outros seres fantásticos e ficando imune aos perigos desse misterioso lugar. Não contarei mais para não dar spoilers.

Ao fim do conto, temos um posfácio cheio de comentários sobre a criação e desenvolvimento da história, escrito por Verlyn Flieger, responsável pela edição dessa obra (normalmente as edições ficam a cargo de Christopher Tolkien, filho do autor, e isso é um plus aqui). Encontramos ainda notas, reproduções em imagem de comentários do próprio Tolkien, esquemas, sugestões de um final alternativo, ensaio, rascunhos e transcrições do Professor.

“Ferreiro de Bosque Grande”, por fim, é um livro mais do que recomendado! É um mergulho magnífico na mente criativa de Tolkien e você se empolga a cada página lida, com o plus das ilustrações de Pauline Baynes e da ótima tradução de Ronald Kyrmse, renomado especialista em Tolkien no Brasil.
comentários(0)comente



Marney.Garrido 01/08/2021

Feérico (ref.)
Mais um do Tolkien para a lista.
Nesse livro, vemos a história de um artefato místico (o que parece ser uma fixação do autor), uma estrela, que dá ao portador a capacidade de acessar lugares ocultos e longínquos (entre outras coisas).
O conto se passa em Bosque Maior, um lugarejo pequeno onde toda a dinâmica social gira em torno do grande salão, local de trabalho do Mestre cozinheiro (cujo ofício é passado de mestre para aprendiz), personagem fundamental na história.
A cada 24 anos 24 crianças, cuidadosamente selecionadas, são convidadas para comerem do Grande bolo, uma iguaria recheada de brinquedinhos para fazer a alegria da criançada; a obra prima do mestre cuca. Porém, na ocasião em que o bolo fica a encargo do mestre cozinheiro conhecido por Carvalheiro, um artefato em específico (a estrela) desaparece do bolo. Alf, um personagem enigmático e ajudante do mestre cuca Carvalheiro, percebe o mau presságio que isso traz, e as consequências do sumiço da estrela feérica...
Nesse clima se desenvolve a narrativa. Atrativa pela leveza e beleza que deixa transparecer. Um livro voltado para um público infantil, um conto simples e direto, tendo por ensinamentos valores fundamentais como empatia, o valor da família e, em um sentido mais amplo, os perigos de se deixar levar por ilusões e sonhos, deixando de viver o presente.
comentários(0)comente



Mariane.Gonzales 01/08/2020

Uma linda história infantil
A história mágica de fadas e homens e reinos fantásticos é contada de maneira exemplar. O livro ainda traz os manuscritos originais com tradução e longos textos sobre as interpretações da história.
laloarauxo 24/10/2020minha estante
??




efinco 08/10/2021

Memorias
Para mim Tolkien não conta histórias. Ele relata lembranças de um mundo que apenas ele conhecia e decidiu compartilhar.
comentários(0)comente



Pablo Olivieri 08/09/2021

Bom
Bom livro/conto, com uma mensagem delicada e sutil sobre a vida, o tempo, o receber e o deixar ir... Vamos ver se a pequena se agrada.
comentários(0)comente



Rubens 29/08/2021

Bom...
Mais um livro de Tolkien lido com sucesso. Leitura rápida e fácil, história boa. E o livro tem muito matéria adicional. Vale a pena ler.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Charles 29/08/2021

Rápido, leve e com boas lições, mas tem uma pisada na bola.
Impressões:
O jeito poético de Tolkien descrever até mesmo as atividades mais banais é uma das coisas que mais gosto nas narrativas dele e Ferreiro do Bosque Grande entrega isso. Cheio de boas lições em camadas, é um conto pra ser lido mais de uma vez e ser aproveitado em vários níveis. Só não gostei do comentário gordofóbico de um dos personagens "do bem", já que ele estava justamente reprimindo esse tipo de atitude de outro personagem que na história é o "exemplo a não ser seguido", quase um "antagonista".
comentários(0)comente



Luana 17/06/2021

Um conto de Fadas
É a história de um homem que se vê dividido entre dois mundos (o humano e o das Fadas), mas que no fim acaba fazendo o que é certo.

Se for para pra refletir, ele é cheio de lições de moral.

E o Sr. Carvalheiro deveria ser mais respeitoso com as pessoas.
comentários(0)comente



Nat 02/04/2017

Como sempre, ler livros de Tolkien é um prazer. Não somente porque eu sou fã declarada, mas porque eu simplesmente adoro a quantidade de detalhes que vem em cada publicação. Não é somente a história título, mas as notas informativas sobre primeiras publicações, a escrita da história e seus rascunhos, e o que eu mais gostei neste livro, os fac-símiles com a versão rascunhada da história. Além, é claro, das ilustrações. A melhor parte (eu acho) é quando Verlyn Flieger fala do que Tolkien definia e considerava histórias de fadas e seu conceito, e as considerações sobre a qualidade da história. A própria história em si é bem leve, mas não é só por isso que eu recomendo o livro, tanto para fãs quanto para qualquer um; as notas e considerações dos editores acerca da criação da história valem muito a pena.

site: http://meucantinholiterario.blogspot.com.br/2017/03/ferreiro-de-bosque-grande-jrr-tolkien.html
Alcio 29/05/2017minha estante
undefined




Mari 08/03/2017

O Mestre da Fantasia
Ferreiro de Bosque Grande é o último conto escrito por Tolkien, a primeira impressão é de ser um conto simples, porém possui uma importante mensagem além de refletir a fase da vida em que o autor se encontrava
comentários(0)comente



26 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR