O Caso dos Exploradores de Cavernas

O Caso dos Exploradores de Cavernas Lon L. Fuller




Resenhas - O Caso dos Exploradores de Cavernas


141 encontrados | exibindo 46 a 61
4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10


Rodrigo.Rodrigo 07/11/2020

Livro essencial para a área do pensamento jurídico, mas vai bem além disso. É demonstrada, em uma excelente ficção, a antítese entre o direito positivo e o jusnaturalismo.
comentários(0)comente



Aline 05/06/2020

A obra traz um julgamento de um caso que ocorre com um grupo de exploradores de cavernas e traz a tona uma discussão sobre ética na sociedade
comentários(0)comente



@bookytimes 30/05/2020

O caso dos exploradores de cavernas
O caso juri?dico se passa na cidade ficti?cia de Newgarth, localizada em Commonwealth no ano de 4300, onde quatro membros de uma sociedade que explorava cavernas, foram condenados pelo homici?dio de um quinto membro, chamado Roger Wethmore, no interior de uma caverna de rocha calca?ria. O crime aconteceu uma vez que, por ficarem presos no interior da caverna devido a? um deslizamento de terra que fechou a entrada da mesma, os 5 juntos decidem que, para sobreviver, deveriam sacrificar, por meio de um sorteio, a vida de um deles, que teria a carne oferecida para alimentar os outros 4 sobreviventes. Dentro desse cena?rio cri?tico, na?o haveria outra opc?a?o, pois era esperado que eles ficassem muitos dias presos, ou seja, impedidos de conseguirem alimentos ou qualquer outro tipo de ajuda. E? importante ressaltar que a ideia do sorteio foi dada pelo pro?prio Roger Wethmore, que apesar de desistir da ideia apo?s o sorteio, foi morto pelos demais. E? dentro desse cena?rio que 5 jui?zes da corte suprema devem decidir se condenam ou declaram inocentes os re?us. O que me chamou a atenc?a?o e? como cada juiz, na elaborac?a?o de seu voto, se apegou a? princi?pios diferentes para dar seu veredito. Temos um que acredita que as leis aplicadas aos homens dentro da caverna eram as naturais e na?o as do Estado, outro que na?o aceita que se fac?am questionamentos fora do que o que esta? escrito na lei, outro que apela a? opinia?o pu?blica, um que se abste?m de votar e outro que vota mas, de uma forma a passar sua responsabilidade para o poder executivo. A velha histo?ria de que "o sino bate dos dois lados" e? bem presente na obra e apesar de ser um texto "juridiquez" um pouco cansativo, vale super a pena pelo conteu?do que permeia na?o so? o plano juri?dico mas tambe?m o individual uma vez que, em muitas ocasio?es, precisamos fazer escolhas difi?ceis que envolvem regras, valores e empatia. Ale?m disso, vale pontuar que se trata de uma leitura ra?pida, pois o livro possui um pouco mais de 100 pa?ginas. Sem contar que e? uma histo?ria utilizada para instigar discusso?es nos cursos de direito.
comentários(0)comente



Cesar 23/04/2020

Introdutório
Livro rápido com literatura jurídica fácil e acessível para quem tem interesse em entender (superficialmente) algumas reflexões filosóficas da área.
comentários(0)comente



liz 24/09/2020

Fundamental
O livro é amplamente referenciado como material de estudo por professores de Direito por apresentar a contraposição entre linhas filosóficas que guiam as decisões em tribunal (a exemplo do positivismo, jusnaturalismo e realismo jurídico) e por discutir suas limitações.

O caso acompanha um grupo de exploradores de cavernas que, em razão de um deslizamento, encontram-se detidos no interior de uma dessas cavidades rochosas. Mas haveriam de passar dias a fio confinados, então acabariam por falecer. Diante de tão desafortunado cenário, como proceder?

A situação que acarreta o julgamento e o parecer emitido pelos cinco juízes são muito pertinentes e tangem diversos conceitos. Questões morais, comportamentais e sociais são retratadas. A influência pública deve ser levada em conta durante o processo? E como funciona a dinâmica entre Estado, civis e possíveis soluções do caso em pauta?

É um texto introdutório da área, mas que por sua abrangência vale ser revisitado. Pretendo fazê-lo futuramente, contando com referências distintas.
comentários(0)comente



Tarso 22/07/2020

Clássico da Introdução ao Direito
Para mostrar a complexidade do direito e que diferentes pontos de vista a certa do mesmo tema podem gerar veredictos muito diferentes
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Delefrati 12/07/2020

Grande Importância
Livro muito bem escrito e com uma leitura fácil, mesmo contendo alguns termos da área do direito. O livro nos mostra vários posicionamentos, todos seguidos de argumentos, diante uma situação muito complicada. Fiz a leitura para apoio à minha graduação porém tirei reflexões importantes para pessoas de todas as áreas.
comentários(0)comente



Helô 20/10/2020

Um caso intrigante
A abordagem do autor foi bem didática e interessante, com as diferentes argumentações a respeito do mesmo caso muito bem elaboradas e fundamentadas. Eu fiquei um pouco decepcionada, porque, quando eu peguei pra ler, estava achando que o caso era real e o livro trataria sobre a influência sociológica e histórica dele, suas implicações etc. De certa forma, isso é abordado, mas o foco é a parte jurídica e legislativa, que servem de interesse pra quem está estudando esse assunto (e não é meu caso). Além disso, o caso é fictício...
comentários(0)comente



Sam 09/04/2020

Incrível
Recomendo fortemente para todos os estudantes e professores do direito.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Mellhsz 05/05/2020

Para refletir...
Li este livro para iniciar um debate na faculdade, entretanto, me surpreendi com a sua complexidade. Afinal, este vai além de questões jurídicas, este trata da humanidade. Aqui separa-se a dogmática, pois, somente assim se alcança uma análise baseada no bom senso. Em outras palavras, é preciso ter empatia.
comentários(0)comente



Maína 29/04/2020

Li esse livro pois ele era citado no livro "O jantar secreto" de Raphael Montes e estava querendo enriquecer a leitura.
E me surpreendi, achei um livro muito interessante, cada ponto de vista colocado na obra foi de uma majestria.
comentários(0)comente



Atila.Carlos 19/07/2020

Apesar de não ser da minha área, me foi indicado esse caso para leitura. Me fez pensar bastante. Conjecturar várias situações por alguns dia. Por isso, valeu a leitura.
comentários(0)comente



141 encontrados | exibindo 46 a 61
4 | 5 | 6 | 7 | 8 | 9 | 10