Sob a Luz dos Seus Olhos

Sob a Luz dos Seus Olhos Chris Melo




Resenhas - Sob A Luz Dos Seus Olhos


99 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


Thaiane Koppe 17/09/2021

Amor que dura uma vida inteira
Preciso dizer que se não tivesse escrito o nome da autora na capa do livro, eu diria que era um livro do tio Sparks porque olha... Se inspirou direitinho hahaha. Gente, Paul é Elisa são únicos. Em tudo. E vai dando uma vontade de ficar com eles, chorar e rir de tudo que vivem ao longo da vida. Recomendo demais. Obs: prepara um lencinho quando forem ler, e não digam que eu não avisei.
comentários(0)comente



Mari 12/07/2021

Livro incrívelll
Sou extremamente apaixonada por esse livro, o desenrolar da história me fascina de uma forma surrealll.
comentários(0)comente



Leituras da Rafa 30/08/2020

resenha do livro sob a luz dos seus olhos - Instagram @leiturasdarafa
Estou parada com o tablet na mão, com a ultima página do livro Sob a luz dos seus olhos, da autora Chris Melo. Estou sem palavras e as lágrimas insistem em cair. Isso não é normal para mim, pois nem sempre me emociono. Poderia dizer tudo sobre esse livro mas, ao mesmo tempo, não consigo descrevê-lo. Estou tentando encontrar palavras que transmitam a emoção e a história linda que esse livro possui.

O livro nos apresenta Elisa, uma jovem editora bem sucedida que mora em São Paulo, e que leva uma vida pacata, bem regrada, onde não há espaço para amores e sentimentos do gênero, apenas uma ficada daqui e dali, nada mais que isso. Até que ela tenta sentir algo a mais por seu vizinho Cadu, mas sempre sem sucesso. O que não sabemos é o que levou uma jovem de 29 anos ser tão fria em relação ao amor.

Quando Elisa tinha 23 anos e era uma mera estagiária em Londres da mesma revista que atualmente trabalha, ela encontrou inesperadamente o cara dos seus sonhos, lindo, louro e forte, um príncipe encantado. Com ele, viveu noite incríveis, sensações desconhecidas, e claro, um amor sem tamanho, um amor tão grande e intenso que ela sentia que iria explodir de felicidade. O nome desse príncipe encantado era Paul, um jovem aspirante a ator, boêmio, e que nunca levava nada a sério, até que conheceu Elisa e seu mundo virou completamente.

A vida real é dura, assim como nos livros, dura e cruel. Em meio a felicidade, arco-íris e fogos de artificio que se resumia o amor dos dois, uma desgraça se abateu sobre Elisa, que descobriu que estava com Leucemia, e optou por deixar Paul e voltar ao seu país e fazer um tratamento. Não contou a Paul sobre a doença, e ele se sentiu magoado e terminou o relacionamento.

Seis anos depois, Paul surge como um fantasma e abala sua vida regrada e fria, e então o livro começa, e surgem várias aventuras e momentos românticos.

Eu, particularmente, não penso muito em como seria o homem ideal, nem em casamento e muito menos filhos, talvez por eu ser independente demais e querer sempre alcançar algo maior. Nunca vivi um conto de fadas, meu namoro começou de forma tradicional e seguimos tradicionais, sem muita aventura ou situações loucas. Quando leio um livro assim, me imagino no lugar do personagem e sinceramente, me bateu uma tristeza, e senti o que Elisa sentiu, e foi como meu coração tivesse sido esmagado e alguém tivesse pisando nele.

Mas também retirei uma lição valiosa (como sempre, procuro alguma moral ou lição nos livros que leio): o amor é muito mais que estar com uma pessoa, ou simplesmente abraçar e beijar; o amor é o que move uma relação, é um sentimento que nos faz ultrapassar limites, sejam eles emocionais ou físicos, como quando alguém que amamos está passando por uma situação ruim e retiramos forças que nem sabemos de onde vêm, e vamos atrás, apoiamos a pessoa amada, e, na maioria das vezes, juntos conseguimos resolver nossos problemas.

É também amor conversar sobre besteiras e anseios, é dividir experiências e criar novas, é acordar todos os dias e saber que existe alguém que se importa com você e que não está nem aí para seus defeitos, se seu corpo é ou não é perfeito, e que sabe de cor o que você gosta, e que vê o melhor em você, mesmo que outras pessoas insistam que você é estranho ou cheio de defeitos horríveis.

Amar é também brigar e no fim do dia se reconciliar, sentir ciúmes, e saber que quando você chegar de uma viagem ou do trabalho haverá alguém ansioso pela sua chegada, e querendo sua companhia.

Se você tem alguém do seu lado, valorize, pois amanhã ele pode não estar mais ao seu lado. É triste, mas a vida não se importa se você está feliz ou não, ela tira com a mesma rapidez com que deu. Diga então que ama, cutuque, brinque, saia e viva com essa pessoa momento incríveis.

Bom, o livro da Chris é maravilhoso, uma verdadeira lição de vida, e sempre vou lê-lo, para me lembrar que o amor existe, e que basta procurá-lo dentro de nós mesmos.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Pati 23/06/2020

Lentidão
Me senti assim ao realizar a leitura desse livro, já que a história prende-se muito em alguns momentos desnecessários e em outros passa muito rápido. Porém no todo compensa pelo romance.
comentários(0)comente



Mia Fernandes 01/05/2020

Chris Mello :D
Saudade. Um sentimento que ganhou novas proporções e se dilatou dentro de mim, porque o meu coração já está tão passado de um amor que não posso dar que a saudade teve que se alojar na minha alma. Ela pode ser sentida em cada poro do meu corpo, pode ser ouvida em cada suspiro que escapa a cada música romântica que invade os meus ouvidos. Saudade é o novo significado que você trouxe para mim, o que sua ausência me fez, ser: Saudade pura, simples e somente sua.
Essas palavras não estão em “Sob a Luz dos seus olhos” de Christine M, mas o amor de Lisa e Paul despertou essa saudade dentro de mim, esse sentimento dúbio, que é gostoso, mas ao mesmo tempo, dá vontade de acabar com ele. “Sob a luz dos teus olhos” foi tão fundo, que é improvável e impossível alguém que tenha lido este livro e não tenha se emocionado com a história, que não tenha cedido às lágrimas, a pulinhos de alegria e mais alegrias.
Elisa está prestes a completar 20 anos, quando consegue descolar um intercâmbio para Londres, incluindo ainda um trabalho temporário numa editora Inglesa. Mas, a ansiedade é tanta e cheia de expectativa, ela começa a sua jornada com duas semanas antes do combinado, e passa primeiro, pela a cidadezinha tradicional York, onde lá acaba se esbarrando com um inglês loiro de olhos azuis hipnotizantes e que acaba salvando-a e aparecendo para ela nas situações mais diversas possíveis.
Chegando em Londres, Elisa vai para a casa da família na qual vai ficar hospedada enquanto durar o seu intercâmbio. E é na família Hendsen, que o inesperado acontece: o mesmo inglês surge em mais um momento inusitado e ainda por cima ele mora no mesmo lugar que ela. O dono desses olhos azuis tão intensos atende pelo nome de Paul, um jovem de espírito livre e que leva a vida na maior tranquilidade e que tem uma promissora carreira de ator.
A faísca que brilhou entre Paul e Elisa na fria York, ganha um toque de combustão em Londres. Eles não conseguem ficar longe um do outro, sempre tem que trocarem algumas palavras. E nessas conversas e uma saída para dançar Salsa (porque os ingleses pensam que brasileiros dançam salsa ao invés de samba) que o primeiro toque acontece. O relacionamento dos dois é profundo, que poderia ter muito bem durado somente um tempo, o período de uma estação, se não fosse a dedicação e amor que ambos nutrem um pelo outro. Mas, como o destino gosta de pregar peças, este amor passa por provações que somente fortes conseguem suportar.
Através do relacionamento de Elisa e Paul conhecemos além da pitoresca York, Londres, até desembarcamos no Brasil indo diretamente para as praias maravilhosas de Cabo Frio e chegamos na terra do Tio Sam, em Santa Bárbara, Los Angeles.
A história começa com o momento presente, em que Elisa está em São Paulo trabalhando numa editora brasileira, numa rotina irritante e previsível, até que um bendito email chega, de um certo inglês que faz tudo vir a tona, e podemos conhecer esse encontro de almas.
“Sob a luz dos teus olhos” da Christine M. foi uma revelação para mim. É uma história que transcende o conto de amor, possui um enredo cativante, com personagens consistentes, reviravoltas totalmente imprevisíveis (eu simplesmente me peguei não conseguindo adivinhar o que iria acontecer depois, e isso é quase difícil de um autor conseguir – parabéns Christine M!). Sua criatividade e sua entrega neste livro foram intensas, que fico com a sensação que esse casal existe. É um amor tão digno, tão forte. Uma citação me vem a mente: O amor vence tudo, e este livro prova isso.

XOXO
Mia Fernandes.
comentários(0)comente



Lucinete.Matos 29/03/2020

O amor que vende qualquer barreira
Quando peguei esse livro pra ler, uma amiga muito especial tinha me emprestado já há algum tempo, não imaginava que seria tão lindo, que história de amor linda e verdadeira, o encontro de almas gêmeas em todos os sentidos, intrigante, as vezes tenso e apaixonante.
comentários(0)comente



Nati 12/06/2019

Os olhos doem... de tanto revirar.
Bem, tentarei ser o mais respeitosa possível, porém algumas verdades precisam ser ditas.
O livro tinha tudo pra ser um queridinho meu, amo essas histórias clichês, mocinhos fofos e tals, mas no meu ponto de vista foi muito mal escrito.
Esse foi meu primeiro contato com a autora e confesso que não sei se tentarei novamente. Faltou desenvolvimento, poxa. Tudo muito corrido. Você pisca e de repente se passa 5 anos, pisca, passa mais 2 e assim vai. Acredito que muito teria ajudado se ao invés de simplesmente passarem os anos, tivessem capítulos sobre eles, acontecimentos em tempo real e não somente a narrativa, pelo pensamento e lembranças da mocinha.
Também achei os diálogos fracos, não consegui me envolver e me apaixonar pelos personagens. Na real, achei eles bem mal construídos...
Não sei pq consideram a autora uma Nickolas Sparks br. Só pelas desgraceiras?
Enfim, esse não será um livro que indicarei, mas quem sabe mais pra frente eu crie coragem e leia algum outro dela.
comentários(0)comente



Juliana.Santos 22/05/2019

Sob a luz dos seus olhos
Elisa resolve passar um ano estudando e trabalhando na Inglaterra. A família não aceita muito, mas ela promete que aconteça o que acontecer ela não estenderá a viagem.
Antes de seguir para Londres, Elisa vai para passar alguns dias em York. Em suas andanças, ela esbarra com um inglês muito charmoso e que possui os olhos azuis mais bonitos que ela já viu na vida.
Os dois trocam algumas palavras sem importância algumas vezes, mas Elisa simplesmente não consegue esquecê-lo.
Esses encontros meio atrapalhados, porque Elisa é toda estabanada (risos), marcam o início de uma das histórias mais emocionantes que eu já li!!! “Sob a Luz dos seus olhos” tem muito romance, um pouco de suspense e reserva grandes emoções para os leitores. É uma viagem lindaaaa, posso garantir!
Um amor forte e verdadeiro que consegue sobreviver a tsunamis, terremotos e furacões.
É o tipo de livro que faz a gente chorar, então prepara os lencinhos e o coração!!!!
Em uma determinada parte da trama Paul pede para Elisa explicar o significado da palavra saudade. E quando termina o livro é isso que a gente sente: Saudade da linda história de amor que eles viveram!!!!

site: https://www.instagram.com/cantinho_da_coruja/
comentários(0)comente



Grazi @graziliterata 08/03/2019

Arrisco dizer que ela superoupas Nicholas Sparks
Esse livro foi uma surpresa pra mim, por diversas vezes tive que segurar o choro por ler em um transporte público, mas segurar mesmo, daquele jeito que a gente olha pro alto, respira fundo até passar a vontade de chorar. Se estivesse no conforto do meu lar, teria chorado de soluçar tenho certeza disso.
Nesse livro Chris Melo não fica só naquele romance água com açúcar, em diversas partes você se surpreenderá com a reviravolta que vai dar.
Nele tem romance (lógico), mas também tem muitas cenas de aventura e suspense.
Não espere dele aquele romance perfeitinho, mas sim uma história que poderia muito bem ser baseada em uma história real. .
comentários(0)comente



Geovana.Freitas 07/11/2018

Apaixonante!
Havia baixado o livro há muito tempo e comecei a ler por curiosidade, a autora conseguiu me fisgar logo de cara e quando percebi estava totalmente submersa nessa linda história. É aquele livro que você sofre, torce, se apaixona e quer devora-lo.
comentários(0)comente



Thalita - @mundodaspaginas 19/09/2018

Encantador! É daquele tipo de livro que aquece o coração.
Essa resenha foi postada originalmente no perfil literário no Instagram @mundodaspaginas
.
📖 Imagine conhecer o amor da sua vida, viver intensamente com essa pessoa e em um momento perder tudo isso. Imagine viver seis anos da sua vida sentindo o vazio que a falta dessa pessoa deixou no seu coração e de repente receber um e-mail do seu grande amor querendo te reencontrar.
.
❝ Sentir falta é notar a ausência de alguma coisa. Saudade é quando o peito aperta, quando falta o ar, é quando parece difícil continuar vivendo.❞
.
📖 Aos 23 anos, Elisa decide passar um ano trabalhando na Inglaterra para provar para si mesma que se tornou adulta. Logo em seu primeiro dia conhece Paul em pub e os olhos azuis dele ficam grudados em sua mente e povoam os seus sonhos. Quando o destino se encarrega novamente de unir esses dois, eles não perdem a chance e decidem se entregar a esse sentimento intenso. No entanto, Elisa precisa lidar com uma situação importante em sua vida e os dois acabam se separando, mesmo contra a vontade.
.
📖 Seis anos depois, ele decide que precisa de respostas e Elisa precisa lidar com seus sentimos novamente enquanto decide se vale a pena se jogar novamente de cabeça na vida conturbada e cheia de acontecimentos que Paul está vivendo.
.
📝 Que livro! Desde as primeiras páginas a escrita da Chris me conquistou e me fez suspirar. O livro está repleto de post-its marcando todos os trechos que me emocionaram ou que me deixaram com o coração aquecido. E foram muitos! O desenrolar do livro é cheio de acontecimentos e o romance que tanto me fez suspirar não tem nada de água com açúcar, é muito bem construído e, sobretudo, muito verossímil. Impossível o leitor não se colocar no lugar dos personagens e não enxergar um pouco de si mesmo na Elisa e no Paul.
.
📝 Destaque também para os personagens secundários que fazem total diferença. Principalmente Cadu, que de tão amado ganhou um livro próprio. Em diversos momentos, a autora nos faz acreditar que algo irá acontecer e nos surpreende com algo completamente novo. Esse, com certeza, é um romance que será relido muitas vezes.
.
Essa resenha foi postada originalmente no perfil literário no Instagram @mundodaspaginas
comentários(0)comente



Michelle 07/02/2018

Apaixonadaaa!! *-*
Sabe aquele livro que a gente termina de ler e fica parada olhando para ele fechado e não consegue parar de chorar?! Então, é esse!!

Estou até agora abalada, impressionada, emocionada, triste e ao mesmo tempo apaixonada e encantada.

Sim, minha gente.. Esse livro causa essa mistura de sentimentos mesmo!!

Elisa trabalha numa editora no Brasil, que devido a um programa de intercâmbio, no qual ela se inscreveu, terá que morar em Londres por um ano. Antes de chegar à Londres, ela fica na cidade de York que sempre sonhou em conhecer e é lá que encontra pela primeira vez com Paul, aquele que viria a ser muito importante na sua vida.

Paul sempre sonhou em ser ator e corre atrás de seus sonhos. Mesmo que tenha que se esforçar muito e começar debaixo, tenta a todo custo ganhar algum papel de destaque e ter seu sonho realizado. Ele está em York com os amigos com uma peça e lá encontra Elisa, a mulher que mexe demais com seus sentimentos e que logo mudaria totalmente sua vida.

Paul e Elisa se envolvem aos poucos, mas o que sentem um pelo outro não é uma paixão qualquer e sim um amor, que é tão forte que até eles mesmos ficam assustados com a imensidão desse sentimento.

O primeiro susto que levei foi com uma situação que acontece com a Elisa. Fiquei atordoada e sem acreditar que aquilo realmente estava acontecendo. Mas com o decorrer do livro fui ficando aliviada. E mais ainda com tudo de lindo que vem a acontecer, isso me deixou muito empolgada. Mas como a dona Chris Melo deveria se chamar Chris Sparks, ela sempre nos dá além do "perfeito", ela nos dá a "realidade" e é claro que sempre nos deixa com rios de lágrimas nos olhos.

O que posso dizer é que temos amor nesse livro, muito amor, amor que ultrapassa qualquer barreira, que enfrenta qualquer coisa no mundo. Mas uma coisa é certa, de comum essa história não tem nada!! É uma história totalmente especial. Que nos mostra além do "e viveram felizes para sempre".

Termino essa resenha grata por essa história e recomendando a todos, que gostam de um romance intenso e lindo, que leiam o mais rápido que puderem, porque estou até agora me perguntando: "Por que demorei tanto para ler esse livro?!

Então, leiam, leiam, leiam!!
comentários(0)comente



Danii 04/01/2018

Ontem mesmo antes de terminar a leitura deste livro pensei: faz tanto tempo que não leio Nicholas Sparks, acho que vou colocar algum na minha lista. Mas nem precisei, esse livro realmente foi tudo que encontro nas leituras do Tio Nicholas.
O início é delicioso, um romance jovem, escrita leve que você chega na metade do livro sem perceber... daí em diante muita coisa acontece. Superação, reviravolta e um final arrebatador! Há muito tempo não me debulhava em tantas lágrimas! Mas valeu cada capítulo, cada lição!
comentários(0)comente



Luana Moraes 30/10/2017

Romantico
A vida não é feita só de momentos bons e aqui em Sob a luz dos seus olhos a autora aborda bem este lado cruel da vida. Existem momentos em Sob a luz dos seus olhos que partiram meu coração pela riqueza de detalhes na narrativa da autora;

Comparo este livro aos best sellers romanticos de Nicolas Sparks, que possuem um bom enredo e histórias que são tão apaixonantes que ficamos imersos nelas por dias.
comentários(0)comente



99 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR