Eu Sou a Lenda

Eu Sou a Lenda Richard Matheson




Resenhas - Eu Sou a Lenda


334 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Luis.Fellipe 07/07/2020

Incrível!
É uma leitura muito prazerosa e que te incentiva a ler cada vez mais! Foi tão bom passar o tempo lendo, acabei fugindo da realidade e indo para dentro do livro. Recomendo muito!
comentários(0)comente



Lais.Moreira 05/07/2020

Leitura fluida e prazerosa
O livro demostra de maneira genial que o conceito de normalidade no fim das contas sempre estará pautado nos critérios da maioria.
comentários(0)comente



Tiago 04/07/2020

Não costumo ler muita ficção científica, mas me atraí pela premissa do livro por estar em isolamento social.
Acabei gostando bastante! O sentimento de solidão é bastante abordado e o desejo sexual e de contato sem ter ninguém para conviver também. Me conectei com o personagem nesse sentido, uma vez que estou em casa há mais de cem dias devido à pandemia hahaha

Minha única crítica negativa seria que não consegui me conectar com a pessoa que é o protagonista, uma vez que a narrativa é, basicamente, um recorte da vida dele apenas durante o período apocalíptico, abordando superficialmente o passado dele (a infância, a vida pré-pandemia, etc), o que fez com que fosse difícil conhecer mais dele e de onde ele veio.

Em suma, um clássico que me instigou e me prendeu bastante, mas que poderia ser maior. Acredito que tinha muita coisa pra ser abordada, mas o autor ficou no "básico". Escolha dele, preferência minha. Adorei o final, inclusive!
comentários(0)comente



Henrii 03/07/2020

Muito bom
Se você assistiu o filme é gostou, vc vai gostar do livro, com detalhes muito importantes, você acaba se apegando a um homem que não tem nada pra se apegar. Muito bom !
comentários(0)comente



Henrique Moutinho 02/07/2020

Acaba antes de começar
O último homem no mundo mundo é atormentado por sua própria consciência e memórias. O livro mais me pareceu um ensaio sobre a solidão, com alguma abordagem de uma possível explicação biológica para vampiros. A escrita de Richard Matheson é muito boa, fazendo a história fluir mais rápido do que se imagina, o que, no final das contas, pode ser decepcionante quando o livro acaba sem que tanta coisa tenha sido realmente desenvolvida.
comentários(0)comente



Matheus 30/06/2020

Uma releitura em tempos de isolamento
"As narrativas realmente boas, as que continuam a ser contadas, são aquelas que ressoam algo da natureza humana."

A frase acima, contida em um artigo presente nesta edição, resume o motivo de eu ter relido esta obra.

Em um momento de isolamento social, Eu Sou A Lenda mostra como a vida em sociedade, e tudo que a envolve, é importante para o indivíduo, emocionalmente e psicologicamente.
comentários(0)comente



Pepê 30/06/2020

Esqueça o filme do Will
Essa história traz uma abordagem fascinante sobre o quanto podemos ficar ultrapassados se nos desconectarmos da sociedade. Alienação por muito tempo pode ser algo muito perigoso.
comentários(0)comente



Rodrigo Silvestre 30/06/2020

Quanto mais eu penso no livro e no final mais eu gosto dele.
Incrível!!!!
comentários(0)comente



Nath 30/06/2020

É mais sobre solidão, sanidade, luto e saudades de uma realidade que não existe mais do que qualquer outra coisa. Moral, ética e valores também são coisas a serem destacadas. O ponto alto é justamente enquanto o livro se encaminha para o final: o personagem está acostumado a sua vida solitária e algo abala o seu mundo: a compreensão de que agora ele é o anormal. Senti falta do autor explanar mais um pouco sobre a "nova sociedade", mas como o livro foi contado totalmente no ponto de vista do Robert, fez sentido acabar apenas com o que ele pode descobrir. Um grande clássico.
comentários(0)comente



morganaoss 26/06/2020

Excelente leitura
Uma ótima pedida para quem gosta de cenários apocalipticos. O autor descreve muito bem os detalhes da vida do personagem principal, bem como o construiu de forma que podemos nos identificar com ele e seus sentimentos. Faz quase 9 anos que li, mas ainda me lembro das partes mais marcantes. Recomendo!
comentários(0)comente



Victor.Ferrao 22/06/2020

A explicação para o título é fenomenal
Provavelmente, assim como ocorreu comigo, muitas pessoas tomaram conhecimento da existência desse livro através do filme ?Eu sou a lenda? protagonizado por Will Smith em 2007. E, sendo o livro lançado em 1953, o filme supracitado não foi o primeiro produto inspirado por essa obra de Richard Matheson. Basicamente, a maioria das obras de terror sobre vampiros e zumbis beberam, e ainda bebem, desse clássico dos vampiros.

Robert Neville vive sozinho em sua casa na década de 1970, tendo os seus dias bem pautados em tarefas repetidas diariamente até o pôr do Sol. Ao cair da noite, Neville é obrigado a trancafiar-se em sua casa e assim proteger-se de criaturas noturnas maléficas, traiçoeiras, sedentas por sangue e humanas que, durante todas as noites de todos os dias, chamam por seu nome afim de convencê-lo a sair de casa e tornar-se uma dessas criaturas.
Além disso, Robert acredita ser o único sobrevivente de uma peste que assolou o mundo infectando e matando seres humanos que, após alguns dias, voltavam à um estado entre a vida e morte na forma de vampiros.
Contudo, apesar dessa sinopse, não espere uma estória de horror com sustos e extrema violência. É sim um livro com elementos de horror e ficção científica, mas sobretudo, a obra trata de luto e solidão. Até que ponto um indivíduo consegue manter níveis de sanidade mental vivendo sem contato humano e acreditando que nunca mais terá esse elemento tão importante novamente em sua vida.
Uma leitura fluida, dinâmica e rápida, com momentos inegavelmente tristes e um final arrebatador. Não esperem grandes semelhanças com o filme de 2007.
Leiam ?Eu sou a Lenda?.
Victor.Ferrao 23/06/2020minha estante
Os pontos de interrogação são na verdade aspas.


Nath 30/06/2020minha estante
Minha sensação ao ler foi justamente essa da sua resenha. É mais sobre solidão, sanidade, luto e saudades de uma realidade que não existe mais. O ponto alto é justamente enquanto o livro se encaminha para o final: o personagem está acostumado a sua vida solitária e algo abala o seu mundo: a compreensão de que agora ele é o anormal. Senti falta do autor explanar mais um pouco sobre a "nova sociedade", mas como o livro foi contado totalmente no ponto de vista do Robert, fez sentido acabar apenas com o que ele pode descobrir. Um grande clássico.




Agatha G. 22/06/2020

"Normalidade era um conceito da maioria, o padrão de muitos, não de um homem apenas."

Gostei da história desse livro e, apesar de ser antigo, a linguagem dele não é cansativa, então é uma leitura tranquila.

Eu fiquei confusa em algumas partes porque a narrativa é meio entrecortada, mas não que isso seja totalmente ruim porque deu um sentimento de monólogo de alguém que está na situação dele: isolado, confuso, cansado.
comentários(0)comente



Gabs 22/06/2020

Esse não é um livro pra quem está esperando uma aventura solitária de um homem e seu doguinho contra os terríveis monstros da escuridão. Na verdade, tudo aqui é um plano de fundo para o livro que retrata, em sua totalidade, a solidão e o convívio consigo mesmo em um cenário caótico e excepcional.
Bruna 22/06/2020minha estante
aí moço adoro suas resenhas kkkk




Naty 20/06/2020

Livraço
Gente que livrão, achei incrível cada detalhe. Pra mim foi até esquisito ler porque achei que fosse parecido com o filme, mas nao tem NADA A VER. Me arrepiei demais com o final.
Anderson 20/06/2020minha estante
Falei que era mto bom!


Naty 20/06/2020minha estante
boa recomendação


Anderson 20/06/2020minha estante
E o não ser parecido com o filme, é ainda melhor!




leohenrique019 19/06/2020

Experiência incrível!
Já tinha assistido ao filme diversas vezes e sempre ouvi que o livro era superior. Mergulhei de cabeça na história e não me arrependi. A forma como o autor descreve a solidão do personagem, suas angústias, seus fantasmas e suas dúvidas beira a perfeição. Tudo isso ambientado em um cenário pós apocalíptico onde você e o protagonista vão descobrindo juntos todos os segredos da terrível peste que varreu o mundo.
Leitura contagiante, daquelas de terminar em dois ou três dias. Não poderia recomendar mais!
comentários(0)comente



334 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |