Coringa

Coringa Brian Azzarello




Resenhas - Coringa


27 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Gabriel 01/07/2012

Muito pretensioso, a meu ver, da parte do autor ter dado o nome "Coringa" pra história. O vilão criado parece um qualquer, com seus momentos aleatórios de piadinhas sem graça e violência espontânea. Se trocasse o nome dele pra qualquer outro e mudado a cor da pele e do cabelo, ninguém diria "nossa, parece o Coringa!", tenho certeza. O outro protagonista, o tal Jonny Frost, é completamente dispensável, sem o mínimo sal, e só serve pra narrar as próprias indagações sobre a vida que quer tomar.

Achei que o enredo tem furos. Partes não explicadas que poderiam dar um tom a mais. Também a inserção de outros personagens de maneira inútil (Duas Caras, Charada e Arlequina) não vingou. O autor se aproveitou do tema "Batman" e largou todos nessa mistureba esquecível.

As minhas duas estrelas vão pra arte, que salva a obra de um desastre. Alguns desenhos são fantásticos. Só o que me incomodou foi a aparência dos personagens na maioria das páginas, em que eles parecem ter tomado um banho de ácido. Devem ser todos parentes próximos do Coisa, do Quarteto Fantástico.
thaugusto 16/02/2015minha estante
Eu acho até que se fosse um vilão qualquer como você disse, seria até uma história interessante. Se fosse só uma história de um criminoso que saia da prisão.


carlosfelipe.bragapinto 17/09/2015minha estante
Justo. Adiciono o seguinte: Se não fosse o Coringa, não haveria essa hype ao redor...


Luiz 11/01/2016minha estante
Bom, começo aqui dizendo que não acompanho quadrinhos. Li este, pq achei que talvez fosse interessante e pq estava super barato.

A impressão que tive, como leigo, foi exatamente a ideia de mostrar o coringa como um criminoso normal e não algo extremamente endeusado e superestimado. É aquele criminoso que faz o que tem de ser feito para alcançar seu objetivo e que pode cair a qualquer hora. E, quando o coringa não existir mais, outro vai tomar o lugar dele e por ai segue o ciclo...

Como leigo eu achei bem legal (dei 4 estrelas).

Concordo que a arte é muito bacana.


Juliana 27/01/2016minha estante
Finalmente alguém que pensa como eu!
Não entendi a hype criada em cima dessa HQ. A ÚNICA coisa boa nela é, de fato, a arte; que é sombria, realista, realmente um primor. Mas a história é chata, travada, desconexa, zero empolgação. Um saco!
O pior é que tô num dilema grande: não sei se passo pra frente ou mantenho na coleção por conta da arte incrível.


Lani 09/12/2016minha estante
Serio mesmo?? Senão me engano esse Coringa foi inspirado no Coringa do Ledger do Cavaleiro das Trevas! Acho que vcs estão é loucos kkkk essa HQ é ótima


Artur Campos 12/12/2016minha estante
Esqueceu da tradução, de Fabiano Denardin e Rodrigo Barros, que falam tão bem inglês como eu falo alemão. Poderiam ter creditado a tradução ao Google Translate.




Juliana 28/12/2009

Coringa é Coringa!
Ótimo HQ!!! Belos traços, e ótima história!
comentários(0)comente



Gustavo 08/09/2015

Coringa em sua simplicidade
Azzarello conseguiu tratar o clássico vilão do Batman com muita clareza, com uma forma de ver o personagem de um ponto de vista leigo. O Coringa é sempre mostrado sob a sombra do Batman, mas nessa HQ vemos somente Coringa sem nenhum contraponto ao Batman.
O roteiro simples, mas muito conciso, o que conquista o leitor é a arte esplendida de Lee Bermejo.
O preço com relação a qualidade (o material é em capa dura), fazem a compra valer a pena.
comentários(0)comente



Renan 04/04/2014

Insanidade
Toda a loucura e insanidade do Coringa reunidas numa só hq. Mostra o quão perverso ele pode ser, e quão persuasivo também. O Coringa visto por outros olhos, o do seu próprio bando. Uma história violenta, a hq não é adequada pra crianças, além de violência ela contem diversos palavrões.
comentários(0)comente



Samuel Simões 15/12/2015

CORINGA VOLTANDO AO CRIME!! Demais!!!
Não sou a melhor pessoa pra fazer uma " resenha " de HQ's, até porque é o terceiro quadrinho que leio !Quanto a história..eu não conseguia parar de ler..a arte ao menos pra mim é perfeita e te da uma imersão muito real do que está acontecendo e te faz entrar neste mundo. Vemos nessa narrativa um CORINGA totalmente louco,onde ele acabou de sair do Asilo Arkham pois aparentemente ele está " curado " e tentando voltar ao mundo do crime e a seus negócios em Gotham City. Acompanhamos a história a partir do ponto de vista de Jonny Frost que também é um ex-presidiário e tem como inspiração o pirado coringa. Recomendo demais a HQ!!!! 5 estrelas sem duvidas!! Favoritado!! E você como eu que não sabe por onde começar HQs..eu indico que comece pelas historias do Batman e coringa..pois são incríveis e é impossível não curtir!!!!
Ariel 15/12/2015minha estante
Comecei a ler HQs a pouco tempo tbm! e adivinha pelo que comecei? Batman! Estou fazendo uma coleção que esta saindo em bancas de revistas, que virá HQs de todos os personagens da DC, até agora, de 6 HQs 4 foram do batman e a da liga da justica que veio o foco era ele kkkkkkkk Simplismente sensacioanal.


Samuel Simões 16/12/2015minha estante
kkkkk com certeza mano!!! Batman é muito foda!! Já leu essa HQ? recomendo mano! é muito bom!!! E estou interessado em várias HQ's e várias é dele também!! hahahaha eu não sabia que esse mundo HQ era tão bom!!!


Ariel 16/12/2015minha estante
Ainda não li essa HQ, o coringa é meu vilão preferido, ter ele na história basta para ser boa para mim , como essa coleção que vou fazer da DC vai ser gigante, vou focar nela primeiro, mas também me supreendi com esse universo de HQs, é algo completamente novo pra mim, e curti muito., certeza que continuarei lendo mais sobre.


Samuel Simões 17/12/2015minha estante
Eu também mano!! Pretendo fazer uma coleção bem daora de HQ's, vi várias que quero ler pra ontem..por mais que os livros fiquem " e eu ? " hahahaha nunca dividi tanto minhas leituras como agora..é viciante!!!


Ariel 18/12/2015minha estante
kkkkkkkkkkkkkkk igualzinho aqui, aquela sensação de estar traindo os livros kkkkkkk mas eles tem que entender que temos amor literário pra dar e vender kkkkkkkkkk


Samuel Simões 18/12/2015minha estante
kkkkkk com certeza mano!!!!! é complicado essa vida!! Mas é muito bom esse mundo de leituras!!!


Izaias Teodoro 25/03/2016minha estante
Se começaram a ler HQ agora, recomendo lerem, Batman: A Piada Mortal, é a melhor aparição do Coringa, recomendo também V De Vingança, Watchmen, Batman: O Cavaleiro da Trevas e Superman: O Reino do Amanhã, essas são hqs essenciais pra quem tá começando a ler quadrinhos.




Kildary 17/01/2018

O potencial do Coringa.
Uma história que mostra como o Coringa, bem aproveitado por um grande roteirista, tem potencial para ser um dos assustadores vilões da cultura pop. Cruel, impiedoso, sarcástico e doido de pedra.
comentários(0)comente



Osmar 16/08/2013

Divagando sobre Coringa, de Azzarello e Bermejo
Não somente no mundo dos quadrinhos como no cinema, Coringa sempre foi um dois vilões que mais ganharam minha atenção. Talvez pelo seu jeito psicótico, extravagante. Ao perambular por um site especializado em HQs, a bela arte de uma capa de intrigou de um modo que ela não poderia passar despercebida. Ali estava ele, o Coringa, com seu sorriso esdrúxulo e sua maquiagem - caso aquilo seja uma - borrada.

A graphic retrata a volta do Coringa às ruas após sair do asilo Arkham, e seu reencontro com os “velhos amigos”. Sem desperdiçar tempo, ele coloca em prática toda sua fúria, ironia e seu jeito enigmático de ser, ao fazer o que sabe de melhor: o mal.

Quem acompanham as aventuras do Batman de longa data, sabe que não só o Coringa como os outros inimigos do Batman tem ou tiverem passagem no manicômio Arkham, localizado em Gotham City. Entre eles: O Espantalho, Duas-caras, Pinguim.

A arte é muito bem feita e fiquei impressionado com a pintura feita logo na capa, nunca tinha visto o sorriso do Coringa tão bem retratado. Os traços aqui e ali asseguram que a dupla (Azzarello e Bermejo) não deixaram passar nenhum detalhe.

No entanto, a qualidade do desenho cai um pouco no decorrer da trama, e o final, apesar de ter gostado, cheguei a conclusão de que cada um terá uma impressão diferente. Logo, não terei a audácia de estabelecer nenhuma “opinião padrão”.

Pra quem já curte o Coringa, a graphic novel é uma boa opção, mas aconselho lê-la sem muita pretensão.

site: http://osmars.tumblr.com/post/58463278146/coringa-graphic-novel-de-brian-azzarello-e-lee
comentários(0)comente



Samu 28/01/2016

Ótimo!
Uma das melhores HQs que já li. A arte está incrível e a história realmente te prende até o fim. Sem muito mais o que falar, apenas recomendo que leiam!
comentários(0)comente



Guting 13/04/2010

O mais doente entre os doentes.
Realmente neste livro vê-se que O Coringa nunca terá reabilitação. As cores usadas, os traços dos personagens, tudo muito bem elaborado. Muito interessante, está hq, principalmente porque o foco não é o Batman, e sim sua alma gêmea ao contrário.
comentários(0)comente



Luciano Luíz 25/03/2016

De todos os vilões dos quadrinhos, o Coringa é talvez o mais popular. E também o mais louco, selvagem, violento, cruel e que quanto mais age dessa forma, mais interessante, profundo e intenso se torna.
Com roteiro de BRIAN AZARELLO e a incrível arte de LEE BERMEJO, temos o cotidiano do palhaço do crime aos olhos de um capanga que deseja ser como o desbocado-sangrento-sorridente.
CORINGA é uma estória simples, onde ficamos um pouco mais familiarizados com sua loucura pelo poder em Gotham. Assassinar é algo que faz parte de sua existência e ele gosta de deixar isso o mais claro possível.
No começo da estória ele é simplesmente liberado do Asilo Arkham pelo fato de que os médicos acreditam (ou foram comprados, vai saber) que a doideira desapareceu.
Tem diálogos muito bons, cenas fantásticas, mas poucas páginas. É impressionante o quanto um filho da puta como o Coringa conquista, consegue ser carismático e botar pra correr todos os demais bandidos da cidade. Um personagem único que compensa sempre ler.

Nota: 10

L. L. Santos

site: https://www.facebook.com/L-L-Santos-254579094626804/
comentários(0)comente



Lamboglia (@estantedotibas) 25/07/2017

"Um conselho... nunca se desculpe pra ninguém pela sua aparência".

Autor: Brian Azzarello
Ano: 2011
Páginas: 132
Ed: Panini Books

Uma das melhores hqs que já li que conta uma parte do submundo dos vilões de Gotham. Coringa foi liberado de Arkham e ele está indo atrás de cada um para reivindicar o que é seu e mostrar realmente quem é o dono da cidade. Ao seu lado, seu capanga-discípulo, Jonny Frost, um bandido qualquer que pela primeira vez vê como funciona as coisas no mundo do crime.

O Coringa desta hq tem uma fisionomia bastante semelhante com o coringa interpretado por Heath Ledger. É o mesmo que está vendo, porém, este é muito mais doentio.
comentários(0)comente



Danilo Silva 13/10/2010

Ótima HQ....
Adorei os traços e as cores... super criativo! E acho que acrescentou bastante ao ar psicodélico que a HQ tomou... tornando o Coringa o protagonista e mostrando um pouco de sua mente doentia!

O Coringa é um dos maiores vilões do mundo HQ, e este trabalho do Brian Azzarello foi muito bem feito, pois em cada traçado, cor, enquadramento e fala dos personagens o autor apresenta a visão diabólica e sórdida do Coringa... a "antítese do Batman"!

Perfeito....



comentários(0)comente



Crônicas do Evandro 08/04/2019

Coringa, de Brian Azzarelo
A humanidade é definida por um sorriso amargo: sabendo-se vilã neste planeta, corre em desatino sufocando qualquer um em busca de poder – como os heróis. Não há cura, porque o desejo de sabotagem e destruição sempre tergiversou sobre seus pares. O heroísmo é tão insano porque não permite uma leitura altiva da realidade. O mais psicótico dos vilões encontra seu reflexo no espelho porque esta é a mesma história desde o começo do tempo. Caos, catástrofe, tragédia, drama. O Coringa é a chaga inevitável que explode feito combustão espontânea. O Batman é seu reverso num oceano de lágrimas, sangue e dor. Criador e criatura se compreendem e se detestam. Por isso, o universo é infinito. Por isso, não há sentido algum. É somente a possibilidade o que faz valer a pena.

> Coringa. Roteiro de Brian Azzarelo, arte de Lee Bermejo. Colaboração de Mick Gray (arte-final) e Patricia Mulvihill (cores). Panini Comics, 2011.

site: https://cronicasdoevandro.wordpress.com/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Acordei Com Vontade de Ler 26/12/2017

Coringa
Jonny Frost é bandidinho que sempre almejou estar entre os figurões do submundo de Gotham, a sua grande chance surge quando ele é encarregado de buscar o Coringa que foi recém-liberado do Asilo Arkham. Coringa está determinado a recuperar o território que perdeu enquanto esteve preso, para isso ele procura alguns aliados para ajuda-lo em sua tarefa e punir aqueles que vacilaram com ele. Além de mostrar para os demais criminosos quem é que manda no submundo de Gotham. Com seus aliados reunidos o Coringa vai deixar por toda Gotham City um rastro de corpos, sangue, violência, destruição e medo. Jonny irá descobrir que existe algo que os criminosos de Gotham temem ainda mais que o Batman, além de descobrir também que às vezes é bom ter cuidado com o que se deseja, pois pode acabar se realizando. Especialmente se não for do jeito que você esperava ou através de alguém tão insano como o Coringa.

Uma ótima história, belos desenhos, uma amostra de uma parte doentia e insana da mente criminosa do Coringa, suas ações, sanguinárias, seu comportamento extremamente imprevisível o tornam se não o pior inimigo do Batman um dos mais perigosos e com certeza o mais insano deles. Ele aprecia o caos, mortes que fariam o mais durão dos detetives passar mal, ele é tão imprevisível que pode se voltar contra seus próprios aliados num piscar de olhos. Tão insano que praticamente todos os criminosos de Gotham o temem, até mais do que o Batman.

site: http://www.acordeicomvontadedeler.com/2017/12/resenha-coringa.html
comentários(0)comente



27 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2