Paratii

Paratii Amyr Klink




Resenhas - Paratii: Entre Dois Pólos


17 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


Edu Trindade 30/09/2012

Para abraçar um mundo
Ler este livro é mergulhar num mundo que se apresenta inacreditavelmente óbvio: letras, o mar e viagens têm mais em comum do que jamais tínhamos pensado. Pois quem viaja acumula histórias na bagagem. E sendo o mar, talvez, o mais poético dos meios de se viajar, liga-se maravilhosamente às letras. Não poderia ser por acaso que o navegador-aventureiro Amyr Klink maneja tão bem as palavras: ele tem muito o que contar. Nas suas mãos, dá se a volta ao mundo: histórias reais se transformam em metáforas de vida que se transformam em vontade de partir que se transformam em histórias reais... "Porque um dia é preciso parar de sonhar, tirar os planos das gavetas e, de algum modo, começar".
comentários(0)comente



Rafael 19/05/2014

Paratii: Entre dois pólos
Mais um feito inacreditável de Amyr Klink.
Desta vez, ficando preso por mais de um ano no gelo Antártico, sozinho (mais ou menos, porque havia pinguins).
O cara é meio louco, mas o livro é muito bom.
Assim como o livro anterior, todo o material fotográfico, plano de viagem e infógrafos foram minuciosamente trabalhados para dar maior clareza possível às informações contidas na obra.
comentários(0)comente



profªValéria 12/06/2009

a solidao de um aventureiro
Adorei as descrições...por um momento parecia estar vendo tudo aquilo...que coragem, viajar sozinho pela antártida e Ártico, que lindo!!! aprendi que quando se tem um objetivo na vida a Solidão é uma coisa mais simples!
comentários(0)comente



Leo M 17/10/2017

Um realizador...
Amyr Kilnk é uma referência inquestionável em matéria de realização... Neste livro, ele nos encanta com mais uma história pautada por determinação, disciplina, respeito a natureza e humildade. Penso que se trata de um dos grandes Brasileiros de nossa época, e sempre aprendo inúmeras lições em seus livros.
Paratii é deliciosa leitura, rica e divertida, relato de uma viagem que muitos julgariam impossível, mas que ocorre graças a planejamento e seriedade (virtudes tão raras ao nosso povo). Mais que isso, é um tratado que mostra como somos dependentes do nosso ecossistema sócio cultural, bem como o que aguarda aqueles que queiram se desafiar na tentativa de ruptura..
Leitura recomendada, que encanta e diverte, mostrando de forma inequívoca o quão ignorante somos sobre nossa real condição é possibilidades neste planeta...
comentários(0)comente



Clio 21/12/2011

Descompromissado e anti-climático, perfeito se você estiver se recuperando de um ataque cardíaco e não puder sofrer qualquer tipo de emoção.

O livro não é um primor em nada, narrativa, roteiro, descrição, aventura, etc... Não serve para o leitor comum e definitivamente não pode ser tomado como um roteiro de viagem, já que Klink, aparentemente ciente de suas limitações como escritor não se extende nisso.

As partes mais interessantes do livro, porém, são justamente as fotocópias do diário de bordo, que trazem rabiscos e desenhos dos locais com uma exposição "mais visceral" (expressão hedionda) do que todas as suas tentativas de poesia.

Ainda assim, faz jus a sua expectativa: reconta a trajetória de Klink entre os dois pólos. E se você comprou esse livro por qualquer outro motivo, recomendo que passe a ler sinopse na contra-capa.
comentários(0)comente



crpaiva 12/06/2013

Liberdade, solidão e aventura
Relendo este incrível livro, deste incrível navegador.
comentários(0)comente



Nessa 09/08/2009

Um achado
Achei este livro entre coisas que minha mãe jogaria fora. Adorei, pois sendo eu uma pessoa que praticamente não consegue viver no silêncio e só ao ler este livro percebi o quanto estou perdendo em não conseguir ficar comigo mesma. Creio que algum dia conseguirei ficar só como Amyr e tirar lições disto como ele fez.
Recomendo a leitura.
comentários(0)comente



Lenita 20/03/2009

Acho muito gostoso ler os livros de Amyr Klink. Uma viagem, já que não posso ir, é só mergulhar na leitura e me sentir lá.
comentários(0)comente



Leo M 17/10/2017

Um realizador...
Amyr Kilnk é uma referência inquestionável em matéria de realização... Neste livro, ele nos encanta com mais uma história pautada por determinação, disciplina, respeito a natureza e humildade. Penso que se trata de um dos grandes Brasileiros de nossa época, e sempre aprendo inúmeras lições em seus livros.
Paratii é deliciosa leitura, rica e divertida, relato de uma viagem que muitos julgariam impossível, mas que ocorre graças a planejamento e seriedade (virtudes tão raras ao nosso povo). Mais que isso, é um tratado que mostra como somos dependentes do nosso ecossistema sócio cultural, o que aguarda aqueles que queiram se desafiar na tentativa de ruptura..
Leitura recomendada, que encanta e diverte, mostrando de forma inequívoca o quão ignorante somos sobre nossa real condição é possibilidades neste planeta...
comentários(0)comente



fsamanta (@sam_leitora) 24/01/2010

Foi um livro que me surpreendeu. Eu não esperava grande coisa, mas a história me prendeu tanto que li em menos de dois dias. Em alguns pontos ele é vago, a história poderia ser melhor explorada em alguns momentos e gostaria de ter visto mais fotos, mas, de forma geral, vale a pena. Ah, há 2 ilustrações nas últimas páginas do livro com a nomenclatura das partes do navio que eu gostaria de ter visto quando comecei a ler, não quando terminei.
comentários(0)comente



Camilla 22/12/2009

Mesmo sem conhecer os termos técnicos que o Amyr Klink fala sobre navegação, achei a história de arrepiar [de frio. hehehe]. Uma aventura real, documentada, com mapas e tudo, só ele e a natureza - mesmo que a parte congelada da natureza -, e até me fez ficar com vontade de ler outros livros dele, apesar de eu nunca ter concretizado essa vontade.
comentários(0)comente



isa.dantas 05/03/2016

Que bela viagem!
Amyr Klink tem um jeito muito único de relatar suas viagens. Adoro seu senso de humor e sua habilidade para descrever detalhes. Seu relato de viagem entre os pólos sul e norte é impressionante e magnífico, que nos faz querer conhecer e ver tudo aquilo que ele viu e viveu.
comentários(0)comente



Taniel.Ferreira 26/11/2016

Inexplicável como me identifiquei com tudo isso, com essa solidão almejada de estar só, mas sozinho sem pessoas porém com todo o resto tudo que é muito maior do que nós mas que não conseguimos enxergar por que somos tão egoístas de achar que somos mair que tudo, e esse livro mostra a grandeza da natureza e mostra o quanto uma pessoa pode ser amiga da natureza, dos mares , do gelo enfim do mundo.
comentários(0)comente



Sikewiecz 06/02/2009

Mais um livro de Amyr. Para quem gosta dos temas velejar, mar, aventura.
comentários(0)comente



Fabiano 06/12/2011

Velejar
Ja tive o prazer de assistir uma palestra do Amyr Klink antes de ler o livro,sempre tive vontade de viajar de barco a vela, adoro analisar e fazer mapas, então para mim foi um prazer ler esse livro. Sabendo que as aventuras que estão escritas ocorreram torna tudo mais interessante.
Valeu a pena.
comentários(0)comente



17 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2