Educação e Emancipação

Educação e Emancipação Theodor Adorno




Resenhas - Educação e Emancipação


3 encontrados | exibindo 1 a 3


JonasMur 29/12/2012

Ir além das propostas
O que mais me admira no livro são suas análises contundentes sobre o anti-semitismo, os tabus acerca dos professores e alunos vistos pelos de dentro e de fora, a análise da instituição escolar, a reflexão sobre a barbárie presente na sociedade e também na escola, esta produto submetido à mesma sociedade a qual gerou Auschwitz e a Guerra perpretada nesse século XX. No entanto, critico não as análises psicológicas e sociais, algumas bastante atuais e pertinentes, mas as propostas de práxis de Adorno em relação à educação, bastante vagas e gerais. Importante apontar as contradições no seio da instituição escolar e das ideologias presentes, porém e as propostas de mudança e transformação, aonde reside? Não caímos em um idealismo perigoso enquanto não soubermos sair da idéia e ir à práxis? E, especificamente, à práxis escolar? Hellmut Becker, responsável pela educação popular de adultos na Alemanha à época (anos 60), em seus debates com Adorno, parece-me apontar a uma práxis mais transformadora, que vá além de meras propostas jogadas ao alto.
comentários(0)comente



doceluzz 04/09/2011

O passado presente já esquecido.
Primeiro livro de Adorno lido por mim.

Adorno faz críticas para as transmissões midiáticas, formação educacional e a ditadura alemã.
Sempre ditando seus pensamentos em tom crítico, Adorno, faz ainda uma análise do pensamento alemão pós ditadura(nazismo), em que a maioria dos almães preferem esquecer o que houve(holcausto) e pensam de forma que fingir esquecer o que aconteceu é tornar-se mais digno, ele diz que não tendo os alemães esta memoria recente apagada forçadamente por vontade individual de cada um que diz não se lembrar, a alemanha tem grandes possibilidades reais de cometer ato semelhante ao que foi cometido. O mesmo diz que se os alemães tentassem entender o que tivera acabo de acontecer em contexto mundial incluindo a Alemanha, seria aceitavel e esperado que esses alemães tornassem um povo um pouco mais desenvolvido academicamente, criticamente e com pouco risco de cometer tamanha barbárie novamente.

comentários(0)comente



Vânia 23/03/2009

Pra meio entendedor...
Pra qm não leu sobre Kant, Hegel, Escola de Frankfurt, Marx, Lukács...Taí um bom livro pra se familiarizar com as idéias de Adorno. Há até um capítulo escrito em forma de diálogo. Muito instrutivo!
comentários(0)comente



3 encontrados | exibindo 1 a 3