Otelo

Otelo William Shakespeare




Resenhas - Otelo


173 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |


Samara 09/06/2011

Sempre que ia na biblioteca e via um livro de Shakespeare, passava longe porque pensava que não iria entender nada. Um dia estava na biblioteca da escola e sei lá porque retirei ele da estante e comecei a ler. Só acordei para a vida quando uma colega pediu licença para passar. Então, notei que estava sentada no chão há mais ou menos duas horas lendo.
A história é atemporal. Iago é uma serpente mas, ao mesmo tempo é muito humano. Existem muitas pessoas como ele. Otelo é um bom aviso dos perigos de se alimentar o ciúme, a inveja e a ira.
Sabia como a história terminava e mesmo assim me empolguei. O meu preconceito com Shakespeare acabou.
Yasmine 10/08/2013minha estante
Eu tenho vontade de chorar, quando penso que muitas obras incrivelmente mal escritas hoje, faz mais sucesso que uma obra dessas.


Jéssika Cordeiro 07/06/2014minha estante
Vamos nos permitir para não perder grandes leituras! :D


Riih.Butragenho 17/09/2015minha estante
Yasmine, não fale assim porque autores de """""""""""""""""""""""""""obras""""""""""""""""""""""""""""" como 50 tons de Cinza e Crepúsculo podem ficar chateados e xingar muito no twitter . kkkkkkk




Leonhard 23/08/2020

Uma importante reflexão à respeito de quanto tempo da nossa vida dedicamos a quem não acredita em si ou de o quão sensível somos nas nossas inseguranças e o impacto de viver sem esses domínios.
Ruru 26/08/2020minha estante
Vou iniciar este livro hoje. Aaaaaah


Leonhard 26/08/2020minha estante
Ow... Só falo uma coisa. De Iago eu passo longe! Hahahaha...




Mariany 17/05/2020

Meu primeiro Shakespeare
Otelo é simplesmente incrível, surreal pensar o quanto Shakespeare era genial... Uma obra do século XVI, que ainda tem tanto a ensinar.
A cada ato um novo aprendizado!
Nessa peça Shakespeare nos ensina muito sobre justiça, sobre a necessidade de olharmos os dois lados, sobre não nos deixarmos influenciar até por aqueles que pensamos ser amigos. A inveja e a ambição podem mostrar que não são...

Frases:

e, so no dia em que eu acreditar que gabar-se de si mesmo é um ato nobre, divulgarei este fato...

O Costume, esse tirano, respeitados senadores, soube transformar para mim o leito de pedra e aço da guerra em colcha de plumas três s vezes joeiradas. Reconheço em mim um entusiasmo natural e expedito que so encontro na adversidade;

Está em nos ser isso ou aquilo outro. Nossos corpos são jardins, dos quais nossas vontades são os jardineiros.

O bom nome de um homem e de uma mulher, meu prezado senhor, é a joia mais pessoal de suas almas. Quem rouba minha bolsa rouba um lixo ... e alguma coisa, um nada; foi meu, agora é dele, e já foi possessão de milhares de pessoas. Mas aquele que vem me lesar em meu bom nome estará subtraindo de mim aquilo que não o faz dele pessoa rica mas que me torna verdadeiramente pobre.


os senhores devem mencionar este que amou demais, com sabedoria de menos; este que não se deixava levar por sentimentos de ciuúme, mas, deixando-se levar por artimanhas alheias, chegou aos extremos de uma mente desnorteada; este cuja mão, como faz o indio mais abjeto, jogou fora uma pérola mais preciosa que toda a sua tribo; este que, de olhos baixos, apesar de não ser de seu feitio mostrar-se comovido, agora derrama lagrimas de maneira prodiga, como as árvores das Arábias derramam sua goma medicinal.
comentários(0)comente



Cris 03/11/2020

Minha opinião
Você já ouviu dizer que Dom Casmurro é o Otelo brasileiro? Não? Pois então, a pesquisadora Hellen Caldwell disse isso. Quer saber o motivo? Eu te conto.

Otelo é um respeitável veterano de guerra que se casa escondido com Desdêmona, para sua desgraça. Primeiro porque o pai da moça não aceita o casamento, basicamente por Otelo ser negro. E, segundo, porque Iago fica louco de inveja de Otelo e começa a traçar um plano que levará o mouro de Veneza à ruína.

Se aproveitando do fato de que Otelo é recém-casado e precisa viajar a negócios e deixar sua esposa, Iago começa a lançar insinuações sobre a deslealdade de Desdêmona, levando Otelo à loucura e ao delírio por causa disso. Louco de ciúmes e manipulado até às tampas por Iago, vemos a derrocada de um homem que era, acima de tudo, justo e amoroso.

Otelo enquanto obra não tem defeitos. A peça é viciante, cumpre seu papel de retratar a sociedade em que seu autor estava incluído e prende o leitor a si. Já o Otelo personagem é decepcionante. Ele passa de alguém carinhoso para um homem bruto e agressivo, tudo porque acha que sua esposa o traiu com Cássio (outro pobre coitado que não tinha nada a ver com nada).

Iago é um capeta. Totalmente manipulador, ele cria uma rede de intrigas e leva todos, ao seu redor, na palma da mão. Sem caráter e sem escrúpulos, ele é o primeiro culpado pelo fim trágico dessa história, um final que traz revolta.

Sobre a comparação: em ambas as histórias temos um marido enciumado e incapaz de acreditar na inocência de sua esposa, embora Bentinho pareça um santo perto de Otelo. Tanto Dom Casmurro como Otelo são obras poderosas, em que o ciúme é retratado como o principal causador da ruína dos protagonistas. E, claro, ambas são brilhantemente bem escritas.
comentários(0)comente



Liliane 12/10/2020

A história de "um homem que não amou com bom-senso, em verdade, mas que amou muito, em demasia..."
comentários(0)comente



hyril 26/02/2020

grande sacode-pêra!
minha nota é 3, que significa que achei o livro bom, nem mais, nem menos.
shakespeare escreve bem, suas estórias são envolventes, costumam fazer-nos querer ler mais e mais. esse foi mais um livro dele lido "numa sentada".
a peça fala sobre ciúme, ganância, orgulho, traição, mesquinharia - até! nos abre os olhos sobre a quem está a nossa volta, sobre instinto, perversidade e traz lições importantes.
não achei o melhor do autor, mas ainda tenho mts obras a ler pela frente pra tirar conclusões.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Paula.Mello 02/05/2020

Mouro de Veneza
Tragédia extraordinariamente bem elaborado e com um final de tirar o fôlego !
comentários(0)comente



Emanuele 28/05/2020

Tragédia de Shakespeare
Sempre tive curiosidade para ler Otelo pela fama.
Em geral gosto muito das peças de Shakespeare e com essa não foi diferente.

Mas é claro que a leitura tem que ser entendida tendo como contexto o momento histórico da época, não quanto à compreensão da história em si, mas da personalidade das personagens, suas ações, diálogos, seus comportamentos.

Por vezes Desdêmona parecerá submissa e o Mouro um ingênuo. Mas tudo tem que ser compreendido no contexto da época quanto ao papel de cada um.

A leitura te transporta para uma plateia de teatro e você sente as emoções, as falas com o público, os diálogos entre os atores.

O enredo de Otelo é famosíssimo, referência na literatura quanto ao ciúme cego e encolerizado.

Apesar de ser uma tragédia a peça tem pitadas de humor, você se diverte com a leveza, naturalidade e até ingenuidade de alguns diálogos. As armações de Iago nos causam angústia, ansiedade pelo final da história, para que tudo se evidencie claramente.

É um livro curtinho e com enredo empolgante, então rapidinho você devora!
Leitura e . 28/05/2020minha estante
Boom diaaa!!
Vim te convidar pra me seguir no Insta para acompanhar minhas leituras. Vou deixar aqui o link do sorteio que vai rolar domingo tbm!
??
Será muito bem vindX...

@leituraeponto

Obrigado... ?


https://www.instagram.com/p/CAAvDOwHX4g/?igshid=eeqazfb5cqxl




Beatriz.Gomes 26/04/2020

"Otelo", de William Shakespeare ?????
? Resenha: Constituída por um enredo intrigante, esta obra conta a história de Otelo, o mouro de Veneza, Iago, seu subordinado, e Desdêmona, sua esposa. Não se trata de uma história de amor, tampouco um triângulo amoroso. Trata-se, na verdade, de uma história cheia de mentiras e manipulação.
Iago quer vingar-se de mouro por ter valorizado mais ao Cássio que a ele. Cássio, também subordinado ao mouro recebe dele a promoção que Iago queria. Esse é o motivo pelo qual Iago quer vingar-se, para isso tenta envenenar a mente de Otelo contra Cássio e Desdêmona.
Por ser meu primeiro contato com Shakespeare confesso que esperava mais, porém pretendo lê-lo novamente em fevereiro para o projeto da @tatianafeltrin e ainda tenho grandes expectativas!

O enredo me lembrou bastante "Dom Casmurro", então se você gosta desse livro, talvez goste também de Otelo.
Tenho mais resenhas no Instagram @bibliofilastudy_
Kleber 26/04/2020minha estante
Acabei de ler Dom Casmurro e o próprio Machado de Assis, nesse livro, cita Otelo!




Ana Lizzy 06/08/2020

Sempre que eu via alguma coisa sobre Otelo havia a menção do personagem Iago e após concluir a leitura entendo o motivo. Realmente ele está entre os melhores vilões da literatura. Basicamente é ele quem move a história e a forma como ele arquiteta situações e manipula todos os personagens ao redor é maquiavélica. Iago odeia Otelo e seus motivos são explicados logo no começo. Mas o objetivo dele não é matá-lo e sim fazê-lo sofrer. E qual a pior forma de sofrimento do que o ciúme excessivo?

Apesar de não ser o tema principal da peça, há um tópico muito importante retratado aqui que torna essa história ainda mais interessante: o racismo. O protagonista é um homem de pele escura que desde o início recebe adjetivos negativos relacionados à sua aparência. E, apesar de ele ser manipulado por Iago para acreditar que está sendo traído por sua recém esposa, Desdêmona, entende-se que no fundo no fundo ele já possuía uma certa insegurança. Porque o que é o ciúme se não uma insegurança?

Ademais, Emília com certeza é a melhor personagem feminina que Shakespeare escreveu (entre as peças que eu já li). Ela tem um papel muito importante para o encerramento da trama e tem uma postura diferente em comparação a Desdêmona, em relação à obediência ao marido (e ainda bem, já que ela é esposa do Iago KSNSKS). Eu gostei de todas as falas dela. Entre elas:

"O que estão fazendo eles quando nos trocam por outras? Praticando um esporte? Acredito que sim. Um esporte gerado por afeição? Acredito que sim. É a fragilidade de cada um que peca dessa maneira? Também acredito que sim. E não temos nós, esposas, afeições? Desejo de praticar um esporte? E não somos igualmente frágeis? Tanto quanto os homens? Então que eles façam de nós bom uso; do contrário, que saibam que os males que fazemos foram eles que nos ensinaram"

"Não é em um ano, nem em dois que se conhece um homem. Tudo que eles são é estômago e nós não passamos de comida. Eles nos comem com sofreguidão e, quando se sentem empanturrados, eles nos arrotam".
comentários(0)comente



Gabriela 24/07/2020

Acho que posso resumir minha leitura de Otelo em: "COMO ASSIM?", "NÃO É POSSÍVEL!!!", "ALGUÉM PARE O IAGO".
Mas adorei, do começo ao fim fiquei presa à história mesmo sabendo como tudo acabaria queria continuar até o fim.
comentários(0)comente



Lys Coimbra 22/07/2020

Muito interessante perceber, na obra de Shakespeare, a abordagem de um tema relevante, embora em ?segundo plano? no contexto da obra: o racismo.
O que fica mais evidente em Otelo são os sentimentos e emoções humanas mais vis e como a inveja, a maldade e o ciúme podem desencadear tragédias irreversíveis, mas essa nova leitura, agora numa fase mais madura do meu próprio espírito me revelou que todos os sentimentos ruins de que Otelo e Desdêmona foram vítimas se iniciaram pelo racismo.
Como poderia Desdêmona se apaixonar pelo Mouro ?de aparência monstruosa? quando por ela se apaixonaram corações de sua nacionalidade e sua classe social? Como ousam Otelo e Desdêmona ser felizes apesar de suas diferenças?
Talvez seja a influência do momento em que vivemos, das obras que li, mas essa releitura me fez pensar em elementos aos quais dei pouca importância quando era só uma adolescente.
comentários(0)comente



Vanessa Assalim 19/06/2020

5 estrelas é pouco!
Este livro, foi a minha primeira experiência com Shakespeare, e foi o suficiente para me viciar em suas peças.
No começo é um pouco complicado, devido a escrita ser muito rústica ( pois o livro foi escrito em 1600 e trálálaá) mas depois você se acostuma e a leitura se tornar muito gostosa.
Para quem gosta de um final trágico, eu recomendo Shakespeare.
comentários(0)comente



Fer 06/10/2020

Instigante
Nem acredito que li Shakespeare !!! Rsrs poxa, se soubesse que era tão instigante, a ponto de não ver o final do livro, com um vocabulário de facílima compreensão teria me aventurado antes...
comentários(0)comente



173 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4 | 5 | 6 | 7 |