Sete Minutos no Paraíso

Sete Minutos no Paraíso Rafaella Vieira




Resenhas - Sete Minutos no Paraíso


22 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2


LeonardoVicent 20/06/2012

Se7e Minutos no Paraíso
Livro: Sete minutos no paraíso
Autora: Rafaella Vieira
Editora: Gutenberg

Sinopse:

Raquel só se veste de preto, é extremamente antissocial e se acha a esquisitice em pessoa. Diego é só mais um garoto de 16 anos louco por videogame e filmes de terror. Os dois cresceram juntos e são amigos inseparáveis. Mas um dia ela percebe que está perdidamente apaixonada por ele. As coisas ficam cada vez mais estranhas entre os dois, e, para piorar, eis que chega Suzi - prima e paixão de infância de Diego, Raquel vê sua vida se transformar num inferno e então resolve bolar um plano maluco para ficar com ele e viver uma noite no paraíso.


" Você arriscaria uma amizade de anos, por uma noite inesquecível? "

O que é Se7e minutos no paraíso?! Nossa! Não consegui parar de ler um só minuto até acabar o livro, olha que tentei várias vezes fechar os olhos, mas não dava pra dormir sem saber o fim da história, então li ele em 4 horas. E fiquei com aquele gostinho de quero mais e mais e mais. Ansioso por uma continuação.

" Eu sou a Melhor amiga do mundo. É sério, eu tenho uma caneca com isso escrito para provar. E foi ele quem me deu."

" Gostar de seu melhor amigo pode ser complicado, doloroso e perigoso."

" O que tenho a dizer é que eu seria capaz de derrete-lo todinho e fazer um mousse de chocolate com ele de tão gostoso que ele é."

Essas são unas das citações do livro que você MORRE DE RI. Contada em primeira pessoa pela Raquel que é realmente louca e apaixonada pelo seu "melhor amigo" Diego ( Nossa como eu sou tão você ). A Autora aborda o leitor de uma maneira incrível, brinca com gente como se tivesse conversando pessoalmente e você se envolve nisso. E ri muito. E o que é aquelas citações dos livros, series de TV, músicas, filmes? Como não amar os personagens se eles gostam de tudo que você gosta, The vampire diaries, Prison break, The secret circle, The O.C., Os feiticeiros de waverly place, The hunger games, Twilight, O chamado, Jogos Mortais, isso mesmo Jogos Mortais *o*, Tokio hotel, e entre outros. PQP cada página lida era fascinante.

" Como você pode ver, tenho muitas tarefas para me concentrar nos próximos dias. Ser apaixonada pelo seu melhor amigo é uma ocupação em tempo integral. "

Raquel, tenta bolar um plano para conquistar o seu melhor amigo, mas não pensem que vai ser tão fácil assim, principalmente quando a prima dele, aquela garota, linda; sexy e que te chama por um apelido fofo no caso dele "Dieguito. " Vai passar um tempo morando em sua casa. Um romance juvenil de tirar o folego, um aprendizado que que vamos levar para sempre, e quem já passou por isso, vai reviver de uma maneira épica e chorar junto com os personagens naqueles momentos que a gente sabe que errou e errou feio, e quando perdemos o que mais amamos, mas também sorri nos momentos inesquecíveis e atrapalhados daquela pessoa que a gente ama. Amei o livro e amei mesmo Com certeza um dos melhores livros que já li. Aaahh uma coisinha que amei, a Rafaella Vieira ainda menciona seu outro Livro " Depois daquele beijo " Neste. Uma fofa.

Leiam, e comprem seus exemplares antes que acabem! Eu já vi acontecer com uma amiga que deixou pra comprar depois... O livro é PERFEITO!
Lucy 18/06/2012minha estante
Uauuu arrasou! Realmente o livro ficou muito bom! Ameii!!


LeonardoVicent 19/06/2012minha estante
Owwnn vlw >


Ynara 05/05/2013minha estante
...e lá vou eu ter que comprar esse livro! culpa sua, Leonardo! abraços!


LeonardoVicent 06/05/2013minha estante
rsrs Essa é a intenção aushuahsuahsuh


Mozinho 03/07/2020minha estante
Depois de ler sua resenha.... Agora terei q ler esse livro :)


Rafa Vieira 21/07/2020minha estante




Nanda Guion 29/08/2012

Sete Minutos no Paraíso - Rafaella Vieira
Nem sei como começar a resenha, esse livro é realmente fantástico !! Ele me fez viajar na história, me envolver com os personagens, torcer por eles, chorar junto, e claro, rir muitoooo. De começo fiquei interessada nele por sua sinopse, apesar de ser aquela coisa que todos já estamos acostumados, amigos se apaixonam mas tem medo de revelar um ao outro por receio de estragar a amizade. Sim, tenho uma queda por essas histórias, mas Rafaella realmente me surpreendeu, ela deixou de lado tudo o que estamos acostumados e trousse para nós uma história renovada e cheia de reviravoltas emocionantes, que te prendem da primeira até a última página.

No livro a protagonista Raquel que ela mesma se descreve como antissocial, esquisita e se veste de preto da cabeça aos pés, se apaixona por seu amigo Diego. Eles sempre foram melhores amigos, mas depois que Raquel descobre estar apaixonada por Diego as coisas começam a ficar estranhas entre eles, e para piorar, a prima de Diego, e paixão de infância do próprio chega para fazer uma visita. Mas é ai que Raquel inventa um plano maluco... ou perfeito...

Simplesmente adorei Raquel, ela é uma personagem supeer sarcástica, gente do céu, como eu ri nos pensamentos, falas e citações que ela faz. Mas não é só isso não, ela é sim muito engraçada, mas nos pensamentos dela dá pra ver o quanto ela ama de verdade o Diego, e sua família pra lá de maluca. Quando ela quer alguma coisa ela vai até o fim, é cabeça dura, afinal, ela tem todas qualidades que essenciais para uma personagem forte mas ao mesmo tempo frágil. E ah, tenho que ter umas aulas com ela sobre piadas kkkkk

Enquanto Diego é um menino que adora videogames e filmes de terror, já vou logo avisando, ele não é nenhum príncipe encantado que a gente sempre vê por ai, com olhos azuis, cabelos loiros, musculoso, não. Ele é um menino real, oque o torna mais encantador ainda, é daqueles personagens que você tem certeza que existe de verdade, pois a descrição dele é tão normal que dá a impressão que você pode até topar com ele andando pela rua, ele não é aquele ser encantador de beleza, mais sim que cativa por ser quem é. No livro Diego é só mais um menino comum, o que faz com que seu jeito comum seja encantador e único.
Enfim, amei o livro e a única coisa que eu queria era uma história mais longa, pra poder ficar junto com os personagens um pouquinho mais de tempo. Agora sei que quando comprei esse livro na Bienal, sim, na Bienal !! estava fazendo umas das melhores escolhas, pois ele me deixou com um quero mais no final, concerteza está recomendado.

resenha para o blog:http://secretsofanheart.blogspot.com.br/
Nanda Guion 17/09/2012minha estante
Obg ;)




Claudinho 27/06/2012

[RESENHA], SETE MINUTOS NO PARAÍSO
“Enfim, é mais fácil eu aprender a jogar quadribol do que entender como funciona a mente do Diego.”

A história é tão contagiante que te faz presente desde o início. Contada de uma forma bem ‘’prazerosa’’ de se ler, Rafaella conta a historia de Raquel, uma garota que só se veste de preto e é um tanto antissocial, quer dizer, bem antissocial, pois seu único amigo e melhor amigo é o Diego. E para situação de uma certa forma ficar ‘’atrapalhada’’, ela se apaixona loucamente por ele, desejando mil e uma coisas.

"Bem, pelo menos se eu me jogasse no colo dele, fingindo estar apavorada, talvez ele não achasse estranho."

E essa paixão só faz aumentar cada vez mais, tanto que a garota precisou mudar de sala, já que em sua antiga sala, o Diego sentava em sua frente e ela não conseguia parar de deseja-lo, e isso para ela estava atrapalhando seus estudos. Não posso esquecer também da Suzy, a prima sexy do Diego que foi morar em sua casa. E para Raquel, a garota era um grande problema... Mesmo assim essa paixão não se acalmou, ela resolveu por seu ‘’plano’’ em prática e em uma conversa com o Diego, propôs o tão esperado Sete Minutos no Paraíso.

‘’Nervosismo louco, ansiedade e excitação. Operação ‘’ficar com o Diego’’ oficialmente iniciada.’’

E as outras coisas você só vai saber se ler! Eu de fato recomendo esse tão ‘’perfeito’’ livro Brasileiro que realmente virou meu preferido. Se você é tão fã de séries, filmes e musica, como eu, realmente vai curtir. O livro tem um toque ‘’mágico’’ dessas coisas que nós adolescente gostamos. E ele só vai te fazer larga-lo depois que você terminar de ler.

É uma historia na qual você vai rir, se apaixonar e torcer para que tudo dê certo neste plano da Raquel.

Quem não leu, leia. Quem não comprou, compre. Pois com certeza vale a pena!
comentários(0)comente



Ju Costa 24/07/2012

Adorei!
Sete Minutos me surprendeu de um jeito muito agradável. Não que eu não soubesse que a Rafa é uma escritora de mão cheia: eu já tinha lido resenhas, comentários e trechos do livro suficientes para ter certeza disso, mas porque, confesso, não é muito o meu estilo de leitura.

Na verdade, acho que Sete Minutos foi o primeiro livro do estilo que eu já li. Hahaha!

A narrativa é muito suave e envolvente, senti como se a Rafa tivesse me encontrado em um barzinho e tivesse me dito: "Ju! Deixa eu te contar uma coisa que aconteceu comigo quando eu era mais nova." Claro, eu sei que não é uma história autobiográfica... O que eu quero dizer é que esse é o nível de proximidade que você sente com a Raquel, a personagem que narra a história.

No começo, eu tenho que confessar também, que fiquei um pouco receosa com o plano da Raquel. Fiquei imaginando que, além de ser um plano meio "delicado", podia passar uma ideia equivocada para meninas da idade. Mas nossa: eu estava muito errada. Primeiro porque o plano todo é muito fiel a personagem. Venhamos e convenhamos, aqueles de nós que já foram adolescentes: é completamente normal adolescentes terem ideias que pessoas com mais experiência podem considerar loucos, sem sentido ou até impróprios. Então, isso aí já foi perfeitamente condizente com a persnagem. E o jeito que a Rafa aborda torna a história toda leve a agradável de um jeito que eu não esperava. Sabe? Você não fica preocupado com as consequências do plano da Raquel, ou com as implciações das decisões dela... nada assim. Você só lê e se diverte. O que é maravilhoso!

Enfim, tá recomendadíssimo!
comentários(0)comente



Bruuh 07/09/2012

Uma amizade, uma proposta, uma noite...

Confesso que eu leio muuitoos livros estrangeiros, mas ultimamento ando me apaixonando pelos livros nacionais \o/

"Se7e minutos no paraíso" é uma obra contagiante, com uma escrita leve e super-fofa.

O livro traz a história da Raquel, uma garota linda, meiga, hilária e estilosa. Ela se acha esquisita; sente-se em outro mundo. Seu único amigo é o Diego, eles são totalmente inseparáveis.
Só que a vida da Raquel se complica quando ela percebe que está loucamente perdida de paixão pelo Diego. (E agora?)
Ela vê-se com raiva por não conseguir mais agir normalmente quando está com ele, ou seja, o tempo todo ela fica "castelando" coisas que quer fazer com ele (cofcof) enquanto ele nota que ela anda um pouco estranha.
O mundo da Raquel caí no fundo do poço de vez quando Diego diz que sua prima (loira/patricinha/paixão de infância de Diego) Suzi vem passar uns dias na casa dele (OMG!)
Assim, em um ato de desespero, Raquel resolve dar um xeque-mate no Diego. (E aí?)

"Você arriscaria uma amizade de dez anos por uma noite inesquecível?"

Só lendo o livro para saber hehehe

Amei a escrita da Rafaella Vieira, não conhecia nenhum livro dela. Como imaginam, me encantei e lerei muitos livros dessa autora futuramente \o/
E então, o que você está esperando para ler esse livro lindo e ter seus Se7e minutos no paraíso? rs

Música que me acompanhou durante a leitura: Roberta Campos - Mundo Inteiro *-*
comentários(0)comente



Karine Roberta 21/12/2012

Meus 7 Minutos no Paraíso
Sabe aquele livro que você começa a ler sem grandes expectativas e com o passar de cada página você se vê querendo saber mais sobre o que vai acontecer com os protagonistas e como as coisas vão se desenrolar, foi o que aconteceu comigo enquanto eu lia o livro 7 Minutos no Paraíso da Rafaella Vieira. Eu li o livro em 4 horas de tão envolvida que eu fiquei com a protagonista Raquel e seu sarcasmos afiado, com o maravilhoso do Diego, com o fofo do Romero e com a mãe da Raquel que é uma figura, o livro tem uma narrativa gostosa que flui com tanta naturalidade que a gente nem sente que as horas vão se passando e quando terminei o livro fiquei querendo mais da história da Raquel. Eu amei o começo de cada capítulo que vem com trechos de algumas músicas. É um livro que vale a pena ser lido e que eu leria ele seja com 184 páginas ou com 368 páginas de tão perfeita que é. AMEI O LIVRO!!!"
comentários(0)comente



Encanto Literários 17/11/2018

Resenha - Livro - Sete Minutos no Paraíso
|| RESENHA || -
° Resenhado por - Ingrid Sousa - [Título: Se7e Minutos no Paraíso] - [Autora: Rafaella Vieira] - [Editora: Editora Gutenberg] - [Número de páginas: 182 - Números de capítulos: 21] .
.
|| Sinopse || - Raquel é uma jovem de 17 anos que gosta de Rock, de Jeans e Alls Stars. Tem um melhor amigo (o único) chamado Diego. Certo dia, tudo o que era preto e branco na vida da moça, vira vermelho paixão e o sentimento de amizade por Diego se transforma em amor louco e desenfreado. Isso levará Raquel a criar planos mirabolante para ter o seu amado em seus braços. Raquel vai perder o juízo quando sua rival Suzi, prima de Diego vem de vez para morar com a família do melhor amigo, colocando em cheque, atenção e o coração dele. .
.
|| Impressões || .
.
° A Raquel é uma personagem muito engraçada o senso de humor dela é impagável. E o Laço de amizade que ela tem com o Diego é muito bonito. Ela fica com raiva, com ciúmes mas mesmo assim, lá estão eles unidos pela amizade.
.
.
° O Diego e meio “desligadão”, deixa a vida me levar, mas também é um fofo.
.
.
° A cena em que Raquel propõe a Diego por em prática um dos seus planos malucos, me surpreendeu muito. Primeiro porque achei que ela não teria coragem, mas teve. Segundo porque pensei que ele não toparia, e ele topou. Geralmente, esses tipos de cenas me incomodam um pouco, quem me conhece sabe, mas nesse caso, não. Achei válido para o livro, não foi nada esdrúxulo, foi bem comedido até. .
.
° Uma única coisa que sei que foi intenção da autora, mas que eu mudaria, e no fato da Raquel achar que o Diego nunca a notária, por ela não ser bonita, não ser loira, não ter seios grandes. Enfim. Sei que a intenção foi deixar engraçado, leve, e são paranoias de adolescentes mesmo, normal. O livro em si é muito gostosinho e agradável, super rápido de ler. Adorei! .

site: https://encantoliterarios.wordpress.com/
comentários(0)comente



Henri B. Neto 10/09/2013

Resenha: ''Se7e Minutos no Paraíso'', de Rafaella Vieira
Faziam séculos que eu já queria ler este livro. Para falar a verdade, desde o lançamento dele pela editora Gutenberg, no ano passado. Eu já tinha lido críticas ótimas sobre o outro livro da autora (''Depois daquele Beijo'', que aliás, eu quero muito ler... E nem preciso dizer o por quê. Cromossomo Y, minha gente!), então eu já estava esperando coisas boas de ''Se7e Minutos no Paraíso''. E, para a minha alegria, foi o que eu encontrei.
.
Para começar, este livro possui um super diferencial, que o destaca de outros livros contemporâneos jovens que encontramos por aí: o cenário! Eu não sabia que ele se passava em Pernambuco, o que deu todo um charme incrível à história ... Sem falar no sotaque que, sim, estão super presente nos diálogos dos personagens (e a Rafaella transcreveu isto tão bem e de uma forma tão natural, que eu simplesmente conseguia escutar as vozes dos personagens nos meus ouvidos enquanto lia - algo que NUNCA havia acontecido comigo!).
.
Falando em personagens, a protagonista de ''Se7e Minutos'' é uma verdadeira graça! Raquel é uma antissocial com orgulho, surtada de forma consciente e super carismática. Ela é engraçada e divertida, e sua forma de ver o mundo ao seu redor, sem sombra de dúvidas, consegue captar o leitor de forma instantânea. Ela, aliada a narrativa fluída e completamente não paternalista da autora, me ganharam completamente.
.
Rafaella Vieira conseguiu escrever um livro jovem e para jovens de foram despretensiosa e totalmente não infantiloide. Gostei de verdade por ela tratar de assuntos que ainda muitos consideram ''tabu'' de uma maneira natural e não didática. Esta dica já estava presente no próprio título (E mais explícito ainda no subtítulo! LOL), mas a minha mente ''sem malícias'' (Só quando lhe convém) só foi pescar isto apenas ao ler o próprio livro.
.
Foi uma leitura gostosa, leve e muito divertida. Uma trama simples, bem ''sessão da tarde'' mesmo, do jeito que a pessoa que vos fala adora. Devorei suas 184 páginas com gosto, e terminei com aquele agridoce gostinho do ''quero mais, por favor, diz que tem mais!''. O livro seria perfeito para mim, se não fosse por um único detalhe: Ele tem spoiler de ''Pânico 4'', o único filme da série de terror (que eu amo) que ainda não vi. Mas, enfim, não adianta chorar sobre o leite derramado... E este detalhe não conseguiu manchar a ótima experiência que eu tive. Enfim, nem preciso acrescentar mais nada... Apenas LEIAM!
.
Henri B. Neto
''Na Minha Estante''

site: http://naestante-henribneto.blogspot.com.br/2013/09/resenha-se7e-minutos-no-paraiso.html#more
comentários(0)comente



Suka - Pensamentos & Opiniões 01/10/2013

Há um bom tempo estava interessada em ler sete minutos no paraíso, primeiro pelos elogios que eu já tinha lido e ouvido e segundo por se passar aqui no Recife (minha cidade).
Quando comecei a ler achei que seria apenas mais um livro de romance adolescente (e é!)mas tem um grande diferencial a escritora consegue prender a nossa atenção a leitura. Cara os detalhes, a escrita (linguagem), tudo me fez gostar do livro.
A história como já disse se passa no Recife, Raquel uma adolescente vista por muitos como estranha pela sua maneira de vestir, e sem amigos, quer dizer um amigo Diego.
Pois Raquel é meio complicada, confusa, o que é normal nesses adolescente de hoje. Ela acaba se apaixonando pelo Diego e tenta bolar um plano para que ela pudesse ficar com ele sem que ele "percebesse" e acabasse estragando a amizade.
Então...
Gente não vou continuar porque se não perde a graça (risos)
Leiam o livro, vale muito a pena!

site: http://suka-p.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



duda 21/01/2014

Recomendadissímo
Me interessei pelo livro por achar a capa bonita, confesso. E apesar da personagem principal (Raquel)ser aquele perfeito esteriótipo de "adolescente rebelde": antissocial, irônica e irritadiça, em nenhum momento isso ficou forçado, por mais incrível que isso pareça! E mesmo mostrando essa visão dos outros sobre ela, a Rafaella Vieira mostrou um lado fofo da Raquel, mas sem sair dessas "linhas", quer dizer, ela continuava "rebelde", mas uma "rebelde" apaixonada. Falo isso porque geralmente na literatura infanto-juvenil, quando a guria se apaixona muda da água pro vinho, de grossa para um anjo de candura. Claro que a Raquel mudou quando percebeu que estava apaixonada por Diego - isso não é spoiler, tá na sinopse, eu acho -, mostrou seu lado mais doce, mas repito: sem sair dessas "linhas".
Outro ponto que me fez gostar bastante desse livro é a narrativa em primeira pessoa, com pensamentos típicos - mas não forçados - de uma verdadeira garota de 16 anos. Rafaella Vieira ou tem uma memória muito boa, ou está mentindo sobre sua idade HAHA porque os pensamentos de Raquel são bem realistas e espontâneos. Cheguei a achar que a Raquel era eu!
Antes de terminar, aqui vai mais um motivo para ler "Sete minutos no Paraíso": É muito divertido, não tem um capítulo que não te faça rir, ou da situação ou dos devaneios da Raquel.
O livro é muito gostoso de se ler, só perde pontos por ter duas "cenas" meio sem pé nem cabeça - que não vou contar pra não fazer spoiler -, mas que não fazem com que valha "menos a pena" de se ler.
Gostei bastante da estória e mais ainda da escritora, estou ansiosa para ler mais livros dessa ótima escritora nacional que é a Rafaella.
comentários(0)comente



Kássia Monteiro 11/03/2014

Leiam agora!
Leve, engraçado e recomendadíssimo!
Rafa Vieira 14/08/2019minha estante




Dani A. 22/01/2016

Nossa gostei do livro,e olha que ele é bem juvenil,e se eu tivesse lido há uns quatro,cinco anos atrás eu teria gostado bem mais.

Conta a história da Raquel que é uma adolescente beemm pirada que se apaixona por seu melhor amigo de infância o Diego,e depois de várias crises,se conforma com essa atração e decide conquistá-lo....só que ela não é nadaaaa especialista em romance kkkkkk e mete os pés pelas mãos várias vezes com sua conquista.

Me diverti bastante lendo,me fez lembrar os livros que eu lia quando era adolescente,principalmente pela parte cômica,com aquela família maluca dela (a entendo bem nesse assunto kkkkk).
Achei o Diego muito fofo,e fiquei torcendo para eles se acertarem logo.
Não diria que traz um romance profundo,looonge disso,mas até me surpreendeu até onde a autora levou o romance dos dois.
Também me surpreendeu que ela tratou um pouco sobre opção sexual.
Enfim,um livro juvenil bem legal.

PS: KKKKKK Essa Raquel não bate bem não kkkkkk Mais gostei dela.
comentários(0)comente



Cintia 16/04/2015

Sete Minutos no Paraiso - Rafaella Vieira
Fazia tempo que estava devendo a leitura desse livro, várias amigas falavam dele, amigos da blogosfera, ele estava na minha estante e não sei porque esqueci dele. Fui num evento do clube do livro,na minha cidade, Recife e lá encontrei a autora. Super simpática, conversando e atendendo a todos, a lesa aqui esqueceu o livro em casa e perdi meu autografo. Depois de ler mais algumas resenhas, resolvi começar o ano em grande estilo. Não me arrependi, nem um pouco.

Raquel é uma adolescente de personalidade forte, tornando-a um pouco antissocial. Ela na verdade, não consegue se relacionar bem com as pessoas. Na escola ela não se encaixa em nenhum grupo e em casa, seu irmão casula e super inteligente é o centro das atenções. O único que realmente que a entende, é o seu melhor amigo Diego. Os dois cresceram juntos e são amigos inseparáveis. Mas um dia ela percebe que está perdidamente apaixonada por ele. As coisas ficam estranhas entre os dois, Raquel não sabe como agir ao lado dele. O universo começa a conspirar contra Raquel, quando Suzi, prima e paixão de infância de Diego, vem passar uns dias na casa dele. Raquel vê sua vida se transformar num inferno e então resolve bolar um plano maluco para ficar com ele.

"Se você não pode dar um beijo de língua arrasador e profundo no seu melhor amigo, então, em quem você pode dar?"

A narrativa é na perspectiva dela, então a leitura é muito divertida, cheia de trejeitos e aquele comportamento adolescente típico. O livro é leve e divertido, quem mora em Recife vai achar ainda mais engraçado. Principalmente ao reconhecer as ruas ou as referencias sobre a cidade no decorrer da leitura. A escrita da autora é ótima e flui muito bem. Terminei o livro em um dia e com um sorriso enorme no rosto. A historia pode até ser clichê mais o jeito que a autora escreve, diferente, é bem atual, me sentir a Raquel em vários momentos. lembrei da minha adolescência e dos meus tempos no colégio.

"- Isso são trovões?
- Não são os Cullen jogando beisebol. É claro que são trovões, seu idiota."

Uma das coisas que eu mais amei no livro foram as referências musicais. A cada começo de capitulo, tem um trecho de uma música, que mostra como a protagonista vai lidar com as situações a seguir. Paramore, Simple Plan, Good Charlote e Tokio Hotel são alguns nomes. Me diverti do começo ao fim. Me apaixonei pelo Diego, entendo porque a Raquel se apaixonou por ele. Quem nunca sentiu o coração balançar por um garoto, aparentemente amigo e morto de lindo, dai você num belo dia, desce da nuvem e PAW! seu cupido fez besteira de novo.

"Eu nunca conseguiria ficar gata como a Rachael Leigh Cook nem que cortasse o cabelo, me maquiasse e descesse as escadas ao som de Kiss me, de Sixpence None the Richer."

Leitura apaixonante, Queria mais aventuras da Raquel ;D

Cintia Milanez.

site: http://www.theniceage.blogspot.com.br/2015/02/resenha-sete-minutos-no-paraiso.html
comentários(0)comente



Carolina DC 06/12/2014

"Sete minutos no Paraíso" é aquele livro que desperta nostalgia para aqueles leitores que já tiveram sua primeira paixão. Narrado em primeira pessoa por Raquel, a história nos permite observar bem de pertinho a confusão emocional em que ela se encontra quando percebe que está perdidamente apaixonada pelo seu amigo de toda a vida Diego.
Raquel é inteligente, seus comentários são sagazes e suas descrições sobre o que está sentindo muitas vezes é hilária.
"E não sei como, mas, de uma maneira muito bizarra e incompreensível, ele é o único que me entende. Acho que isso se deve ao fato de eu ser a única que o aguenta, então, significa que estamos quites. Não temos muita escolha e isso é basicamente o alicerce do nosso relacionamento." (p. 09)

Quando ela percebe seus sentimentos, ela fica sem chão e sem saber como agir com Diego. Como se isso não bastasse, uma das primas de Diego (que ele sempre teve uma paixonite e segundo Raquel é linda) vai morar na casa de Diego e estudar na escola deles. Raquel tem uma decisão a tomar: sofrer em silêncio ou criar um plano mirabolante para conquistá-lo. Vocês conseguem imaginar qual foi a opção dela?
Uma história leve, divertida e cheia de momentos fofos. Mesmo sendo um livro indicado para o público juvenil, é uma leitura obrigatória para todas as idades, pois quem nunca se apaixonou e ficou sem saber como agir?
O livro é repleto de referências atuais que permitem o leitor se identificar completamente e até mesmo se imaginar sendo amigo desses dois protagonistas.
Acompanhem essa protagonista maluquinha em uma história de amizade e amores.

"Tudo bem, fui eu quem quis assim, mesmo sabendo de tudo o que iria acontecer....Aconteceu e, pelo menos, eu tinha tido meus preciosos sete minutos para a vida toda, porque, durante esse tempo, ele foi meu e só meu." (p. 162)


site: http://www.viajenaleitura.com.br/
comentários(0)comente



Rafa 28/10/2012

Um romance super atual, você rir do começo ao fim com os pensamentos da protagonista Raquel.
Tá, eu sei...esse é um daqueles livros indicados pela revista Capricho, pelo menos foi isso que o pessoal do meu trabalho disse quando me viu lendo ele e disseram que eu não tinha mais idade pra ler essas coisas.
Ahh eu gostei, então super indico.
comentários(0)comente



22 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2