Terra sem Lei

Terra sem Lei Luis Boto




Resenhas - Terra sem lei


3 encontrados | exibindo 1 a 3


Tainiim 08/08/2012

Vingança ou um grande amor? Qual o sentimento mais forte?
Terra Sem Lei é título de uma história cheia de ação, aventura e romance. Uma ficção ambientada no nordeste do Ceará composta por elementos empolgantes e uma grande dúvida: Será o sentimento de vingança mais forte que uma história de amor?
Carlos Lucena, além de rico, é o homem mais temido da cidade de Ibipiranga e essa, que deveria ser uma cidade calma, é berço de enormes confusões.
"Há dezoito anos atrás" Carlos descobriu uma jazida de granito nas terras da família Silva e devido sua ganância, resolveu obtê-las a qualquer custo. Determinado a comprá-las, Carlos não contava que essa família jamais venderia tais terras que foram herdadas em gerações. E é então que um terrível massacre acontece: Toda a família Silva exterminada! ...Exceto João Filho.
João que na época tinha 10 anos, assistiu a todo o massacre, presenciou toda a dor de sua família e quando chegou a sua vez de morrer, o cangaceiro encarregado do serviço poupou a vida daquele garotinho deixando-o fugir e desacreditando que o veria novamente um dia.
João, agora com 28 anos, retorna a sua cidade natal em busca da única coisa que o fez sobreviver todo esse tempo: Vingança! Seu objetivo é exterminar a todos que fizeram mal à sua família, principalmente o fazendeiro Carlos e o cangaceiro que liderou a chacina Zé Caolho.
Após a chegada do então forasteiro João, é que as confusões começam. Ladroagem sempre existiu em Ibipiranga, e apesar de possuir um prefeito e um delegado, ambos eram mandados pelo homem mais poderoso da cidade, Carlos. Por isso o nome Terra Sem Lei.
João Filho, porém, não contava com as maravilhosas surpresas do destino e se depara com a estonteante beleza de Vivian, filha de seu inimigo mortal, porém alguém capaz de adocicar o coração de João que a muito tempo só é dominado pelo ódio.
Se eu gostei deste livro? Amei! As partes de ação é o que mais encontramos, elas te fazem (me fizeram) imaginar os duelos perfeitamente e assim querer saber enlouquecidamente o que acontece no final.
Apesar de ser um livro relativamente grande, 477 páginas, foi super rápido e fácil de ler. Talvez devido a diagramação e com certeza devido a história, que é ótima.
Eu tive várias expressões ao ler Terra Sem Lei, ódio, alegria e até dor quando eu imaginava uma cena mais forte. Definitivamente pude extrair muitas coisas boas dessa história. A determinação de João e as dores de Vivian fizeram eu me emocionar.
Além de todas as lições maravilhosas, este livro nos mostra claramente uma situação de abuso de poder que, eu sei, ainda acontece em muitos lugares do Brasil, o que me traz grande revolta e que precisa ser mudado.

ENTRE NO BLOG FOOLISH HAPPY, COMENTE E CONCORRA A UM EXEMPLAR DESTE MARAVILHOSO LIVRO!
http://foolishhappy.blogspot.com.br/2012/08/resenha-premiada-terra-sem-lei.html
comentários(0)comente



Mix 15/06/2012

www.mixliterario.com
"Terra sem Lei" é um livro de ficção que pode ser facilmente confundido com alguns fatos que muitos já ouvimos falar.

Esta obra nos mostra a triste realidade de uma pequena cidade chamada Ibipiranga, comandada pela lei do poder aquisitivo. E quem manda nessa cidade é Carlos Lucena, um rico fazendeiro que não tem consciência; que só pensa em enriquecer. Ele descobre uma jazida de granito em terras vizinhas e depois de inúmeras tentativas em comprar essas terras ele manda dizimar uma família inteira a tiros pelas mãos do temível Zé Caolho, um dos cangaceiros mais cruéis da região e seu braço direito!

Porém durante esse massacre, um dos jagunços pertencentes ao grupo de Zé Caolho tem uma crise de consciência e resolve poupar a vida do caçula, João Silva Filho; que foge para retornar a Ibipiranga após dezoitos anos a fim de se vingar de Carlos Lucena e de todos aqueles que foram coniventes com aquela situação.

João é movido pelo seu ódio e foi isso que lhe deu forças para sobreviver sozinho pelo mundo! Só que João não contava que pudesse se apaixonar pela filha de seu maior inimigo; a bela Vivian Lucena.

Vivian é uma moça que foi educada em são Paulo e retornou a sua terra natal para ficar junto de sua família.

Ela aparentemente desconhece todas as falcatruas de seu pai e ao desconfiar de alguns fatos, tenta indagar seu pai sem sucesso!

Quando a verdade lhe é revelada, Vivian precisa escolher de que lado ficar e João precisa decidir se leva sua vingança até as últimas consequências, mesmo tendo Vivian em seu coração e sabendo que o que quer que faça sua amada sofrerá!

Este é um livro muito impressionante pela riqueza de detalhes na personalidade dos personagens; tanto os personagens principais como os secundários são dotados de personalidades marcantes que traçam com clareza sua índole e seus sentimentos com relação ao que se passa ao redor!

João, como dizem aqui no Rio, é o cara! Ele é forte, destemido, sagaz, astuto! Sabe se esquivar divinamente diante de situações difíceis e luta como ninguém! Além de ser um homem bastante perseverante com aquilo que se propôs!

Vivian é doce, inteligente, apaixonante, delicada e muito determinada em relação ao amor que sente por João.

Um romance lindo, que ultrapassa as barreiras sociais e que nos mostra que o amor quando é verdadeiro supera as mais inimagináveis barreiras e obstáculos que possam existir!

As cenas narradas entre os cangaceiros e João foram fantásticas. A pressão de quem está lendo em saber se João conseguirá ou não sair daquela situação nos deixa com a adrenalina em alta!

Um livro de quase quinhentas páginas devorado em duas noites!

Luís Boto me surpreendeu, pois não sabia o que esperar de sua obra e tive uma grata surpresa com essa trama tão bem amarrada e deliciosa de se ler!

Esse livro me fez lembrar algumas novelas antigas que eram ambientadas no sertão e nos mostrava esse mundo dos cangaceiros e fazendeiros poderosos que mandam e desmandam e usam de força e crueldade para terem o que querem!

O livro é muito bom! E com grande entusiasmo e alegria recomendo para vocês.

Em Terra sem Lei, vocês encontrarão uma leitura gostosa que te fará viajar pelo Ceará do inicio do século XX, com muita ação, adrenalina e romance!

E o desfecho do livro, não poderia ter sido melhor! Fiquei com o coração na mão, de um lado, torcendo para João levar sua vingança até as últimas consequências e de outro, tendo a certeza que se ele fizesse isso ele perderia mais do que Vivian; perderia a si mesmo!

Querem saber o que acontecerá em Terra sem Lei? Comprem o livro! Tenho absoluta certeza que não irão se arrepender!
comentários(0)comente



Luis Boto 12/02/2012

Resenha do Autor
A obra “Terra sem Lei” é uma empolgante história de ficção ambientada no sertão da zona norte do Ceará no inicio do século XX, repleta de muita ação e uma boa doze de romantismo.

Conta com riqueza de detalhes a história de João Silva Filho, um menino de dez anos, único sobrevivente de uma chacina onde toda sua família fora exterminada por um bando de jagunços liderados pelo sádico cangaceiro José Moura, mais conhecido na região como Zé Caolho. Mas por trás de tudo está Carlos Lucena, um poderoso fazendeiro que dá as ordens na cidade de Ibipiranga, tendo em suas mãos o Prefeito e o Delegado, e ainda tendo o temido cangaceiro Zé Caolho como braço direito.

O covarde massacre deveu-se à resistência da família Silva em vender suas terras para Carlos Lucena, uma vez que somente o fazendeiro tinha conhecimento de uma enorme jazida de granito naquelas terras, cuja exploração lhe deixaria ainda mais rico e poderoso.

Dezoito anos depois, João Filho retorna à Ibipiranga em busca de uma única coisa: vingar-se dos responsáveis pela destruição de sua família! Em sua volta ele acaba reencontrando sua tia Bernadete, irmã de sua mãe e única parenta da família ainda viva.

Mas o jovem vingador, além de enfrentar o fazendeiro e os jagunços de Zé Caolho, irá se deparar com uma surpresa que o destino lhe reservara e que poderá atrapalhar seus planos: a linda jovem Vivian Lucena, filha de Carlos, seu grande inimigo, e cuja beleza e formosura atinge de cheio seu endurecido coração. Assim, João terá que lutar também contra o forte sentimento que nutre pela linda donzela.

Diante desse cenário, tem-se inicio a um grande confronto de João contra seus inimigos, com lutas corpo-a-corpo, facas, peixeiras e armas de fogo, alucinantes perseguições a galope e batalhas de tirar o fôlego no meio do tórrido sertão cearense. Ao mesmo tempo o herói vingador trava um intenso conflito de sentimentos ao deixar-se envolver pelos encantos de Vivian, os quais ele julgava estar preparado, mas que acaba sendo pego de surpresa por algo mais puro e mais belo que ódio e vingança, conduzindo a história para um desfecho surpreendente e emocionante.
comentários(0)comente



3 encontrados | exibindo 1 a 3