Bodas de Fogo

Bodas de Fogo Deborah Simmons




Resenhas - Bodas de Fogo


53 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4


CarlaC 15/08/2011

Após a morte do pai e dos três irmãos mais velhos de Isadora as propriedades e riquezas da família são deixadas sob seus cuidados e, contra tudo o que se pudesse esperar de uma mulher, ela prova ser uma excelente administradora! Ela sabe se virar muito bem sozinha e não pretende se casar de jeito nenhum, muito menos com algum homem ganancioso que se case com ela só por causa da sua fortuna. Mas o Rei não pensa do mesmo jeito e a convoca à corte, lhe apresenta alguns dos seus melhores cavaleiros - todos bastante ansiosos por botar as mãos nela e nas suas propriedades, diga-se de passagem - e ordena que ela escolha o que for do seu agrado e se case com ele. Mas a bela Isadora tem um plano que, se der certo, fará com que o Rei volte atrás e permita que ela continue solteira. Ela realmente escolhe um dos cavaleiros do Rei, mas escolhe um que está ausente. O barão Piers Montmorency, mais conhecido como Cavaleiro Vermelho, que, qual Fera, vive recluso há meses no seu castelo e os rumores dizem tratar-se de um feiticeiro que vendeu sua alma para o Diabo, que durante o dia oferece sacrifícios humanos e ao jantar come corações de crianças!


A proposta pode ser inesperada mas o Rei contraria as expetativas de Isadora e permite o casamento. Então a única esperança de Isadora passa a ser a de que o Cavaleiro Vermelho recuse a sua proposta de casamento, mas quando chega a Dunmurrow mais uma vez ela vê seus planos furados. O noivo é uma figura assustadora e sombria. E bota sombria nisso! Ela não consegue ver um palmo na frente do nariz quando eles são apresentados porque ele vive numa literal escuridão e não permite janelas abertas nem velas acesas. Ela ouve sua voz, sente a sua presença, mas não pode enxergá-lo. E é com esse ser estranho que ela vai ter que se casar porque, por mais contrariado que seu pretendente esteja, ele se nega a ir contra as ordens do Rei.


E então eles se casam…


A capela está escura como breu e ela só sente a mão dele na sua. Ainda assim o contato não é desagradável, antes pelo contrário. E quando ele a aperta contra o peito e lhe dá um rápido beijo nos lábios ela fica de pernas bambas.


É feitiço!! Ela foi enfeitiçada por esse adorador de Satanás. Será que ele tem alguma deficiência? Terá uma queimadura horrível no rosto? É possível que ele seja tão feio? Será mesmo um feiticeiro? Por que ele está sempre se escondendo e nunca aparece à luz do dia?? Tanto Isadora como nós quase vamos enlouquecer de curiosidade, porque apesar de casada ela vai continuar sem ver o rosto do marido. Mas a gente não vai precisar esperar até o final do livro para conhecer o mistério de Piers porque a Isadora, que não suporta estar se apaixonando por um homem cujo rosto nunca viu, vai dar um jeitinho de descobrir o que ele tanto esconde.


Piers é uma doce Fera (me fez lembrar imenso do Fantasma da Ópera) que vê seu coração arrebatado por Isadora. Ela é o raio de sol na escuridão de Piers e é muito fofo ver como a escolha de Isadora, que tinha tudo para dar errado, acaba se revelado a melhor, a única escolha possível. O livro também é incrivelmente sexy, recheado de cenas de amor sensuais..

e… e o resto eu deixo para vocês descobrirem…



Em jeito de síntese, é uma bela história e eu a recomendo muitíssimo! 5 estrelas, sem dúvida.


Lizzy 16/08/2011minha estante
Eu sou apaixonada por essa estória, li mais de uma vez. Interessante é que eu dei uma conferida com o texto original e a editora teve a decência de não cortar e resumir nadinha, o livro está completo. Bjs


Claire Scorzi 17/08/2011minha estante
"...é muito fofo ver como a escolha de Isadora, que tinha tudo pra dar errado, acaba se revelando a melhor..."
É por causa de detalhes como esses, similares ao 'destino' de Geoffrey ao casar com Elene, que julgo este romance uma especie de versão no espelho de "O anel de noivado". Bela resenha.


Semiramis 27/09/2011minha estante
Ai mana, eu amo esse livro, é lindo demais!!!


Luna 23/06/2012minha estante
Amei a resenha, amiga!

Eu não vou ficar morrendo de curiosidade!kkkkkkkk... A autora foi uma fofoqueira no segundo livro da série!rsrsrs...

Bjs!


CarlaC 23/06/2012minha estante
É por isso que eu me aborreço com séries, amiga. Não tenho paciência para seguir a ordem. E nesses casos, ou fico baralhada por falta de informação, ou então a autora dá em largar spoilers como foi o caso no 2º livro. afff Ela não deveria ter contado o segredo. rs


Luna 24/06/2012minha estante
rsrsrs... É por isso que quando leio uma série prefiro seguir a ordem. Mas dessa vez achei que não teria problemas.kkkk... Oh, ilusão!


Dih 15/09/2012minha estante
Excelente livro, mas morri de raiva que quando fui procurar resenhas na internet, um leitora escreveu o que não devia kk. oooô raiva ! Mas mesmo assim entra para o meus favoritos *-*


Camila-chan 08/04/2013minha estante
Eu preciso ter esse livro nas minhas maos!! T^T mas como achar? adoro lê-lo!! *-*




Claire Scorzi 20/03/2011

Contraponto à "O Anel de Noivado"
Uma espécie de visão no espelho de O Anel de Noivado, o outro romance histórico da autora que é meu favorito. Este chega perto; aqui, trata-se do casamento por ordem real onde o cônjuge de péssima fama é o homem, ao contrário de "O Anel...". Como neste último, o outro cônjuge - aqui, a heroína - precisa usar de paciência e doçura. As suspeitas sobre o comportamento de Piers Montmorency ocorrem a Isadora de Laci (se não ocorresem, eu duvidaria da inteligência dela), mas ela só descobre a verdade quando é praticamente jogada no seu rosto, por assim dizer.
O erotismo de Deborah Simmons é forte, mas nunca de gosto duvidoso; particularmente atrativo para mim é sua valorização do desejo feminino, e a ênfase no corpo do homem - uma evidência prazerosa de que as mulheres desejam e se deleitam na figura do seu companheiro, assim como os homens se deleitam com a beleza física de suas mulheres.
As quatro estrelas aí estão por conta dessas qualidades. Não cinco, porque há clichês estilísticos incômodos, muita ação previsível e as cerca de 50 páginas finais soam um tanto excessivas, como se a autora tivesse de cumprir um número de páginas.
O casal Piers-Isadora, contudo, é encantador. Amei os dois.
comentários(0)comente

Lizzy 16/08/2011minha estante
Ah, o meu favorida da Deborah Simmons também é O Anel de Noivado. Muito lindo! Bjs




Lizzy 03/06/2010

"O fruto proibido é sempre o mais desejado"
Isadora escolhe casar com o “Cavaleiro Vermelho” ao saber que a sua fama quase bestial poderia libertá-la da obrigação, fazendo com o rei não a obrigasse ao compromisso. Mas os seus planos não deram certo e ela teve que ir ao encontro do misterioso homem para casar, o qual vivia, recluso, em total isolamento e escuridão. Mas, como disse a autora, “o fruto proibido é sempre o mais desejado”, e Isadora se adapta à nova situação e se apaixona perdidamente e luta intensamente pelo seu amor, abrindo mão de muitas coisas até descobrir o grande segredo do seu amado.  É um livro espetacular, extremamente romântico e sensual, sendo incrível a forma como a nossa heroína se entrega ao amor intensamente. Lindo!
comentários(0)comente



Tonks71 18/06/2009

Um clássico cultuado do gênero.
Primeiro livro da série de Lacis, que consiste em dois livros:

1. The Devil's Lady (1994) - Bodas de Fogo.
2. Maiden Bride (1996) - A Esposa Virgem.

Para quem não é familiarizado com a cultura dos Romances de Banca deixa eu primeiro explicar que os dois livros da série de Lacis são clássicos cultuados no estilo. Maravilhosos, estão entre os 10 mais de qualquer lista de preferência. O livro Bodas de Fogo é considerado uma raridade, difícil de achar em sebos e só recentemente consegui adquirir o meu exemplar. Se encontrar, nem pense, compre.

Isadora de Laci, que no original se chama Aisley de Laci, deve escolher um cavaleiro do rei para se casar, acredita que arranjou uma saída, escolher o terrível Cavaleiro Vermelho que dizem ter um pacto com o diabo. Afinal o rei não seria tão cruel em aceitar essa loucura, e mesmo que o fizesse com certeza o cavaleiro demoníaco não aceitaria e a recusaria, já que era famoso por sua reclusão e teimosia. Porém as coisas não saem como ela queria, o rei aceita a sua escolha e a manda para o sombrio castelo de Dunmurrow.

O clima gótico do livro é ótimo, as sombras, as paredes vermelhas do quarto de Piers, o criado que parece estar em dois lugares ao mesmo tempo, ...

Isadora não consegue vê-lo já que sempre onde ele está o ambiente permanece escuro, será que ele é deformado? Será que ao fazer o pacto com o diabo, ele adquiriu sua forma? Será que se transforma em algum monstro em contato com a luz?

O romance é lindo e hot, leitura obrigatória.
comentários(0)comente

Cris Paiva 18/06/2009minha estante
Dificil??? Eu consegui o meu no momento em que a menina tirava ele da bolsa pra trocar, nem deixei ela colocar o livro no balcão do sebo!!! Kkkkkk





Bruna Britti 04/01/2013

www.supremeromance.blogspot.com

***

Não é de hoje que Deborah Simmons mantém sua fama de escritora clássica no mundo dos romances de banca. Quem não conhece a famosa frase “trema por mim, moça”, lançada pelo personagem mais queridinho de todas as românticas? Deborah Simmons é leitura obrigatória para qualquer viciada no gênero.

Em Bodas de Fogo, somos apresentados a Isadora, uma mulher que vive muito bem sozinha, obrigada! Entretanto, o rei Edward afirma que ela precisa se casar e faz uma concessão, permitindo que ela escolhesse seu futuro marido. Isadora até tenta conhecer alguns homens da corte, mas todos acabam – de um jeito ou de outro –, lhe desagradando ou decepcionando-a. Uns tentam prensá-la contra a parede e enchê-la de beijos molhados e nojentos, outros estão apenas interessados em sua rica propriedade e não escondem isso. Frustrada e decidida que continuaria sozinha, Isadora traça um plano para ludibriar o rei Edward.

Ela escolheria o Cavaleiro Vermelho. O homem possuía uma fama terrível que assustava a todos. Diziam que fizera pacto com o demônio, era um terrível praticante de magia negra e comia o coração das crianças no jantar. Ninguém em sua sã consciência permitira que ela se juntasse a um homem recluso e misterioso. Entretanto, seu plano vai por água abaixo quando Edward permite que seja feito o casamento.

Comecei meu ano literário com o pé direito. Bodas de Fogo traz todos os ingredientes que um romance de banca deve proporcionar: leveza, romantismo, sensualidade e personagens que cativam o leitor ao extremo, fazendo da história uma leitura deliciosa e apaixonante. Com um cenário pouco variado e um herói extremamente misterioso e reservado, o livro conquista pelo tom sombrio e o segredo que envolve Piers, o temido Cavaleiro Vermelho.

O leitor é levado a conhecer um castelo onde não é permitido que velas sejam acesas. Isadora raramente consegue encontrar seu marido durante o dia, apenas na hora do jantar. Ainda assim, as poucas velas na hora da refeição impossibilitam-na de enxergar o Cavaleiro Vermelho com nitidez. Com isso, a história ganha um ar sepulcral de mistério e carrega uma sensação de que talvez as lendas sobre o temível cavaleiro sejam verdadeiras. Afinal, o que Piers tinha para esconder?

Isadora é esperta, por mais que um lado seu teime em acreditar nas lendas, o lado sensato diz que há algo mais por traz do mistério que envolve seu marido. Aos poucos, somos levados a desvendar essa incógnita com ela. Embora seja uma pena que eu já soubesse, devido a spoilers, ainda assim não há leitor que não consiga ficar indiferente quando descobre o que realmente Piers esconde. Aliás, esse toque acrescentado pela autora só deixa a história ainda mais bela.

Os diálogos são sutis e crescem durante o livro. Essa é uma história onde o amor nasce aos poucos, onde o pânico de ser ver casada com um homem de lendas terríveis cede espaço a um amor dos mais puros e bonitos. Não só as cenas são cheias de erotismo, mas as palavras de Piers carregam um toque de sedução de tirar o fôlego. Eu adorei cada momento do romance e me encantei com o casal. Deborah Simmons construiu uma história simples, onde o menos é mais. Adorei.

Bodas de Fogo também conta com pinceladas de humor, ação e tensão. O livro é o primeiro da série “De Laci”, já comecei o ano de 2013 de ótima forma! Excelente leitura.
comentários(0)comente



Caro - só troco livro por livro 09/06/2015

Li por indicação, mas já tinha visto uma categoria que ele se encaixava, então já li sabendo do segredo do mocinho, que aliás não é um mocinho! Ele é conhecido como Cavaleiro Vermelho, que dizem as más línguas, tem pacto com o demo, mexe com magia negra, faz feitiçaria. E não é ele que a Isadora escolhe como marido?
O Rei mandou a bonita escolher um marido, já que ela era sozinha no mundo e cuidava de uma propriedade. Ela achando que o Rei ia liberá-la, por que nunca alguém poderia casar com o Cavaleiro Vermelho, ela o escolhe!
E ela se ferrou de verde-amarelo, porque o Rei além de rir ainda diz: "— Pois então que seja! "
Então, contando que o Cavaleiro seja o próprio coisa ruim em pessoa e diga não a esse casamento louco e sem propósito, ela vai em busca dele!
Rá!!! Se ferrou de novo, por que além do cara recebê-la na escuridão do seu quarto, em um breu absoluto, ele diz: "— Mas o que está feito está feito. Que assim seja."
E na mesma hora pegou Isadora e a desposou no mais absoluto breu!
Sim, toda a mansão, não tinha tochas, não tinha velas, alias não tinha nada, já que ninguém gostaria de trabalhar para o Lorde Vermelho, por isso enquanto não consegue anular o casamento, Isadora está determinada a tornar seu lar provisório habitável e confortável, para isso não exita em trabalhar o dia todo!
Ela só não imaginava que depois de tantos dias, o Cavaleiro Vermelho fosse procurá-la em seu quarto para que de fato se tornasse sua mulher!
Depois disso, Isadora sabia que estava enfeitiçada, e não queria mais nada do que a mágica que acontecia entre eles na escuridão da noite!
Livro lindo!
Laine 19/01/2017minha estante
morri de rir com sua resenha haushaushas vou ler com certeza




Dominique 04/07/2010

Um romance arrebatador!
Isadora de Laci vivia tranquilamente em suas terras até que o Rei decidiu que uma mulher não poderia viver sozinha e decide casá-la com um de seus súditos. Decidida a não ser casar com nenhum dos pretendentes do rei, Isadora escolhe o temível Cavaleiro Vermelho, achando que dessa forma obrigaria o rei a retirar a ordem. Porém, o rei vendo-lhe as intenções, concede o desejo da moça.

A lenda do Cavaleiro Vermelho espalhou-se pela corte e por outros lugares, onde diziam que após ter feito um pacto com o Diabo, ele tinha deixado de ser humano e se tornado imortal. Oculto pelas trevas de seu castelo, o Cavaleiro Vermelho não deixava que ninguém transpusesse as barreiras que tinham sido imposta.

Porém, Isadora chega ao castelo como um furacão cheio de luz, afirmando que havia escolhido-o para ser seu consorte. Orando a todos os santos para que o Cavaleiro Vermelho mandasse-a para o inferno e de volta para suas terras, Isadora não acredita quando ele aceita-lhe o pedido e não somente isso, que a cerimônia se realizasse imediatamente. Assustada, Isadora custa a acreditar nos rumos que sua decisão havia levado-a. Sem poder enxergar o rosto do futuro marido que vive na escuridão do próprio quarto, abandonada em um castelo sombrio e sujo, a moça sente-se sozinha e frágil pela primeira vez na vida.

Poderá um romance sobreviver a escuridão e aos segredos ocultos no coração do Cavaleiro Vermelho?

Ufa! Esse é um dos melhores romances que eu já li. É tudo tão fascinante e romântico. Nas primeiras páginas, o leitor prende a respiração com Isadora a cada nova ideia que a moça tem, mas todas acabam dando errado e levando-a direto para uma destino incerto. Quando Isadora conhece o Cavaleiro Vermelho, que se chamava na verdade Piers, ela pensa que tinha se metido em uma fria, mas acaba compreendendo que apesar de tudo poderia ser livre no castelo dele do que se tivesse casado-se com qualquer outro homem e além disso o mistério em torno do marido prendia-lhe toda atenção, levando-a armar situações para descobrir seus segredos.

O amor nasce tão aos poucos entre os dois que você acaba embarcando nos sentimentos e emoções que emanam das páginas. Você quer saber mais e mais o que acontecerá e o que aconteceu para um homem tão viril quanto Piers vivesse em volto a escuridão. Sim, o homem é lindooooo demais!!! O homem é quente!!! Ual!!! Quase desfaleci junto com Isadora. Rsrsrs!!! E afirmo: o livro é HOT nas alturas!!!

Mas não pensem que somente há romance no livro, tem muitas intrigas, ação e também guerra. Acho que foi por isso que gostei tanto dele. Bodas de Fogo é um romance de dimensões imprevisíveis. Por isso, digo: Se você ainda não leu, LEIA!!!! E venha me contar o que achou depois...
comentários(0)comente



Andréia Karoline 07/06/2015

Doçura de livro!
Isadora de Laci é uma moça sem família, sem pai e irmãos está por conta própria, e leva a sério seu dever de gerir um feudo rico e prospero como o De Laci, e faz isso muito bem por sinal, até que o rei decide interferir e obrigar a moça a se casar, o que ele não esperava é que Isadora tivesse um plano mirabolante e escolhesse se casar com o temido Cavaleiro Vermelho, cuja a reputação é de ser um temido feiticeiro que possui um pacto com o diabo, porém para o espanto de todos o Cavaleiro aceita esse casamento e o plano de Isadora vai por água abaixo...ou não!.
Livros encantador, mocinha porreta, independente e inteligente e o duvidoso mocinho,o Cavaleiro Vermelho que a princípio você tem vontade de esganar mas se mostra um homem inteligente, perspicaz, honrado, e completamente apaixonado.
Amo romances de bancas e fiquei feliz por achar mais uma autora extremamente talentosa, Debora Simmons.
Super recomendo!!!
comentários(0)comente



Silvana Barbosa 11/02/2019

Eros e Psiquê, versão medieval
É releitura, a primeira vez foi como Romance de banca. Eu não me lembrava muito da história, a não ser o fato que amei demais da primeira vez.
Eu recordava vagamente que a mocinha forçava a situação do casório, e depois se fazia meio de sonsa, tentando consertar a cagada que fez: casar com um cara com fama de capeta. E sim, estava certa na recordação, a mocinha, apesar da autora não dizer que ela é mimada, se comporta como uma mimadinha infantil, que acha que vai ser mais esperta que um rei, ou que os cavaleiros da corte.
Claro, ela se estrepa espetacularmente, para nossa alegria rsrsrs
E se apaixona, assim como eu, pelo protagonista, que brilha, mesmo nas sombras, durante toda a história.
Ele é o cara, o tal Cavaleiro Vermelho! E dessa vez entendi que ele pode não ser bonito de fato, mas que é belíssimo aos olhos da mulher que o ama.
E sobre a mulher que o ama, Aisley, que cresceu ao passar das páginas...Me incomodou a quantidade de vezes que ela lambeu os lábios... Affe, toda a vez que tinha cena da Aisley, ela lambia os lábios. TODA A CENA. Ô mulher de boca seca! Se isto tinha na versão Bancão, não lembrava.
Assim... também não lembrava que o Piers falava que devia matar a esposa. Mais de uma vez, na verdade rs Tudo bem, da boca para fora. (Mais ou menos)
... Vai ver nem ele aguentava mais tanta lambeção de lábios.
Continuo adorando a trama, apesar de pegar no pé da repetição de expressões - e querendo muito reler o livro do irmão revoltado, na versão completinha, de livraria.
Solta o Nicholas, Leque Rosa!
Nádia 11/02/2019minha estante
Amo o Nicholas :-D


Cleide 12/02/2019minha estante
Queria tanto esse livro :)




Dih 11/08/2012

simplesmente ...
M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O ..... pena que eu li o livro sabendo do segredinho de Piers Montmorency, com certeza se eu não soubesse desse segredo a emoção seria beeem MAIOR ! mas amei demais mesmo sabendo do pequeno detalhe kkkkk !
comentários(0)comente



Livros Encantos 15/07/2015

Bodas de Fogo
Em nossa primeira resenha do Mês Especial Romance de Época não resisti e li um de meus livros favoritos de romances de Banca.

O amor bateu a porta do Cavalheiro Vermelho, trazendo a esperança há tempos perdida ...

Isadora com apenas 17 anos já toma conta de um castelo como administradora e está solteira sem parentes,perdeu seu pai e irmãos, por decreto do Rei terá que escolher um pretendente para se casar, mesmo com muitos ela não quer se casar.
Em um de seus planos Isadora decide ousar e escolhe o temido Cavaleiro Vermelho como seu marido, o Rei concorda e com isso seus planos de não se casar cai.
Ao chegar no castelo do temido Cavalheiro Vermelho seu castelo é todo escuro, Isadora mal vê o marido em torna das sombras que o cercam, e se casam .

Seus encontros são somente nas refeições, e Isadora está muito curiosa com relação a seu marido porque ele vive nas sombras e não sai do quarto ?
Em uma noite após uma crise de ciúmes Piers ( nosso amado Cavaleiro Vermelho ) decide consumar seu casamento,
Em seus encontros a noite Isadora vai mudando seus sentimentos com relação a Piers, ele é um ótimo amante e suas conversas com ele nas refeições são sempre agradáveis.
Aos poucos mesmo nas sombras, os encontros vão desnudando a alma dos dois, Piers vê em Isadora uma razão para viver, e Isadora encontrou sentimentos que não buscava: o amor.

Em torno de Piers há todo um segredo que nossa protagonista irá descobrir, afinal ela é destemida, nem todo o mito envolvendo seu marido a assusta, ela transforma o castelo, administra e ainda consegue o carinho de todos na vila.
Meninas Piers é daqueles homens carinhosos, e após tudo que passou Isadora se tornou um raio de sol em sua vida, sua prioridade é faze-lá feliz.
Isadora tem um amor tão grande por seu marido que sentimos a felicidade dela em cada cena, após a revelação do segredo, há muitas cenas que ambos estão simplesmente apreciando um ao outro.

Além do romance lindo de nossos protagonistas, teremos disputas de terras, um vizinho enlouquecido pela Isadora e suas terras irá fazer de tudo para a levar consigo.
Temos personagens secundários como o Irmão de Isadora, a criada que marcaram nessa história.

A autora possui uma escrita tão fluída, não queria parar de ler até terminar, os acontecimentos te deixam curiosa, depois torcemos para que tudo dê certo, momentos de angústias, ou seja transbordou sentimentos ao leitor.

Para quem gosta de romance não pode deixar de ler, você vai se encantar pelo cavalheiro Vermelho.

site: http://www.livrosencantos.com/2015/07/bodas-de-fogo-deborah-simmons.html
comentários(0)comente



Lariane 29/12/2009

M-A-R-A-V-I-L-H-O-S-O...

comentários(0)comente



bia 31/05/2015

Destinos traçados.... maravilhoso!!!
comentários(0)comente



Prisciane.Lopes 09/05/2016

Esse livro é lindo....aconselho todo mundo a ler....a mocinha é decidida e romantica o mocinho é TDB super valente....amei esse livro....
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Kelli 04/08/2017minha estante
undefined




53 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3 | 4