De Volta Para Casa

De Volta Para Casa Susan Wiggs




Resenhas - De Volta Para Casa


6 encontrados | exibindo 1 a 6


Isabelle 20/09/2012

Uma história muito emocionante.
Susan Winggis está de parabéns!Este é o primeiro livro que leio dela e gostei muito.
De volta para casa é uma história muito comovente sobre a vida em família como seus atritos, reconcilições, perdas, ganhos, redenção, respeito e principalmente muito amor, este último nos é apresentado de várias formas.
Realmente uma história delicada e inteligente sobre superação.
Fiquei com gostinho de mais na boca achei que a autora poderia ter nos dado mais detalhes sobre a vida de alguns personagens.
Recomendo!
Isabelle Lima
comentários(0)comente



Patricia Duarte 16/01/2012

Intenso e encantador como todas as obras da Susan Wiggs...só achei que ela podia ter explorado um pouquinho mais o final.....mesmo assim gostei muito!
comentários(0)comente



Lu 29/10/2010

Não sei o que aconteceu com a Susan Wiggs em "De Volta para Casa". Depois de ler o lindo e triste "Mesa para Cinco", eu tinha grande expectativa. E o livro começa muito bem, apresentando os personagens e seus dramas de forma lenta e segura pela autora, prometendo uma bela história.

Só que foi mal desenvolvido. Eu não entendi como Jessie e Dusty apareceram magicamente apaixonados um pelo outro e com já grandes planos de família feliz. Foi por isso que resolvi abandonar o barco: porque a trama alternativa ao arrastado drama entre Jessie e Luz simplesmente foi para o buraco. Eu é que não ia aguentar outra rodada do "conta-ou-não-conta" para a Lila.

Ah, a Lila...só mesmo autoras de romance para adultos fazem essas coisas, sabe? Montam uma personagem com retalhos do que gostariam de ter sido com a personagem que têm na cabeça. O perfil dela não combina nada com coisa alguma. E o resultado é uma personagem tão enjoada quanto à amiga gótica de Para Sempre. As duas poderiam muito bem dar as mãozinhas, por sinal.

Enfim, o livro não é totalmente ruim, mas eu esperava muito mais e simplesmente, perdi a paciência. Mas não vou desistir da autora, pois já vi um ótimo trabalho anterior.
comentários(0)comente



LissBella 17/10/2010

"A morte da razão não leva às trevas, mas a outro tipo de luz."

Ultimamente tenho tido muita sorte ao escolher os livros que leio. Esse é meu primeiro livro de Susan Wiggs, e puxa... nem tenho como expressar o talento da escritora.

Susan consegue relacionar amor, doença, segredos passados, mágoas que perduram... um monte de sentimentos e acontecimentos de forma linear e gostosa de ser absolvida.

O livro começa com a volta de Jessie para casa após 16 anos. "Sentia apenas o instinto de voltar para casa, a tendência do animal ferido em procurar um abrigo seguro".

Jessy sabia o que iria encontrar... o passado, seus estragos e as cicatizes que este deixara. Assim como Dusty Matlock que até conhecê-la sofria com a perda preoce da esposa... "O sangamento estancara, o paciente iria sobreviver, mas as cicatrizes nunca sumiram".

Mas, assim que se encontram somos presenteados pela autora com a descrição... "Uma onda de amor devastador percorreu-lhe o corpo com uma força esmagadora... o mundo tinha uma forma estranha de oferecer algo inesperado quando tirava todo o resto".

Me perguntei muitas vezes durante a leitura... É possível recomeçar ou reconstruir mesmo após estragos como esse? E Susan Wiggs acredito que também tenha se perguntado isso ao iniciar o livro...

"Não havia nenhum manual de instruções ensinando como colar os caquinhos de uma vida".

Mas os personagens desenvolvidos por ela são fortes o que torna o livro em minha opinião tão forte quanto... Pequenos conselhos dados pela autora, grandes mensagens... "Vá e consiga o que quer da vida... não espere que ela lhe dê nada de bandeja. As coisas dadas com muita facilidade são dadas apenas por um motivo - ninguém mais as quer".

Culpa, medo, segredos... um livro cercado de memórias... Podemos julgar? Culpar? Todos erraram... erraram diante do novo, do improvável, do inimaginável... "As pessoas procuram responsabilizar as outras quando coisas impensáveis acontecem".

Ah... belo livro... belíssimos sentimentos... e um amor ainda mais lindo...

"Ele tnha a capacidade de colocar tudo num beijo - promessas indizíveis, sentimentos indescritíveis... até mesmo sonhos".

Recomendadíssimo!!!
comentários(0)comente



RenataSara 26/04/2010

Encantador!
Terminei esse livro com uma sensação maravilhosa! Encantador é o que posso dizer sobre ele, um livro diferente do que estou habituada a ler, pois o principal do livro não era o romance entre a Jesse protagonista do livro) com o Dusty que é maravilhoso, e sim, o seu relacionamento com seu passado, com a reconquista de sua filha que ela deu para adoção, com a recuperação do amor de irmãs, e como encarar sua doença.
Pensei que esse livro não enfocaria tanto nos outros personagens e sim somente na Jessie, pois me enganei, ele é um livro completo pois nos mostra os sentimentos e historias de cada um dos personagens e ao contrario do que eu pensei, o enfoque no seu romance apesar de não ser o central do livro é lindo devido ao fato da bagagem emocional que cada um trouxe consigo. Um livro super agradavel e encantador. Recomendadissimo e merecedor da minha melhor nota !
comentários(0)comente



; Lili 02/04/2010

Esperava mais...
Confesso que esperava mais da história! Esperava mais drama, esperava que a Lila sofresse mais, que a história dela com a Jesse fosse mais marcante, mais intensa.

O drama vivido pela Jesse foi comovente, mas faltou algo... faltou um pouco mais de emoção.

Esperava mais também do relacionamento dela com o Dustyn. A história dele é linda, o passado dele foi marcante, mas o romance dele com Jesse não foi tão bem explorado.
Quando eu pensei que a autora iria explorar mais do relacionamento, o livro acabou...
rs
comentários(0)comente



6 encontrados | exibindo 1 a 6