A Visão Dionisíaca do Mundo

A Visão Dionisíaca do Mundo Friedrich Nietzsche




Resenhas - A Visão Dionisíaca do Mundo


2 encontrados | exibindo 1 a 2


Haylane 23/06/2011

Nietzsche tal qual Dioniso, a potência capaz de retirar de si mesmo a liberação violenta capaz de reconciliar o ato de "vir a ser" ao "tudo flui".
comentários(0)comente



Filino 30/08/2016

Jovem Nietzsche
O livro apresenta três escritos de Nietzsche acerca da tragédia grega, bem como enfoca os aspectos apolíneo e dionisíaco, que se farão presentes com mais força nos seus primeiros livros. Nas duas conferências e no texto que dá o título à obra, vemos um Nietzsche cujo estilo ainda não é aquela "dinamite" que se revelaria posteriormente. No entanto, a partir do segundo texto, ao tratar de modo mais demorado sobre Sócrates e Eurípides, é possível vislumbrar alguns indícios de seu pensamento posterior.

As visões apolínea e dionisíaca, por vezes, são tratadas de um modo até rasteiro por alguns que se referem a elas. Esses textos nietzschianos demonstram que essas noções não são tão simples assim.

A obra é enriquecida com várias notas explicativas, bem como por um prefácio sobre o teatro grego, a tragédia e seus autores, além de um posfácio (este último, em particular, a despeito de pretender dar alguns esclarecimentos, não é de uma leitura muito fácil).
comentários(0)comente



2 encontrados | exibindo 1 a 2