Sirensong

Sirensong Jenna Black




Resenhas - Sirensong: O Perigoso Chamado da Rainha


41 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


Belle 17/06/2021

Amei
Confesso que sou suspeita para falar desse livro, porque sou muito cadelinha dessa trilogia ?Fariewalker?, mas devo reforçar que esse livro é simplesmente magnífico! Indico demais a leitura.
comentários(0)comente



estantedogabs 21/01/2021

Problemas com a protagonista
A ideia desse livro é muito bacana, mas uma coisa que me incomodou muito é que a protagonista claramente toma todas as decisões erradas pra história poder seguir em frente. Os motivos poderiam ser mais bem planejados.
comentários(0)comente



Marí Amo 30/12/2020

Surpreendente
Não esperava sentir tanto nesse último livro. O encaixe de novos personagens, a reviravolta. Amei tudo no final. Simples. Sucinto. Mágico.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Salomao.Cardoso 30/03/2021minha estante
Psee, acho que poderia ser mais bem explorado nesse livro farie como um todo




Alana 18/07/2020

Difícil de ler
Difícil de ler e difícil de resenhar também. Na minha opinião, foi o pior dos três livros. Um final sem graça, igual o livro todo. Mas o importante é que se eu cheguei até o último livro, foi porque alguma coisa valeu a pena. E essa coisa é o único personagem interessante: o Erlking. E é isso.
comentários(0)comente



Bia 22/04/2020

Sirensong
Neste último livro Dana é convidada para visitar e conhecer a rainha Seelie que por um caso quer vê-la morta. Apartir dessa viagem a Farie novos perigos serão enfrentados.
A série é narrada em um fluxo bem dinâmico, sempre está acontecendo algo por isso é bem difícil de larga a leitura. Os capítulos são grandes porém a leitura é rápida. Não é uma série muito bem elaborada, é bem fácil de entender, mas você não vai achar muitas coisas diferentes de outras histórias ou seja não tem muita novidade. Essa série foi a primeira que eu li em um mundo somente feérico e eu gostei bastante.
O relacionamento da Dana com a mãe é muito conturbado do começo ao fim da série e eu gostei do fim que a autora deu para está personagem, pois não é um final felizes para sempre. O que é justo pois alcoólatras, assim como outras pessoas que tem vícios, enfrentam uma luta diária que muitas vezes não são vencidas. Gostei bastante de como a relação dela com o pai vai evoluindo ao longo dos três livros. O jeito que ela vê o pai no começo vai mudando e de insensível ele passa para um pai responsável e bastante comum, então a Dana vai se acostumando a ser a filha e não a responsável o tempo todo.
Eu não gostei da relação dela com seu par romântico. Eu achei ele bem difícil de engolir, ele vai mudando ao longo da série entretanto essa mudança não é muito bem construída. No final da série eu deixei de odiá-lo todavia ainda tinha uns sentimentos negativos com relação a ele. A impressão que eu tive é que todo personagem masculino que aparecia na historia era melhor que ele e daria um par melhor.
O final da série deixou um pouco a desejar, teve alguns personagens que não tiveram o final mencionado, eu achei bem corrido a resolução da trama, mas no geral não decepcionou tanto porque a trama era bem simples. Resumindo é uma série água com açúcar que as vezes é necessária ser lida para descontração depois de um livro pesado.
comentários(0)comente



Ana.fernandes 25/03/2020

Ótimo final
Não tinha como ter um final melhor, esse livro realmente encerra a trilogia e sinceramente foi o meu favorito dos 3, muito bom
Suuh Steff 14/04/2020minha estante
Por favor me da um spoiller com quem ela fica??? Kkkk tudo que te peço


Ana.fernandes 16/04/2020minha estante
Posso dar, mas jamais por aqui, no privado kkkk




Giouvanna 24/02/2020

Sei lá, achei confuso demais e não me deixou presa na leitura..
comentários(0)comente



Adriano 21/01/2017

Final morno
Faltou desenvolvimento da história, carece de detalhes e outras situações que Dana pudesse ter com os amigos ou com seu pai.
No segundo livro teve aquele alarde todo, um clímax que não me deixou satisfeito ela poderia ter sido treinada mais batalhado mais, ficou no meio a meio. Confesso que esperava mais.
Chegou no terceiro ficou do mesmo jeito só indo pra Titania e mostrando a humildade e lealdade, é só, sem final feliz, apenas cumpriu o seu dever.
comentários(0)comente



Carol 05/09/2016

Sirensong - Opinião
Que final lindo e surpreendente!
Faltou um pouquinho mais de romance, no meu ponto de vista de super romântica e alguns detalhes sobre os outros personagens, até porque a autora nos livros anteriores envolveu todos na trama porém, adorei a abordagem que ela trouxe, que foi bem filosófica além de realista e justa com o enredo desde o começo da vinda da Dana a Avalon, ela bateu na tecla de valores de proteção e falta de confiança.
Acredito que se ela tivesse feito tudo perfeito ficaria clichê e sem graça, da forma que desenrolou tudo foi muito bom.
Eu fiquei tão apreensiva com o meio pra frente que me deu até EnjOo! Sério mesmo!
A Jenna arrasou na narrativa de todo o suspense e apreensão da Dana.
E oque foi esse Elking? Personagem confuso e apaixonante, você ama e depois odeia aí volta a amar....e assim vai rs.
Enfim eu gostei do final, só acho que os outros personagens mereciam um esclarecimento melhor, por exemplo, o Finn não foi citado e ele foi muito bom nos dois primeiros livros e ainda teve toda a questão política que foi o propulsor do início. Espero que tenha um spin off com a continuação da história.

Eu gostar tanto do Elking me faz uma pessoa ruim rs? Espero que não, por que eu sou #teamarwnoElking
comentários(0)comente



Milinha 10/01/2016

Muito bom
Amei o livro e estou triste que não tenha continuação!
comentários(0)comente



Marla 09/05/2015

Sirensong: O Perigoso Chamado da Rainha - Jenna Black // Faeriewalker # 03
Se você não leu os livros anteriores essa resenha pode conter Spoilers.

Sirensong é o último livro da série Faeriewalker da autora Jenna Black, lançado pela editora Universo do Livros. A série e protagonizada por Dana Hathaway uma adolescente de dezesseis anos, que vive em Avalon na companhia do pai e da mãe que é alcoólatra.

A primeira vista ela é apenas uma adolescente normal, mas Dana é uma Faeriewalker, alguém metade fae e metade humano e como tal, tem capacidade de transitar entre Fae e o mundo mortal. Ela queria ter apenas uma vida normal, mas por ser uma Faeriewalker, acabou envolvida em tramas políticas, sofreu tentativas de assassinato e seqüestro, e acabou precisando fazer um acordo com Erlking, o líder dos Caçadores Bárbaros, alguém muito poderoso, perigoso e encantador.

Como as coisa podem sempre piorar, Dana acaba sendo convocada pela rainha Titânia da corte Seelie, para comparecer ao seu palácio. Sem escolha ela parte na comitiva do príncipe Henry, alguém que inspira desconfiança, na companhia do pai, Finn (seu guarda – costas) e seus amigos Ethan, Keane e Kimber.

Durante sua viagem para o palácio Sunne, a comitiva e atacada e para piorar, Dana e os outros acabam caindo em uma armadilha, quando uma bomba, que só poderia ter sido levada para Faerie, por uma Faeriewalker explode durante um jantar, deixado gravemente ferida a princesa Elaine, a neta da rainha Titânia.

"Toda vez que eu olhava para ele, era como se eu levasse um soco no estômago. Provavelmente ele era a pessoa mais assustadora e perigosa que já conheci, mas também era a mais linda. Mesmo para um feérico, o que significa bastante."

Obrigada pelo pai, Dana e os amigos fogem, deixado ele e Finn para trás. Porém a situação deles e bastante complicada, já que além de se esconderem dos cavalheiros da rainha eles também precisam fugir de Erlking, que também estar caçando-os. Agora Dana precisa encontrar uma maneira de provar sua inocência e assim salvar a sua vida e daqueles a quem ama.

Após três anos lendo a série Faeriewalker, finalmente conseguir finalizá-la. Confesso que eu esperava um algo mais nesse último volume, mas levando em consideração, toda a trajetória da série posso dizer, que a autora conseguiu finalizá-la de uma maneira digna.

Em Sirensong somos levados ao novo cenário que é Faerie, lugar esse que eu tinha muita curiosidade de conhecer. A autora conseguiu criar um cenário interessante e mágico ao mesmo tempo.

Dana a nossa protagonista se mostra bastante corajosa nesse volume, confesso que gostei de vê-la em ação, mas também me irritei algumas vezes com seus momentos de indecisão. Com relação à parte amorosa de Dana, não tive nenhuma surpresa, com a escolha dela, já que seu escolhido e alguém que domina seus sonhos e seu coração desde o primeiro volume.

"Havia uma parte de mim que antecipava que minha transição de Avalon para Faerie fosse dramática e espalhafatosa, que acreditava que seria como passar através do espelho para entrar em um mundo completamente estranho e desconhecido. Isso apesar de que com minha visão de faeriewalker já tive inúmeros vislumbres de Faerie e sabia que não era um mundo de cogumelos e pés de feijão gigantescos."

Sentir falta de Finn, já que ele tem pouca participação nesse livro, mas em compensação gostei de acompanhar a evolução do relacionamento entre Dana e o pai, já que mesmo com toda a situação de ser uma faeriewalker ela sabe que não estar mais sozinha e que pode contar sempre com o pai, já que o mesmo não pode se dizer da mãe.

Os irmãos Ethan e Kimber, Keane (filho de Finn) , assim como Erlking tiveram seus momentos de destaque durante a trama e eles de maneira direta e indiretamente ajudaram Dana a encontrar seu caminho. Com relação aos novos personagens, posso dizer que a autora conseguiu criá-los de modo a diferenciá-los dos habitantes de Avalon, com toda a polpa e o frufus de seus trajes formais da corte, sem falar que um deles se sobressai por ser o vilão da trama.

Sirensong que é narrado por Dana, tem seus pontos altos e baixos, mas ainda assim possui uma boa trama, com bons personagens, aventura, ação e algumas revelações. Concluído gostei do livro, e dos momentos passados na companhia dos personagens, então sim eu recomendo a série, mas leiam sem grandes expectativas.


Série Faeriewalker
Glimmerglass # 01
Remedial Magic # 1.5
Shadowspell # 02
Sirensong #03

Resenha Postada no blog Louca por Romances no dia 17/09/2014

site: http://loucaporromances.blogspot.com.br/2014/09/resenha-sirensong-o-perigoso-chamado-da.html
comentários(0)comente



Izabela 19/06/2014

Eu estava com medo de não gostar desse livro, já que dei algumas desanimadas com o segundo da série, o Shadowspell (por mais que ele tenha ganhado cinco estrelas, assim como o primeiro e agora esse último). O fato é que esse livro, que é o último da trilogia Faeriewalker, virou o meu favorito da série. Foi muto mais do que eu esperava e eu tive ataques em muitos momentos do livro. Sei que muita gente não gosta dessa série, mas eu amei e já estou com saudades do Ethan, do Keane e do Erlking. Ok, talvez com um pouco de saudades da Dana, a personagem principal, mas não sei se estou pronta para admitir isso, rs. Se você ainda não leu Glimmerglass e Shadowspell pode considerar uma coisa ou outra nessa resenha como spoiler. Mas se você já leu os dois primeiros (mas ainda não leu esse último) pode ler sem medo de ser feliz, vocês me conhecem, não escrevo spoilers alok.

O último livro da trilogia começa quando Dana recebe um chamado um pouco diferente de uma das rainhas de Faerie. O problema é que ela não é, nem de perto, uma das pessoas mais queridas e esperadas na cidade mágica, na realidade, a grande maioria (e isso inclui a outra rainha) quer vê-la morta. Além desse pequeno problema ainda temos que lembrar que a nossa querida faeriewalker fez um acordo bem complicado com o chefe dos caçadores bárbaros, o Erlking. Aí você pensa: Está complicado. Ah, mas pode piorar, sempre pode. Ethan ainda está ligado aos caçadores e a mãe de Dana está cada dia se afundando mais ao negar que tem problemas com bebidas. A cereja do bolo é que os amigos de Dana resolvem que vão junto com ela para Faerie, segundo eles ela não correria perigo algum, mas não custa previnir, não é?

O caminho até o castelo da rainha seelie em Faerie é bem longo e para ajudar Dana (mais seu pai e seus amigos) o príncipe se oferece, completamente forçado por sua mãe, para ajudá-la. Já sabemos que ela não é o ser mais querido daquele lugar, adicione o fato de que alguém resolveu trair não só a confiança de Dana, mas também a da rainha. Isso dificultou a chegada ao castelo e ainda piorou a situação quando chegaram. É aí que Dana precisa usar toda a coragem que tem e chamar toda a magia que conseguir para proteger sua vida e a vida de todos que ama. Mas, como Erlking a lembra em certo momento, é impossível salvar todo mundo sempre. E é nessa bagunça que você começa a ter ataques porque muita coisa acontece ao mesmo tempo e é genial, maluco, mas genial.

Os personagens não mudaram muito de um livro para o outro, mas (pessoalmente falando) eu comecei a ir mais com a cara do Erlking e das tiradas geniais dele. Sem esquecer que eu simplesmente poderia ler mais um livro inteiro só de cenas entre o Ethan e o Keane, as brigas dos dois são simplesmente hilárias e muito boas de ler. Algumas coisas são bem previsíveis nesse livro, mas isso não estraga de forma alguma a leitura, sem esquecer que muitas outras coisas são completamente inesperadas e wow. Então está valendo. Sério. Eu devia ter gravando minha caras enquanto eu lia os últimos capítulos desse livro. Provavelmente seria um vídeo hilário. Fiquei realmente muito surpresa com algumas coisas. Não sei se gostei muito de como o Erlking e a Dana se resolveram, por conta do acordo dele, mas no final das contas achoq ue foi a melhor escolha. Sobre a mãe da Dana, prefiro não comentar, obrigada.

Se você gosta de livros mágicos e bem divertidos precisa ler essa trilogia. Já estou sentido aquela famosa saudade literária, que sentimos quando passamos muito tempo com os personagens de uma série que gostamos, rs. Acho que já comentei, mas vale repetir que esse livro ganhou cinco estrelinhas, assim como todos os outros da série, mas esse foi o meu favorito. Fiquei curiosa para saber algumas coisas que teria acontecido depois do final do livro, mas nada que seja o final do mundo. Já leu esse livro? O que achou? Se ainda não, está animado? Não perde tempo, go go go!

site: http://www.brincandodeescritora.com/
comentários(0)comente



spoiler visualizar
Rita.Costa 04/09/2017minha estante
Nossa, sim! Fiquei super decepcionada com o desfecho, sendo que Dana se arrisca por Connor que absolutamente é um nada na história




Livretando 16/01/2014

Resenha: Sirensong - O perigoso chamado da Rainha
Neste terceiro e "último" livro da trilogia, nossa faeriewealker é convidada pela rainha seelie, Titânia, para visitar o seu reino. Apesar de estar muito receosa quanto a esse convite inesperado, Dana acaba aceitando-o, afinal, não se pode fazer uma desfeita dessas à sua "doce" rainha. Mas como não podia ser diferente, as aventuras começam desde a ida ao castelo e à partir daí, não para mais!

Em Sirensong, as coisas acontecem em ritmo mais frenético. Dana amadurece mais um pouco e é capaz de tomar decisões importantes e que podem definir o futuro de todos. A presença constante de magia e uma boa pitada de batalhas, tornam a leitura bem instigante. Embora o início tenha me feito sofrer um pouco, o retrospecto demasiadamente detalhado dos acontecimentos das obras anteriores tornou a leitura um pouco arrastada. E vamos combinar: Quem lê uma série começando do último livro? Então, subentende-se que todos os leitores já sabiam de TUDO o que ela (a autora) estava explicando novamente.

Não vou dizer como terminaram os casais, mas vocês podem imaginar facilmente. E digo, não me agradou nem um pouco, mesmo já estando preparado para isso. Como já sabem (?), o personagem que mais me chama a atenção continua sendo o Erlking, e sua presença nesse livro só reforçou ainda mais isso.

A autora soube dar um bom desfecho para a obra, embora acredite que um outro volume seja NECESSÁRIO. Muita coisa acabou não sendo abordada, e isso me deixou um pouco decepcionado. Tá, um pouco não, fiquei MUITO decepcionado. O final não ficou com cara de FINAL, ficou com cara de "CONTINUA...". ¬¬ (hâm?!)

Apesar de todos os pontos positivos que citei, não dou cinco estrelas à obra, não por se tratar de um livro ruim, mas o fato de não haver (ainda) uma continuação para responder a algumas de minhas peguntas o fez cair no meu conceito. Não satisfez. Espero, sinceramente, que a autora considere mesmo a possibilidade de laçar um livro "bônus", como dizem os rumores por aí...

site: http://livretando.blogspot.com.br/2012/07/resenha-sirensong-o-perigoso-chamado-da.html
comentários(0)comente



41 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3


Utilizamos cookies e tecnologia para aprimorar sua experiência de navegação de acordo com a Política de Privacidade. ACEITAR