Entre Dois Mundos

Entre Dois Mundos Ligia Gama Miraglia




Resenhas - Entre Dois Mundos


47 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4


Fefa 15/04/2013

Resenha do Blog Lendo & Esmaltando
Entre dois mundos conta a historia de Alicia, uma menina de aproximadamente 20 anos que sofreu um acidente de carro com a família, perdeu seu irmão mais novo, e ficou 40 dias em coma. Durante esse tempo em que estava no hospital Alicia se encontrava em um mundo paralelo junto com o seu irmão que cuidava dela. Ao sair do coma ela encontra problemas sérios, ela passa a ver em todo lugar homens de preto que ninguém mais consegue enxergar, homens que não falam com ela com exceção de um, Noah. Um ser muito misterioso e que parece fazer de tudo para que Alicia seja sua.

Muito abalada com a morte de seu irmão Alicia procura consolo nos braços de seu melhor amigo, desde a infância, Raul. Só que em pouco tempo eles se tornam muito mais do que amigos e sim namorados. O sentimento dos dois aflora de uma forma arrebatadora. Alicia precisa lidar com o fato de enxergar pessoas que ninguém consegue ver, ela precisa encarar a verdade de que Noah não vai deixa-la em paz tão cedo, pelo menos não enquanto ele não conseguir o que quer. Raul está disposto a ajuda-la lutar contra tudo e todos, ele está preparado para dar a sua vida se for preciso.

Bom gente devo dizer que esse livro é simplesmente Fantástico, a Lígia conseguiu criar todo um ambiente e personagens muito bem construídos e detalhados. Os personagens são muito cativantes e envolventes, até mesmo os secundários como os pais de Raul, as amigas de Alicia e os amigos de Raul.

Raul é um protagonista maravilhoso, pela descrição perfeita que a Lígia elaborou, já posso imagina-lo completamente . Gente por favor o cara é um modelo loiro, alto , lindo , simpático, carinhoso, não poderia ter melhor. Ele é apaixonado por Alicia desde que os dois tinha 12 anos de idade *U* olha que fofo.

O romance dos dois é super fofo, vi umas pessoas comentando que acharam o romance rápido demais, mas como assim galera? Eles se conhecem desde pequenos e se amam, somente não conseguiam assumir. Eles tem uma super química e adoro o fato dele ser paciente e achar fofinho a falta de experiência dela.

A linguagem é excelente ( como vocês sabem eu tenho problemas com isso), as palavras foram muito bem escolhidas. A narrativa dispensa elogios, só preciso dizer que fiquei sem comer e sem dormir até terminar de ler, não parei nem um momento, porque não conseguia tirar os olhos do livro.

Eu realmente fiquei apaixonada com o livro *O* E estou bem ansiosa para a continuação que já está chegando por ai. Fiquem de olho.

A capa é lindíssima e a diagramação está perfeita. Para quem ainda não leu ou não conhece o livro, corre gente porque ele é fantástico.

Esse texto foi retirado da página http://www.lendoeesmaltando.blogspot.com.br/. Não autorizo a cópia do mesmo.
Maristela 03/05/2013minha estante
Gostei muito da sua resenha e quero muito ler o livro.


Diana 30/07/2020minha estante
Também amei esse livro e virou um dos meus queridinhos. So achei q esse historia terminaria nesse unico livro e vou confessar q to com um pouco de receio pra continuaçao dele. Espero q termine no proximo! Sabe se ja saiu a continuaçao? Esse livro me lembrou o livro Belo desastre, mas os homens de preto deram um tchan pra ele. Se nao leu, considere ler Belo desastre. Acho q vc vai adorar!




Cia do Leitor 02/09/2012

ENTRE DOIS MUNDOS
Fui surpreendida há três meses passados por uma capa que me atraiu como imã, ao mesmo tempo que me passava uma paz de espírito a causa de um fiasco de luz que reluzia entre as nuvens, via também um clima dark por conta da escuridão e a solidão de uma jovem. "Entre dois mundos" avaliei o título concluindo que fosse algo entre a vida e a morte, ao ler a sinopse conclui que não estava errada. Porém, ao ler o livro, percebi que ia muito além das minhas expectativas.
A autora trata de um assunto do qual temos curiosidade em saber, sempre nos perguntamos: o que acontece de fato com uma pessoa que esteve em coma e acordou novamente para vida, para uma segunda chance? Sabemos que no mundo existe diversos relatos sobre onde ou o que ocorre com essas pessoas durante ao sono profundo. Lígia, quis misturar nesta obra, uma dose equilibrada de sobrenatural e romance, o resultado me surpreendeu.

Conhecemos Alicia, uma jovem de que após sofrer um acidente de carro com seus pais e irmãos é levada para um mundo surreal onde somente existia a escuridão, a incerteza e "homens de preto" observando-a. Se não fosse a companhia de seu irmão Léo, de 8 anos, que zelava por sua vida e a guiava o tempo todo para a luz, Alicia estaria nas mãos dos desconhecidos. Após quarenta dias ela acorda do coma e descobre que seu irmão morrera no acidente, de alguma forma eles estavam ligados durante o coma e pra sua surpresa, a ligação continuaria por um bom tempo.

Por diversas vezes enquanto dormia, encontrava com seu irmão em seus sonhos, que sempre a acalmava e acalentava com seus gestos e palavras. Mas, quando estava acordada e tentava voltar as suas atividades normais, como a faculdade, ciclo de amizades, passeios, Alícia deparava-se com os estranhos Homens de preto por todo o lado que ia.
O que mais a intrigava, era que somente ela os via, porém, eles nem davam atenção pra ela, era como se não a visse. Até que dentre todos, um se destacou, Noah, com seu olhar de um azul penetrante e assustador. Um pequeno e inofensivo gesto de Alicia à ele, foi o suficiente para conhecer o lado obscuro do mal.

Neste meio tempo, para recuperar-se da depressão, ela teve o apoio de seus amigos , Nicole, Karen e Raul. Mas, Raul destacou-se, transformando sua amizade de infância em um namoro quente e avassalador. (Não entrarei em detalhes..hehe)

Noah, por sua vez torna-se obcecado por Alicia, uma obsessão perigosa e cruel, ele agora está em todos os lugares que ela se encontra, vigiando-a e aterrorizando-a com um único objetivo. (vai ter que ler pra saber)

O livro tem muitos pontos positivos, a linguagem de fácil entendimento, a trama é fantástica, os personagens principais cada qual tem uma personalidade única e marcante e o desfecho digno de aplausos, que nos dá a certeza de que a continuação terá mais adrenalina por conta do lindo tirano Noah. Em particular eu o amei, talvez porque seja maduro, misterioso e sensual. Digamos que Raul seja o admirado pela classe feminina por ser lindo, romântico e perfeito demais. Mas, Noah tem um lado bad boy que esquenta as coisas, principalmente no intuído de atrapalhar o romance do casal apaixonado Alicia e Raul.
Alicia, acho-a insegura e infantil em alguns momentos, porém, sua oportunidade de melhorar pode acontecer no segundo livro, pois, já começou a apresentar alguma mudança no desfecho.

Lígia acertou em cheio quando escolheu o tema, todo esse mistério em torno da vida pós-coma de Alicia, as aparições dos homens de preto nos lugares onde provavelmente iria acontecer alguma tragédia, especialmente a presença de Noah em sua vida, aguça nossa curiosidade.
Confesso que estou torcendo pra que Noah apareça com mais frequência na sequencia do livro, e percebi que embora ele tenha uma personalidade marcante, decidida, fria e manipuladora, algo nele está preste a mudar.
Já estou ansiosa pela continuação.

Só tenho uma reclamação a fazer. Espero que no próximo livro a editora tenha mais cautela quanto a edição, pois, deixou passar alguns erros ortográficos e de concordância. Nada que atrapalhasse a estrutura do livro, mas, algumas vezes temos re-ler um parágrafo inteiro para entender a mensagem.

Em resumo, Ligia está de parabéns pelo romance sobrenatural escrito com uma dedicação de mestre, com amor de mãe e expectativas de leitor. Sim, mais uma vez me surpreendo com uma fantástica obra de tirar o fôlego e ansiar por mais.
Indico a todos que querem um pouco de agitação e emoção.

Apaixone-se ou odeie Noah, eu já escolhi o que fazer... rsrs

Boa leitura.
comentários(0)comente



Zilda Peixoto 18/09/2012

Entre Dois Mundos
Entre Dois Mundos narra à história de Alícia, uma jovem muito bonita que sofre um grave acidente de carro após uma viagem de férias com seus pais, sua irmã mais velha Anna e seu irmão Léo de apenas 8 anos. No acidente Léo morre e após 41 dias em coma, Alícia desperta para uma terrível mudança. Ela passa a conviver com frequentes visões de seres enigmáticos. Alícia passa a enxergar homens de preto por toda a parte (não são os homens do filme MIB), essa referência é mera coincidência, pois é desse jeito que Alícia se refere aos homens que estão por todos os lados.

Entre tantos seres macabros, a presença de um deles destaca-se na vida de Alícia. Noah é um anjo caído completamente perturbado (é óbvio) e muito ousado. Noah vai desestabilizar a vida de Alícia e só resta uma única saída: descobrir aonde esse ser tenebroso quer chegar. Pronto. É só isso e mais nada. Muita coisa deixa de ser dita e o livro leva o enredo para uma via contrária a que o livro propõe, já que se trata de um livro sobrenatural.

O livro é narrado em 1ª pessoa e dessa maneira podemos sentir todas as aflições vivenciadas pela personagem principal. Isso é muito interessante, mas é um caminho difícil de ser trilhado. A narrativa em 1ª pessoa é um grande desafio. Pois, ao mesmo tempo em que aproxima o leitor, ela pode desgastar a leitura se o autor cometer o deslize de repetir passagens do livro como lembranças recorrentes do personagem ou cair na cilada de narrar diálogos intermináveis. Infelizmente, os dois casos ocorrem na narrativa em questão. Tais deslizes tendem a prolongar a narrativa para um caminho sem volta.

Outro ponto não explorado foi a proposta central do livro. Entre Dois Mundos sugere uma narrativa sobrenatural. Estou me baseando na obra como um todo, incluindo a sugestiva capa e o nome do livro. O sobrenatural é pouco explorado e o foco da narrativa é baseado no relacionamento amoroso e caliente dos personagens Alícia e Raul.

A autora acertou na química entre eles que por sinal torna-se um pouco repetitiva no decorrer da história. Tudo é lindo e perfeito. O casal transborda sensualidade e um pouco mais, além disso, Raul é o cara! Lindo, viril, romântico, um amante exemplar. As cenas de sexo ou amor, vocês podem escolher o que mais lhe convenham, mas eu prefiro dizer que eles pareciam dois adolescentes no auge da puberdade. Enfim, devaneios à parte, essa é a parte boa do livro. O convívio amoroso do casal é descrito incansavelmente. Eu diria que o livro trata-se do relacionamento de Alícia e Raul. Faltou uma abordagem criteriosa e abrangente sobre o tema proposto, que no caso deveria descrever o sobrenatural.

Podemos levar em consideração que Entre Dois Mundos é o primeiro livro de uma série. Talvez, por esse motivo a autora tenha deixado de lado pontos importantes que valorizassem a narrativa para dessa maneira dar continuidade nos próximos volumes.

A linguagem utilizada foi outro incômodo. O uso da linguagem informal em demasia prejudicou muito a fluidez da leitura. Alguns não se apegam a esses detalhes, mas meu olhar clínico e crítico travam em vocábulos como “tô” e “tava”. Mas, o cúmulo do absurdo está por vir. O que parece ser recorrente e muito comum em publicações da editora Novo Século pelo selo Novos Talentos da Literatura Brasileira é o descaso com algumas de suas obras. Isso é muito irritante! Não é possível que somente a blogueira que vos fala perceba tamanho descaso da editora com livros publicados por esse selo.

Selo este que deveria valorizar e destacar a literatura nacional com respeito. Infelizmente, isso não aconteceu apenas com o livro em questão. Venho repetindo isso um milhão de vezes! Tive a impressão que Entre Dois Mundos não foi revisado. Erros grotescos e estapafúrdios são encontrados do início ao fim da narrativa. Palavras escritas erroneamente, ausência de elos coesivos, pontuação, acentuação, enfim, uma lambança generalizada! Isso me deixa muito triste, pois, a autora é uma pessoa muito querida e batalhou muito pelo seu trabalho ser reconhecido.

Apesar do descaso e desrespeito com a autora e, principalmente, com os leitores Entre Dois Mundos salva-se de seu naufrágio por conter uma história bem interessante e que prende o leitor com seus mistérios não esclarecidos. Ficamos ávidos pelo término do sofrimento dos personagens e por um desfecho feliz. O final do livro deixa o gostinho de quero mais e o leitor terá de se contentar com a espera. Só fica a dica para que os mesmos erros não venham se repetir.

Espero que entendam minhas colocações, pois nada que foi dito poderia ser passado em branco. A história é boa, os personagens cativantes e ponto. Fica a desejar em vários aspectos, principalmente no que diz respeito à editora. Que a Novo Século possa rever seu quadro de revisores porque se continuarem a trabalhar desse jeito ninguém mais acreditará no potencial dos autores nacionais.

Quero parabenizar a Lígia pelo seu talento porque apesar de tudo eu acredito no sucesso do seu trabalho. Recomendo a leitura do livro e peço que continuem acreditando na literatura nacional apesar dos pesares.
comentários(0)comente



Sabrina 29/12/2012

Não era o que eu esperava
Primeiro vou falar do descaso da editora não revisar o livro. Teve muitos erros de coerência e de ortografia. Também não entendi o porque de não haver capítulos no livro, pois a leitura ficou um pouco forçada.

Alicia sofre um acidente e fica entre a vida e a morte. Ao acordar de um coma, descobre que algumas coisas mudaram.
Ela abriu uma porta para outro mundo e coisas ruins irão acontecer.

Eu nunca li tanto a palavra "Eu te amo" e achei um pouco de exagero e melação de mais.
Achei o romance um pouco forçado, tudo aconteceu muito rápido, tipo num conto de fadas.
Alguns diálogos não foram aprofundados, fugindo da realidade, pois alguns acabam rápido de mais ou se resolvem do nada.
Também não consegui entender o comportamento de Alicia, que, as vezes era boba de mais que até irritava.
A história em si achei boa, mas também cansativa e em algumas partes muito boba.
Espero que a continuação seja mais aprofundada e elaborada, pois ficou devendo.
comentários(0)comente



Lui 04/07/2012

Entre Dois Mundos


Quando visitei o site da autora, li a sinopse e assisti ao booktrailer me perguntei. Será que pode ser tudo isso mesmo? E lá vai a minha resposta.

Os personagens são cativantes, claro que precisamos dar uma ênfase maior aos três principais.
Alícia – Ela é uma garota como todas as outras de sua idade, com desilusões amorosas, paixões guardadas a sete chaves, segredos e agora um problema posso dizer que um problemão.
Raul – O garoto mais bonito do colégio, corpo atlético e muito mulherengo. Por outro lado extremamente cativante e meigo. ( Ele parece comigo kkkkk)
Noah – Um ser completamente enigmático! Não sabemos quem ele é ou o que quer? Com o decorrer da história saberemos um pouco mais.

Alícia sai para mais um final de semana com sua família, só que desta vez um terrível acidente acorre. Ela fica em coma por um bom tempo, nesse período ela tem a companhia do irmão mais novo. Quando volta se depara com a difícil notícia de que seu irmão faleceu no acidente e que ela ficou mais de quarenta dias desacordada. A tristeza a consome, ela entra em uma depressão que somente uma pessoa que a conhece bem poderia ajudar, é nesta parte em que Raul entra, ele é tudo de bom, amigo, lindo, paciente e o melhor de todas as qualidades ele é apaixonado por ela. Alícia conta a ele que vê pessoas que ninguém mais vê, ele no primeiro momento diz que acredita, mas no fundo ele duvida.
“Quando olhei para Raul, eu vi Noah atrás dele rindo, com os olhos vermelhos como fogo, enquanto Raul gritava ele ria, mas só eu podia ouvi-lo, era como se ele não estivesse ali, então Noah tirou uma faca não muito grande ela era prateada com pedras vermelhas cravadas no punho e levantou em direção a Raul, levantei e corri para tentar interceptar o golpe.”
Então Noah entra em cena, o cara mais arrogante, perturbador e mal que eu já vi. Ou melhor, que eu já li. Ele vai transformar a vida dela em um verdadeiro caos. Teve partes do livro que fiquei sem respirar, pois a autora faz com que vc faça parte daquilo que está lendo.
Bom chega de escrever, vcs precisam ler o livro é muito bom. Sem falar da capa que é nota 10!
Estou em busca de uma Alícia na minha vida!!! Rs rs
comentários(0)comente



Samira Chasez 10/08/2012

Entre Dois Mundos
No Livro Entre Dois Mundos a Alicia, personagem principal, após quase ter perdido a vida em um acidente em que seu irmão veio a falecer começa a ver por todos os lados homens vestidos de preto. No começo ela não entende o que está acontecendo, mas com o tempo ela vai aos poucos desvendando esse mistério e inclusive descobre que seu amado irmão vai ser o seu anjo da guarda.
O mundo de Alicia está abalado, mas no meio de tudo isso ela vai de descobrir apaixonada por nada menos que o Raul o seu melhor amigo e com quem ela deu o seu primeiro beijo. A princípio ela sente medo que seu envolvimento amoroso com ele vai vim a prejudicar a amizade deles, mas ela não consegue resiste a grandiosidade desse amor.
Na verdade ela sempre o amou, mas nunca se deu conta que o que ela sentia era mais que afeto pelo amigo e sim um amor que começou na infância e foi crescendo com os anos, escondidinho dentro do seu coração. E quem nunca acabou se apaixonando por o seu melhor amigo?? Identifiquei-me com a personagem nessa parte, pois, já passei por isso porque fiquei com o meu melhor amigo, mas acabei com muito medo de perder o meu bem mais precioso, a amizade dele.
O amor de Alicia e Raul é lindo e ao mesmo tempo é muito intenso e hot. E em certas partes do livro senti vontade ao ler o livro de ter uma pessoa que me fizesse sentir o que o Raul fazia a Alicia se sentir.
Como nem tudo é perfeito, uma sombra ameaçava o amor deles. Pois, entre os homens de preto que na verdade eram filhos de anjos caídos, um se destacava na vida de Alicia.
O Noah perseguia a Alicia e fazia-a sentir muito medo e segundo ele a vida de Alicia pertence somente a ele. Todavia, Raul e Alicia tentam de todas as formas possíveis de arranjar uma solução que elimine de uma vez por todas a presença de Noah na vida de Alicia para que ele não alcance o seu objetivo, isto é, ter a Alicia.
Amei o Livro e principalmente o amor inocente e meigo do Raul e da Alicia. E ao ler esse livro me fez ansiar que algum dia eu venha sentir algo próximo do que eles sentem um pelo outro. Lígia, quero muito lhe agradecer a chance que tu me desse de ler o seu livro amei a cada virar de página e estou louca pela a sua continuação.
comentários(0)comente



Elis 08/11/2013

Resenha Completa: http://amagiareal.blogspot.com.br/2012/09/entre-dois-mundos-ligia-g-miraglia.html

Aqui conhecemos a história de Alícia, uma jovem que sofreu um acidente onde perdeu o irmão e a deixou em coma por quarenta dias. Após acordar ela começa a ver coisas que ninguém vê. E com isso sua vida poderá estar em perigo.

Lígia soube perfeitamente como conduzir a história, pois mesmo não separando por capítulos sua obra, ela nos entusiasma de uma maneira que nem sentimos vontade de parar, realmente devorei o livro. E nos intervalos que fiz para realizar coisas da casa, eu ficava somente pensando na história, e doida para sentar e continuar a ler. Pensei em deixar um pouco para ler hoje, mas não consegui dormir, tamanha era a vontade de saber o final, e adivinhe deixei de dormir para ler até a última palavra.

Conforme vamos lendo suas páginas entramos na história por ser em clima de faculdade, onde tem romance, tem brigas, tem ciúme, tem momentos de fazer as pazes e claro seres sobrenaturais. Eu me apaixonei por Raul, ele é tudo de bom, chega a ser tão perfeito, que não sei se existe alguém assim. Bem deve existir sim, afinal ele também tem alguns defeitos.
Karen e Nicole são as amigas que todas queríamos ter, tamanho seu carinho e afeto. Caco primo da Karen é um Don Juan que também nos deixa caidinhas, por ser super protetor. Mia é a garota que vocês vão querer esganar...hsuahsua...mas ganhou pontos comigo. Verônica é uma mulher de negócios que até agora parece ser uma pessoa boa, mas ainda tenho minhas dúvidas. Os pais de Raul e Alícia aparecem na história e são pais protetores, que por mais que sejam bacanas sempre deixam constrangidos seus filhos. Léo e Noah tem um mistério que somente vocês podem descobrir.

Esse romance cheio de amor e dificuldades, foi perfeito para mim nesse momento. Não haveria hora melhor para tê-lo em mãos. E minha vontade é rele-lo novamente agora, me surpreendi com a autora e admito com todas as letras que estou SUPER ANSIOSA pela continuação, vou ficar imaginando tudo que pode acontecer até tê-lo em mãos. Quem ainda não leu, não tem ideia do que está perdendo.

Apesar de haver umas três palavras faltando e alguns erros, eles não prejudicaram em nada minha leitura, pois realmente viciei na obra. E elas não prejudicam o entendimento da história.

Superhiper recomendo....Beijokas Elis!!!
Gabi 22/09/2012minha estante
Amei a sua resenha! Parabéns...




spoiler visualizar
comentários(0)comente



Ju 18/08/2020

Uma decepção com uma história até interessante
Antes de tudo queria dizer que a história principal do livro é sim bem interessante, me chamou atenção o desenrolar dos acontecimentos e como as coisas acontecem. Mas esse é basicamente o único motivo de ter chegado "até o final"

Muitos erros de português, esccrita bastante ruim, personagens mal trabalhados E PROBLEMÁTICOS e, na minha opinião, se não tivesse tanta coisa zuada circundando a história, dava pra contar tudo nesse único livro.

Me incomodou bastante os fortes clichês do livro o tempo todo acontecendo, parece que a ideia da autora era que a personagem tivesse a vida perfeita de filme americano se não fosse a problemática central.

Além de tudo isso, o livro explora muito algumas cenas e acontecimentos que poderiam ser mais passageiros e chega um momento que parece só querer terminar correndo enfiando diversas coisas pra acontecer rapidamente, eu juro que fiquei perdido onde os personagens estavam, pra onde iam, qual era o plano e etc.

Eu acho que parecem mais de uma história misturadas em um só livro. Uma delas é legal.
comentários(0)comente



Andréa 28/08/2012

Entre Dois Mundos


Bom este foi o primeiro livro de autor nacional que li e devo dizer que me surpreendeu, pois não deixa a desejar para nenhum autor internacional. A questão toda é que não costumamos falar sobre os erros deles. Eu nunca fiz uma resenha, mas deste livro irei falar.

Vou começar pela parte que este livro para mim é uma completa novidade. Pois quando eu li a sinopse, imaginei que ele seria como os outros livros de anjos que eu tinha lido. A narrativa é direta e na primeira pessoa, ou seja, sem capítulos! Quando eu o folheie achei bem diferente, mas a autora tem uma forma peculiar de narrar. Ela arriscou e para mim o trabalho ficou perfeito. Eu já li vários livros e nunca li um como o dela, ela escreve com muita emoção e eu amo livro assim. Por seu uma inovação, as pessoas não estão acostumadas e têm medo de aceita-las e dizer que gostaram.
Os personagens foram muito bem planejados cada um deles tem a sua personalidade.
Alícia é uma adolescente que sofreu um acidente e depois de alguns dias acorda vendo homens que no começo só a incomodam, mas que depois passa a ameaçá-la (Por ser um em especifico “Noah”) e só restará lutar pela sua vida.
Raul é um garoto lindo, mulherengo e que é loucamente apaixonado por Alicia, mas mantêm a sua paixão em segredo por anos, depois de um relacionamento “aberto” entre eles, ela descobre que também é apaixonada por ele, e neste momento nasce um amor, cheio de aventuras, descobertas e companheirismo.
O Noah para mim é um personagem tão bem elaborado que às vezes em que ele apareceu no livro deixou claro que não é do bem, não gosta de humanos, não nutri nenhum sentimento e está disposto a matá-la.
A minha avaliação geral do livro é que a historia é envolvente, muito bem elaborada e o mais importante ela prende o leitor de tal forma que li o livro rapidamente. A capa é perfeita e condiz com a história.
Existem alguns erros de digitação, mas para mim não foi problema nenhum por saber exatamente o que a autora estava tentando dizer. “Sou uma pessoa inteligente” Rs. Depois eu também erro assim como várias outras pessoas que querem registrar o seu parecer então posso dizer que isso não me incomodou. Não sou formada em letras e nenhum outro curso que me faça um leitor apto a fazer uma resenha crítica de qualquer obra. Sou uma leitora apaixonada por romances, e aqui está só o que eu acho do livro.
Amei e não vejo a hora de que ela publique a continuação.
comentários(0)comente



Veneella 07/09/2012

Mais em http://www.bookpetit.com
Resenha para o blog: http://www.bookpetit.com/2012/09/entre-dois-mundos-entre-dois-mundos-1.html

Entre Dois Mundos conta a história de Alicia. Uma jovem que, após 40 dias em coma, acorda vendo homens de preto que ninguém mais parece enxergar. Entre eles, existe um em especial: Noah. Por alguma razão, ele é o único que fala com Alicia, mas ela preferia que ele também a ignorasse.

Apesar da proposta paranormal, achei que o livro focou muito mais no romance entre Alicia e Raul do que nos anjos em si. Senti falta de mais explicações e de mais contato com a mitologia proposta, existe muito mistério e poucas respostas. Passamos praticamente 90% do livro acompanhando a vida amorosa do casal principal e só 10% aprendendo alguma coisa sobre Noah e os homens de preto. Foi algo que me incomodou, pois não fui até o livro a fim de romance puro e água com açúcar.

Não que a construção romance tenha sido ruim, pelo contrário. As cenas entre Raul e Alícia, apesar de bem melosas, sempre me deixavam com um sorrisinho bobo no rosto com piadinhas e brincadeiras engraçadas. Teve até mesmo uns momentos mais "hot" que apimentaram um pouco o livro. Alícia é uma boa personagem, que não fica se lamuriando pelos cantos, cheia de vergonhas, frescuras e mimimis. Já Raul, achei meio paradoxal. Ele é realista em alguns pontos e tão utópico em outros, que parece mudar da água para o vinho rápido demais.

Mas apesar de ter me divertido considerávelmente, o romance foi um pouco massante. Eu queria ler mais sobre os anjos e sobre o porque do Noah agir de certa forma, mas era bombardeada constantemente pela vidinha de casal de Alícia, o que me cansou.

A narrativa alterna diversas vezes durante a leitura, hora rápida, hora demasiadamente detalhista. Os diálogos, que existem em excesso, são rápidos e por vezes eu me perdia sobre quem estava falando o que. Houve muita coisa desnecessária, que a autora poderia ter tirado e tornado o livro mais ágil; descrições minuciosas sobre cada ação da personagem, diálogos extensos, detalhes desnecessários... Se passássemos um filtro o livro seria menos parado e cansativo, estimulando mais a leitura.

As partes mais divertidas ficaram por conta das amigas Karen e Nicole. Engraçadas e descontraídas, dei boas risadas nas cenas em que as duas apareciam, principalmente quando tentavam ajudar Alicia a surpreender o namorado.

Mas se teve algo que me deixou triste foi a revisão do livro. Uso incorreto de pontuação, palavras trocadas, erros de concordância, construção de frases, falta de conectores... Nada que uma boa revisada cuidadosa não resolvessse, mas que incomodam bastante na leitura.

A escrita informal é outro ponto que, particularmente, me incomoda. Há quem não se importe, mas os 'tô', 'tava' da vida machucam meus olhos, especialmente quando encontro gírias tipo 'facu' para faculdade. Houve também uma leve mistura do formal e informal, deixando algumas palavras destoantes no meio do texto - uma coisa ou outra, por favor.

O romance em demasia fez com que o livro perdesse um pouco o foco da proposta, que é muito interessante e tem muito potencial, porém o final prometeu mais para o próximo livro, o que me deixou curiosa. Como eu disse, a autora tem muito potencial nas mãos, nos resta ver como ela vai direcionar isso.

Avaliação: 2.5
comentários(0)comente



NoCanto da Esta 07/07/2012

Entre dois Mundo _ nocantodaestante.blogspot.com
È até dificil saber começar, terminei de ler o livro a poucos minutos e já quis fazer a resenhar,porque eu gosto de fazer logo quando termino de ler. Vou começar pela capa, olhando assim em foto já é bonita mais quando você pega o livro na mão a capa é muito mais bonita e a capa tem todo a ver com o livro digamos tem umas partes do livro que eu imaginava a capa.Creio que era isto mesma que a autora queria.

O livro antes de eu ler já tava com as expectativas lá em cima e para mim ela conseguiu superar, tem um pouquinho de tudo como ás vezes a leitura era mais leve, depois ficava um pouco mais engraçadas, mais também tinha partes mais pesadas que por pouco não deixava sem folego que fazia ler logo e saber logo o que estava acontecendo e pra quem gosta tinha romance também. Não era aquele romance chatinho (como por exemplo filme romântico demais) podemos dizer mais sim um romance mais digamos adulto.

E tem mistério o que mais gostei inclusive o personagem do anjo NOAH não sei porque mais sempre gosto dos personagens maus. Vou contar um pouco mais sobre os personagens principais:

Alicia:Ela acabou de sofrer um acidente e ficou em coma por mais de um mês e sonhava com seu irmão e quando acorda descobre que seu irmão morreu no acidente e pra ela seu mundo virou de cabeça pra baixo . Uma coisa que eu achei muito bonita a relação de irmãos deles já que eu e minha irmã vivemos se estranhando e eles não. È claro que ela precisava de alguém para ajudar á superar ai entra o...

Raul: Melhor amigo, bonito, mulherengo e melhor ainda solteiro, sempre teve uma quedinha por ela que claro esta tão fragil sozinha, e como um bom amigo consola ela. Como nada é um mar de rosas sempre tem que ter um lobo mal e que lobo mal...

Noah: Sedutor, bonito, agressivo quando eu lia sempre me vinha a imagem de Damon do'Diario de um vampiro' no começo ele tinha esta mesma personalidade.Que vai quer a Alicia de qualquer jeito.

Junto com Alicia a gente vai descobrindo os mistério sobre o que ela vê depois do coma e o mistério de Noah, de faz questão de não ajudar.

Já ta bom a resenha vai ficar muito grande e ninguém vai querer ler que você chegou até aqui parabéns agora a promoção:

PROMOÇÃO: Aqui
comentários(0)comente



Kimy Gabrielli 06/05/2012

Entre Dois Mundos - Lígia Miraglia
OK.... essa resenha está sendo muito difícil de ser feita. Penso em como começar mas não tenho muitas ideias. Não tenho muitas palavras para descrever o livro antes de comentar a história dele, então vamos lá.

Alícia sofreu um acidente que a deixou em coma durante 40 dias. Ao acordar, descobre que seu irmão de apenas oito anos, Leo, havia morrido nesse acidente. Todos os momentos ruins que ela estava vivendo se juntaram em sua mente fazendo-a entrar em depressão, porém Raul, seu amigo de infância e o loiro de olhos verdes mais lindo que eu á vi *-*, sempre esteve ao seu lado para ajuda-la. Com o tempo eles assistem um vídeo de quando se beijaram em uma casa abandonada na qual estavam investigando quando crianças e isso muda tudo entre eles. Alícia e Raul descobrem que foram feitos um para o outro, porém o preço dela ter ficado entre a vida e a morte durante 40 dias será cobrado. Noah, um rapaz misterioso de cabelos castanhos e olhos azuis e o cara mais lindo e maravilhoso que já vi em minha vida (Eu casaria com ele em ¬¬ Então tirem o olho porque ele é meuuu... todo meuuu), que somente Alícia e outras pessoas que estiveram entre a vida e a morte e saíram vivas podem ver, está lá para que ela nunca se esqueça de sua dívida. O resto da história conta as dificuldades que Alícia tem para ficar com o amor de sua vida Raul, porque além de Noah ela tem Mia, uma ex de Raul, que faz de tudo para tira-lo dela.

Vou falar dos personagens. Alícia é uma garota que tem seus 20 anos e cursa a faculdade. Ela é muito frágil e as vezes penso que ela não tem mente própria por causa das burradas que ela apronta no livro. Resumindo, Alícia é um pouco "Cabeça Dura". Já Raul, seu melhor amigo desde a infância, tinha a fama de "pegador", é super educado, um cavalheiro posso dizer, me apaixonei por ele desde o começo. Ele é modelo nas horas vagas e cursa a mesma faculdade que Alícia porém no curso de engenharia. Noah é um sujeito misterioso *-* ADOROOOO e arrogante. Se você conhece alguém grosso o Noah consegue ser pior, só que com o passar da história ele fica mais fofinho (Na minha visão :P) , ou melhor, ele fica menos arrogante. Noah é o cara mais lindo que eu já vi *-* E detalhe... esse moreno de olhos azuis é todo meu, já tá avisado. Alícia possui duas amigas, Karen e Nicoli, que são bem louquinhas. Caco é uma antiga paixão de Alícia, primo de Karen e super protetor pois considera Alícia sua irmã. Mia, é a "ex" de Raul e chata... muito chata, mas ela desenvolve ao decorrer da história. E por último e não menos importante o LEOOO *-* O menininho mais lindo que já vi... Ele é muito fofo e com sua morte ele vira o anjo de guarda da Alícia.

A história é muito criativa, é uma história que ganharia um público muito grande por falar de anjos e ser um romance, porém a Lígia poderia ter colocado mais acontecimentos na história para que ela ficasse mais emocionante. As melhores partes do livro ficaram pequenas e foram poucas também.

Alem disso eu observei erros de edição talvez por parte da editora, como por exemplo: algumas palavras faltando e outras escritas erradas, além da fala de um personagem estar intercalada com de outro totalmente diferente. Também tenho que visar na falta de referencia nas falas, as vezes só podemos diferenciar quem está falando por causa o sentido.

Lí... descobri que você não é muito detalhista quanto a descrição... rsrsrsrsrs, mas as informações que ela coloca no livro já são o suficiente para imaginar o que está acontecendo. O livro é bem envolvente, tanto que o li em três dias.

OBS: Lííííí.... porque você fez isso comigo? Deixou a melhor parte para o próximo volume? i-i Quase chorei, sério. Mas valeu a pena eu ler, eu gostei muito.

Minha nota é três pelos motivos apresentados acima, porém eu tenho certeza que o próximo volume será muito melhor *-* E mal posso esperar para pega-los em minhas mãos *-* Tenho um encontro marcado com o Noah e não vou me atrasar :P



OBS: Sério, se o Noah existisse... AH!!!

Então por hoje é só e aguardem porque vou divulgar bastante esse livro em ¬¬ Só tirem o olho do Noah, como eu disse ele já é meu.
comentários(0)comente



Leandro | @obibliofilo_ 28/09/2012

http://www.leandro-de-lira.com/
Eu não entendi o que a autora quis criar ao escrever esse livro. Um romance de tirar o fôlego? Um suspense original? Uma mistura de romance e suspense? Não sei. O que eu posso afirmar é que, o suspense que tinha tudo para ser ótimo, original e bem desenvolvido, não aconteceu e o romance poderia ter sido bem melhor.

[SINOPSE] Alicia Martelli nunca mais seria uma pessoa normal depois de ter fugido da morte. Sua vida que antes era calma e sem nenhum imprevisto, hoje mais parece com uma tragédia grega. Raul, o seu melhor amigo, está ao seu lado lhe confortando de todas as lembranças ruins que a perseguem, mas, ele não a livrará do descontrole e da beira da loucura, já que Alicia descobre um mundo paralelo para o qual deve algo. E Noah, o anjo da morte, faz de tudo para que ela não se esqueça dessa dívida. Será que esse seria o seu fim? Estaria ela predestinada a ser uma maluca em mais um dos corredores dos hospitais psiquiátricos ou a ter seu nome estampado em uma lápide?

O livro é narrado do ponto de vista da protagonista Alicia, que após sofrer um acidente de carro, no qual seu irmão Léo morre e ela passa quarenta e um dias em coma. Ao acordar, ela percebe que algumas mudanças aconteceram na sua vida. Ela começa a ver seres enigmáticos, ou melhor, homens de preto. Porém, entre tantos homens de preto, um se destaca entre eles, Noah. Ele é um anjo caído ousado e perturbador. E Alicia começa a viver um grande dilema: Aonde o Noah quer chegar? E eis que surge um romance na história entre Raul e Alicia.

Bem, a história do livro é praticamente essa. Ao ler a sinopse e ver a capa, a primeira coisa que eu pensei é que fosse um livro sobrenatural. Mas o grande problema é que a autora não soube desenvolver. O foco da história é o romance entre Raul e Alicia. E sinceramente, a maneira como o romance surgiu, foi muito forçada. Eu gosto de romances que sejam bem desenvolvidos; romances que, para chegar a um determinado ápice, tiveram que ser construídos pouco a pouco. E não foi bem assim que aconteceu nesse livro.

— Se eu te pedisse uma coisa, você faria?
— Sim, pode falar.
— Me beija de novo.
Pág.: 25

Raul é um grande "amigo" de infância de Alicia. Ele foi um personagem totalmente controverso. Em alguns momentos, eu gostava da maneira como ele agia; em outros momentos, pensava: "Por que ele fez isso?".
Sobre o Noah, ele não me convenceu muito como vilão. Gosto de vilões com personalidades mais fortes; vilões que fazem jus ao seu papel. E eu não senti isso nele.

Um detalhe que há no livro, é que ele não é dividido por capítulos. Isso mesmo. Aí você pode pensar: "Nossa, que legal!". Eu particularmente não gostei. Achei um pouco confuso, porque eu sempre gosto de parar a leitura ao término de um capítulo. Então, imagine como foi complicado para mim, parar a leitura algumas vezes.

Concluindo, o livro não foi o que eu esperava e não me surpreendeu. Esperava uma história sobrenatural bem desenvolvida e não foi o que aconteceu. Espero que no próximo livro a autora saiba aproveitar melhor a história. E claro que essa é minha opinião e que você pode ter uma completamente diferente. Então, caso tenha ficado curioso, leia e tire suas conclusões.

Fica a dica!
comentários(0)comente



Rose Borba 01/12/2012

SENSACIONAL. NOTA 1000!
Li o livro em menos de 24 horas. Estou apaixonada por esse livro. Ele é nota 10 ! Pensando na história toda, realmente deve ser muito dificil para a Alícia conviver com todas essas mudanças em sua vida. Alícia e Raul formam o casal perfeito e como toda mulher, adorooo romances rsrs. Sem contar que com todas essas qualidades, ele em pessoa deve ser SENSACIONAL ( Não custa nada sonhar, não é? rs). A história consegue prender a sua atenção, fazendo com que não consiga largar o livro nem por um segundo, já que uma página leva a outra, e outra e até as 400 sem você nem perceber rs. Pelo que é descrito no livro, Noah deve ser realmente assustador. Por isso, esse eu prefiro que fique apenas nos livros mesmo. Certos detalhes, pequenos detalhes, a Editora deveria dar mais atenção. Não que isso que isso influencie na história, mas, eu vi em algumas resenhas que li antes de ter o livro comentando sobre isso e concordo com algumas delas. Como eu disse, são apenas DETALHES. Gostaria de dar os parabéns a Autora e nossa PARCEIRA Lígia Miraglia, por essa obra MARAVILHOSA. Com certeza, o sucesso é o seu destino. Seu talento é enorme e será muitooo bem reconhecido.
comentários(0)comente



47 encontrados | exibindo 1 a 16
1 | 2 | 3 | 4