Apaixonados

Apaixonados Lauren Kate




Resenhas - Apaixonados


186 encontrados | exibindo 91 a 106
7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13


Thananda 30/06/2016

Quando a autora dá crédito às fanfics ===========(COM SPOILER)=======
Ainda não li o quarto livro da saga pois ele estava indisponível na biblioteca do bairro. Baixei o pdf mas estou morrendo de preguiça de ler. Enquanto espero Êxtase aparecer na prateleira, fiz a leitura do spin-off da série, Apaixonados, visto que não atrapalharia minha compreensão da série de qualquer modo, pois Lauren Kate o publicou baseado em fanfics que recebia dos fans após o sucesso do lançamento da saga.

O livro conta sobre os encontros e desencontros de Shelby, Miles, Roland, Ariane e claro, Luce e Daniel durante o dia dos namorados na época medieval. São historinhas chulas, que dava pra eu ter passado tranquilamente sem elas. Como eu disse antes, um spin-off, mas bem off mesmo.

O que dizer à respeito dessa fanfic? Nada. Isso mesmo. Não passa de fanfic, um negócio escrito de qualquer jeito, de espírito criativo quase nulo (não que a autora tenha escrito coisa melhor, na verdade dá até pra confundir a 'qualidade' dos trabalhos) por fans que desejam acima de qualquer coisa forçar casais mais improváveis nas histórias- como é o caso de Shelby e Miles. Ler Apaixonados foi um balde de água fria na leitura de uma série que já não é tão quente assim. Se puder, evite. Você não estará perdendo nada.

Não recomendo :(



site: Twitter e instagram ========> @nandatgcs
comentários(0)comente



Su 18/05/2016

Depois de ler Êxtase, decidi que vou terminar a série Fallen, até porque lançaram o livro do Cam e ele é meu personagem favorito.
O livro é dividido em quatro contos. Sendo cada um deles baseado em: Shelby e Miles; Roland; Arriane e Luce e Daniel. Vou falar um pouco dos meus favoritos.
Já tinha até me esquecido de Shelby e Miles. Mas, amei o conto deles desde a primeira página.
Tentando ajudar Luce, que está presa nos anunciadores, eles embarcam em um anunciador. Porém, ao não conseguirem achá-la, eles decidem voltar para Shoreline. Nisso, entram em um novo anunciador. Só que esse anunciador os leva para a Idade Média. Como não podem conjurar um novo anunciador, eles decidem procurar um anjo e de quebra ajudar a Luce daquele tempo.
“Miles agarrou o braço dela. - Não é grande? A feira dos Namorados!
Isto, vindo de um garoto que adorava beisebol e quem Shelby uma vez assistiu comer nove cachorros-quentes em uma única sessão. Desde quando Miles se interessava sobre festas do Dia dos namorados?
Ela estava prestes a dizer algo sarcástico quando viu que Miles a olhava bem… Esperançoso. Como se ele realmente quisesse ir. Com ela? Por alguma razão, ela não queria decepcioná-lo.
– Claro. - Shelby encolheu os ombros com indiferença. - Parece divertido.
– Não. - Miles balançou a cabeça. - Eu quis dizer... Os anjos caídos são obrigados a estarem lá, se eles estarão em qualquer lugar. É aí que vamos encontrar alguém que nos ajudará a chegar em casa.
– Oh – Shelby limpou sua garganta. É claro que isso era o que ele queria dizer. - Sim, bem pensado.
– O que há de errado? - Miles mergulhou a concha no balde e levou o copo de água fria até os lábios de Shelby. Ele parou e limpou a borda com a manga da camisa, em seguida, estendeu-o novamente.
Shelby sentiu-se corar sem razão, então ela fechou os olhos e bebeu profundamente, esperando que ela não pegasse algum tipo de doença fulminante e morrer. Depois que ela terminou disse, - Nada.
Miles mergulhou a concha novamente e bebeu um grande gole, seus olhos varrendo a multidão.”
O conto do Roland me chamou a atenção por ter a aparição do Cam, mentira, não só por isso.
Roland foi até a Idade Média para tentar achar Daniel. Mas, com isso, ele passa em frente ao castelo onde mora a mulher com a qual ele havia namorado naquele tempo. Porém, com medo dela não aceitar a sua real natureza, ele rompe com ela. Vendo que mesmo após séculos não conseguiu a esquecer, ele decide procurá-la e lhe pedir perdão.
“– Eu sinto uma mudança em você. - Sua voz era fria com medo. - O que é isso?
O corpo de Roland doía quando viu seu olhar tão triste. Ele não queria mentir para ela, mas ele não conseguia encontrar as palavras.
– Oh, Rosaline, há tanta coisa que eu gostaria de te dizer.
Então, como se Rosaline se lembrasse de seus poemas loquazes, ela perguntou:
– Responda-me em uma palavra. O que nos espera no futuro?
Isso tinha sido há mais de mil anos. E ainda assim, Roland encolheu-se agora, pensando no que ele lhe dissera.
Ele desejava que pudesse destruir essa memória e o momento com ele. Mas tinha acontecido. E você não pode mudar o passado.
Ele tinha dado a Rosaline sua palavra:
– Adeus.
Ele queria dizer, Para sempre.
Mas Cam tinha falado verdadeiramente: Para sempre não era possível entre uma mulher e um anjo caído.
Ele fugiu antes que ela pudesse pedir-lhe para não ir. Ele pensou que estava sendo valente. Mas a vida lhe tinha ensinado que não era. Ele foi covarde e medroso.
Depois disso, Roland só a tinha visto mais uma vez: duas semanas depois, quando ele tinha pairado do lado de fora de sua janela do castelo e viu seu amor chorar por uma hora inteira.
Depois disso, ele jurou nunca mais causar dor em ninguém. Ele desapareceu.
Tomou o seu caminho.”
Esse é um livro curto, fácil de ler. Tem personagens bem construídos que poderiam ter sido melhor aproveitados ao longo da série.

site: http://detudoumpouquino.blogspot.com
comentários(0)comente



Nanda {@talvezumaleitura} 04/04/2016

Apaixonados
De todas as histórias a da Ariane salvou; a mais surpreendente e com mais ação. As outras foram boas mas nada que eu já não espera-se.
comentários(0)comente



spoiler visualizar
comentários(0)comente



Minha Velha Estante 31/12/2015

Apaixonados é simplesmente mais um livro da série Fallen, e nem é uma continuação da história de Daniel e Luce. Não desvenda nenhum segredo, não adiciona nenhuma informação nova à história. Mas nos presenteia com belas histórias de amor, de todos os tipos.

O livro nos traz quatro histórias de amor que se relacionam entre si, mas são independentes, que acontecem em um Festival de São Valentim, aparentemente na era medieval, mais conhecido por essas bandas como dia dos namorados. A primeira história é de Miles e Shelby, a segunda de Roland, a terceira de Ariane e a última, como não podia deixar de ser, de Luce e Daniel.

Mas nem tudo são flores, como já estamos acostumados ao longo dessa série. As histórias também falam de sofrimento, abandono, amores impossíveis, a perda, a descoberta e da diversidade de amores.

Mas atenção, se você não leu os livros anteriores, pelo menos um deles, terá dificuldade em entender certas situações por não conhecer os personagens e suas respectivas sagas.

Ponto para a leveza como a autora trata do homossexualismo feminina, de maneira doce e natural, como deve ser. Foi tão tranquilo que só depois de algumas páginas é que fui me dar conta de que se tratavam de duas meninas vivendo uma história de amor.

Capa linda, textura deliciosa. Não bastasse a história deliciosa, segurar o livro dá uma sensação de suavidade. Leitura rápida e leve, que deixa vontade de mais.

site: http://www.minhavelhaestante.com.br/2013/08/resenha-da-drica-apaixonados-da-lauren.html
comentários(0)comente



Cris.Souza 04/09/2015

ÓTIMO LIVRO
todos que lerem vai amar
comentários(0)comente



Duda Mockingjay 15/06/2015

Valentine's Day
Livro extra da saga Fallen que se passa, mais ou menos, no decorrer de Paixão. Roland, Ariane, Shelby e Miles acabam se encontrando em uma das vida de Luce na Idade Média e bem na época do dia dos namorados. O livro conta um pouco do que essa data significou para cada um deles. Alguns encontraram novo amor, outros perderam, mas no fim todos se unem para que Lude e Daniel possam ter um dia dos namorados perfeito!
comentários(0)comente



Gi 03/04/2015

Fallen: Apaixonados - Lauren Kate (Opinião)
Quando Êxtase acabou eu pensei "Finalmente! Chega disso!", mas fui completamente surpreendida por um quinto livro que defino como terrivelmente desnecessário.

Lauren Kate parece não ter tido nem um pingo de melhora em sua escrita, ainda deixando coisas penduradas pelo caminho e uma tendência deprimente ao clichê e a ser piegas.

O drama exacerbado e a necessidade de reforçar o amor entre Luce e Daniel só comprova o que sempre achei, o romance é muito forçado.

São apenas 181 páginas, mas sofri em cada uma delas. Leitura arrastada e criatividade em nível zero. Talvez eu tenha desenvolvido uma antipatia um tanto exagerada pela série, mas simplesmente não consigo ver aspectos que valham a leitura de nenhum dos livros.
comentários(0)comente



Rafael 01/03/2015

Todos têm sua história de amor.
Nota: Essa resenha foi escrita em dezembro de 2013 e pode conter spoilers dos primeiros livros.

Com a chegada do Dia dos Namorados, a editora americana de Fallen decidiu homenagear os leitores e a Lauren escreveu esse livro, que possui quatro contos que se passam durante os eventos de Paixão, o terceiro livro da série.

O primeiro, O Amor, onde você menos espera segue Miles e Shelby em sua busca por Luce dentro de Anunciadores. Eles são nephilims como todos sabem e é bem legal ver que eles se apaixonam, mesmo que antes só se tratassem a patadas. Confesso que foi o meu preferido e é, de todos, o conto mais "fofo".

Lições de Amor é o conto de Rolland. Assim como Daniel, ele se apaixonou por uma humana e sua história com ela teve um fim trágico. O conto serve para nos mostrar porquê o anjo ficou tão ''travado'' como é hoje em dia. É um ótimo conto, principalmente por conta da última decisão do personagem em nome desse amor.

Amor Ardente, que segue o Dia dos Namorados de Ariane, foi o que achei mais fraco. Apesar de ser o que mais me causou surpresa - afinal, a sexualidade de Ariane nunca foi demonstrada na saga antes - foi o mais decepcionante. Apesar do conto responder como a personagem conseguiu as cicatrizes que possui nas costas, achei que faltou algo. Enfim, é o que eu menos gosto.

O último, Amor sem Fim, é dedicado à Luce e Daniel e mostra o único dia dos namorados que os dois conseguiram passar juntos dentre todas as vidas passadas. Me decepcionei um pouco pois a história mostra mais a ansiedade de Luce para o grande encontro do que ele em si. Mas gosto bastante do casal, então relevei um pouco isso.

Por fim, fiquei chateado por Lauren não ter escrito um conto para Gabbe e outro para Cam. São bons personagens e é triste ver que os dois vêm perdendo cada vez mais espaço na história. Apaixonados não é um livro essencial para entender a saga - eu mesmo só li porque peguei emprestado na biblioteca da minha cidade -, mas se tiver a chance ou gostar de contos sobre uma saga específica, leia. É um bom passatempo.

site: http://crushforbooks.blogspot.com.br/
comentários(0)comente



Ana Valentina 24/02/2015

As histórias do livro Apaixonados acontece entre os livros Paixão e Êxtase, então Luce e os demais personagens ainda estão presos no tempo, no caso, estão na Inglaterra medieval, e participam do feriado de São Valentim.

Em apaixonados, temos acesso a quatro histórias de amor, dos nossos queridos personagens:

O amor onde menos se espera — O dia dos namorados de Shelby e Miles
Esta foi a história que mais gostei, no final de Êxtase vimos que Shelby e Miles estavam casados e felizes, mas não foi mostrado como isso aconteceu, até agora. Neste conto podemos ver como tudo começou entre o casal, e cada detalhe foi lindo, eles realmente combinam. E sem falar que eles ainda tiveram uma boa participação no romance do casal, da época, Luce e Daniel :-)

Lições de amor — O dia dos namorados de Roland
Tentei ler esta história umas três vezes antes de terminar. Achei as descrições tediosas e por isso foi difícil me prender nos fatos apresentados. Em resumo, sempre achei que havia algo entre Roland e Ariane, mas fiquei desapontada quando descobri que Roland estava apaixonado por outra mulher, que infelizmente não deu certo.

Amor ardente — O dia dos namorados de Ariane
Antes de deixar minha opinião da história da Ariane, quero deixar BEM claro que não tenho nenhum preconceito com as pessoas homossexuais, e minha intenção não é ofender ninguém, mas sim dizer o que achei da obra.

Enfim Ariane, uma das minhas personagens preferidas, está apaixonada. Mas, para minha grande surpresa, está apaixonada por outra mulher, ou melhor, outra anjo. Fiquei chocada com isso, pois ela é nada menos do que um anjo. Bem, mas tirando isso, Lauren escreveu de forma ousada, bem diferente do que estávamos acostumados com os outros livros da saga, mas conseguiu explicar o fato da personagem ter uma cicatriz no pescoço, fato que todos nós provavelmente ficamos curiosos.

Amor sem fim — O dia dos namorados de Daniel e Lucinda.
Depois de quatro livros recheado da história entre Daniel e Lucinda era de se esperar que ficássemos enjoado de todo esse amor, foi o que eu pensei quando encontrei a história deles, de novo, no fim do livro. Afinal, eu queria muito que tivesse uma historiazinha do Cam :-( .

Bem, eu estava enganada, o dia dos namorados de Daniel e Lucinda foi maravilhoso, inclusive, teve ajuda dos amigos queridos: Shelby, Miles, Roland e Ariane. Achei o máximo.

Apesar de não ter nenhuma versão apaixonada do Cam, o livro foi bom, apresentando diversos amores e diversos finais. Foi bom para conhecer um pouco mais dos personagens, que ficaram meio camuflados com Luce e Daniel nos demais livros. A parte legal é que a autora se inspirou em seus leitores para escrever essas histórias. Legal né? :-)
comentários(0)comente



Bianca | @teadesk 07/01/2015

Um livro esclarecedor.
Para quem não sabe, esse livro se baseia em quatro contos dos personagens Miles, Shelby, Roland, Ariane e claro, Luce e Daniel. A história gira em torno dos acontecimentos de Paixão (praticamente), entre uma viagem pelos anunciadores e outra.

O primeiro conto é sobre Milles e Shelby. Quem leu Êxtase presenciou uma cena inusitada no final do livro (que não direi qual é para não dar spoilers)... lembram? Pois então, tem toda uma história linda e engraçada por trás que é explicada nos mínimos detalhes em Apaixonados.

O segundo conto é sobre Roland e... bem... sua primeira e única paixão. Todos conhecemos um Roland durão e reservado, certo? Acontece que o demônio nem sempre foi assim. Ele era tímido, apaixonante, atrapalhado e isso o fazia ser engraçado. Tudo mudou no momento da dolorosa despedida...

O penúltimo conto explica o amor e decepção de Ariane e o início da grande amizade com Roland. Ariane, como sempre, nos surpreende. A história em si é bem comovente e me fez querer assistir à cena ao vivo. Para quem nunca desconfiou da nossa amada anja caída, vai ser um choque.

E, finalmente, Luce e Daniel. O último conto que deveria fechar com chave de ouro. Achei fofo? Achei. Bem escrito? Também. Mas faltou aquela pitadinha de sabe-se-lá-o-quê para causar um "óóóóóó" nos leitores e fazer lágrimas rolarem. Como sempre, estava presente a moral da história na última página (o que acho muito bem feito) para nos fazer refletir... Mas, na minha opinião, não foi o bastante.

O que achei fantástico, e nunca presenciei nos outros, foi o fato de o final de um conto abrir brecha para a continuação do outro. Amo livros assim, e foi exatamente isso que me fez adorá-lo.

site: http://teadesk.blogspot.com.br/2015/01/resenha-apaixonados-historias-de-amor.html
comentários(0)comente



Arca Literária 06/01/2015

leia resenha no link http://www.arcaliteraria.com.br/serie-fallen-lauren-kate/

site: leia resenha no link http://www.arcaliteraria.com.br/serie-fallen-lauren-kate/
comentários(0)comente



186 encontrados | exibindo 91 a 106
7 | 8 | 9 | 10 | 11 | 12 | 13