Sombra da Noite

Sombra da Noite Deborah Harkness




Resenhas - Sombra da Noite


34 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3


Yasmin 18/09/2013

Prosa elegante, descrição histórica apurada, personagens fantásticos e trama madura

Desde que li o primeiro livro em meados do mês passado que estava contando os dias para poder ler a continuação. Lembrando que a resenha não contém spoilers e pode ser lida por partes, pulando o segundo parágrafo. Continuando de forma magistral a história de Diana e Matthew a autora nos leva em um mergulho detalhado e minucioso não só da Londres Elisabetana como do mundo por volta do ano de 1590. Com sua prosa elegante Deborah Harkness mais uma vez surpreende o leitor.

A história continua momentos após o final do primeiro livro com Diana e Matthew chegando a velha cabana. Se não fosse pela diferença nos móveis Diana nem teria percebido a sutil mudança no ar. Eles estavam em 1590. Para o choque dos funcionários o patrão chega de repente, no meio da noite, quase sem roupas acompanhado de uma mulher já “velha” e com um sotaque horrível. Diana tem que pôr de lado seus instintos de historiadora e se adaptar rápido aos costumes da época. O primeiro choque é o inglês da época, depois o fato de muitas conversas se desenrolarem em latim. Com seu latim enferrujado e sua personalidade forte Diana chama atenção dos amigos de Matthew. E eles logo percebem que não conseguirão manter uma mentira convincente. No meio de personalidades como a famigerada Escola da Noite formada pelos amigos íntimos de seu marido, Christopher Marlowe, George Chapman, Thomas Harriot, Walter Raleigh e Henry Percy, ela se vê admirada diante das conversas, e dos segredos que vai descobrindo de Matthew. Pouco a pouco a busca pelo Ashmole 782 perde para as obrigações que sua nova vida demanda. Diana tem que aprender os costumes da época, acostumar aos vestidos pesados e principalmente aos modos de uma mulher de época. Quando um incidente ocorre no meio de um encontro com a Condessa de Pembroke, Mary Sidney, ambos são jogados de volta a realidade. Diana precisa encontrar alguém para ajudá-la com seu poder descontrolado. Ao entrar em contato com as bruxas de Londres ela começará a juntar as peças do grande quebra-cabeça que envolvem ela e Matthew. Fascinada com seu poder de tecer o tempo, mas receosa Diana enfrentará seus medos primários, encontrará pessoas inesperadas e amadurecerá ao conhecer seu verdadeiro eu. De Londres para França até Praga. Uma viagem fascinante pelo tempo, de mistérios a traições.

Resumindo essa é premissa básica do livro que dá sequência a fascinante história de Diana e Matthew. Mais uma vez Deborah Harkness opta por entrelaçar pouco a pouco as peças da trama central em uma rede formada por ambientes e personalidades históricas. A narrativa se destaca pela qualidade superior e pela riqueza, sendo detalhada e densa ao mesmo tempo, mas sem perder em ritmo. A autora consegue retratar de forma impressionante o período de 1590 principalmente as diferenças entre Londres, o interior da Inglaterra, a França e Praga. Desde o ambiente aos costumes, coisas sutis e curiosidades pouco conhecidas. É notável a diferença que o conhecimento da autora da época faz pela trama.

O livro é dividido em seis partes alternadas com alguns capítulos no presente. Não só para desenvolver a busca da Congregação por Diana, mas pelas pequenas mudanças que a ida de Matthew e Diana estavam causando na História. Fantástico o cuidado e harmonia que a autora criou entre passado e presente, afinal não dá para viver no passado sem alterar nada. Uma dessas mudanças rendeu uma cena triste, mas bela...

Os personagens da história continuam ótimos. Diana é forte, inteligente e mostra uma resistência natural diante dos problemas que surgem a cada novo encontro. Desde sua reação diante do enérgico pai de Matthew a atitude da protagonista diante da rainha. Outro ponto que ganhou destaque nessa volta ao passado foram as nuances da personalidade de Matthew e esse se firma como uma dos maiores trunfos da autora. Matthew é autêntico, denso e complexo. Com seus mais de 1500 anos não poderia ser diferente. Não é todo autor que cria um personagem dessa idade e tem o cuidado de Harkness. As cenas de Matthew com Diana, seja o assunto que for são sempre carregadas de uma veracidade única. O desenrolar da história é cheio de surpresas inesperadas e algumas emocionantes, chegando ao fim com uma notícia inacreditável. Ansiosa demais pelo próximo livro.

Leitura agradável, que flui com facilidade e encanta pela riqueza. Passando por momentos ora tensos, sombrios e ora belos. Deborah Harkness tem uma delicadeza única ao unir história e ficção. Uma trama onde o sobrenatural trabalha em favor do histórico, rendendo um universo fascinante, repleto de surpresas e personagens únicos. A edição da (...)

Termine o último parágrafo em:

site: http://www.cultivandoaleitura.com/2013/08/resenha-sombra-da-noite.html

comentários(0)comente



Caio Mário 24/03/2020

Nunca li um livro que retratasse bruxas melhor do que esse
Eu estou abismado em como a autora conseguiu reunir homens memoráveis por seus feitos junto à uma história "mitológica". É definitivamente o melhor livro sobre bruxas e vampiros que já li, sem dúvidas.
Eu estou encantado com a trama, com a escrita, com tudo.
Só uma parte que achei ruim, muita prolixidade, mas faz sentido tendo em vista que a autora é uma historiadora e, também, valeu a pena se considerar o restante do livro.
Simplesmente perfeito.
comentários(0)comente



Jojo 10/01/2013

Ainda não temos lobisomens!
“Shadow of Night” é a continuação de “A Discovery of Witches” livro de Deborah Harkness que nos traz uma nova mitologia de vampiros, bruxas e, dessa vez, daemons. Não, ainda não temos lobisomens.

O livro é uma sequência bem adequada. Continua logo onde o primeiro livro termina e continua o desenvolvimento da história e dos personagens. Como o primeiro, a mistura de história e ficção levam a narrativa a um outro plano. E, dessa vez, a história faz parte intrinsicamente da narrativa deixando tudo mais divertido.

Os personagens continuam se desenvolvendo e, cada vez mais, entendemos suas motivações e o porque de suas reações. Esse desenvolvimento só tem um problema: Matthew. O vampiro dreamy embora levemente possessivo do primeiro livro se torna 100% creepy nesse. Eu juro que não entendo o que as mulheres veem de tal encantador nessa quantidade de controle. Ah, se fosse comigo...

Mas, ainda bem, Diana continua sendo um dos personagens femininos mais fortes que já li nessas séries sobrenaturais. E, graças, consegue na maioria das vezes colocar Matthew em seu devido lugar. O que alivia muito.

Veredito:

Não é tão bom quanto o primeiro. Mas, os segundos raramente são. Em todo caso, é uma boa continuação onde a história e os personagens continuam se desenvolvendo e termina com um bom teaser para o terceiro livro. Vale a pena.

Outras resenhas em: www.asletras.com.br
Thaline 13/02/2013minha estante
Oi guria...estou procurando esse livro...
queria saber se vc leu em ingles??? se sim, vc sabe quando vai sair em portugues????
obrigada


Ana 31/03/2013minha estante
Já li o primeiro, A descoberta das bruxas, e estou ansiosa pela continuação. Alguém me dê notícias por favor.


Jojo 31/03/2013minha estante
Meninas! Obrigada pelos comentários! Eu li em inglês mesmo... O livro será lançado pela Rocco esse ano, acredito que nesse semestre ainda já que a autora acabou de divulgar a capa brasileira no Facebook essa semana... Vale bem a pena!


Beth 21/09/2015minha estante
Se puderem, leiam em inglês. A Rocco fez uma péssima tradução, não se deu ao trabalho de revisar, e o resultado é um texto confuso e irritantemente cheio de erros.




@pedagogageek 11/05/2020

Contagiante essa energia passada nesse livro. Amei!!!
Eu tô amando essa saga. Leitura bem detalhada e cheia de magia e paixão As batalhas tão envolventes quanto as cenas de amor. Leitura longa e mesmo assim super envolvente. Prata e outro, a mistura alquimia mais preciosa. Adorei a volta no tempo e tudo que aconteceu. Amo as referências de outras obras(histórias e estórias) entre os acontecimentos. Ansiosa pra o próximo e último livro.
comentários(0)comente



Gaal 08/07/2020

Cansativo
O primeiro livro foi ótimo, introduziu o romance e a história das criaturas, já o segundo, digamos que se perdeu.
É legal toda a narrativa de volta ao passado, falar sobre a cidade, inserir personagens históricos reais... Mas parece que a autora se empolgou demais, e acabou que alguns capítulos eu simplesmente não tinha mais paciência pra enrolação.
A sensação que deu foi que a história não andou direito, o primeiro livro é corrido, com desenvolvimento, já esse você dá uma pausa, tudo é devagar, tudo é comentado, tudo é explicado... E no meio do livro já cansou.
comentários(0)comente



Loézinha 21/07/2015

Nossa!
Muita aventura e ação nossaaa!!!!
Beth 30/09/2015minha estante
Sim, o livro é muito bom! Mas a Editora Rocco fez uma péssima tradução, não efetuou nenhum tipo de revisão, deixando passar parágrafos confusos e erros crassos de português; não há notas de rodapé nem tradução dos textos em alemão e latim. Um desrespeito para com a autora e para com os leitores.


Fabíola 13/11/2015minha estante
Beth você falou tudo, "confuso devido a tradução " pois só isso pode explicar a confusão que senti em varios momentos, e cheguei a conclusão que vou ter que reler um dia, e essa falta das traduções no rodapé é imperdoável.




Isa 20/06/2020

Gostei desse segundo mas esperava mais, foi muita enrolação pra mim, espero que o último livro seja mais emocionante.
comentários(0)comente



Gabi Sampaio 06/08/2020

Incrível
Dividido em 5 partes a sombra da noite é uma continuação perfeita uma trama ainda mais inteligente do que o primeiro,
A jornada de Diana e Matthew se torna ainda mais perigosa, reveladora e imprevisível. Com os novos personagens e a volta daqueles que estiveram presentes no passado (ou presente rsrs)
comentários(0)comente



SilviaV85 20/10/2020

Bela continuação
Acharia que seria uma mistura muito grande de situações e que iriam me deixar confusa, mas tudo flui muito bem e te envolve q cada página. Amei essa continuação que não te faz desistir de ler e querer saber tudo até a última página. Recomendo claro
comentários(0)comente



Daniel 23/02/2019

História de amor muito mais tóxica do que o anterior
Para falar de ficção e sobrenatural, é um livro ótimo, contudo, a história de amor é o ponto fraco da história, um vampiro machista e uma bruxa que aceita o inaceitável em nome desse amor. Chega a ser desconfortável. A bruxa, que deveria ser uma mulher moderna acaba sucumbindo à uma relação doentia
Carol 14/03/2019minha estante
Estou ledo suas resenhas e apavorada com esse livro, acho que não quero começar a trilogia!
O problema é que comprei super caro os três livros =(


Nathi 28/04/2019minha estante
Vc tá certíssimo




Lauren 30/07/2020

que história!
Se é pra escolha um favorito da trilogia a minha escolha é por esse livro.

Eu amei tanto a Diana e o Matthew se conhecendo, se descobrindo, amei toda a trama histórica, as mudanças de cenário. Ouso dizer que esse foi o livro para conhecer o nosso casal, porque aqui eles mostraram vários lados deles, várias cartas na manga, seus defeitos, seus erros e foram se apoiando e criando confiança uns nos outros.

Eu não sei nem expressar como foi bom ver a evolução e a Diana descobrindo seus poderes e aprendendo a lidar com eles, a Corra é uma força da natureza e ver a Diana se aceitando bruxa e poderosa foi muito bem construído e desenvolvido nessa história. Pra mim nesse livro ela mostrou a força não só como bruxa, mas como mulher, além de ter demonstrado um coração e uma bondade sem tamanho, foi cada gesto bondoso e lindo.

Ver o Matt todo vampiro dominante em alguns momentos me irritou, mas nao pude deixar de entender ele e achar ele cada vez mais charmoso, mdss que homem charmoso e encantador! Os melhores personagens nos ganham nos detalhes e nas suas fragilidades expostas: e esse foi o livro pro Matt mostrar tudo isso e pra trabalhar a cura em muitas coisas. Foi impossível não se apaixonar por ele.

E o que são os personagens secundários?

O Philippe no início me deu vontade de sacudir e dizer umas verdades, mas depois ele foi se mostrando tão acolhedor, paternal, inteligente e tão libertador pra eles, que a única coisa que eu fiz foi amar ele e lamentar o seu já sabido fim. Pra mim ele ter aparecido na história foi um bônus gostoso e inesperado e ao mesmo tempo tão imprescindível pra toda a trama, pra todo o desenvolvimento, escolhas, atitudes e pra que eles pudessem se permitir mais como casal. Que vampiro foda senhoras e senhores!

O Gallowglass? Não sei nem o que dizer desse vampiro lindo e superprotetor que eu amo, ele é aquele estilo badboy durão que tem um coração imenso e um senso de lealdade. Aff, apenas perfeito, quero pra mim!

A Mary é uma mulher maravilhosa, amo mulheres na ciência, então achei o empoderamento, lógica e a classe dela sem iguais. A amizade dela e da Diana foi tão demais, pois foi a primeira vez que apareceu a Diana interagindo com uma amiga e a Mary conseguiu ensinar a Diana a ser mais política nas atitudes, ter mais classe em algumas coisas.

A Annie e Jack vieram pra enriquecer a vida deles, trouxeram a sensação de aconchego, família e lar. Com certeza não teria sido a mesma história sem eles, achei eles tão fofos. O Matt com o Jack é de encher o coração ? ME ADOTA!

Os amigos do Matt são maravilhosos e ver ele percebendo a falta que eles fazem na atualidade é uma lição sabe!? de que muitas vezes as pessoas passam pelas nossas vidas e ficam as lembranças boas, mas que nenhuma memória substitui o estar presente. Claro que dentre os amigos o que eu menos gostei desde o início foi o Marlowe, mas não tem como não sentir certa empatia por ele e entender que eles chegaram do futuro e acabaram impondo realidades duras pra vida dele e achei muito nobre a atitude da Diana com ele, confesso que eu nunca imaginei isso acontecendo.

No final aparece uma pessoa que é um bônus tão maravilhoso que chega a aquecer o coração, melhor surpresa! E não vou falar mais nada, pois sem spoiler.

Todas as surpresas foram bem-vindas e as descobertas também, o livro continua seguindo aquele ritmo detalhado, mas eu não acho que seja demais, a escrita sabe nos envolver e fazer a gente se apaixonar e odiar vários personagens, não apenas os principais e eu amo isso no livro, amo que os personagens secundários são importantes e inesquecíveis, colaboram muito com a história e o desenvolvimento dela.

Eu amei cada parte desse livro e como ele foi dividido, to muito curiosa pra ver como que isso será trabalhado na série, porque essa história tá muito bem desenvolvida, trabalhada e os detalhes são todos tão importantes.

Foi maravilhoso ver todo esse amor crescer enquanto eles se descobriam como criaturas que são.
comentários(0)comente



Simone 23/09/2020

História cheia de reviravoltas, com tensão e suspense. Uma história de vampiro diferente de todas as outras.
comentários(0)comente



Lili 24/09/2020

Sombra da Noite
O segundo livro da trilogia das almas, traz Matthew e Daiana lutando por sua segurança além da busca pelo manuscrito Ashmole 782. A partir do momento em que a bruxa e o vampiro assumem seu amor, a segurança da convivência harmoniosa das criaturas (vampiros, bruxas e demônios) entre os humanos é ameaçada e eles passam a ser "caçados". Em busca de proteção e do Ashmole 782, eles viajam no tempo e se deparam em Londres de 1590. Todas as tramas, perigos e descobertas são vivenciadas no passado, mas ainda assim, não encontram a proteção ideal. Precisam retornar ao presente (futuro) e encarar as consequências das possíveis alterações sofridas e continuar a desvendar os mistérios que o tão desejado livro pode oferecer sobre à origem das criaturas.
Uma trama riquíssima em detalhes históricos da Inglaterra Elisabetiana de 1500.
Tania 24/09/2020minha estante
Amei toda a trilogia!!! E a série tmbm está fantástica....???


Lili 24/09/2020minha estante
Também amo demais! A série não é tão minuciosa quanto o livro, até gostaria que pudessem explorar mais, com mais episódios... ou seguirem mais a risca cada detalhe, porém, amoOoOOoo de paixão a série também. ?




Jenny 18/02/2020

E a saga continua nesse segundo livro, impossível não amar a Diana e o Mathew!! Adorei!!
comentários(0)comente



Livros e Citações 14/07/2015

Série fantástica!
Autora: Deborah Harkness
Editora: Rocco
Páginas: 576
Classificação: 5/5 estrelas

http://www.livrosecitacoes.com/resenha-rocco-sombra-da-noite-deborah-harkness/

Eu nunca em minha vida li algo igual ou parecido a Sombra da Noite! Esse livro superou todas as expectativas que eu tinha, e as que eu ainda estava por ter em relação a essa série! É a mistura mais surpreendente de romance, história e ação e foi muito, mas muito melhor que o primeiro livro!

Sombra da Noite mergulha Diana e Matthew diretamente na Era Elisabetana de 1590, um mundo de espiões, subterfúgios, e um círculo de velhos amigos de Matthew, a misteriosa Escola da Noite, que inclui Christopher Marlowe e Walter Raleigh. Aqui, Diana deve localizar uma bruxa para ensiná-la a usar sua magia, Matthew é forçado a confrontar um passado que ele pensou que ele tinha colocado para descansar, e o mistério do Ashmole 782 se aprofunda.

Ah! Deborah Harkness,você é insana e é por isso que eu amo sua escrita, que qualidade e firmeza! Este livro está repleto de novos e apaixonantes personagens, principalmente os homens da família Clairmont! Qual fórmula dos homens dessa prole, meu Deus? É simplesmente impossível resistir a eles.

"Depois de nos ouvir com paciência, Gallowglass retornou ao seu tópico original. – E esse D-N-A vive em nossa pele? #eurialto"

Principalmente Matthew! E falando nele, ocorreu uma mudança em seu comportamento, que algumas pessoas podem achar estranho, mas em sua defesa eu lhes digo: Estamos em outro tempo, Matthew viveu muitas vidas e com isso muitos erros, mas também muitos acertos, dêem-lhe crédito! O seu relacionamento com Diana chegou a novos níveis neste livro, era tão bonito e profundo que aos meus olhos ficou perfeito.

"Sir. Milorde, mestre Roydon. – O jovem despejou todos os títulos à mão, exceto “Sua Majestade” e “Príncipe das Trevas”, os quais estavam obviamente implícitos."

Eu tenho que mencionar que esse livro vai gerar em você, assim como em mim, todo tipo de sentimento, há momentos fantásticos e há momentos em que você quer entrar no livro e bater em um personagem, eu simplesmente amava os deslocamentos de Matthew e Diana… Londres, França, Praga e aquelas descrições maravilhosas… Aliás, eu odiava a forma como Diana era tratada em 1590! Eu sei, eram outros tempos, ainda bem que Diana pensava como eu e se revoltava e era muito legal isso!

E ela realmente se destaca nesse livro com uma grande viagem de auto descoberta e reflexões a respeito de si mesma, descobrirá muito sobre seus poderes e sobre sua família. Sombra da Noite realmente é um livro sobre família, sangue e amor.

"Magia nada mais era do que desejo tornado-se real."

Eu mal posso esperar para ler a conclusão dessa série e descobrir o que acontece com Matthew e Diana em sua volta para casa! Continuação maravilhosa para uma série fantástica, mas maravilhosa de uma forma surpreendente e diferente do que eu estava esperando com certeza! Esse livro merece uma constelação de estrelas, eu recomendo!

Resenha por: Emeraude

site: http://www.livrosecitacoes.com
comentários(0)comente



34 encontrados | exibindo 1 a 15
1 | 2 | 3